Arquivo da tag: Guandu

CEDAE irá realizar reparos na ETA Guandu na próxima quinta dia 7

Locais afetados serão Rio de Janeiro, Duque de Caxias, São João de Meriti, Nova Iguaçu, Queimados, Mesquita, Nilópolis e Belford Roxo

A Cedae irá realizar, na próxima quinta-feira (07), a manutenção preventiva anual da maior estação de tratamento de água do mundo, a ETA Guandu. O serviço é fundamental para preparar o sistema para o verão período em que há maior consumo de água, segundo a empresa.  O trabalho começa às 8h e deve ser concluído até as 20h. Será necessário interromper a produção de água na unidade, que atende os municípios do Rio de Janeiro, Duque de Caxias, São João de Meriti, Nova Iguaçu, Queimados, Mesquita, Nilópolis e Belford Roxo. A normalização do abastecimento pode levar até 72 horas em alguns locais.

A Cedae solicita que atividades que demandem grande consumo, como lavagem de carros e rega de jardins, sejam reprogramadas e que a população mantenha o consumo consciente da água. A empresa montou esquema especial para atender hospitais e outros serviços essenciais com carros-pipa no período em que a estação estiver inoperante.

A estação, reconhecida pelo Guinness Book como a maior em volume de água tratada do mundo, trata cerca de 43 mil litros de água por segundo.

CEDAE REALIZA MANUTENÇÃO PREVENTIVA DO SISTEMA GUANDU NA QUINTA-FEIRA DIA 09

A CEDAE realizará na terça-feira (09/11) a manutenção preventiva anual na Estação de Tratamento de Águas (ETA) Guandu. A intervenção é parte do planejamento operacional da companhia, visando preparar as principais estações para o verão, período do ano em que há maior consumo de água. Os serviços terão a duração de 24 horas, com início programado para as 06 horas desta terça, e conclusão prevista para as 06 horas do dia seguinte.

Técnicos da companhia farão uma vistoria minuciosa nos reservatórios e canais de água filtrada da estação de tratamento e nas adutoras e elevatórias que compõem o sistema do Guandu. O trabalho envolve cerca de 600 pessoas em diversos pontos da Região do Grande Rio.

Os municípios atendidos pela ETA Guandu são Rio de Janeiro, Duque de Caxias, São João de Meriti, Nova Iguaçu, Queimados, Mesquita, Nilópolis e Belford Roxo.

– A parada do sistema Guandu para manutenção preventiva é uma ação de engenharia voltada à realização de serviços que permitem a Estação trabalhar com melhor desempenho e confiabilidade no período do verão e executar simultaneamente centenas de serviços de manutenção preventiva, corretiva e melhorias em sistemas de distribuição e adução em toda região do Grande Rio, além de ser uma operação planejada há meses – explicou o presidente da CEDAE, Jorge Briard.

Imóveis que disponham de sistema interno de reserva (cisterna e/ou caixa d`água) não deverão ter problemas de abastecimento. Para isso, é fundamental reprogramar atividades que demandem grande consumo e utilizar água de forma equilibrada – não lavar carros, não encher piscinas, evitar lavar roupas, não regar jardins e diminuir o tempo no banho, por exemplo.

O abastecimento começará a ser normalizado logo após o religamento do sistema, mas em algumas áreas isoladas (pontas de sistema) e regiões mais altas, o fornecimento de água poderá levar até 72 horas para se restabelecer totalmente. A CEDAE montou esquema especial para atender hospitais e outros órgãos de atendimento essencial com carros-pipa no período em que a estação estiver inoperante.

Construída em 1955, a ETA Guandu teve a segunda etapa concluída em 1963 e a terceira no ano de 1965. Posteriormente, foi ampliada em 1982. A estação, a maior em volume de água tratada do mundo, conforme registro no Guinness Book, o livro dos recordes, trata cerca de 43 mil litros de água por segundo.

CEDAE realiza manutenção preventiva do sistema Guandu nesta quinta-feira 24

A CEDAE, dentro do seu planejamento operacional de preparar suas principais estações para o período de maior consumo que se aproxima, o verão, realizará a manutenção preventiva na Estação de Tratamento de Águas (ETA) Guandu. A intervenção, que terá duração de 24 horas, começa às 8 horas de quinta-feira (24/11) e termina às 8 horas de sexta-feira (25/11).

Técnicos da companhia farão uma vistoria minuciosa nos reservatórios e canais de água filtrada da estação de tratamento e nas adutoras e elevatórias que compõem o sistema do Guandu. O trabalho envolve cerca de 600 pessoas em diversos pontos da Região do Grande Rio.

Os municípios atendidos pela ETA Guandu são Rio de Janeiro, Duque de Caxias, São João de Meriti, Nova Iguaçu, Queimados, Mesquita, Nilópolis e Belford Roxo.

– A parada do sistema Guandu para manutenção preventiva é uma ação de engenharia voltada à realização de serviços que permitem a Estação trabalhar com melhor desempenho e confiabilidade no período do verão e executar simultaneamente centenas de serviços de manutenção preventiva, corretiva e melhorias em sistemas de distribuição e adução em toda região do Grande Rio, além de ser uma operação planejada há meses – explicou o presidente da CEDAE, Jorge Briard.

Imóveis que disponham de sistema interno de reserva (cisterna e/ou caixa d`água) não deverão ter problemas de abastecimento. Para isso, é fundamental reprogramar atividades não essenciais.  A Cedae orienta evitar o desperdício e usar a água de forma racional – não lavar carros, não encher piscinas, evitar lavar roupas, não regar jardins e diminuir o tempo no banho, por exemplo.

O abastecimento de água começará a ser normalizado logo após o religamento do sistema, mas em algumas áreas isoladas (pontas de sistema) e regiões mais altas, o fornecimento de água poderá levar até 72 horas após a conclusão dos trabalhos para ser totalmente restabelecido. A CEDAE montou esquema especial para atender hospitais e outros órgãos de atendimento essencial com carros-pipa no período em que a estação estiver inoperante.

Construída em 1955, a ETA Guandu teve a segunda etapa concluída em 1963 e a terceira no ano de 1965. Posteriormente, foi ampliada em 1982. A estação, a maior em volume de água tratada do mundo, conforme registro no Guinness Book, o livro dos recordes, trata cerca de 43 mil litros de água por segundo.

Veja mais:

https://bocanotromboneitaguai.com/2016/11/16/adiada-manutencao-preventiva-da-cedae-no-sistema-guandu/

ADIADA MANUTENÇÃO PREVENTIVA DA CEDAE NO SISTEMA GUANDU

UFRJ

A Cedae informou no fim da manhã desta quarta-feira que o serviço de manutenção preventiva no Sistema Guandu previsto para amanhã (17/11) foi adiado. A Coordenação de Infraestrutura informa que a nova data de operação será 24 de novembro. A operação, que terá duração de 24 horas, começa a partir das 7 horas da próxima quinta-feira.

A recomendação é para economizar água na véspera da manutenção.

Fonte: http://www.prefeitura.ufrj.br/index.php/pt/inicio/8-noticias/696-adiada-realizacao-de-manutencao-preventiva-da-cedae

Comitê Guandu promove concurso sobre educação ambiental

Prefeitura de Itaguaí atua como membro do comitê do concurso para alunos de escolas públicas

O Comitê das Bacias Hidrográficas dos Rios Guandu, que tem como objetivo promover a gestão descentralizada e participativa dos Recursos Hídricos, promove o concurso “Fantástico Mundo da Água” na modalidade desenho e pintura. As inscrições vão até a sexta-feira (13/11).  O objetivo do concurso é incentivar a educação ambiental por meio dos jovens do estado.

Para participar é preciso ser aluno de escolas públicas ou particulares dos municípios de Itaguaí, Barra do Piraí, Engenheiro Paulo de Frontin, Japeri, Mangaratiba, Mendes, Miguel Pereira, Nova Iguaçu, Paracambi, Piraí, Queimados, Rio Claro, Seropédica e Vassouras e ainda, dos bairros Campo Grande, Guaratiba, Santa Cruz e Rio de Janeiro.

Itaguaí participa como membro do Comitê Guandu em reuniões mensais. A diretora de Hortas, Monique Fontes, é quem representa o município.

Os desenhos, que deverão ser enviados até o dia 13 de novembro ao seguinte endereço: Rua Elza da Silva Duarte, nº 48, loja nº 1, Manejo, Resende. Eles precisam abordar aspectos reais ou fantasiosos sobre a água, como seu estado atual, ideal e natural, meios de usos, fauna e flora associados, dentre outros. Os melhores trabalhos serão premiados.

Acesse o Regulamento e saiba sobre os detalhes de como participar: http://comiteguandu.org.br/downloads/concurso-desenho-regulamento.pdf

Fonte: Prefeitura de Itaguaí

 

Moradores da Zona Oeste podem sofrer com falta d’água até segunda-feira

Moradores de Itaguaí e escolas do município já sofrem com a falta d’água

A Cedae está realizando manutenção em sistema de abastecimento desde a manhã desta  quinta-feira. Serviço vai durar 24 horas, porém fornecimento total pode levar até 72 horas para normalizar

Moradores da Zona Oeste do Rio podem ficar com as torneiras secas até segunda-feira. Isto porque a Cedae está realizando uma manutenção em três adutoras do Reservatório Marapicu, que integra o Sistema Guandu, desde às 8h desta quinta-feira. O serviço terá duração de 24 horas, sendo concluído na manhã de sexta-feira, porém, o abastecimento em alguns pontos pode levar até 72 horas.

 

De acordo com a Cedae, hospitais serão atendidos com carros-pipa durante a paralisação. Campo Grande, Santíssimo, Senador Camará, Bangu, Padre Miguel, Realengo, Inhoaíba, Cosmos, Paciência, Santa Cruz, Sepetiba e Pedra de Guaratiba são bairros que serão afetados com a interrupção do fornecimento de água. Mas estamos notando que os moradores de Itaguaí, que apesar de não constar nos locais que sofreriam com o desabastecimento, estão também com a falta d’água.  Por isso, moradores destas localidades devem evitar o desperdício, dispensando atividades como, por exemplo, banhos demorados e lavar louça com a torneira aberta, dentre outras.

O serviço de manutenção envolve a troca de três válvulas borboleta por válvulas automatizadas nas adutoras, sendo uma de 800 milímetros de diâmetro e duas com 1.750 milímetros de diâmetro. Assim que os trabalhos terminarem, a Cedae garante que o sistema entrará em operação imediatamente, contudo o abastecimento em alguns pontos pode levar até segunda-feira para normalizar.