Arquivo da tag: Guanabara

“Guanabara” anuncia milhares de demissões e “Extra” fechará sua loja em Santa Cruz

DESEMPREGO EM ALTA

Sindicato aciona delegacia do trabalho contra ” Guanabara” por jornada e demissões de até 4000 mil pessoas.

Com o Brasil cada vez mais em crise financeira, rede de supermercados já não mais funciona aos domingos. Supermercados “Extra” também fecharão algumas lojas e várias demissões são previstas.

Depois de anunciar o fechamentos das lojas nos domingos, segundo o Sindicato dos Comentários do Rio de Janeiro, o Guanabara informou que pretende demitir 3.500 a 4 mil trabalhadores nos próximos meses. Além disso, a empresa já apresentou em negociação a intenção de implementar a jornada 12×36, banco de horas e o contrato por jornada intermitente.

O Sindicato dos Comerciários do Rio abriu negociação com o objetivo de encontrar saídas para que não ocorram essas demissões e participou de uma mesa redonda na Delegacia Regional do Trabalho com a participação da empresa para tratar desta questão.

O Sindicato já disse que não concorda com mudanças de jornada que não estejam na convenção coletiva e que espera da empresa uma proposta concreta para evitar um número tão grande de demissões. Nesta terça-feira, dia 11, haverá nova reunião na Superintendência Regional do Trabalho com o Guanabara.

Para piorar, sem dar qualquer informação para seus funcionários, o supermercado cortou o adicional de 100% de quem trabalha nos feriados. Os trabalhadores só ficaram sabendo na hora que receberam o contracheque. Essas mudanças atingem duramente os ganhos mensais dos comerciários, que contam com este ganho extra para completar os salários.

Assembleia com os trabalhadores

A partir do momento que o supermercado apresentar uma proposta concreta, o Sindicato convocará os trabalhadores para uma assembleia que analise e decida sobre o resultado das negociações.

Para o Sindicato, no momento o mais importante é preservar o emprego de milhares de trabalhadores e garantir o cumprimento da Convenção Coletiva.

Uma pesquisa do iDados, a partir da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do IBGE, mostrou que um trabalhador com ensino fundamental demora, em média, 13,1 meses para conseguir um novo emprego. Atualmente, o país vive uma crise, com mais de 12 milhões de trabalhadores desempregados.

“Em um momento tão ruim para a economia do país, com alto índice de desemprego, nosso objetivo tem sido a manutenção dos empregos. Estamos negociando com o Guanabara alternativas para evitar uma demissão em massa, mantendo as garantias da nossa convenção coletiva. Além disso, muitos trabalhadores estão preocupados com a diminuição da renda a partir do fim do adicional de feriado, estamos cobrando da empresa uma alternativa para isso”, declara Márcio Ayer, presidente do Sindicato dos Comerciários.

Fim do adicional

O adicional deixou de ser obrigatório desde 2017, com o decreto do então presidente Temer, quando os supermercados passaram a ser considerados serviço essencial. Com isso, domingos e feriados tornaram-se dias normais de trabalho e o adicional deixou de ser obrigatório. O Sindicato foi pra luta e, mesmo com o decreto, alguns supermercados mantiveram o adicional de 100%, entre eles o Guanabara, garantindo esse importante benefício aos trabalhadores.

“O decreto de 2017 foi um duro golpe para os trabalhadores de supermercados. Temer atendeu ao desejo dos patrões, que querem cada vez mais aumentar seus lucros. Recentemente o Brasil piorou muito para os trabalhadores, o atual governo insiste em medidas que retiram direitos e desvalorizam os trabalhadores. No ano passado, fechamos uma negociação salarial muito difícil, com tentativas de cortar mais direitos, porém fomos firmes. Precisamos agora defender nossa convenção coletiva e impedir mais retrocessos”, afirma Márcio Ayer, presidente do Sindicato dos Comerciários

Supermercados “Extra”

A rede de supermercados “Extra” também fecharão algumas lojas devido a crise financeira. O Extra de Santa Cruz no Rio de Janeiro é uma dessas que não mais existirão. No local as prateleiras já estão quase todas vazias. Trabalhadores que ainda restam e atuam na jornada de 12×36, já se preparam para serem demitidos. Alguns poderão ser aproveitados em outras lojas, mas a maioria estarão desempregados em breve. A crise também atinge outras lojas no Estado do Rio de Janeiro.

Procon Estadual autua três supermercados de Nova Iguaçu nesta sexta-feira

Os fiscais do Procon Estadual realizaram na última sexta-feira (12/05) uma nova etapa da Operação Secos e Molhados, que vistoria supermercados. O alvo da ação foram três filiais das redes Extra, Guanabara e Intercontinental localizadas em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Todos os estabelecimentos fiscalizados foram autuados e cerca de 66kg de alimentos impróprios para o consumo foram descartados.

 

Na filial dos Supermercados Guanabara localizada na Avenida Marechal Floriano, 1.552, no Centro de Nova Iguaçu foram encontrados 4kg de pizza de fabricação própria sem especificação de validade na câmara frigorífica, além de 19kg e 800g de linguiça exposta ao contato direto com o consumidor na área de vendas. Na câmara de congelados havia ferrugem nas portas e piso quebrado. Os fiscais deram um prazo de 15 dias para a realização dos reparos.

 

Na câmara de frios do Extra Supermercados da Avenida Nilo Peçanha, 197, foram encontradas 20 unidades, de 200g cada, de apresuntado, vencidas em 6 de maio deste ano. Dentre os produtos expostos na área de vendas, sem barreira de proteção, em contato direto com o consumidor, havia 6kg e 980g de orelha suína, 12kg e 920g de bacon, 9kg e 290g de costela suína e 8kg e 700g de linguiça calabresa. Além disso, não havia no local o alvará de funcionamento e os fiscais deram o prazo de 15 dias para a apresentação do documento na sede da autarquia.

 

Já no Intercontinental da Avenida Marechal Floriano Peixoto, 2.422, os fiscais constataram a presença de palets de madeira na câmara de carnes congeladas do açougue. Foi dado o prazo de 15 dias para a substituição pelos de material adequado às normas sanitárias.

Guanabara abre 500 vagas para pessoas com deficiência

A rede de Supermercados Guanabara oferece 500 vagas de emprego para pessoas com deficiência. A reserva de vagas é referente ao artigo 37 da Constituição Federal e a Lei nº 8.112/1990. Os interessados devem comparecer ao Centro de Oportunidades de Itaguaí munidos de documentos de Identidade, Cadastro de Pessoa Física (CPF), comprovante de residência e carteira de trabalho.

 

As oportunidades são para confeiteiro, padeiro, repositor de mercadorias, auxiliar de depósito, balconista de salgado, balconista de laticínios, recepcionista de lacre, preparador de dados, operador de caixa, fiscal de caixa, auxiliar de almoxarifado, auxiliar de administração.

 

Fonte: Assessoria de comunicação da prefeitura de Itaguaí

Alteração no estacionamento de supermercado melhora trânsito em Itaguaí

Intervenção foi proposta pela Secretaria Municipal de Ordem Pública

Slide6

Os longos congestionamentos da Rua Dr. Curvelo Cavalcanti, principal via de Itaguaí, estão perto do fim. A melhora já pode ser percebida com a mudança do estacionamento do Supermercado Guanabara, que agora tem a entrada de veículos pela Rua João da Silva Carvalho. A alteração, que aconteceu nesta quinta-feira (25/6), foi proposta pela Secretaria Municipal de Ordem Pública aos dirigentes do supermercado.

Slide8

Saída do estacionamento do supermercado agora fica na frente, na Rua Dr. Curvelo Cavalcanti

O Supermercado Guanabara realizou, em cerca de 20 dias, as obras de inversão de entrada e saída do estacionamento, além da mudança na carga e descarga de mercadorias. Agora, os caminhões vão descarregar as mercadorias dentro do próprio estabelecimento, evitando mais congestionamento na rua.

 

O subgerente do Supermercado Guanabara, Fábio Rosa, contou que a alteração vai diminuir a fila de carros para entrar no estabelecimento, que antes era pela Rua Dr. Curvelo Cavalcanti.

 

– Antes da mudança no estacionamento, o trânsito da Rua Dr. Curvelo Cavalcanti já ficava congestionado com cerca de dez carros na fila de espera para entrar. Agora, mesmo que 50 carros estejam na fila, o trânsito não será comprometido, porque agora a entrada é pela rua paralela à principal via – explicou Fábio.

Nova entrada

Nova entrada do estacionamento e novo local para carga e descarga de mercadorias não atrapalham o trânsito da cidade

De acordo com o engenheiro de trânsito da subsecretaria de Trânsito, Carlos Santi, além da alteração no estacionamento do supermercado, outras ações estão previstas para auxiliar na redução dos engarrafamentos.

Slide7

– A partir de agora, os veículos vão contornar a quadra e acessar o estacionamento do mercado onde era a saída. Para auxiliar os motoristas, colocamos placas indicando a mudança. Também haverá uma licitação para aquisição de placas, olhos de gato, entre outros serviços, que serão realizados em diversas vias da cidade – afirma Carlos.

Estacionamento do Guanabara faz parte do choque de ordem nas calçadas e no trânsito de Itaguaí

Retirada de propaganda e alteração no estacionamento do Guanabara estão entre as ações da subsecretaria de Trânsito

 

A campanha “Calçada Livre”, da subsecretaria de Trânsito, que leva educação e conscientização à população e aos motoristas, será intensificada na quarta-feira (10/6), às 9h30. A proposta é retirar os veículos das calçadas, placas e cavaletes que dificultam o fluxo de pedestres. Antes de autuarem os comerciantes e os condutores, haverá um trabalho de conscientização.

 

De acordo com o subsecretário de Trânsito, Cláudio Marcio Hernandes Amorim, a campanha também se concentrará nos semáforos, onde os painéis estarão transmitindo mensagens de cunho educativo no sinal vermelho. Os agentes de trânsito vão adesivar os veículos estacionadas sobre as calçadas, indicando que o passeio público não é o local apropriado para se deixar o veículo.

 

Estacionamento do Guanabara

 

Outra ação que vai melhorar o trânsito na Rua Dr. Curvelo Cavalcanti, principal via de Itaguaí, é a mudança do estacionamento do Supermercado Guanabara. Agora, a entrada de veículos para o estacionamento vai ser invertida. Ela vai ficar atrás do supermercado.  O engenheiro de trânsito da subsecretaria, Carlos Santi, disse que essa alteração vai reduzir significativamente os engarrafamentos.

 

– A alteração vai diminuir a fila de carros que buscam entrar no supermercado pela avenida. Além disso, os veículos passarão a contornar a quadra e acessar o estacionamento do mercado onde hoje seria a saída. Vamos também colocar placas indicando a mudança – afirma Carlos.

 

Ainda segundo o engenheiro, Carlos Santi, haverá uma licitação para aquisição de placas, Olhos de gato, entre outros serviços, que serão realizados em diversas vias da cidade.  

Fonte: Assessoria de Imprensa da prefeitura de Itaguaí