Arquivo da tag: mata

Após sumiço, policiais são resgatados em favela de Itaguaí

A viatura em que os dois estavam foi encontrada perto da favela do Carvão, com marcas de tiro.

Os policiais civis identificados como Diego Schetinno  (delegado) e o agente Alessandro Halas, ambos lotados na 48º DP (Seropédica), haviam desaparecido na noite deste sábado (08/07). Após saírem para jantar, no restaurante Dom Zelittu’s, em Itaguaí, se depararam no meio do caminho com um roubo de cargas na região. Segundo informações da própria polícia, houve uma intensa troca de tiros e para se protegerem, eles adentraram na mata no Morro do Carvão também em Itaguaí.

Os policiais ficaram durante algumas horas desaparecidos e chegaram a pedir prioridade nos grupos do aplicativo do  Whatsapp da delegacia, mas ficaram sem área de cobertura.

Às 20:31h, o agente Alessandro fez contato pedindo socorro pelo rádio: “Estou na mata escondido irmão, estou sem sinal, cadê a Core? Pelo amor de Deus!”

 

Com esse pedido de socorro, foi possível rastrear via satélite, o local exato onde se encontravam os agentes.

Sem terem notícias dos agentes, policiais de todo o Estado foram convocados para a operação, entre eles a Core, o 24º Batalhão da Polícia Militar BPM de Queimados e agentes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).

Momento que os policiais chegaram na cidade de Itaguaí

Eles entraram na favela do morro do Carvão em Itaguaí em busca dos desaparecidos e até um helicóptero blindado foi deslocado para o local das buscas.

Por volta das 22h50, os policias finalmente foram encontrados pela equipe do Dr Sayone, estando um deles em estado de hipotermia.

Equipes da polícia civil e militar comemoraram o sucesso da operação na 50ª DP Itaguaí

A cidade de Itaguaí tem sido considerada um dos locais mais violentos do Rio de Janeiro. O crescimento da criminalidade atinge patamares gigantescos. É comum ver dezenas de relatos diários de roubos de carros, roubo a pedestres, assaltos a ônibus entre outros. O local, esta realizando a sua maior festa que anualmente ocorre neste mês de julho, festa essa que comemora os 199 anos da cidade nesta edição. No entanto, esse evento tem atraído criminosos, que culminando com a pouca segurança, tem causado assaltos e furtos dentro e fora do espaço destinado a tradicional festa.

MENDIGO MATA 6 BANDIDOS NA ZONA OESTE DO RIO

3 dos 6 bandidos tinham passagem por crimes!

Todos eles estavam armados de fuzis

 

A 35a Delegacia de Polícia investiga a morte de 6 traficantes de drogas, na frente de um bar na comunidade Piraquê, em Campo Grande. Segundo testemunhas, um mendigo coberto de farrapos, segurando uma sacola, efetuou os disparos com uma pistola calibre 9 mm, após ter passado despercebido por todos no local.

“De repente o mendigo largou a sacola e atirou nos 6 caras, que estavam de fuzil.”, disse um frequentador do bar.

O delegado titular da 35a DP informou que 3 dos 6 bandidos mortos eram procurados pela morte de sete pessoas em um ataque a ônibus. Perguntado se ação seria de alguma espécie de justiceiro, o delegado afirmou que todos os esforços dos investigadores estão sendo feitos no sentido de identificar o suposto mendigo e descartou qualquer ligação com o justiceiro conhecido como Anjo da Noite.

Informações: Plantão Policial – RJ

Médico russo mata paciente a socos

O caso aconteceu em 29 de dezembro, mas só veio a público neste fim de semana. Um médico russo, identificado como Ilya Zelendinov, se irritou com o paciente Yevgeny Bakhtin, de 56 anos, e o socou. O impacto foi tão grande que o homem caiu no chão na mesma hora, nocauteado. Mesmo com a vítima desacordada, o médico continuou a discutir com outro homem, não identificado, que tentava conter a confusão.

De acordo com o Daily Mail, o doutor teria se descontrolado porque o paciente estaria perturbando as enfermeiras do local. Zelendinov demorou a perceber a gravidade de sua agressão. Ele demorou alguns minutos até correr para tentar reanimar Bakthin. Nas câmeras do hospital, ele grita por ajuda para socorrer o homem.

image

O médico foi demitido e cumpre prisão domiciliar pelo homicídio. O caso está sob os cuidados do Comitê de Instrução da Rússia. A ministra da Saúde do país, Veronika Skvorsova ordenou uma investigação para saber como vazou o vídeo de segurança do hospital, que viralizou na internet.

Assista a “Médico mata paciente com murros dentro do Hospital – 09/01/2016” no YouTube – https://youtu.be/HFQZxg_PxUI

Apesar da gravidade da agressão, a rede de notícias BBC revelou que é improvável que Zelendinov receba uma condenação severa. As autoridades não acreditam que o médico agiu com o intuito de matar o paciente. A causa da morte de Bakthin foi traumatismo craniano. Ele bateu com a cabeça no chão após o golpe, sofrendo danos no cérebro.