Arquivo da tag: Fim

Horário de verão termina à meia-noite deste sábado

À meia-noite deste sábado (17), os moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste devem atrasar seus relógios. É o fim do horário de verão, que entrou em vigor no dia 15 de outubro do ano passado, com o objetivo de reduzir o consumo de energia elétrica entre as 18h e as 21h nas três regiões. Segundo o Ministério de Minas e Energia, o volume energético  – e o respectivo valor monetário – poupado com a determinação deverá ser divulgado na próxima terça-feira (20).

 

Além do Distrito Federal, 10 unidades federativas precisarão adaptar seus ponteiros: Goiás; Mato Grosso; Mato Grosso do Sul; Minas Gerais; Paraná; Rio de Janeiro; Rio Grande do Sul; Santa Catarina; São Paulo e Espírito Santo. A população do Norte e do Nordeste não é afetada porque os estados da região não são incluídos no horário de verão.

 

Segundo balanço do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), com essa providência, em 2013, o Brasil economizou R$ 405 milhões, ou 2.565 megawatts (MW). No ano seguinte, a economia baixou para R$ 278 milhões (2.035 MW) e, em 2015 caiu ainda mais, para R$ 162 milhões. Em 2016, o valor sofreu nova queda, para R$147,5 milhões.

 

Essa menor influência do horário de verão pode ser explicada pelo fato de que parcelas significativas das zonas sujeitas à medida têm intensificado o uso de equipamentos como ar-condicionado, como forma de aplacar o calor, elevando a demanda de energia elétrica. Ainda que já dispensem as lâmpadas incandescentes, substituindo-as por modelos mais econômicos.

 

No fim do ano passado, o governo federal sinalizou para a possibilidade de abolir o horário de verão, por não haver consenso quanto à relação com a economia de energia elétrica. Apesar disso, acabou apenas abreviando o período 2018/2019 em duas semanas, a pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para facilitar a apuração dos votos das eleições, pois o então presidente do órgão, ministro Gilmar Mendes, argumentou que essa alteração facilitaria, entre os estados com fusos horários diferentes, o alinhamento de ritmo na apuração dos votos das eleições. Com isso, o horário de verão de 2018 passará a ser adotado no primeiro domingo de novembro.

 

“A avaliação dos atuais impactos na redução do consumo e da demanda de energia elétrica, contida nos estudos realizados neste ano de 2017 pelo Operador Nacional do Sistema (ONS) em conjunto com o Ministério de Minas e Energia, mostra que a adoção do horário de verão traz atualmente resultados próximos da neutralidade para o sistema elétrico”, avaliou a pasta em nota divulgada em outubro do ano passado.

Fonte: EBC Brasil

Anúncios

Fim da greve de professores em Itaguaí

Profissionais entram em estado de greve

Desde o começo de fevereiro em greve, educadores de Itaguaí retornam nesta quarta (05/04) as suas atividades normais. Reivindicando o salário atrasado de dezembro, décimo terceiro de 2016, férias de 2016 e 2017, dissídio (aumento anual) e resíduo do plano de carreira, os trabalhadores (guerreiros), decidiram nesta terça (04/04), pelo fim da greve.
No microfone, entre as diversas falas, os servidores denunciaram a não abertura ao diálogo, por parte do governo, ao passo que também reconheceram a importante atuação do judiciário e Ministério Público, frente à maioria dos problemas denunciados em relação à educação municipal.
Com falas lúcidas e determinismo, considerando o prolongamento da greve e o transtorno gerado para alunos e professores acerca dos conteúdos em atraso, os presentes defenderam a mudança de estratégia, com saída da greve e possibilidade de retorno a qualquer momento.
Além do fim da greve, os profissionais deliberaram também:
Entrada em “estado de greve”, que funciona como alerta à possibilidade de retorno com a greve;
Continuidade de acompanhamento das sessões na Câmara Municipal;
Discussão de reposição com o governo, somente após pagamento integral do mês de dezembro, de todos os servidores da educação;
Nenhum profissional deverá aceitar exercer funções alheias ao seu cargo;
Que todas as situações de opressão ou abuso de poder deverão ser informadas ao SEPE;
Produção de Manifesto Aberto de Campanha de Denúncia dos problemas que o governo municipal tem causado aos profissionais da Educação, com assinaturas de apoio das centrais sindicais, associações, confederações, sindicatos, parlamentares, entre outros;
Não assinar nenhum documento de remoção/realocação compulsória do servidor, devendo, antes, entrar em contato com o SEPE;
Adesão à Greve Nacional Geral, no dia 28/04, contra a “Reforma da Previdência”, “Reforma Trabalhista” e a Terceirização;
Além disso, os presentes deliberaram ainda, que, caso ocorram novos descontos, nova assembleia deverá ser convocada para decidir sobre a possibilidade de retorno imediato à greve.

Servidor dá depoimento comovente em rede social

Com o regresso dos servidores às escolas, os profissionais acreditam que toda a cidade notará a clara falta de pessoal nas escolas e que os problemas não cessarão na rede de ensino.

A próxima assembleia ordinária está marcada para a terça-feira (11/04), às 17h30, em local a ser definido pela direção do SEPE.

Opinião do Blog: Parabéns aos grandes servidores de Itaguaí. Vocês mais uma vez demonstraram que direito é algo construído na base da honestidade, do diálogo e acima de tudo do respeito. Ninguém, pessoa ou órgão, são maiores que vocês. A grandiosidade de um ser humano, é notada não pela imposição ou pelo autoritarismo. O grande humano sabe a hora de recuar e visa a coletividade, buscando o melhor para aqueles que tem apenas a sua índole e seu nome a zelar. Nome aliás, é o bem mais precioso de uma pessoa e deve ser preservado acima de tudo. EDUCADORES… VOCÊS TEM O NOME LIMPO E SÃO ETERNOS VENCEDORES! SEUS ALUNOS TEM ORGULHO DE VOCÊS! ITAGUAÍ ESTA APRENDENDO A LUTAR POR TUDO E TEM VOCÊS COMO ETERNOS MESTRES! Júlio Andrade – Blog Boca no Trombone Itaguaí.

Fim do horário de verão será nessa madrugada

Atrase seu relógio em uma hora na madrugada de sábado para domingo

A partir da 00h deste domingo, 19 de fevereiro, termina o período do horário de verão no Brasil de 2017. Os relógios nos estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste devem ser atrasados em 1 hora a partir da 00h do domingo.

Nos estados do Norte e do Nordeste não há necessidade de fazer este ajuste dos relógios, pois estas Regiões não adotaram o horário de verão.

Chega ao fim a greve dos bancos privados

Funcionários da Caixa Econômica Federal continuam em greve e os bancários do Banco do Brasil ainda não manifestaram a posição em relação ao tema.

A categoria conquistou 8% de reajuste (menos do que o INPC, reivindicado durante a negociação). Além disso, os bancos também propuseram um abono de R$ R$ 3,5 mil (pago uma única vez), reajuste de 15% para o vale-alimentação e de 10% no vale-refeição e auxílio-creche/babá agora em 2016.

Entre as propostas específicas destacam-se a proteção dos funcionários no caso de reestruturação, ampliação de ausências legais e o compromisso de ampliação da inclusão das mulheres nas funções gerenciais.

Na negociação, a categoria garantiu também um acordo para o próximo ano. Os bancos comprometeram-se a ajustar em 2017 a inflação do período, além de 1% de ganho real. A licença paternidade também passa a ser de 20 dias a partir de 1 de janeiro de 2017.

A partir desta sexta-feira, o atendimento está normalizado em todas as agências de bancos privados.

 

 

Após pressão de estudantes, Secretaria de Educação anuncia fim do Saerj

A Secretaria estadual de Educação (Seeduc) anunciou, na noite desta terça-feira, que a próxima edição do Sistema de Avaliação da Educação do Estado do Rio de Janeiro (Saerj), no fim deste ano, será a última. A abolição da prova é uma das principais bandeiras levantadas pelo movimento que, há 50 dias, vem coordenando ocupações em escolas da rede — hoje, são 68. Segundo a Seeduc, haverá, para 2017, “uma reformulação para um simulado preparatório para o Enem”.

— A equipe pedagógica vai desenvolver uma prova que funcione como um simulado para o Enem. Ainda não sabemos se ela também medirá a evolução das escolas, como o Saerj. Ainda vamos construir isso — explicou Caio Castro Lima, chefe da gabinete da Seeduc.

No comunicado, a pasta também informou que, após o término das ocupações, em até 40 dias, serão feitas consultas a pais, alunos e professores para a escolha dos diretores. Também ficou acordado no encontro entre o secretário Antonio Vieira Neto e representantes do movimento que a Seeduc mediará, junto ao Ministério Público e à Assembleia Legislativa do Rio, a possibilidade de um novo acordo para que a recarga do Riocard aconteça uma única vez no mês, e não mais toda semana.

O fim do Saerj é criticado por especialistas na área. Os alunos, porém, argumentam que só escolas com melhor desempenho ganham gratificações, e defendem que as piores recebessem para se desenvolverem.

— Elas (maneiras de acompanhamento do desempenho) são fundamentais para desenhar políticas de intervenção — disse ao EXTRA, em abril, a diretora-executiva do Todos Pela Educação, Priscila Cruz, acrescentando que premiações por bom desempenho e reforço técnico e de investimento às escolas com dificuldades são duas políticas que podem ser aplicadas juntas.

Fonte: Jornal Extra

Fim do acampamento na Câmara de Itaguaí

Após verificarem que os vereadores não mudarão sua postura antipopular, os manifestantes que estavam acampados em frente à Câmara Municipal de Itaguaí encerraram o protesto. A falta de esperanças em ver alguns vereadores se tornando pessoas descentes, foi o principal motivo para esse fim.

Segundo os manifestantes, em Itaguaí, somente nas urnas podem ocorrer respostas positivas para a população.

NÓS DO BOCA NO TROMBONE ELEGEMOS O MAIOR VILÃO DESSA DESISTÊNCIA, O POVO. O POVO DE ITAGUAÍ É UM DOS MAIS COVARDES QUE JÁ VIMOS EM NOSSAS VIDAS. INCAPAZES DE LUTAREM POR MELHORIAS DE SUAS PRÓPRIAS VIDAS E SE SUBMETENDO A TODOS OS MALES DESSES POLÍTICOS QUE HÁ ANOS SÓ ENRIQUECEM COM O DINHEIRO PÚBLICO.

PARABÉNS AS PESSOAS CORAJOSAS E VENCEDORAS! QUANTO A MAIORIA DA POPULAÇÃO SÓ TEMOS UMA COISA A DIZER: VOCÊS TEM OS POLÍTICOS QUE MERECEM!!! DESCULPEM O DESABAFO!!!