Arquivo da tag: jovem

Jovem morre após queda de cachoeira em Muriqui

 

Uma jovem, identificada como Jéssica Souza, morreu ao cair nesta segunda-feira (23) de uma grande altura da cachoeira Véu de Noiva, em Muriqui, na Costa Verde do Rio.

                                                Cachoeira Véu da Noiva

A jovem de 26 anos que era moradora de Itaguaí, estava no local com a família curtindo o feriado e não resistiu a queda.

Jéssica era professora em uma escola particular na cidade. Nas redes sociais a comoção é imensa. Ela era muito querida por todos, incluindo pelas crianças onde trabalhava. Trabalhadora Jéssica deixa amigos e familiares desolados com a tragédia.

Briga termina em tragédia em Vila Valqueire

Jovem é atropelado após tentar fugir

O fato ocorreu na manhã deste domingo em frente ao Habib’s da Vila Valqueire. Um grupo de jovens discutiam na rua. Um deles tentou fugir e foi atropelado por um veículo que passava. O rapaz está internado em estado grave.

Ainda não foi divulgado o nome da vítima.

Assista ao vídeo clicando abaixo:

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=834853646716384&id=248343018700786

 

Jovem faz teste de gravidez por brincadeira e descobre câncer raro

Câncer descoberto era na região torácica

Era para ser apenas uma brincadeira, quando o cearense José Gerardo Soares Filho, de 18 anos, estudante de enfermagem, resolveu fazer um teste de gravidez e o resultado, surpreendentemente, deu positivo. Foi em janeiro deste ano, durante uma aula.
Ao mostrar o exame em casa, Lígia Bezerra, a mãe, achou que o resultado fosse da namorada do rapaz. Mas não. A alteração hormonal, que deu um falso positivo de gravidez, era decorrente de um câncer raro: TGC (tumor de células germinativas, coriocarcinoma), localizado no mediastino (região torácica).

De acordo com estudo de pesquisadores do Hospital do Câncer A.C. Camargo, os coriocarcinomas primários de mediastino são, em sua forma pura, os mais raros tumores de células germinativas do mediastino.
Afetam homens jovens (de 15 a 35 anos de idade) e raramente mulheres. Geralmente não são muito grandes. Um dos sintomas é justamente a b-HCG sérica muito elevada – o mesmo hormônio, cuja dosagem sanguínea é amplamente utilizada como teste de gravidez.
Gerardo foi, então, submetido a sessões de quimioterapia no hospital Peter Pan, em Fortaleza. No início de junho, apesar de uma melhora clínica, os indicadores apresentados pelos exames não apontavam recuperação significativa para a cura.

Recentemente, familiares e amigos começaram uma campanha de arrecadação para que ele possa se submeter a uma cirurgia no Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo. O objetivo é juntar R$ 200 mil que cobririam os custos totais para o tratamento. Até esta sexta-feira, o site da campanha Todos pelo Gerardo havia contabilizado R$ 18.256,81.
A cirurgia consiste em ressecar a lesão primária, um tumor localizado no mediastino, e alguns nódulos pulmonares. O orçamento apenas para o procedimento cirúrgico é R$ 98 mil, valor que não contempla a assistência médica, medicações, exames complementares e eventuais complicações durante o internamento hospitalar, além de passagens aéreas, inclusive para reavaliações médicas futuras.


Fonte: Istoé

Homem morre próximo a bar em Itaguaí

Outro jovem entrou no local após chegar baleado

Um homem morreu próximo ao bar Espetos – Steak House na madrugada do último domingo em Itaguaí. O estabelecimento que fica na Avenida Itaguaí, foi o local onde um jovem de aproximadamente 20 anos procurou após chegar baleado. Segundo o estabelecimento, a equipe do bar logo ligou para a SAMU e a vitima foi levada até o hospital São Francisco Xavier após os primeiros socorros e se recupera bem. Já um outro jovem Jefferson Lima de Souza, de 19 anos, não teve a mesma sorte e morreu próximo ao local. Ele também foi baleado.

Segundo algumas testemunhas, o local é frequentado por pessoas de diversas idades e que o fato ocorreu dentro do estabelecimento. Alegam que a rua fica bloqueada frequentemente tamanho movimento, além de um som alto de funk até altas horas da madrugada que incomoda os moradores. Já outros, defendem o bar e dizem que o estabelecimento respeita todas as leis e que serve de um bom espaço de entretenimento. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) está investigando o caso.

Em nota, o bar Espetos – Steak House prestou esclarecimentos:

– “A casa Espetos Steak House esclarece que o ocorrido no sábado à noite foi uma grande fatalidade. Por voltar das 03h00 foram escutados tiros próximo ao local e com isso se tornou-se um pânico generalizado em toda área próxima ao ocorrido.

Em alguns minutos, um jovem entrou baleado procurando abrigo em nossas dependências. Nossa equipe logo se deparando com a situação atuou rapidamente em socorrê-lo através do contato rápido com a central dá SAMU.
Informamos que o mesmo se encontra fora de perigo, mas infelizmente um outro jovem veio a falecer a 40 metros de nosso estabelecimento. O Espetos presta solidariedade a todos os familiares e amigos do rapaz.

A casa espetos e uma Empresa séria e está aqui pra qualquer esclarecimento com as nossas centrais de monitoramento, deixando claro que nossa Empresa é um estabelecimento sério e que viemos na intenção de proporcionar a diversão aos moradores de Itaguaí e proximidades.”

 slide2

Adolescente de 16 anos é estuprada dentro da estação Central do Brasil

O homem foi preso em flagrante após estuprar uma garota de 16 anos em uma estação de trens do Rio de Janeiro

A estação de trens Central do Brasil, no Rio de Janeiro, foi cenário de um estupro no fim da manhã desse domingo (22). O acusado do crime foi encontrado por funcionários da SuperVia – empresa que opera o serviço de trens urbanos – com a vítima de 16 anos e foi preso em flagrante. Segundo investigações, ele já tem passagens pela polícia por roubo e furto e antes de estuprar a menina, tentou atacar uma mulher, que fugiu.

Segundo a polícia, o homem tentou disfarçar que era namorado da jovem mas ela sinalizou disfarçadamente para os funcionários que não era verdade, o que causou desconfiança. A menina só conseguiu sair do lado do homem quando os policiais chegaram. Com ele, foi apreendida uma faca com a qual ameaçou as mulheres, anunciando assalto.

O delegado da 5ª DP (Rio de Janeiro) informou que o estuprador resistiu à prisão e não mostrou arrependimento, tendo inclusive comportamento de deboche. “Ele ameaçou matar a vítima dizendo que já tinha sido preso, e que se fosse voltar para a cadeia, seria por homicídio”, contou.

Em nota, a SuperVia informou que o estupro não aconteceu dentro da estação, mas na linha férrea nas imediações da Central do Brasil. As informações são do jornal O Dia.

 

Vídeo mostra jovem sendo espancado em Campo Grande – MS

Cenas de uma briga muito violenta em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, onde a vítima é brutalmente espancada, foram parar na internet. As imagens de selvageria foram gravadas e postadas em redes sociais e compartilhadas, acabaram chegando nas mãos de um policial.

 

As imagens são fortes. Samuel da Costa Gomes, de 18 anos aparece agachado, tentando proteger a cabeça, enquanto recebe chutes e socos. O tempo todo é possível ouvir gritos das outras pessoas pedindo para que os agressores parem. Depois de cair no chão, Samuel ainda recebe um nome conhecido como ‘mata-leão’, até quase ficar desacordado.

 

O agressor que aparece no vídeo sem camisa é Jhonny Beluso, de 19 anos. O outro é Alessandro Ronaldo Mosca Junior, de 21 anos. Os dois foram identificados depois que um investigador da polícia recebeu o vídeo por um aplicativo de mensagens.

 

De acordo com o delegado Fabiano Nagata, a agressão aconteceu após uma festa. “Segundo os agressores, a vítima teria urinado no carro dele. No carro mesmo, na lataria. E a vítima também reforça, fala que foi isso mesmo, que ela fez. Ela admite. Então quando a vítima foi embora da festa, eles – o autor, junto com outros – foram de carro, seguiram, interceptaram lá na frente e começaram a pancadaria”, relata o delegado.

 

As investigações da polícia estão praticamente concluídas. O delegado aguarda apenas o resultado do exame de corpo de delito feito na vítima, para encaminhar o inquérito para o Ministério Público. Os dois suspeitos já foram indiciados por tentativa de homicídio. “Você vê que a intenção do autor não era machucar. Quem dá chute na cabeça da pessoa, quer matar”, afirma o delegado Fabiano Nagata.

 

A defesa de Jhonny contesta que ele tenha exagerado nas agressões. “Ele não tinha a intenção de ocasionar qualquer mal maior. Como eu disse, foi um momento em que ele ficou nervoso, mas ele já se arrependeu disso. Ele já procurou o rapaz, o rapaz já procurou ele, já pediu desculpa”, diz Ronye Mattos, advogado de Jhonny.

 

A vítima não quis gravar entrevista, mas o pai dele disse, por telefone, que o jovem está bem. Houve uma tentativa de contato com o outro agressor, Alessandro Junior, mas ele não quis falar.

 

Polícia investiga estupro de jovem de 13 anos no Recreio dos Bandeirantes

Uma adolescente de apenas 13 anos teria sido estuprada por um homem armado com uma faca em uma alameda, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste na cidade. O crime ocorreu na noite da última quarta-feira (22), quando a jovem saía de uma escola de dança que fica no bairro, segundo o relato da vítima à Polícia Civil. As informações foram confirmadas pela delegada titular da 42ª DP (Recreio), Carolina Salomão.

A menina foi abordada pelo criminoso na Alameda Sandra de Faria Alvim, próximo à Praça Carlos Gardel. O local onde a menina foi atacada é uma área cheia de árvores e mato, como se fosse um bosque e há anos moradores pedem que a iluminação do local seja trocada.

 

O mesmo homem também teria atacado outra moradora há 15 dias. Ela estava passeando com dois cachorros. Ele a abordou e chegou a ameaçar matar um dos cães.

De acordo com a polícia, um procedimento foi instaurado e as investigações estão em andamento para apurar as circunstâncias e autoria do fato.

Imagens de câmeras de segurança na região foram solicitadas. A Polícia Civil informou que a vítima foi encaminhada ao Instituo Médico Legal (IML) para a realização de exame de corpo de delito.

Procurada pelo G1, a família da adolescente preferiu não se pronunciar sobre o caso, pois a adolescente está ainda com muito medo.

Número de estupros triplica na região

De acordo com os últimos números apresentados pelo Instituto de Segurança Pública do Rio (ISP), de abril deste ano, na área de policiamento do 31º BPM (Recreio), foram registrados dez estupros na região. No mesmo mês do ano passado, foram três casos registrados nas delegacias da área: 16ª DP (Barra da Tijuca) e 42ª DP (Recreio).

Apesar disso, se comparados os primeiros trimestres de 2015 e 2016, foram registrados sete ocorrências a menos, de 20 para 13. Ainda assim, o número de estupros registrados nos três primeiros meses de 2016 chega a 1.115 casos.

Punição precisa ser ‘exemplar’

No último dia 17, a Polícia Civil concluiu inquérito sobre o caso de estupro coletivo sofrido por outra adolescente, de 16 anos, também na Zona Oeste do Rio. O caso ocorreu no Morro da Barão. Ao final das investigações, sete pessoas foram indiciadas pelo crime.

A Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) esteve à frente do caso e a delegada titular da especializada, Cristiana Bento, disse à época que esperava que os envolvidos apontados pela polícia fossem punidos “de forma exemplar” pela Justiça”.

“A gente espera que a pena seja exemplar para que isso não volte a existir”, afirmou.

Polícia afirma que jovem de 16 anos foi estuprada ‘em ao menos dois momentos’

Em nota divulgada neste sábado (4), a Polícia Civil do Rio concluiu que a jovem de 16 anos vítima de estupro no morro da Barão, na zona oeste do Rio, “foi abusada em, ao menos, dois momentos”.

Os crimes aconteceram depois que a adolescente saiu de um baile funk na comunidade, na manhã do sábado (21), acompanhada de uma amiga e de Raí de Souza, 22, e de Lucas Perdomo, 20. Os quatro foram a uma casa abandonada. Souza teve relação sexual com a jovem, e Perdomo, com a outra menina do grupo. 

Pela manhã, os três saíram mas a jovem continou na casa, por estar cansada. Suspeita-se que ela estivesse sob o efeito de drogas. Um grupo de criminosos da região teria encontrado a jovem desacordada e decidiu levá-la para outra casa, conhecida como “abatedouro”.

A polícia afirma que o traficante Moisés Lucena, o Canário, foi quem carregou a adolescente para o imóvel. Na segunda casa, a jovem teria sido violentada pelos criminosos que a levaram e por outros que passavam pelo local e se juntaram ao grupo. 

À noite, ela foi encontrada por Souza e pelo ex-paraquedista Raphael Belo, 41, que estavam acompanhados do traficante conhecido como Jefinho. Neste momento o vídeo divulgado na internet foi gravado. Na gravação, três homens aparecem no quarto com a adolescente desacordada e um deles toca nas partes íntimas da garota.

Jovem é morto em Muriqui

Jovem foi morto por tentar apartar briga de um casal

 O corpo de Douglas Antônio Secunha, de 21 anos, foi enterrado ontem sábado (02), às 17 horas, no cemitério municipal do Retiro, em Volta Redonda. Ele foi morto na noite do dia 1º, em Muriqui, onde passava o feriado de Ano Novo. Segundo informações de amigos, Douglas teria se envolvido na briga de um casal. O homem agrediu a mulher e Douglas a defendeu. Quando voltava para o local onde estava hospedado, Douglas foi abordado pelo homem e assassinado.

– Ele tinha este instinto de defender as pessoas. Por isso, morreu – disse um amigo, acrescentando que ele fazia parte de um grupo de pagode que tocava em Volta Redonda.

Amigos manifestaram pesar nas redes sociais e classificaram o crime como “covarde”.

O corpo da vítima foi liberado pelo Instituto Médico Legal de Angra dos Reis ontem sábado (02) .

Fonte: Diário do Vale

Jovem enterrada no quintal em Inhoaíba foi estuprada enquanto estava desmaiada

Acusado confessou o crime à polícia. Vítima foi enforcada com fio quando percebeu que sofria violência sexual

 

FELIPE MARTINS

As últimas horas da jovem Camila Monsores Monteiro, 20 anos, foram de brutal sofrimento: enforcada por duas vezes e estuprada quando estava inconsciente, ela acabou enterrada no quintal da casa do acusado, tio de consideração, em Inhoaíba, na Zona Oeste, não se sabe se ainda viva ou não. O pedreiro Diego Sacramento Elias, 25, foi preso na noite de terça-feira por agentes da 35ª DP (Campo Grande). Ele confessou o crime e indicou aos policiais o local onde estava o corpo. Diego admitiu que estuprou a vítima e a enforcou para, em seguida, jogar terra e concreto sobre o corpo em um buraco na própria casa.

 

As informações iniciais da investigação davam conta que Camila e Diego teriam um relacionamento e que ela estaria grávida, mas o próprio acusado pelo crime negou o fato também confirmado pelo exame cadavérico. De acordo com o delegado Marcelo Ambrósio, titular da delegacia de Campo Grande, o acusado confessou que, diante da negativa da jovem em manter relações sexuais com ele, ela acabou enforcada e estuprada quando ainda estava inconsciente.

O crime foi cometido no último dia 04, mas a família só prestou queixa dez dias depois. A investigação chegou ao tio da vítima por, segundo os familiares da jovem morta, ter sido ele o último a vê-la. Diego construiu uma parede sobre a cova, com o objetivo de ocultar o local onde sepultou a companheira. Ele foi preso no local de trabalho na noite de terça-feira.

“Ele negou que fosse amante dela. No depoimento, ele disse que os dois estavam conversando e bebendo na casa dele quando ele tentou transar com ela a força. Ela se negou e ele apertou o pescoço dela com força até ela desmaiar. Quando ele percebeu que ela estava inconsciente, estuprou ela. A Camila acordou com ele ainda sobre ela e começou a gritar. O Diego enforcou ela com um fio de eletricidade e quando achou que ela estava morta enterrou o corpo em um buraco no quintal da casa dele”, relatou Ambrósio.

A  polícia aguarda o laudo da perícia técnica para apurar se Camila foi enterrada ainda viva. O prazo para a entrega do exame é de 30 dias.

Pela rede social, uma amiga de Camila lamentou o crime brutal e falou sobre a filha da vítima: “Como pode, tem que ter muito sangue frio pra isso, meu Deus. Quanta crueldade, onde vamos parar? E sua filha como vai ficar? O que mais me deixa abalada é a criança. Quanta falta ela vai sentir da sua mãe, meu Deus? Que a justiça seja feita”, desabafou.

Com informações de Paulo Henrique Gomes

Fonte: O Dia