Arquivo da tag: presos

Juiz Sérgio Moro decreta prisão do ex presidente Lula

O petista tem até amanhã às 17 horas para se apresentar a PF. Agilidade não ocorre com outros condenados em segunda instância que estão em cargos públicos e nem com vários políticos envolvidos em casos de corrupção

 

O juiz Sérgio Moro determinou a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no final da tarde desta quinta-feira, 5. O documento pede que Lula, condenado no caso do triplex no Guarujá, litoral de São Paulo, se apresente voluntariamente à Polícia Federal em Curitiba, no Paraná, até as 17h da próxima sexta-feira, 6.

“Relativamente ao condenado e ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, concedo-lhe, em atenção à dignidade cargo que ocupou, a oportunidade de apresentar-se voluntariamente à Polícia Federal em Curitiba até as 17:00 do dia 06/04/2018, quando deverá ser cumprido o mandado de prisão”.

Ainda de acordo com o pedido, a defesa do ex-presidente não será capaz de adiar, ou de alguma maneira, protelar a execução da pena, estabelecida em 12 anos e um mês de reclusão. “Hipotéticos embargos de declaração de embargos de declaração constituem apenas uma patologia protelatória e que deveria ser eliminada do mundo jurídico”, afirma Moro.

Mais detalhes sobre a apresentação de Lula à PF devem ser combinados entre os advogados do ex-presidente e o delegado e Superintendente da PF no Paraná, Maurício Valeixo.

Lula ficará em sala exclusiva

O documento estabelece ainda que Lula ocupe uma sala especial na sede da Polícia Federal no Paraná.  De acordo com o jornal O Globo, a sala que será ocupada pelo ex-presidente tem um banheiro separado e até então era utilizada por policiais que vinham de outras cidades. Ela não possui grades e a segurança será feita por agentes que ficarão 24 horas por dia na porta.

“Em razão da dignidade do cargo ocupado, foi previamente preparada uma sala reservada, espécie de Sala de Estado Maior, na própria Superintendência da Polícia Federal, para o início do cumprimento da pena, e na qual o ex-Presidente ficará separado dos demais presos, sem qualquer risco para a integridade moral ou física”, detalhou o juiz.

Agentes da Polícia Federal afirmaram à publicação que Moro e a própria PF não acreditam que seria seguro para Lula ficar no Complexo-Médico Penal, na região metropolitana da capital paranaense.

O político também terá um horário especial para o banho de sol, estipulado em duas horas diárias e poderá receber visitas separadamente, ao contrário do que acontece com outros presos que estão no local.

Entenda o caso

O Supremo Tribunal Federal (STF) negou na madrugada desta quinta-feira, 5, o recurso da defesa de Lula que poderia evitar sua prisão. A sessão, encerrada em seis votos contra o pedido de habeas corpus e cinco a favor, durou quase 11 horas.

Com um cenário nada favorável ao ex-presidente, o dólar voltou a cair, atingindo os R$ 3,30 por volta das 10 horas da manhã.

Mesmo preso, Lula pode concorrer

O ex-presidente está sujeito à Lei da Ficha Limpa, que torna um candidato inelegível caso ele seja condenado em um órgão colegiado, como é o caso do TRF-4. A proibição para a candidatura à Presidência, no entanto, só pode acontecer depois de ele ter sido registrado no TSE, o que pode ser feito até o dia 15 de agosto.

Ainda que esteja preso, Lula pode registrar sua candidatura. Caberá então ao TSE considerar sua validade. Se a candidatura for negada, o político ainda pode recorrer ao STF e, em tese, concorrer e fazer campanha até 17 de setembro. Essa é a data limite para o Partido dos Trabalhadores trocar de candidato.

 

Réus soltos já julgados em 2ª instância e que podem ser presos com o esgotamento de recursos

 

– Alberto Vilaça Gomes, ex-diretor da Mendes Júnior

– Dario de Queiroz Galvão Filho, ex-presidente da Galvão Engenharia

– Enivaldo Quadrado, doleiro

– Erton Fonseca, executivo da Galvão Engenharia

– Fernando Moura, empresário

– João Cláudio Genu, operador do Partido Progressista

– José Dirceu, ex-ministro

– Jean Luscher Castro, executivo da Galvão Engenharia

– Rogerio Cunha Oliveira, ex-diretor da Mendes Júnior

– Sergio Cunha Mendes, ex-vice-presidente da Mendes Júnior

 

Réus da Lava Jato que estavam soltos e foram presos após esgotamento de recursos na 2ª instância

 

– Waldomiro Oliveira, ex-auxiliar de Alberto Youssef

– Márcio Bonilho, representante da empresa Sanko Sider

– Agenor Franklin Medeiros, ex-executivo da OAS

– Jayme Alves de Oliveira Filho, ex-agente da PF

– Luis Eduardo de Oliveira e Silva, irmão de José Dirceu

– Julio César dos Santos, ex-sócio de José Dirceu

– Leon Vargas, irmão do ex-deputado André Vargas

– Ricardo Hoffmann, publicitário

– Gerson Almada, ex-sócio da Engevix

 

E ainda há outros réus condenados em segunda instância que estão na cadeia devido a ordens de prisão preventiva expedidas anos atrás, como o ex-deputado Eduardo Cunha e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari. Em nosso município, o atual prefeito Carlo Busatto Júnior, o Charlinho MDB, foi condenado em segunda instância a 14 anos e oito meses de prisão em regime semiaberto, pelo crime que ficou conhecido como “Máfia das Sanguessugas”. Apesar do Ministério Público Federal ter solicitado o cumprimento imediato e aumento da pena, Charlinho continua em liberdade. O grupo que ele participava foi investigado pela Polícia Federal na Operação Sanguessuga. Ele foi alvo das investigações durante os anos de 2001 a 2006. Com as repercussões de prisão após condenação em segunda instância vindo à tona, o atual prefeito de Itaguaí pode estar com o cargo ameaçado.

 

Políticos com cargos e que ainda não foram investigados ou presos

O atual presdente Michel Temer MDB, acusado de vários casos de corrupção entre eles o recebimento de uma mala no valor de 500 mil reais com propinas de empreiteiras, o tucano Aécio Neves com  gravações dos irmãos Joesley e Wesley Batista, que detonaram a crise política, apesar da gravidade, apesar de mostrarem Aécio pedindo propina, de haver até filmagem de mala de dinheiro sendo transportada para ele por seu primo, gravação deste confessando tudo e do tucano sugerindo que pode vir a eliminar testemunhas, tais provas vão sendo superadas dia após dia com ajuda do foro privilegiado. Os prefeitos, entre eles o de Itaguaí, podem ser beneficiados pela prerrogativa de foro. Apesar do possível crime praticado pelo prefeito de Itaguaí, ter sido julgado antes dele voltar ao poder, a prerrogativa de foro muita debatida ainda no STF, analisa entre vários fatores, o que fazer em casos como este, onde um ex político já condenado em segunda instância e sem foro,  permanece solto ocupando um cargo público em seguida a condenação. Apesar de ter votos o suficiente para acabar com essa prerrogativa, o STF que tem agora essa competência, após o Congresso “passar a bola” para os ministros, teve pedido de vista em novembro de 2017 e ainda não teve um posicionamento final. Bem como as PECS que tratavam do caso e estão paradas no congresso devido a intervenção militar no Rio de Janeiro, justificativa essa dada pelo presidente da Câmara Rodrigo Maia do DEM.

 

Por que existe o foro por prerrogativa de função?

 

Como diz o nome, o foro denota uma proteção extra para que parlamentares e altos funcionários da administração pública possam exercer suas funções com tranquilidade.

 

Trata-se de uma forma de cercear abusos e dar algumas imunidades para tomadores de decisão, que sem isso ficariam sujeitos à ameaças políticas e funcionais. Evita, assim, ações que poderiam ser movidas de forma desproporcional apenas para intimidar quem fala em nome do povo.

 

O foro impede, por exemplo, abusos como a ação orquestrada por juízes que enquadraram jornalistas do jornal Gazeta do Povo, do Paraná, por um texto sobre supersalários. Para responder às ações, os repórteres foram obrigados a viajar constantemente para se apresentar às diferentes comarcas.

 

Quem detém o foro, responde apenas a uma corte mais qualificada, constitucional, e que teria melhor visão para julgar indivíduos que ostentam cargos importantes.

 

O STF é o único órgão competente para julgar políticos com foro por prerrogativa de função?

 

Não. A depender da competência, além do Supremo Tribunal Federal (STF), entram no jogo o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e os Tribunais de Justiça dos Estados.

 

O que define quem responde a qual tribunal é a Constituição Federal nos artigos 29, 102 e 105. A tipificação é importante: crimes comuns caem para tribunais, enquanto crimes de responsabilidade são levados ao Legislativo correspondente. A lista é extensa e confusa, mas está sempre atualizada neste link. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm

 

 

Quem tem direito ao foro?

 

A lista não é tão curta e há várias nuances, mas essencialmente cabe ao STF julgar o presidente da República, o vice-presidente, os membros do Congresso Nacional, seus próprios ministros e o procurador-geral da República em casos de infrações penais comuns.

 

Há autoridades que o Supremo julga tanto em infrações penais comuns como em crimes de responsabilidade. É o caso dos ministros de Estado e comandantes da Marinha, Exército e Aeronáutica (ressalvados os crimes de responsabilidade conexos com os do presidente da República, aí o trâmite é outro, passando pelo Congresso), os membros dos Tribunais Superiores, os do Tribunal de Contas da União e os chefes de missão diplomática de caráter permanente.

 

A lista está sempre atualizada de acordo com o que está vigente na Constituição Federal, artigo 102. Para crimes de responsabilidade, o presidente responde pela lei do impeachment (Lei nº 1079/50) e a maioria dos outros casos por processos no Senado ou Câmara, a depender do cargo.

 

Ações contra governadores recaem no Superior Tribunal de Justiça (STJ), para crimes comuns. Nesses e nos de responsabilidade, entram no jogo desembargadores dos Tribunais de Justiça dos Estados e do Distrito Federal, os membros dos Tribunais de Contas dos Estados e do Distrito Federal, os dos Tribunais Regionais Federais, dos Tribunais Regionais Eleitorais e do Trabalho, membros dos Conselhos ou Tribunais de Contas dos Municípios e os do Ministério Público da União que oficiem perante tribunais.

 

Prefeitos também detém foro por prerrogativa de função e vão para os referidos Tribunais de Justiça, como determina o art. 29 da Constituição.

 

Qual a diferença entre o STF e o STJ?

 

Quando se trata do foro, muda a competência de cada tribunal a depender do cargo. No geral e de forma simples, o STF cuida de questões envolvendo a Constituição Federal, como um guardião do entendimento da carta e serve de modelo para interpretação. O STJ faz o mesmo, mas com casos relativos às leis federais.

 

Por que o STF demora tanto para julgar as ações?

 

Há duas razões para isso. A primeira é relacionada à carga de trabalho. Segundo dados do projeto Supremo em Números da FGV Direito Rio, a mais alta corte do país recebe cerca de 70 mil processos por ano. A cada mês, são 600 recursos que chegam aos gabinetes dos ministros.

 

Por outro lado, a missão primeira do STF é resguardar a Constituição ao julgar casos à luz da Carta Magna do país. Diante dos processos de autoridades com prerrogativa de foro, os ministros do Supremo precisam também assumir tarefas meticulosas como o gerenciamento da produção de provas, a chamada instrução de processo – para a qual eles não seriam, institucionalmente, vocacionados.

 

Apesar de julgar em um prazo mais lento do que as primeiras instâncias, não cabem recursos para as decisões proferidas pelo Supremo. Nas decisões em primeiro grau, cabem ao menos cinco ou seis recursos em três tribunais diferentes. Por conta disso, em alguns casos, a justiça comum perde para o Supremo em termos de lentidão.

 

Há problema jurídico nas nomeações de pessoas investigadas para cargos públicos?

 

Apesar de ser condenável do ponto do vista político — associando o núcleo do governo com crimes de corrupção e demonstrando desinteresse pela opinião pública —, do ponto de vista jurídico não há impedimento.

 

Juristas consultados opinam que atribuir obstrução da justiça às nomeações não é argumento válido porque pressupõe que o STF não investiga.

 

Quando uma ação muda de instância, o processo não recomeça e, sim, é encaminhado ao tribunal correspondente. No caso de um ministro empossado, a ação sai da instância em que corre e vai para o STF — o contrário também ocorre.

 

Para casos de desvio de finalidade, só seria possível atribuir com provas extremamente substancias de que a nomeação não teve qualquer intenção propositada. Leia-se: é algo dificílimo de comprovar.

 

Como um político vira réu em uma ação penal?

 

Uma explicação básica pode dividir o processo em cinco passos: suspeito, inquérito, denúncia, réu e julgamento.

 

SAIBA MAIS, LEIA. IMPORTANTE

 

https://oglobo.globo.com/brasil/provas-contra-temer-vao-alem-da-mala-de-500-mil-22095857

https://www.huffpostbrasil.com/2017/07/12/por-que-aecio-e-temer-nao-foram-condenados_a_23026764/

http://justificando.cartacapital.com.br/2017/11/27/o-novo-entendimento-do-stf-sobre-competencia-por-prerrogativa-de-funcao/

https://www.em.com.br/app/noticia/politica/2018/02/26/interna_politica,940118/congresso-deixa-para-o-stf-decisao-sobre-o-foro-privilegiado-no-brasil.shtml

http://www.migalhas.com.br/Quentes/17,MI251164,41046-STJ+Prefeito+eleito+tem+prerrogativa+de+foro+a+partir+da+diplomacao

https://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/justica-federal-aceita-denuncia-contra-prefeito-de-itaguai.ghtml

 

Anúncios

Polícia prende bandidos que roubaram carro em frente ao Pátio Mix na última sexta – feira

Vagabundos se acidentaram em Piranema e são todos menores de idade

Cinco vagabundos foram presos ontem sábado após se acidentarem perto do posto da polícia rodoviária em Piranema. Os marginais que haviam roubado um carro na última sexta – feira em frente ao shopping Pátio Mix ao saírem do mato e surpreenderem as vitimas, bateram com o veículo, um Peugeot 207 preto que estava com a placa adulterada. Ao avistaram o ocorrido, os policiais do Posto da Polícia Rodoviária, constataram que o veúicluo era roubado.

 

Com eles foram encontrados além do carro roubado, um simulacro de pistola. Dos 5 elementos quatro participaram do roubo ao carro citado, sendo todos menores de idade e moradores de Piranema. Os nomes e rostos dos vagabundos não podem ser divulgados por serem de menor, infelizmente.

 

Polícia prende suspeitos de tráfico de drogas no Engenho em Itaguaí

Com os meliantes foram encontrados até granadas de uso das forças armadas

Durante uma operação realizada na manhã desta sexta-feira (18), no bairro do Engenho, em Itaguaí, policiais militares do 24º BPM (Queimados) prenderam 10 suspeitos de envolvimento com tráfico de drogas na comunidade. Na ação, duas pessoas ficaram feridas após troca de tiros e foram encaminhadas para o Hospital Municipal São Francisco Xavier, onde permanecem sobre custódia.

Segundo os militares, com os suspeitos foram apreendidos um revólver calibre 38, uma pistola calibre 40, uma granada de uso restrito das Forças Armadas, 10 rádios transmissores, dois cintos de guarnição, drogas e material para endolação.

 

Fonte: Plantão RJ

Presos envolvidos na morte de professor de Educação Física em Itaguaí

Crime teria sido motivado por relações homoafetivas entre os envolvidos

Policiais da 50ª DP (Itaguaí) prenderam, nesta sexta-feira (9), Leonardo Rodrigues Castilho e Aguinaldo Santos Machado, pelo crime de homicídio. Eles são acusados de terem matado o professor de Educação Física Diego Barbosa dos Santos, cujo corpo foi encontrado,  no dia 06 de junho, no leito da linha férrea, em Itaguaí.

Leonardo Rodrigues Castilho e Aguinaldo Santos Machado

Durante as investigações, os agentes encontraram o carro da vítima abandonado em uma estrada deserta naquela localidade. A autoridade policial foi ao local acompanhado de sua equipe e arrecadou o veículo, que foi periciado.

A perícia papiloscópica encontrou fragmentos de digitais que, após pesquisa, resultou na identificação de um dos suspeitos do crime. O delegado representou pela prisão dos envolvidos, que foi concedido pela Justiça. De acordo com as investigações, o crime teria sido motivado por relações homoafetivas entre os envolvidos.

Veja mais:

https://bocanotromboneitaguai.com/2017/06/07/professor-de-zumba-e-encontrado-morto-em-itaguai/

Bandidos que realizavam assaltos em Itaguaí são presos

Após serem contactados por vitimas, policiais do 24º BPM(Queimados), localizaram durante patrulhamento, dois indivíduos com as mesmas características de bandidos  que estavam  praticando assaltos na cidade. Na tentativa de abordagem, os meliantes que estavam em uma moto Honda Bros branca sem placa , tentaram  escapar após serem vistos saindo de uma padaria na avenida RJ 099.

Moto usada nos assaltos

                                                    Moto usada nos assaltos

Os bandidos tentaram escapar pela  rua Alzira Feital na Vila Margarida. Com a moto em alta velocidade, os bandidos começaram a se livrar de alguns materiais vindo a ser arrecadado posteriormente uma réplica de pistola e a quantia de 270 reais em espécie, momento o qual os mesmos vieram a perder o controle da moto vindo ao solo, a guarnição então deu voz de prisão aos mesmos e realizou uma busca pessoal no qual fora arrecado com Jhonata Pereira Cardozo de 28 anos o qual conduzia a moto, um telefone de marca Samsung e com Fabrício Barboza Santos Silva de 21 anos(carona), dois telefones de marcas Motorola e Samsung, uma carteira feminina contendo 10 reais, um cartão de crédito, uma sombrinha, um carregador de telefone da marca Samsung e o veículo usado para prática do crime, uma moto Honda Bros branca sem placa com chassi de número  9c2kd0810fr483505.

Os policias entraram em contato com a dona do estabelecimento o qual acabara de ser roubado, e duas vítimas que tiveram seus telefones subtraídos.  Onde procedeu à 50 DP(Itaguaí) e posteriormente à 48DP (Seropédica) para apreciação do Dr Delpol. Os dois indivíduos permaneceram  presos em flagrante no art. 157 do CP.

Jhonata Pereira Cardozo de 28 anos e Fabrício Barboza Santos Silva de 21.

         Jhonata Pereira Cardozo de 28 anos e Fabrício Barboza Santos Silva de 21.

24 BPM 3 CPA 5cia
Data: 03/01/16

Viatura: 52-2558
Setor: PaTaMo .
Guarnição , Sgt Fábio, Sgt Rômulo, Sgt Lucio, SD Barreto
Local: rua Alzira feital , bairro Vila Margarida, Itaguaí
Ro / flagrante :0017/48
Bopm: 1514734

Informações : 5ª CIA – Itaguaí, 3º CPA – 24 BPM

 

 

 

Polícia invade casa que servia de depósito de armas e drogas no Engenho e prende traficante no Carvão em Itaguaí

Após denúncia de que uma residência era usada como depósito de armas e drogas, policiais do 24º BPM (Queimados), foram à comunidade do Engenho em Itaguaí. No local foi encontrado o Samuel Borges Ferreira, proprietário da residência, que após ser abordado e indagado, permitiu a entrada das equipes e entregou uma pistola 9mm Glock com kit rajada municiada com 10 munições no carregador de 30. Diante dos fatos foi dado voz de prisão ao mesmo. As equipes continuaram buscas e no sótão da residência e encontraram um fuzil AK 47 municiado com 30 munições e 3 capas de coletes , pelo terreno da casa também foi encontrado aproximadamente 60 lts de loló e 200 frascos vazios. Diante dos fatos, Samuel foi conduzido à 48ª DP(Seropédica) e autuado no art. 33, 35 da lei 11.343/06 e art. 16 da lei 10.826/03, ficando preso.

 

No Carvão, os policiais prenderam traficante após tiroteio

Traficante Elimar de Oliveira Santana de 23 anos foi preso em flagrante

           Traficante Elimar de Oliveira Santana de 23 anos foi preso em flagrante

Na última segunda – feira (28), os PMs durante patrulhamento de rotina, foram recebidos a bala por marginais na comunidade conhecida como Carvão ( bairro Estrela do Céu).

Slide3

   Foram apreendidos 01 fuzil Ruger calibre 5,56 e 01 fuzil calibre 7,62 número lbe7363

Após  troca de tiros, as equipes avançaram realizando um cerco  e deteram em flagrante delito, Elimar de Oliveira Santana de 23 anos, vulgo Poodle, de posse de um rádio transmissor. Após vasculhamento em estreitamento do cerco,  as equipes lograram êxito em arrecadar na região de mata 01 fuzil Ruger calibre 5,56 com duas munições intactas e com numeração suprimida e 01 fuzil calibre  7,62 número  lbe7363.

Slide4

 

Slide5

Guarnição que atuou no Carvão: 1 Ten André, Patamo Sgt Fábio , Str I ( Subten Jerônimo, Sd Predes ).

 

Equipe que atuou no bairro Engenho: 3º CPA / 24º BPM

P2

FATO:TRAFICO,ASSOCIAÇÃO PARA O TRAFICO DE DROGAS E PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO CALIBRE RESTRITO.

LOCAL:RUA: RUA 19, LOTE 26 QUADRA 86 COMUNIDADE DO ENGENHO – ITAGUAI

ACUSADO: SAMUEL BORGES FERREIRA

NASC: 25/05/1976

ID:11495745-9

BOPM:1636983

RO:48°/3431/2015

GUARNIÇÃO:2°SGT VIEIRA RG:68600

VTR:52-1444 P2

MATERIAL:01 FUZIL CAL.7.62, AK 47, COM 30 MUNICOES

01 PISTOLA 9MM GLOCK COM KIT RAJAFA

03 CAPAS DE COLETES

60 LTS DE CHEIRINHO DA LOLÓ

200 FRASCOS VAZIOS DE LOLÓ

Informações e imagens: 5ª CIA – Itaguaí 3ª CPA – 24º BPM

Traficantes são presos no bairro Jardim América (Reta) em Itaguaí

Após denúncia anônima sobre a atuação de homens armados na rua Rio de Janeiro, bairro Jardim América, os quais estariam comercializando material entorpecente, policiais do 24º BPM (Queimados), foram até o local. Realizando um cerco policial, os PMs deteram 5 traficantes, entre eles um menor. Os traficantes presos foram: Erik Cristian da Silva Couto, 22 anos, Tales da Silva, 32 anos, Evandro Oliveira Ferreira Fontes, 29 anos, Deric Monteiro da Silva, 26 anos e um menor de 16 anos.

Slide3

Pistola 9mm e dois revólveres calibre 38 encontrados com os meliantes

Com eles, foram apreendidos uma pistola 9mm, dois revólveres calibre  38,  383 papelotes de cocaína, 90 trouxinhas de maconha e 42 pedras de Crack.

Slide2

383 papelotes de cocaína, 90 trouxinhas de maconha e 42 pedras de Crack.

Os presos foram encaminhados  para a 50ª DP Itaguaí e posteriormente para a 56ª DP em Comendador Soares em Nova Iguaçu.

Ação: Guarnição do Patamo

Informações: 5ª CIA – Itaguaí, 3º CPA – 24 BPM