Arquivo da tag: adolescentes

Adolescentes humilham funcionário negro de lanchonete no Rio

Um vídeo em que duas adolescentes humilham um funcionário do Bob’s, uma rede de lanchonetes do Rio de Janeiro, que estava limpando o chão, viralizou nesta terça-feira (2) e foi um dos assuntos mais comentados no Twitter ao longo da manhã. Não é possível saber quando a gravação foi feita.

No registro, feito por uma das jovens, as duas aparecem gritando para o homem frases agressivas como “isso, limpa para eu ver” e “lambe o chão”. Alguns internautas tiveram acesso a um vídeo postado por uma adolescentes em sua conta no Instagram, rapidamente apagado depois, no qual elas dizem que a humilhação não era motivada pelo fato do homem ser negro. “Não era porque o menino era preto não, porque ainda tem pretos bonitinhos, mas ele é um preto feio, horroroso”, declarou.

O jornal Extra, do Rio de Janeiro, teve acesso ainda a outros vídeos gravados pela segunda adolescente, nos quais ela diz que namorou o funcionário da lanchonete por seis anos e que o conhece há oito. Ela admite ainda que agiu de forma errada, mas não considera sua atitude como racista.

Nesta terça-feira (2), em uma conta supostamente atribuída à adolescente que postou o vídeo do rapaz trabalhando, há uma publicação na qual ela diz que esclarecimentos devem ser feitos diretamente com seu advogado. “Não fiz (sic) ato de racismo e aquilo só foi uma brincadeira. Desculpe se ofendi alguém, pessoal esse é meu Instagram oficial, o outro foi removido por denúncias”, comentou.

Outro lado

Nas redes sociais, alguns internautas especularam sobre o possível desligamento do funcionário que foi vítima das duas adolescentes. Procurada pela reportagem do Boca a lanchonete Bob’s informou por meio de sua assessoria que repudia qualquer tipo de discriminação e que o funcionário segue trabalhando normalmente. “Para preservar sua privacidade, o Bob’s não divulga o local do ocorrido, mas está à disposição para esclarecimentos na apuração dos fatos”, declarou.

Secretaria de Saúde de Itaguaí anuncia campanha de vacinação para crianças e adolescentes

Ação acontecerá neste mês em várias unidades de saúde do município

 

De 11 a 22 de setembro acontecerá a Campanha Nacional de Multivacinação que terá como público alvo crianças e adolescentes de zero a 15 anos incompletos. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a ação tem como objetivo a atualização da caderneta de vacinação. Nesse período, das 8h30 às 16h30, os pais devem levar seus filhos para serem vacinados nos seguinte locais:

 

Unidades Básicas de Saúde (UBS) – Centro, Chaperó, Engenho, Mangueira, Monte Serrat, Califórnia, Vila Geny, Vista Alegre e Vila Margarida.

 

Estratégia de Saúde da Família (ESF) – Coroa Grande, Odenit Maia, Chaperó e Clínica da Família.

 

No dia 16 de setembro, das 8h30 às 16h30, acontecerá o dia “D” de mobilização nacional pela Campanha de Multivacinação. A ação acontecerá nas seguintes unidades de saúde:

 

UBS de Vista Alegre, Mangueira e Califórnia.

 

ESFs de Coroa Grande, Engenho e Odenit Maia.

 

Clinica da Família em Ibirapitanga

 

O Calendário Nacional de Vacinação dispõe de 14 vacinas para as crianças e cinco para os adolescentes. É fundamental que toda a população alvo compareça aos serviços de saúde levando a caderneta de vacinação para que os profissionais de saúde possam avaliar se há alguma vacina que ainda não foi administrada ou se há doses que necessitam ser aplicadas.

Fonte: Prefeitura de Itaguaí

Expo de Itaguaí proibida para menores de 18 anos

Justiça proíbe participação no evento de crianças e adolescentes mesmo que acompanhadas dos pais. Desrespeito gerará multa de mil reais por criança ou adolescente no evento

A festa da cidade de Itaguaí (Expo), que será realizada dos dias 05 a 09 de julho, conhecida em todo o país e que está sendo organizada por uma empresa privada detentora de sua organização na edição de 2017, não obteve o alvará necessário para permitir a entrada de crianças e adolescentes.

A  decisão da Juíza Bianca Paes Noto do cartório da Vara de Família, infância e juventude e do idoso da Comarca de Itaguaí, deixa claro que o desrespeito a tal decisão acarretará em multa de R$ 1.000,00 (mil reais), para cada criança ou adolescente visto no evento.

O Ministério Público havia manifestado sua contrariedade ao requerimento de pedido de alvará da empresa organizadora do evento para o acesso dos jovens e a juíza teve o mesmo entendimento.

Para se chegar ao veredito, a juíza levou em consideração a precariedade da saúde pública do município, em especial do hospital municipal São Francisco Xavier. Segundo a juíza, no pedido de alvará de autorização para entrada e permanência de crianças e adolescentes durante o evento, a empresa MRC ENTRETENIMENTO E EVENTOS LTDA, responsável pela organização da festa, não ofereceu no requerimento onde pedia essa autorização, as condições mínimas sobre as medidas que seriam adotadas para manter a integridade física dos participantes. A justiça, mencionou que tal evento realizado anualmente e divulgado amplamente nas mídias, requer um forte aparato de segurança e a manifestação dos órgãos de segurança são imprescindíveis para analise e o deferimento deste alvará. Algo não apresentado de forma consistente pela organizadora do evento.

A juíza ainda salientou que, os requerimentos para concessão de Alvará Judicial levados ao conhecimento dos Juízos das Varas de Infância , Juventude e Idoso, não versam sobre o funcionamento de estabelecimentos ou á realização de eventos, festas ou espetáculos públicos, mas sim, limitam-se a autorizar a entrada, permanência e participação de crianças e adolescentes nesses locais, como rege a lei 8.069/90 em seu artigo 149. Esse artigo citado, diz em sua redação, que compete à autoridade judiciária disciplinar, através de portaria, ou autorizar, mediante alvará  a entrada e permanência de criança ou adolescente, desacompanhado dos pais ou responsável em estádio, ginásio e campo desportivo; bailes ou promoções dançantes; boate ou congêneres; casa que explore comercialmente diversões eletrônicas; estúdios cinematográficos, de teatro, rádio e televisão.Também diz que a participação de criança e adolescente em  espetáculos públicos e seus ensaios e certames de beleza, carece de tais autorizações judiciais.

Ainda segundo a lei, para os fins do disposto no artigo citado, a autoridade judiciária levará em conta, dentre outros fatores os princípios desta Lei; as peculiaridades locais; a existência de instalações adequadas; o tipo de freqüência habitual ao local;a adequação do ambiente a eventual participação ou freqüência de crianças e adolescentes e a natureza do espetáculo.

As medidas adotadas na conformidade deste artigo deverão ser fundamentadas, caso a caso, vedadas as determinações de caráter geral, diz o capitulo segundo deste artigo.

Para finalizar, a juíza deixou claro que não há tempo hábil para o saneamento das irregularidades apontadas pelo MP. Sendo assim, a entrada de crianças e adolescentes esta vedada, mesmo que os menores estejam acompanhados dos pais ou responsáveis.

 

Veja a decisão na integra:

 

 

Tal decisão, baseada na segurança desses jovens, demonstra a falta de cuidado dos organizadores com detalhes primários que garantam o bom funcionamento do evento. A Expo Itaguaí de 2017, não terá a beleza nos olhos dos jovens que sempre se encantaram com a grandiosidade do evento mais importante de Itaguaí. Uma pena.

Imagem de capa foto de arquivo.