Arquivo da tag: Avião

Avião da FAB cai em mata em Santa Cruz

F5 caiu após decolar da base de Santa Cruz

Um avião da Força Aérea Brasileira caiu às margens da Rodovia Rio-Santos, na manhã desta quinta-feira, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio. Segundo informações divulgadas pela FAB, por volta das 07h40, uma aeronave de modelo F-5 Tiger, 1º Grupo de Aviação de Caça, sofreu uma pane logo após decolar da base aérea Ala 12, que fica no mesmo bairro.
Ainda de acordo com a FAB, a tripulação que ocupava o jato fazia um voo de treinamento quando detectou uma falha. O piloto e o copiloto conseguiram se ejetar antes que o avião atingisse o solo. O caça caiu em uma área desabitada e não causou nenhum dano material.
Em nota, a Força Aérea informou que os militares foram resgatados e levados para o hospital da FAB, onde receberam os devidos cuidados médicos. Uma equipe foi acionada ao local para apurar o que teria causado o acidente.

Rússia descarta hipótese de atentado contra avião que caiu no Egito

Estado Islâmico reivindicou ter abatido avião russo com 224 pessoas

O ministro dos Transportes da Rússia, Maxim Sokolov, disse que são falsas as informações de que o avião russo que caiu neste sábado (31) no Egito, provocando 224 mortes, foi alvo de atentado terrorista. Se comenta que o grande responsável pela catástrofe que não deixou sobreviventes seria o Islã.

“Em alguns meios de comunicação, surgiram informações sobre o avião de passageiros russo, que voava de Sharm el-Sheik para São Petersburgo, ter sido atingido por um míssil lançado por terroristas. Esta informação não pode ser considerada verdadeira”, afirmou Sokolov.

Um grupo ligado ao Estado Islâmico no Egito reivindicou no Twitter ter abatido o avião russo que caiu no Sinai, no Egito. O ministro Maxim Sokolov acrescentou que as autoridades russas estão em estreito contato com o governo egípcio e que, “neste momento, não há informações que confirmem essas fantasias”.

Sokolov assinalou que especialistas estão trabalhando no local do desastre e que, “dentro de muito pouco tempo, uma comissão internacional começará a trabalhar na área da queda”. “Com os materiais recolhidos e as análises escrupulosas de todas as informações, serão retiradas as conclusões sobre as causas da tragédia.”

De acordo com o ministro, os dados disponíveis, baseados em contatos de trabalho com a parte egípcia, indicam que não pode ser considerada verdadeira a informação de que o avião foi derrubado. O Egito prometeu à Rússia “total cooperação” para esclarecer as causas da catástrofe que atingiu o avião.

O avião da companhia russa MetroJet (Kogalimavia) tinha como destino São Petersburgo e caiu ao sul da cidade egípcia de Al-Arish, capital da província do Norte Sinai, pouco depois de levantar voo de Sharm el-Sheik, com 224 pessoas a bordo.

Especialistas militares ouvidos pela agência de notícias France-Presse (AFP) disseram que os rebeldes do Estado Islâmico, cuja base fica no norte da Península do Sinai, não dispõem de mísseis capazes de atingir um avião a 30 mil pés, mas não excluem a possibilidade de uma bomba a bordo, ou de o avião ter sido atingido por um foguete ou míssil quando descia na sequência de falhas técnicas na aeronave.

O contato com a aeronave foi perdido 23 minutos depois da decolagem do Aeroporto de Sharm el-Sheikh, na fronteira com o Mar Vermelho. O avião estava a uma altitude de mais de 30 mil pés (9,144 metros) quando o comandante queixou-se de uma falha técnica do equipamento de comunicação a um funcionário da autoridade de controle do espaço aéreo egípcio.

A Embaixada da Rússia no Cairo informou que todas as 224 pessoas que estavam a bordo, na maioria russos e alguns ucranianos, morreram na queda do avião.

* Com informações da Agência Lusa

Avião cai com 152 pessoas no sul da França, não há sobreviventes

Um avião da companhia alemã Germanwings caiu nos Alpes franceses nesta terça-feira (24). O Airbus A320 levava 146 passageiros e 6 tripulantes e ia de Barcelona, na Espanha, para Dusseldorf, na Alemanha.

Rota do avião

A direção geral da Aviação Civil francesa disse que o piloto do voo 4U9525 chegou a enviar um pedido de socorro ao serviço de controle aéreo, mas depois corrigiu a informação, dizendo que foram os próprios controladores que enviaram mensagem de emergência, já que não havia nenhum contato com a tripulação e o avião.

Destroços foram encontrados na localidade Meolans-Revel, um vilarejo remoto, no sul da França.

“As condições do acidente não estão claras, mas nos levam a acreditar que não há sobreviventes”, afirmou o presidente da França, François Hollande.

Mais tarde, publicou no Twitter: “Quero expressar solidariedade às famílias das vítimas. É uma tragédia”.

Em nota, a Germanwings confirmou o acidente e disse que “os pensamentos e as preces da Lufthansa e da Germanwings estão com as famílias e os amigos dos passageiros e dos tripulantes”.

“Todos os funcionários estão de luto”, afirmou ainda.

“Se nossos temores forem confirmados, será um dia negro para a Lufthansa. Esperamos encontrar sobreviventes”, afirmou o CEO da Lufthansa, Carsten Spohr, no Twitter.

“Fomos informados de um acidente envolvendo uma aeronave A320 e todos nossos esforços estão direcionados para avaliar essa situação. Vamos fornecer novas informações o quanto antes. Nossos pensamentos estão com os afetados por esse evento trágico”, publicou a Airbus no Twitter.

Com base em Colônia, a Germanwings é uma companhia de baixo custo subsidiária da Lufthansa.

É o primeiro acidente aéreo na França em 15 anos, segundo o jornal francês “Le Figaro”.

O governo francês instalou um gabinete de crise e enviou o ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, para o local.

Segundo o governo da Espanha, 45 passageiros são espanhóis. A maioria é de alemães.

O avião que caiu tinha 24 anos e estava com a Lufthansa desde 1991. (Com agências internacionais).

16 adolescentes de uma mesma escola morreram no acidente, eles faziam intercâmbio em Barcelona.  A caixa preta já foi encontrada. O mal tempo não foi o motivo para o acidente segundo especialistas. As investigações sobre o terrível acidente estão sendo feitas e após a abertura da caixa preta se terá uma maior dimensão dessa catástrofe