Arquivo da tag: Santa Cruz

Cliente teve pneus de seu carro furtado no Extra Santa Cruz RJ

Hipermercado disse ao Boca que cliente ainda não procurou a loja

Um vídeo divulgado e compartilhado nas redes sociais e que teve intensa repercussão, mostra um cliente que teve dois pneus de seu carro furtado dentro do estacionamento do Hipermercado Extra em Santa Cruz.

No vídeo, ele mostra duas notas fiscais, uma com a compra feita no Extra e outra do abastecimento no posto de combustível que pertence ao Hipermercado e também é no mesmo local. Apesar da repercussão o homem que foi lesado ainda não foi encontrado por nosso blog.

O Boca entrou em contato com o Extra Hipermercados que nos relatou que até o momento o cliente não procurou a filial para relatar o ocorrido. A rede nos informou que o cliente lesado pode procurar a loja até mesmo por seus canais de comunicação, Twitter e Facebook, ou ir diretamente ao Extra Santa Cruz.

No Ceará um cliente foi indenizado após furto de seu veículo

Um cliente que teve seu veículo furtado em outra filial do Extra, só que no Ceará, recebeu uma indenização de R$13,5 mil reais. O carro estava no estacionamento do hipermercado. Em ação na justiça, o Magistrado levou em consideração que a rede de supermercados está revestida de legitimidade para compor o polo passivo da ação, tendo em vista que o evento ocorreu nos limites do estacionamento da empresa. A decisão indenizatória foi dada pelo Tribunal de Justiça do governo do Ceará (TJCE) ano passado, baseado no código de defesa do consumidor.

FUNCIONÁRIO DO DETRAN PRESO POR COBRAR PROPINA EM UNIDADE EM SANTA CRUZ

Ação da corregedoria interna do DETRAN prende em flagrante funcionários do DETRAN de Santa Cruz.

ACG News

Um funcionário foi preso por estar com uma quantia em dinheiro no armário e varias anotações de veículos que foram liberados mesmo estando com problemas.

Vale lembrar que o funcionário já acompanha o Chefe do posto a alguns anos , funcionários revoltados em ter que cobrar propina para dar ao chefe estão revoltados e fizeram a denúncia

Avião da FAB cai em mata em Santa Cruz

F5 caiu após decolar da base de Santa Cruz

Um avião da Força Aérea Brasileira caiu às margens da Rodovia Rio-Santos, na manhã desta quinta-feira, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio. Segundo informações divulgadas pela FAB, por volta das 07h40, uma aeronave de modelo F-5 Tiger, 1º Grupo de Aviação de Caça, sofreu uma pane logo após decolar da base aérea Ala 12, que fica no mesmo bairro.
Ainda de acordo com a FAB, a tripulação que ocupava o jato fazia um voo de treinamento quando detectou uma falha. O piloto e o copiloto conseguiram se ejetar antes que o avião atingisse o solo. O caça caiu em uma área desabitada e não causou nenhum dano material.
Em nota, a Força Aérea informou que os militares foram resgatados e levados para o hospital da FAB, onde receberam os devidos cuidados médicos. Uma equipe foi acionada ao local para apurar o que teria causado o acidente.

Vândalos depredam ônibus do BRT em Cosmos após baile funk

Tem sido frequente atos de vandalismo por parte de passageiros em Santa Cruz e região

Na madrugada da última segunda – feira por volta de 1 da manhã, dois articulados que faziam o percurso Campo Grande x Santa Cruz foram depredados por um grupo que saia de um baile na região de Cosmos, Zona Oeste do Rio, segundo a empresa que administra os ônibus. Por motivos de segurança, os serviços desse trecho ficaram interrompidos de 1h30 até às 4h, prejudicando muitos trabalhadores que dependem dos veículos. Os vândalos quebraram as portas e os vidros dos carros, que foram recolhidos para reparos. Juntos, os dois ônibus faziam 40 viagens por dia, que atendiam, aproximadamente, 1, 7 mil passageiros.

 

Não é a primeira vez que por motivos de vandalismo, os ônibus param de circular. Na região de Santa Cruz é frequente estações tendo prejuízos por baderneiros, que além de quebrarem vidros das estações, costumam dar calote nos valores das passagens e destroem os carros da frota.

Vandalismo e calote podem fechar estações do BRT na Zona Oeste

Trajeto que pode acabar é o que liga Santa Cruz a Campo Grande

O consórcio que administra o BRT na cidade do Rio de Janeiro encaminhou hoje, pela manhã, um ofício ao Ministério Público do Rio de Janeiro, após ter esgotadas todas as tentativas de obter uma solução em conjunto com a Secretaria Municipal de Transportes, órgão responsável pela gestão do contrato do sistema BRT. No ofício o consórcio informou que o enorme número de evasão (calote) e vandalismo, além de problemas de segurança pública, que colocam em risco passageiros e funcionários, tornam a paralisação dos serviços da Avenida Cesário de Melo, em Santa Cruz, não apenas um risco real, mas uma questão de tempo.

 

A suspensão da operação no trecho da Cesário de Melo atingiria não apenas a rotina dos passageiros da região, mas também pode ser o ponto final do Clube do BRTzinho, um projeto social do BRT que atende escolas e creches da Prefeitura do Rio localizadas em comunidades de Santa Cruz. O principal objetivo da ação é fornecer transporte para crianças e adolescentes de baixa renda participarem de atividades extracurriculares

 

Veja o comunicado oficial do Consórcio na íntegra

O BRT informa que o enorme número de evasão (calote) e vandalismo, além de problemas de segurança pública, que colocam em risco passageiros e funcionários, tornam a paralisação dos serviços da avenida Cesário de Melo, em Santa Cruz, não apenas um risco real, mas uma questão de tempo. No entanto, não há data ainda para que isso ocorra. Até o momento, os serviços seguem sem alteração.

O Consórcio encaminhou hoje, pela manhã, um ofício ao Ministério Público do Rio de Janeiro, após ter esgotadas todas as tentativas de obter uma solução em conjunto com a Secretaria Municipal de Transportes, órgão responsável pela gestão do contrato do sistema BRT.

A suspensão da operação no trecho da Cesário de Melo atinge não apenas a rotina dos passageiros da região, mas também pode ser o ponto final do Clube do BRTzinho, projeto social do BRT que atende escolas e creches da Prefeitura do Rio localizadas em comunidades de Santa Cruz. O principal objetivo da ação é fornecer transporte para crianças e adolescentes de baixa renda participarem de atividades extracurriculares.”

 

Assaltos a duas unidades do Hipermercado Extra causaram pânico entre funcionários e clientes no Rio

Após tamanha violência, rede de Santa Cruz manteve a loja funcionando mesmo com trabalhadores abalados

 

Uma tentativa de assalto terminou em tiroteio na noite desta terça-feira (12), no estacionamento do supermercado Extra, em Santa Cruz, zona oeste do Rio. Cinco pessoas ficaram feridas, entre elas uma criança de 7 anos.

De acordo com a Polícia Militar, pelo menos quatro criminosos participaram da ação. Os agentes acreditam que o grupo pretendia roubar o setor de eletrônicos, em especial celulares do supermercado, porém, ao chegar no estacionamento, encontraram os vigilantes que fariam o recolhimento de dinheiro do estabelecimento. Eles renderam os dois seguranças, mas uma segunda equipe de vigilantes também estava no local para atender a lotérica. Eles foram alertados por clientes sobre o assalto e trocaram tiros com os criminosos.

No tiroteio, mãe e filho que passavam pelo local foram baleados. Carla de Souza Ferreira, de 33 anos, e o filho, Carlos Eduardo de Souza, de 7 anos, foram levados por populares para o Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo. O estado de saúde dos dois é estável.

Outras duas pessoas ficaram feridas. Taís Franco Fontes, de 25 anos, estava em um estande dentro do supermercado, quando foi atingida por estilhaços. Ela também foi socorrida para  o Hospital Albert Schweitzer. Já o vigilante Ricardo da Silva, de 41 anos, foi levado para a UPA João 23, em Santa Cruz.

De acordo com a Polícia Militar, os assaltantes conseguiram fugir, porém um deles teria sido baleado durante confronto.

Mesmo após tamanha violência, a filial de Santa Cruz manteve a loja funcionando.

Segundo os trabalhadores, o local foi fechado e dado ordem para que fosse lavado para a retirada das marcas de sangue. Muito abalados e assustados, os funcionários foram obrigados a voltar ao trabalho após a limpeza e a loja funcionou normalmente até às 23 horas. “Não havia a mínima condição de trabalhar, estava assustada e tudo que eu fazia eu olhava para os lados com medo de algo ocorrer. Minha mãe pediu que eu pedisse demissão da loja, pois estamos com muito medo”, disse uma funcionária.

 

Em nota, a rede de supermercados Extras informou que “durante tentativa de assalto em sua unidade de Santa Cruz, ocorreu uma troca de tiros no estacionamento entre os assaltantes e os seguranças de uma empresa de carro forte. Houve feridos, que já foram encaminhados para atendimento médico. A rede está à disposição das autoridades competentes”.

 

Filial assaltada

Mais cedo, uma outra unidade do supermercado Extra foi alvo de criminosos na Ilha do Governador, zona norte do Rio. De acordo com testemunhas, o grupo estava armado com fuzis, mas não houve troca de tiros. Ao perceber a aproximação da polícia, os criminosos fugiram roubando um carro.

O caso foi registrado na Delegacia da Ilha do Governador (37ª DP), onde foi instaurado Inquérito policial para apurar as circunstâncias da tentativa de roubo ao supermercado. Diligências estão em busca de imagens de câmeras de segurança e testemunhas.

Com algumas informações do portal R7

Tiroteio no estacionamento do Hipermercados Extra em Santa Cruz deixa duas pessoas feridas

Tentativa de roubo a carro forte deixou baleadas uma mulher e uma criança que estavam na praça de alimentação do hipermercado

Quatro homens armados tentaram assaltar um carro forte que estava no estacionamento do Hipermercados Extra em Santa Cruz na tarde desta terça-feira (12/09).

De acordo com a Polícia Militar, na ação, os assaltantes, trocaram tiros com os vigilantes responsáveis pela segurança do carro.  Uma mulher e uma criança que estavam na praça de alimentação foram atingidas,

                    Sangue das vitímas se espalharam pelo corredor que dá acesso a praça de alimentação

       Um carro que fica exposto para venda de consórcio logo na entrada no Hipermercado foi atingido

Não há registro de presos e a ocorrência segue em andamento. Testemunhas disseram que os assaltantes fugiram na direção do bairro Jesuítas. As duas vítimas foram encaminhadas para o Hospital Municipal Dom Pedro II, em Santa Cruz. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o estado de saúde delas é estável.