Arquivo da tag: feminicidio

Homem manda matar esposa e enteados um mês após o casamento no RJ, diz polícia

Caso aconteceu em Itaguaí

A Polícia Civil do RJ afirma ter esclarecido o caso de uma família de Itaguaí, Baixada Fluminense, tida como desaparecida desde outubro de 2018. Na verdade, diz, a polícia, uma mãe e seus dois filhos foram sequestrados e mortos, e os corpos, ocultados. Dois homens estão presos pelo crime.

O principal suspeito é o técnico de sistemas de monitoramento Marlon Christian Leite Dias. Segundo a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, ele havia se casado com Fabiane Azevedo Barbosa Dias, de 36 anos – mãe de Tainá, 6, e Gabriel, 11 – 28 dias antes do triplo assassinato.

Os corpos ainda não foram encontrados.

Marlon, que está preso, é suspeito de ter encomendado o crime por questões passionais e patrimoniais.

Um segundo suspeito, Marcos Carlos André Vieira dos Santos, um dos vizinhos do casal, também foi detido.

De acordo com um inquérito instaurado na delegacia, Marcos negou ter cometido o triplo assassinato, mas afirmou que Marlon tentou contratá-lo para executar a dona de casa e seus dois filhos.

No dia 7 de maio, o juiz Adolfo Vladimir da Rocha decretou a prisão preventiva de Marlon e Marcos – que já estavam na cadeia desde abril, devido a um mandado de prisão temporária. Os dois já foram transferidos para o sistema penitenciário e vão responder por homicídio e ocultação de cadáver.

Mensagem de texto suspeita

Parentes de Fabiane acreditavam que ela tinha fugido com os filhos e apresentaram à polícia uma mensagem de texto supostamente enviada por ela. Mas a família estranhou o estilo do texto e avisaram à polícia.

Segundo as investigações, os bens da família foram adquiridos por Fabiane – e usados como pagamento pela execução. “A geladeira do casal estava na casa do Marcos”, afirmou o delegado Moisés Santana.

O titular da especializada diz ainda que Marlon viu quando a esposa e os filhos foram levados e colocados em um caminhão. “Ele estava no portão de casa”, detalha.

Matéria jornal Extra

Anúncios

Homem se entrega após matar mulher a marretadas em Itaguaí

Segundo a polícia, crime de feminicídio aconteceu em Itaguaí. José Carlos da Silva Carvalho e Simone Oliveira de Assis Carvalho estavam casados há 10 anos

Simone Oliveira de Assis Carvalho, de 40 anos, foi assassinada a marretadas em Chaperó. O suspeito é o marido José Carlos da Silva Carvalho, de 60 anos, que se entregou nesta última sexta-feira (4) à polícia.

O crime aconteceu na última quinta-feira (3). O assassino se entregou na Central de Garantias (CG-Norte), também em Itaguaí. Mais tarde, Jose Carlos levou os peritos da Delegacia de Homicídios ao local do crime que teria sido motivado por desentendimentos e também por ciúmes entre o casal, que estava junto há cerca de dez anos. O assassinato ocorreu na casa da mulher.

Ao chegarem os policiais civis encontraram o corpo de Simone e as alianças do casal, além da arma utilizada no feminicídio, uma marreta de obra.

Outros crimes contra mulheres no Rio

Outro caso ocorreu no Morro do Urubu, uma moradora do local foi morta depois que um ex-companheiro a espancou até a morte. O crime está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios, que confirmou o assassinato na noite de sexta-feira, 5, na comunidade que fica no bairro da Piedade, zona norte do Rio, mas não deu detalhes.
Segundo a Globonews, a mulher assassinada era Tamires Blanco, de 30 anos, que deixa dois filhos pequenos, inclusive uma bebê de 11 meses que teria sido encontrada em cima do corpo da mãe. O casal que estava separado ficou junto por dois anos.

Outro caso foi de Marcelle Rodrigues da Silva, 27, morta a facadas dentro de casa também pelo marido, na frente do filho de 7 anos. Na virada do ano, o filho do presidente da Câmara dos Vereadores do Rio Fabio Tuffy Felippe foi preso após espancar por três horas a mulher, Christini, que resistiu ao crime mas teve o rosto desfigurado