Arquivo da tag: secretário

Servidoras da saúde tentam conversa com secretário e são ofendidas por funcionário

Antes de ouvir o secretário, as mulheres que reivindicam seus direitos foram insultadas por um individuo

Na última segunda – feira (22), servidores da saúde em sua maioria mulheres, foram até a sede da secretaria de saúde para tentar conversar com o atual secretário Carlos José Guimarães Graça.  As servidoras, buscavam informações de datas para o recebimento dos valores descontados de forma irregular nos meses anteriores. O governo,  teve um  embargo de declaração negado na justiça no último dia 15/05 e antes já havia tido negado um pedido de cassação da liminar proferida pela juíza  Rafaela de Freitas Baptista de Oliveira, do cartório da 2ª vara civil de Itaguaí, onde obriga a prefeitura a devolver todos os descontos indevidos. Na decisão de 26 de abril, a juíza entendeu que a greve como prevista na Constituição, tinha embasamento para ocorrer e que nenhum desconto poderia ter sido realizado. Determinando assim, a devolução dos valores aos servidores. Após um pequeno tumulto, o secretário de saúde informou que já encaminhou à administração a listagem para restituição do salário dos grevistas e que a restituição ocorrerá junto com salário do mês de maio, previsto para o próximo dia 30/05.

 

Insultos e intimidação as mulheres presentes

Durante o ato e na busca pelo cumprimento de seus direitos trabalhistas e decisões da justiça, várias servidoras foram intimidadas e insultadas por um funcionário identificado como Evandro Mendes. Segundo elas e o MUSPI, Movimento Unificado dos Servidores Públicos de Itaguaí em sua página no Facebook, o tal funcionário ofendeu a todas e usou um termo chulo proferindo que faltava um tanque de lavar roupa cheio em casa para elas. Tal pessoa, mostrou ser um completo despreparado para atuar e lidar com o público. O mesmo funcionário, já havia tido comportamento parecido segundo candidatos, durante a realização do processo seletivo nos dias 14 e 15 de março deste ano. Ele foi acusado por diversos candidatos de ofender e se negar a dar informações, mesmo estando ali para isso.

 

Mesmo funcionário tendo problemas ao tratar candidatos no Processo Seletivo

 

Entramos em contato com a prefeitura de Itaguaí e fomos informados que eles estão averiguando o caso.

 

Cartilha da Mulher 

Principais Crimes contra a Mulher

 

Constrangimento Ilegal

Se alguém usar de violência ou grave ameaça, ou pôr qualquer outro meio provocar a redução de sua capacidade de resistência, a fim de obrigar você a não fazer algo que a lei não manda, você estará sendo vítima do crime de constrangimento ilegal, previsto no art. 146 do nosso Código Penal, e a pessoa que o praticou poderá ficar detida de 3 meses a um ano, …. Só se você denuncia-la!

Como?

É simples. Registre uma queixa na Delegacia mais próxima ou se preferir na própria Delegacia de Proteção à Mulher e exija a apuração do fato.
Ademais, não esconda o problema dos seus amigos, parentes ou vizinhos, pois eles poderão lhe apoiar e testemunhar a seu favor.

Ameaça

Quando você se sentir ameaçada de sofrer um mal injusto é grave, através de palavras, escrito, gestos ou qualquer outro meio simbólico que deixe clara essa intenção pôr parte de quem a pratique, não substime e nem tenha medo.

O Código Penal Brasileiro, no seu art. 147, prevê essa situação como o crime de Ameaça e determina a detenção de 1 a 6 meses para o infrator.

Pôr isso, não espere que mal cresça. Procure a Polícia e não hesite em gritar pôr “Socorro”. A ameaça, em si, já é crime, mas, não contida a tempo, pode desencadear na prática de outro delito mais grave. Portanto, aja rápido!

Calúnia, Difamação e Injúria

Agora, você que é mulher, preste muita atenção a isto: a nossa honra é a nossa reputação tem importância fundamental frente a sociedade e a nós mesmas. É uma das formas mais faceis de se atingir uma mulher, é exatamente atentando contra sua honra, através dos chamados “falatórios”, tão comuns, principalmente entre os homens que basear a imagem de uma mulher.

Acontece que, o nosso Código Penal não iria deixar essa questão, que pode parecer banal, passar em “brancos mevens”.

Assim, previu modalidades de crimes contra a honra. Vamos conhecê-los um pouco?

Calúnia – Ocorre quando alguém acusa facilmente outra pessoa, de haver praticado um fato que a lei define como crime.

Difamação – Ocorre quando alguém ofende a reputação de outra pessoa, fazer comentários que visam exatamente difamá-la.
Pena: detenção de 3 meses a 1 ano.

Injúria – Ocorre quando alguém ofende a dignidade e o decoro de outra pessoa, principalmente proferindo ofensas verbais.
Pena: detenção de 1 a 6 meses.

Atenção: Esses crimes só podem ser apurados com a denuncia da própria vítima. Logo, você deve ir à Delegacia levando uma queixa já escrita ou pode registra-la com o policial, mas não tenha vergonha de relatar os detalhes, pois eles são muito importantes na caracterização do delito. E não esqueça de arrolar testemunha, caso elas existam.

Sedução

Se você for maior de 14 anos e menor de 18 anos e perdeu sua virgindade pôr Ter mantido relação sexual com um homem que se aproveitou de sua inexperiência ou justificável confiança nele, para, depois disso dar o fora, você foi vítima do crime de sedução, e o autor desse delito pode ser apenado com reclusão de 2 a 4 anos.

OBS: Em alguns casos, a vítima fica grávida e o autor busca eximir-se da responsabilidade. Assim sendo, a jovem vítima tem a lei a seu favor para provar a paternidade do autor da sedução.

Os responsáveis pela menor devem, de logo, registrar o fato na Delegacia e procurar a Assistência Jurídica de um advogado.

Lesão Corporal

Se alguém ofender a sua integridade ou sua saúde, terá praticado o crime de lesão corporal, previsto no art. 129 do Código Penal Brasileiro.
Embora a lei condene a lesão corporal, quando se trata de um homem Ter batido numa mulher, a própria sociedade e a mulher e a cultura, de certa forma acabam absolvendo tal conduta, normalmente por entender que, nas brigas entre marido e mulher eles mesmo se entendem ou até declarando que tem mulheres que gostam de apanhar. As próprias mulheres, durante muito tempo, adotaram uma postura mais acomodada diante dessa realidade, e esse silêncio mantinha impune as agressões.
Hoje, as mulheres estão mais conscientes de que denunciar tal crime é a melhor maneira de prevenir novas agressões.

Saiba mais: http://www.dhnet.org.br/direitos/sos/mulheres/cartilha_mulher.htm

 

Veja mais:

https://bocanotromboneitaguai.com/2017/04/30/prefeitura-de-itaguai-desrespeita-decisao-da-justica-e-desconta-salario-de-grevistas-novamente/

 

Ex secretário Alexandre Diniz pagou suas próprias férias enquanto servidores não recebem desde novembro em Itaguaí

Além dele, outro secretário teria comprado um Porsche ao apagar das luzes no final de mandato do ex prefeito da cidade

Nos últimos dias da administração do ex-prefeito Weslei Pereira, em Itaguaí, o ex-secretário de Fazenda, Alexandre Diniz, autorizou seu pagamento, a liberação das verbas rescisórias da ex-secretária de Fazenda, Cristiane Turiko — por sinal, sua mulher — e pagou os salários de três funcionários. Já os servidores não recebem desde novembro.

Outro secretário que também parece ter saído com salários em dia, foi o secretário de transporte e trânsito, Alexander Florentino, conhecido como Rochinha. Segundo servidores, ele comprou um carro Porsche Cayenne. que pela tabela FIPE, não custaria menos de R$ 386 mil, nos últimos dias do governo de Weslei Pereira (PSB).

A atual administração do prefeito Charlinho Bussato (PMDB), deve publicar nesta terça-feira, decreto em que coloca Itaguaí em situação de calamidade pública financeira. O novo prefeito já deixou claro que a dívida com os servidores chega a R$ 65 milhões. Uma boa notícia é que os R$ 6,3 milhões que estavam bloqueados pela Justiça, serão revertidos para o pagamento dos servidores.

Nesta segunda-feira, funcionários municipais decidiram por paralisação por tempo indeterminado. A greve no município está marcada para começar no dia 16 de janeiro, com ato marcado para às 8h, na Praça Vicente Cicarino.

Com informações do jornal Extra

Veja mais:

https://bocanotromboneitaguai.com/2017/01/09/servidores-de-itaguai-continuam-vivendo-o-drama-de-estarem-sem-pagamento/

Secretário de Seropédica levava material médico de galpão da prefeitura

Cesar Cilento, secretário de saúde e defesa civil, foi conduzido à 48º DP

 

O secretário de saúde e defesa civil de Seropédica, na Baixada Fluminense, Cesar Cilento, foi conduzido à 48º DP (Seropédica), ontem, acusado de desviar materiais hospitalares de um galpão da prefeitura. Cesar Cilento estava em um caminhão que transportava 55 caixas contendo seringas e agulhas. O material foi apreendido pela polícia na Estrada Rio São Paulo, após denúncia de que o secretário estaria desviando os produtos para uso pessoal.

A Prefeitura de Seropédica informou, em nota oficial, que “houve um mal entendido” e o secretário estava acompanhando o carro que recolhe lixo hospitalar para incineração. Policiais presentes na ocorrência, no entanto, negaram que o secretário tivesse qualquer documento que autorizasse o transporte do produto ou incineração.

A Polícia Civil comunicou que um procedimento foi instaurado na 48ª DP (Seropédica) a partir da apreensão da carga. O material será encaminhado para perícia.

Fonte: O Dia

Secretário de saúde de Itaguaí pede suspensão de férias de servidores do hospital da cidade

Em ofício, secretário Marcos Serra pede a suspensão das férias ao diretor do hospital São Francisco Xavier

Servidores da saúde tem tido surpresas desagradáveis com o atual secretário de saúde. Depois de aceitarem o escalonamento para o pagamento dos atrasados como proposto pelo governo, os servidores saíram da greve.  No entanto, em ofício datado de 16 de novembro (mesmo dia em que a greve foi encerrada), o Secretário de saúde Marcos Serra pediu ao diretor do hospital São Francisco Xavier Luiz Antônio Dias, o cancelamento das férias de dezembro dos servidores do hospital.

Ofício do atual secretário

slide1

Para piorar, vazou uma suposta mensagem via grupo de Whatsapp, onde os membros são coordenadores e diretores de postos de saúde, que a ordem do atual secretário, é que no ponto dos servidores que ainda não receberam o seu pagamento, deveria ser exigido um documento do servidor onde nele comprove a dificuldade financeira do trabalhador para chegar ao seu local de trabalho como justificativa para sua(s) falta (s). Além disso, o servidor não poderia assinar o ponto e mesmo com todo esse absurdo, o RH é que ainda iria avaliar todo esse processo. Já os que forem recebendo, deveriam voltar imediatamente ao trabalho.

slide2

Servidores se revoltaram nas redes sociais

slide4

slide3

Opinião Boca: Caro secretário, o senhor que é empresário e portanto a secretaria de saúde foge completamente de sua alçada, só pode estar de brincadeira. Exigir um documento que comprove os motivos das faltas dos servidores que ainda não receberam é uma atitude ditatorial, desrespeitosa e inescrupulosa. O motivo é a falta de pagamentos meu caro. Cancelar férias também é outro ato de quem acha que está na área privada e não pública. Ter o senhor chefiando uma pasta, parece ser tão retrocesso quanto continuar aplaudindo o atual prefeito Weslei Pereira.

Conselho aos servidores da saúde: É hora de voltar para a greve. O secretário atual quer ser o carrasco de todos vocês. Demonstra também, total inabilidade para conduzir uma pasta em todos os sentidos. O acordo de greve já foi desrespeitado no mesmo dia que foi aprovado, o ofício é uma prova. Acho que além dos seus direitos que estão atrasados, está na hora de mandar o empresário administrar uma empresa qualquer, de preferência uma empresa particular do atual prefeito, porque na administração pública ele é mais do que um fiasco.