Arquivo da tag: lama

Praia de Coroa Grande, tristeza e abandono

Praia virou um esgoto à céu aberto, animais mortos são vistos aos montes e onde era água hoje é apenas lama misturada com esgoto e óleo

Socorrro – A praia de Coroa Grande localizada no município de Itaguaí, já foi cartão postal da cidade. Décadas atrás o local servia como ponto de encontro e as águas de sua praia atraiam centenas de banhistas.

Com o passar do tempo o local foi ficando cada vez pior. Em nome do “progresso” a praia cercada por empresas exploradoras e o descaso de várias gestões municipais, transformaram a praia de Coroa Grande num imenso valão de esgoto e óleo.

O cenário é horroroso e as carcaças de barcos, peixes e vários animais aquáticos desolam quem presencia essa maldade com o meio ambiente. Animais tentam sobreviver em meio ao caos ambiental e a maldade humana.

Tal situação se agrava quando você não vê por parte do poder público nenhuma iniciativa que possa minimizar essa destruição ambiental.

RJ Móvel estaciona pela primeira vez em Itaguaí, na Estrada do Chaperó.

RJTV mostra graves problemas enfrentados por moradores de Chaperó, com a poeira e a lama ocasionados pela falta de asfalto na região.

Assista ao vídeo da reportagem clicando na imagem

Slide10

Imagens Rede Globo

Moradores reivindicam melhorias na Estrada do Mazomba

COLUNA SOLTE O VERBO

COLUNA SOLTE O VERBO

Como cidadãos, os moradores de Mazomba reclamam do descaso com a estrada que passa  em baixo do Arco Metropolitano. A estrada é intransitável em dias de chuva. A lama gera graves problemas nos dias mais cinzentos e quando há sol é a vez da poeira.

Os moradores também relatam que há muitos buracos, falta de iluminação e inúmeros assaltos no local.

Slide10

“Senhores governantes de Itaguaí (Prefeito, Vereadores e Secretários) só um conselho, antes de fazer projeto para turistas, façam projetos para o moradores que estão transitando na lama.” Diz uma moradora.

Como lembrado, Mazomba é uma área turística da cidade. Imaginem se não fosse…

Slide11

A população espera por ações que melhorem essa situação.

Faça também a sua reclamação. Solte o verbo em um dos nossos canais de atendimento.

Espírito Santo é atingido por lama de barragem rompida na noite deste sábado

A onda de lama de rejeitos minerais formada com o rompimento da barragem do Fundão, da mineradora Samarco, em Mariana, Minas Gerais, no último dia 5, deve chegar ao litoral do Espírito Santo a partir da noite deste sábado (21) até a madrugada de domingo(22). As informações são da Defesa Civil e da mineradora. Devido ao período seco, um banco de areia impede a chegada da lama ao mar.

Máquinas da Samarco, mineradora que pertence à Vale e à anglo-australiana BHP Billiton, trabalham para desobstruir o caminho até o litoral no vilarejo de Regência, próximo à cidade de Linhares. A avaliação é que, caso a lama se dilua no mar, os danos devem ser menores do que se permanecer ela represada.

Em uma tentativa de salvar a vegetação na foz do rio Doce, a Samarco instalou boias de contenção. No entanto, não há certeza sobre a efetividade desta medida, já que elas são usadas tradicionalmente na contenção de vazamentos de óleo.

O trajeto da lama de rejeitos pelo rio Doce interrompeu o abastecimento de água em municípios de Minas Gerais e Espírito Santo. A situação mobilizou pessoas de vários pontos do país, que arrecadaram água potável para enviar para a região.

Neste domingo (22), durante o jogo de futebol entre Fluminense e Avaí, na cidade capixaba de Cariacica, haverá mais um esforço de arrecadação. Os torcedores que doarem dois litros de água mineral nas entradas do estádio terão direito a pagar metade do valor dos ingressos. A campanha é organizada pelo Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo (FES).

* Da Agência Brasil