Arquivo da tag: provas

Aberto Concurso Público para o Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro

Inscrições vão de 01/06/2017 a 30/06/2017 23:59. Pedidos de Isenção de taxa de pagamento de inscrição de 01/06/2017 10:00 a 03/06/2017 23:59. Salários em regime de 40 horas semanais variam de R$ 1.332,00 a R$ 5.346,00 mais benefícios

O CREMERJ – Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro,  abriu as inscrições para concurso público destinado ao preenchimento em seu Quadro de Pessoal, das vagas declaradas para os cargos abaixo mencionados.

Agente Administrativo 05 vagas no polo do Rio de Janeiro, uma vaga na região 1,2 e 3 cada, (nomenclaturas abaixo), Técnico de Informática , Analista de TI – Desenvolvimento, Analista de TI – Suporte, Contador esta sendo oferecida  01 vaga no polo do Rio de Janeiro cada.

REGIÃO 1 = CABO FRIO – MACAÉ – CAMPOS DOS GOYTACAZES – ITAPERUNA

REGIÃO 2 = NOVA FRIBURGO – PETRÓPOLIS – TRÊS RIOS – TERESÓPOLIS

REGIÃO 3 = ANGRA DOS REIS – RESENDE – BARRA MANSA – VOLTA REDONDA – BARRA DO PIRAÍ – VALENÇA – VASSOURAS

Novas vagas poderão ser criadas, desde que observada a disponibilidade orçamentária, no prazo de validade do Concurso

O processo terá a coordenação técnico-administrativa do IGDRH – Instituto de Gestão e Desenvolvimento Social Desenvolver Recursos Humanos, ficando a cargo do CREMERJ os procedimentos legais da contratação dos candidatos.

INSCRIÇÕES

As inscrições poderão ser feitas de 01 à 30 de junho e estão disponibilizadas aos candidatos pela Internet nos endereços eletrônicos www.igdrh.org.br e www.cremerj.org.br, e no posto presencial no Colégio Estadual Antônio Prado Júnior, R. Mariz e Barros, 273 A – Praça da Bandeira, Rio de Janeiro – RJ, 20270-006. Os candidatos da cidade do Rio de Janeiro que não tiverem acesso à internet poderão fazer sua inscrição nos Telecentros disponibilizados na cidade do Rio de Janeiro ou no posto de inscrição presencial durante todo período aberto para as inscrições não sendo aceitas inscrições por via postal, fax, e-mail e/ou outra forma que não a estabelecida no Edital.  O valor da taxa de inscrição a ser pago para a participação neste Concurso Público será de R$ 90,00 (noventa reais) para os cargos de Nível Médio e R$ 100,00 (cem reais) para cargos de Nível Superior.

BENEFÍCIOS

O CREMERJ oferece os seguintes benefícios: Assistência Médica;  Assistência Odontológica;  Vale Refeição Mensal de R$ 836,00 (oitocentos e trinta e seis reais); Vale Alimentação Mensal de R$ 644,00 (seiscentos e quarenta e quatro reais); Auxílio Creche Mensal de R$ 470,00 (quatrocentos e setenta reais) para funcionários com filhos de até 7 anos de idade; Auxílio Material Escolar Semestral de R$ 264,00 (duzentos e sessenta e quatro reais) para funcionários e dependentes que estejam cursando o Ensino Fundamental, Médio, Superior ou acima.

COMUNICAÇÃO

Toda comunicação dos candidatos para esclarecimento de dúvidas e/ou solicitações deverá ser feita por meio do endereço eletrônico http://www.igdrh.org.br, no link FALE CONOSCO. Não serão atendidos pedidos de esclarecimento de dúvidas e/ou solicitações via e-mail ou ligações telefônicas.

VALIDADE DO CERTAME

O prazo de validade deste Concurso Público será de 02 (dois) anos, contado a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério do CREMERJ

BAIXE O EDITAL E TODAS AS INFORMAÇÕES:

https://igdrh.selecao.net.br/informacoes/3/

Simulado do Enem: química e física são as áreas de maior dificuldade

Inscrições para o exame é ate o dia 20 de maio

 

Química e física foram as áreas em que os estudantes tiveram maior dificuldade no primeiro simulado nacional do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), aplicado nos dois últimos finais de semana. Ao todo, 711.746 fizeram o exame online, de acordo com o Ministério da Educação (MEC).

 

Os assuntos com o melhor desempenho geral foram conceitos de cidadania e democracia (filosofia) e formas de relevo (geografia); e os com pior desempenho, geometria analítica (matemática) e reações químicas (química). O menor índice de acertos foi em química, em média 29% acertaram as questões da prova, em física, a média foi 31,9%. Na outra ponta, na média 55,8% acertaram as questões de filosofia.

 

Os cursos mais buscados pelos estudantes que fizeram o exame são medicina, direito e administração. As mulheres foram maioria no simulado, 63,8%. São Paulo (15,5%), Minas Gerais (11,45%) e Rio de Janeiro (7,59%) foram os estados que lideraram em participação.

 

As notas máximas em cada área foram 733 em linguagens, 773 em matemática, 749 em ciências humanas e 757 em ciências da natureza. Ao todo, os candidatos resolveram 80 questões, sendo 20 inéditas.

 

O simulado faz parte da iniciativa Hora do Enem, portal que oferece também um plano de estudos individual para cada estudante. Na hora de se cadastrar, o estudante informa o que busca com o Enem. A plataforma disponibilizará, então, um plano de estudos para que possa alcançar o objetivo. O resultado do simulado do Enem vai mostrar como está o desempenho do aluno em relação ao curso que pretende fazer. Para estudar, os candidatos podem acessar a plataforma Mecflix, com 1,2 mil videoaulas para ajudar nos estudos.

 

Este foi o primeiro simulado online. Pelo menos mais três serão feitos até a data do Enem. Haverá provas nos dias 25 de junho, 13 de agosto e 8 e 9 de outubro. Os últimos exames serão no mesmo formato do Enem e terão dois dias de duração. Não haverá simulado da redação.

 

O Enem de 2016 será nos dias 5 e 6 de novembro. As inscrições estarão abertas de 9 a 20 de maio. A nota do Enem é usada na seleção para vagas em instituições públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), bolsas na educação superior privada por meio do programa Universidade para Todos (ProUni) e vagas gratuitas nos cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec).

 

O resultado do exame também é requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e participar do programa Ciência sem Fronteiras. Para pessoas maiores de 18 anos, o Enem pode ser usado como certificação do ensino médio.

Inscrições: 09/05 até 20/05

Provas: 05/11 e 06/11

Valor da taxa de inscrição: R$68

Gabarito: até 3 dias úteis após a prova

 

 

Após pressão de estudantes, Secretaria de Educação anuncia fim do Saerj

A Secretaria estadual de Educação (Seeduc) anunciou, na noite desta terça-feira, que a próxima edição do Sistema de Avaliação da Educação do Estado do Rio de Janeiro (Saerj), no fim deste ano, será a última. A abolição da prova é uma das principais bandeiras levantadas pelo movimento que, há 50 dias, vem coordenando ocupações em escolas da rede — hoje, são 68. Segundo a Seeduc, haverá, para 2017, “uma reformulação para um simulado preparatório para o Enem”.

— A equipe pedagógica vai desenvolver uma prova que funcione como um simulado para o Enem. Ainda não sabemos se ela também medirá a evolução das escolas, como o Saerj. Ainda vamos construir isso — explicou Caio Castro Lima, chefe da gabinete da Seeduc.

No comunicado, a pasta também informou que, após o término das ocupações, em até 40 dias, serão feitas consultas a pais, alunos e professores para a escolha dos diretores. Também ficou acordado no encontro entre o secretário Antonio Vieira Neto e representantes do movimento que a Seeduc mediará, junto ao Ministério Público e à Assembleia Legislativa do Rio, a possibilidade de um novo acordo para que a recarga do Riocard aconteça uma única vez no mês, e não mais toda semana.

O fim do Saerj é criticado por especialistas na área. Os alunos, porém, argumentam que só escolas com melhor desempenho ganham gratificações, e defendem que as piores recebessem para se desenvolverem.

— Elas (maneiras de acompanhamento do desempenho) são fundamentais para desenhar políticas de intervenção — disse ao EXTRA, em abril, a diretora-executiva do Todos Pela Educação, Priscila Cruz, acrescentando que premiações por bom desempenho e reforço técnico e de investimento às escolas com dificuldades são duas políticas que podem ser aplicadas juntas.

Fonte: Jornal Extra