Arquivo da categoria: Utilidade pública

Procon-RJ descarta mais de 45kg de alimentos impróprios para consumo em mercados de Itaguaí

Supermercados Super Compras, Guanabara e Berg’s estavam cometendo diversas irregularidades

Em 04 de setembro de 2020

Itaguaí – Fiscais do Procon-RJ, vinculado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, estiveram na manhã da última quinta-feira (27/08) em três drogarias e três supermercados de Itaguaí, cidade localizada entre a Baixada Fluminense e a Costa Verde do Rio. Na ação, foram descartados 45,342kg de alimentos impróprios para consumo e lavrados três autos de infração (supermercados) e três de constatação (drogarias).

A maioria das infrações constatadas pela fiscalização nos supermercados foi de problemas estruturais nas câmaras de laticínios, açougue, prateleiras, portas, pisos, teto, balcão, padaria e área de hortifruti. No Guanabara, Super Compras e Berg’s havia ferrugem em vários pontos dos estabelecimentos. No Guanabara e Berg’s foram encontrados ainda mofo e pisos quebrados. No Berg’s e Super Compras não havia cartaz informando que é proibida a venda de bebida alcoólica a menores, assim com ralos sifonados, tendo alguns deles quebrados, o que possibilita a entrada de vetores. No Berg’s foram encontradas também goteiras e lixeira com pedal quebrado. Já no Super Compras, também havia chão rugoso e pallet de madeira em locais proibidos, além de ausência de balança de precisão para uso dos consumidores.

No Berg’s, havia produtos sem especificação quanto à data de manipulação e validade armazenados na câmara resfriada do açougue, como 4kg de carré suíno fatiados e 20,7kg de fígado bovino cortados para bifes. No balcão, foram encontrados 644g de damasco e 598g de azeitonas recheadas, ambos com validade vencidas. Todos os produtos impróprios foram descartados.

No Super Compras foram descartados 19,4kg de carne previamente moída estocada em área de venda, quando a mesma deve ser moída na presença do consumidor. Foram verificados ainda preços de alimentos da cesta básica e determinada a apresentação do relatório de vendas de março até esta quinta-feira dos produtos fiscalizados para que seja analisado se houve ou não aumento abusivo dos preços. De acordo com os fiscais, os estabelecimentos cumprem todas as normas de segurança em relação ao combate ao novo coronavírus.

DROGARIAS

A fiscalização em drogarias foi realizada em virtude de denúncias recebidas pela autarquia e por solicitação do Ministério Público do RJ. Das três unidades da Drogaria Atual fiscalizadas, em duas havia irregularidades, ambas no Centro de Itaguaí, na Rua Doutor Curvelo Cavalcante. O estabelecimento no número 320 não tinha cartaz alertando que o aleitamento materno evita infecções e alergias e que é recomendado até dois anos ou mais e nem marcações de distanciamento entre consumidores na fila do caixa, no entanto, tudo foi providenciado no momento da fiscalização. Na loja que funciona no número 449, alguns produtos expostos estavam sem preço, o que também foi solucionado na hora. Os agentes verificaram ainda preços de álcool em gel nas drogarias e nenhuma irregularidade foi encontrada.

Para DENÚNCIAS e ORIENTAÇÕES ligue para 151 e o horário de funcionamento é de segunda à sexta de 09:00 às 17:00.

Fonte: Procon-RJ

Tarde de horror na Reta de Itaguaí

Tiroteio abalou moradores. Jardim América e Monte Serrat foram os locais atingidos

Em 02 de setembro de 2020

Itaguaí – Moradores do bairros Jardim América e Monte Serrat na Reta de Santa Cruz em Itaguaí, tiveram momentos de horror na tarde desta quarta-feira (02).

Criminosos fortemente armados chegaram ao local por volta das 2 da tarde e entraram em confronto com supostos milicianos. Durante a troca de tiros que durou cerca de meia hora, os meliantes invadiram terrenos e foram vistos até em lajes de casas de alguns moradores. Os habitantes do local relataram o terror que viveram. Muitos se esconderam dentro de seus banheiros e também ficaram deitados no chão de suas casas para tentar fugir dos disparos. A polícia ainda não se pronunciou sobre o ocorrido em Itaguaí.

Essa não é a primeira vez que ocorre esse confronto no local. Há oito dias atrás, precisamente no dia 26 de agosto situação semelhante aconteceu no mesmo lugar. Por volta das 11 da noite criminosos tentaram invadir o local e também trocaram tiros com, segundo relatos dos moradores milicianos que atuam no local. Neste também, a Polícia Militar não se pronunciou até o momento.

Preso ex-policial suspeito de estuprar a própria filha dos 10 aos 17 anos

Ele foi preso em Itaguaí e confessou os crimes após ser levado para a delegacia de Jurujuba

Em 01/09/2020

Rio de Janeiro – Um ex-policial militar foi preso, na manhã desta terça-feira, suspeito de estuprar a própria filha, dos 10 aos 17 anos. Rogério Fonseca de Oliveira foi preso por agentes da 79ª DP (Jurujuba) na residência de sua mãe, em Itaguaí, na Baixada Fluminense.

Após a vítima denunciar seu pai para a Polícia Civil, foi instaurado inquérito policial e um mandado de prisão temporária pelo crime de estupro de vulnerável foi expedido pela 4ª Vara Criminal de Niterói. A filha relatou ter sido vítima das violências sexuais praticadas pelo seu pai dos 10 aos 17 anos de idade.

De acordo com a especializada, ele confessou os estupros na delegacia.

O ex-policial militar será encaminhado à SEAP, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Fonte: O Dia.

Tiros são disparados na Reta de Itaguaí causando pânico em moradores

Segundo relatos seria uma suposta invasão por parte de traficantes. Vídeo revela a grande quantidade de disparos de armas de fogo

Em 26 de agosto de 2020

Itaguaí – O final da noite desta quarta-feira 26/08, por volta das 23 horas foi de terror e pânico para muitos moradores do bairro Monte Serrat em Itaguaí. O local também conhecido como Reta, foi palco de disparos de armas de fogo supostamente dados por uma facção na tentativa de invasão para o controle da região. Segundo relatos há feridos, mas não se sabe nem as identidades e nem se há alguma vítima fatal. Os disparos ocorreram em várias ruas no bairro e de longe foi possível ouví-los.

Moradores relataram o pânico. Muitos deles disseram que tiveram que ficar embaixo de mesas e se abaixar dentro de casa com medo de alguma bala perdida. Ainda segundo relatos até barulho de granadas foi ouvido. Comerciantes que atuam no horário fecharam as portas mais cedo devido ao ocorrido.

Maiores informações devem ser divulgadas em breve.

Vídeo feito por moradores é possível ouvir os disparos intensos.

Chuva intensa atinge vários bairros em Itaguaí

Vídeo mostra situação do bairro Santana na Ponte Preta

Em 21 de agosto de 2020

Itaguaí – Desde as primeiras horas desta sexta-feira chuvas intensas tem atingido a cidade de Itaguaí. O volume de chuva está bem acima do normal para essa época do ano e todo o final de semana tem previsão de sequência do tempo chuvoso atual. Vários bairros já sofrem com alagamentos e essa madrugada parece que será de vigília para muitos moradores que temem perder móveis e demais pertences para os alagamentos.

Bairro Santana/Ponte Preta

( vídeo criado e enviado por nosso leitora Jocineia Garcia)

Avenida Itaguaí

Vídeo enviado por Cristina Mello

Nosso blog está atualizando a situação de nossa cidade.

4 mil oxímetros são apreendidos pela Receita Federal no Porto de Itaguaí

Operação ocorreu na última segunda-feira

A Alfândega da Receita Federal do Porto de Itaguaí apreendeu ontem, segunda-feira (17) 4 mil oxímetros de dedo. Os equipamentos serão posteriormente doados para pacientes que estão em tratamento contra a covid-19.

A equipe de gerenciamento de risco da Alfândega suspeitou da carga, que teve sua Declaração de Importação desembaraçada em canal verde, ou seja, inicialmente não aconteceria a conferência física nem documental, pois a carga era considerada de baixo risco. Porém, foi feito o bloqueio para verificação física e constatada a presença dos oxímetros, que não tinham sido manifestados.

Prefeitura de Itaguaí não renova contrato de seguro escolar de alunos da rede de ensino

Em nota, secretaria de educação e cultura esclarece que a não renovação é em virtude do cancelamento das aulas presenciais devido a pandemia

Em 14 de agosto de 2020

Itaguaí – A Prefeitura Municipal de Itaguaí, não renovou o contrato do seguro dos alunos da rede municipal de ensino. Tal seguro, visava dar garantias aos estudantes nas escolas e creches e no trajeto até as unidades de ensino. Com o cancelamento das aulas presenciais devido a pandemia de Covid-19 na cidade, o governo municipal decidiu não renovar o seguro que venceu ontem 13 de agosto.

Em nota a Secretaria Municipal de Educação e Cultura ressaltou que quando houver o retorno das aulas presenciais analisará a conveniência da abertura de processo licitatório para efetuar nova contratação.

Leia a nota na íntegra

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura identificou que o contrato do Seguro Escolar findava em 13 de agosto deste ano. Ressaltamos que, em decorrência da suspensão das aulas presenciais por tempo indeterminado, estabelecida pelo Decreto n° 4435/2020, em razão da pandemia do Covid-19; e o âmbito geográfico da cobertura do seguro, o contrato não foi renovado.

Esclarecemos que a abrangência do seguro estava limitada a acidentes ocorridos nas dependências das Unidades Escolares, no trajeto de moradia-escola e em eventos promovidos pela Unidade Escolar.
Quando do retorno às aulas, a SMEC analisará a conveniência da abertura de processo licitatório para efetuar nova contratação.”

Graças a reforma da previdência feita por ministro Guedes servidores municipais pagarão mais e ganharão ainda menos

Alíquota previdenciária de servidores de municípios fluminenses terá que subir para 14%. TCE-RJ ressalta que prefeituras devem adequar contribuição às regras federais, impostas pela Reforma da Previdência, sob pena de multa

Em 09 de agosto de 2020

Rio de Janeiro – Mais cedo ou mais tarde todos os municípios fluminenses terão que passar a cobrar 14% de alíquota de contribuição previdenciária de seus servidores. A Emenda Constitucional 103/2019 (da Reforma da Previdência) e uma portaria da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia já determinam essa medida. Agora, uma nota técnica do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ) também reforça esse entendimento.

O TCE é responsável por fiscalizar as contas das prefeituras do Estado do Rio de Janeiro (somente o Município do Rio tem TCM). E os conselheiros do órgão deixaram claro, na nota técnica aprovada em 29 de julho, que os governos municipais devem cumprir o previsto na EC 103/19, sob pena de multa.

No texto, o TCE ressalta que é “vedado o estabelecimento pelo ente de alíquota inferior à da contribuição dos servidores da União (14%), salvo na situação de ausência de déficit atuarial, hipótese em que a alíquota não poderá ser inferior às alíquotas aplicáveis ao Regime Geral de Previdência Social (RGPS)”. Pelo entendimento dos conselheiros do Tribunal, a aplicação do novo percentual deveria ser a partir de 1º de março deste ano.

Vale lembrar que a portaria da Secretaria Especial de Previdência, publicada no início de 2020, dá o prazo máximo de 31 de julho para os entes seguirem as regras estabelecidas pela reforma. Os estados e municípios que não cumprirem, perderão os repasses federais. No caso do Estado do Rio, o desconto previdenciário já é de 14%.

Entretanto, em março, a pandemia do novo coronavírus acabou alterando os planos dos prefeitos e governadores. Em solo fluminense, alguns municípios adiaram o envio dessa proposta de adequação de alíquota previdenciária ao Legislativo.

‘Mensagens devem ser enviadas às casas legislativas para evitar multa’

Presidente do Rioprevidência (autarquia responsável pelas aposentadorias e pensões do Estado do Rio), Sérgio Aureliano tem participado de grupos de trabalho com as prefeituras e outros estados.

Aureliano defende que a recomendação do TCE seja seguida de imediato, e relatou à coluna que tem sido consultado por representantes dos municípios a respeito da aplicação da alíquota.

Porém, o fato é que os governos municipais (não só em solo fluminense) não querem sofrer desgaste de aprovar uma medida considerada impopular às vésperas das eleições. “Acho que os prefeitos têm que mandar a mensagem (às Câmaras Municipais), e se não aprovarem, por ser ano eleitoral, fica documentado (que a prefeitura propôs). Ou então, o ente será multado”, observou Aureliano.

Ele acrescentou que a maioria dos fundos previdenciários não tem superávit: “(Para ficar de fora da regra) O município teria que ter 5 anos de superávit acima de 25% do total das provisões matemáticas”.

Na capital, só após as eleições

Na Prefeitura do Rio (que cobra 11% de contribuição previdenciária do funcionalismo), o assunto volta e meia surge nos bastidores. O entendimento de técnicos do governo é de que não há como fugir dessa medida. Mas, na Câmara, a avaliação é de que o prefeito Marcelo Crivella só enviará a mensagem após o pleito.

Os próprios parlamentares não estão dispostos a enfrentar essa votação antes das eleições. Eles consideram “inviável” discutir a proposta agora, e lembram que já sofreram desgastes com a aprovação de projetos, como o de aumento do IPTU.

Atualmente, o desconto previdenciário de 11% alcança todos os 170 mil servidores ativos, além de inativos e pensionistas (que ganham acima do teto do INSS, de R$ 6.101,06).

Fonte : O Dia

Repasses da Lei Aldir Blanc começam no próximo dia 10, afirma secretário

Lei destina R$ 3 bilhões para o setor cultural, um dos principais afetados pela pandemia do coronavírus. Lei aguarda regulamentação para que espaços e artistas já possam ser beneficiados

Em 07 de agosto de 2020

Brasília – Os repasses previstos pela Lei Aldir Blanc começam até o próximo dia 10, afirmou o secretário da Economia Criativa, Aldo Valentim, em reunião online com a Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (6).

A lei, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro, destina R$ 3 bilhões para o setor cultural, um dos principais afetados pela pandemia do coronavírus.

Ela determina o repasse do montante a estados e municípios e é destinada a pequenas e microempresas, trabalhadores informais e organizações culturais.

Pela medida, os trabalhadores informais, espaços artísticos e cooperativas culturais receberão uma renda emergencial de R$ 600, paga em três parcelas mensais. Cabe ressaltar que o artista não pode estar inserido em nenhum projeto social como Bolsa Família ou estar recebendo o auxílio emergencial destinado a pessoas de baixa renda afetada pelo pandemia de Coronavírus.

A lei sancionada prevê ainda que os espaços culturais terão de organizar atividades gratuitas para compensar os recursos recebidos.

Eles terão de atender aos alunos de escolas públicas ou realizar atividades culturais abertas ao público em geral.

Itaguaí

Em Itaguaí, repasses devem ser de quase R$ 900 mil reais. Nosso blog através de seu criador, Júlio Andrade, foi a última reunião do Conselho Municipal de Cultura e lá foi informado que assim como em outras cidades e estados da federação, o município está iniciando a inserção de dados na plataforma Mais Brasil, plataforma que será utilizada para transferir os recursos da Lei Aldir Blanc (Lei n° 14.017/2020) para estados, municípios e Distrito Federal.

Todas as informações serão divulgadas no site da prefeitura de Itaguaí e nas páginas da Subsecretaria de Cultura e da Secretária Municipal de Educação e Cultura do Município.

Itaguaí registra duas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

Mortes tinham estagnado e números de novos casos por dia eram menores. Mas em 48 horas já ocorreram CINCO óbitos. Para se ter uma idéia nos últimos 15 dias antes desses novos óbitos, haviam ocorrido DUAS mortes. Veja os números de todos os municípios do estado e do Brasil

Em 03 de agosto de 2020

Itaguaí – A cidade de Itaguaí registrou nas últimas 24 horas duas novas mortes por Covid-19. Em 48 horas ocorreram cinco novos óbitos pela doença. Isso representa um salto em número de mortes que preocupa. A última quinzena por exemplo apresentava o retrato de dois óbitos antes dos números dos últimos dois dias. O que significa um aumento de mais de 200% de sexta até ontem. No total já são 91 vítimas de Covid-19 na cidade.

De 20 de julho até ontem, domingo 02 de agosto, ocorreram 167 novos casos da doença. Pelo último boletim divulgado pela prefeitura de Itaguaí, já são 1.700 casos em Itaguaí.

A prefeitura de Itaguaí, assim como várias outras cidades, tem adotado medidas de flexibilização. Mas, também na cidade o reflexo tem sido pessoas relaxando também nas medidas de proteção. Não é difícil ver pessoas sem máscaras e denúncias de festas e aglomerações sem os devidos cuidados básicos.

Estado do Rio de Janeiro

Segundo o último boletim divulgado pela Secretaria de saúde do Estado o Rio de Janeiro, todo o estado já tem 13.572 mortes por Covid-19 e 167.225 casos confirmados.

Mortes por município

1 – Rio de Janeiro – 8.358

2 – São Gonçalo – 593

3 – Duque de Caxias – 578

4 – Nova Iguaçu – 431

5 – São João de Meriti – 323

6 – Niterói – 309

7 – Campos dos Goytacazes – 211

8 – Belford Roxo – 209

9 – Itaboraí – 169

10 – Magé – 160

11 – Petrópolis – 145

12 – Mesquita – 136

13 – Nilópolis – 126

14 – Volta Redonda – 119

15 – Angra dos Reis – 115

15 – Macaé – 115

17 – Itaguaí – 91

18 – Teresópolis – 88

19 – Maricá – 83

20 – Cabo Frio – 81

21 – Barra Mansa – 71

22 – Nova Friburgo – 64

23 – Rio das Ostras – 60

24 – Resende – 48

25 – Três Rios – 45

26 – Guapimirim – 44

27 – Saquarema – 43

28 – Araruama – 42

29 – Queimados – 41

29 – Seropédica – 41

31 – Barra do Piraí – 37

32 – Tanguá – 36

33 – Rio Bonito – 34

34 – Itaperuna – 30

35 – Mangaratiba – 29

36 – Cachoeiras de Macacu – 25

37 – Paracambi – 24

38 – Iguaba Grande – 23

38 – Paraty – 23

40 – Paraíba do Sul – 22

40 – Sapucaia – 22

42 – São Francisco de Itabapoana – 20

43 – Japeri – 19

43 – Vassouras – 19

45 – Casimiro de Abreu – 17

45 – São Pedro da Aldeia – 17

47 – São Fidélis – 15

48 – Bom Jesus do Itabapoana – 13

48 – Itaocara – 13

48 – Quissamã – 13

48 – São José do Vale do Rio Preto – 13

52 – Miguel Pereira – 11

53 – Armação dos Búzios – 10

53 – Pinheiral – 10

53 – Porciúncula – 10

53 – Rio Claro – 10

53 – Valença – 10

58 – São João da Barra – 9

59 – Piraí – 8

59 – Sumidouro – 8

61 – Conceição de Macabu – 6

62 – Porto Real – 6

62 – Santo Antônio de Pádua – 6

64 – Aperibé – 5

64 – Arraial do Cabo – 5

64 – Italva – 5

64 – Paty do Alferes – 5

68 – Carapebus – 4

68 – Itatiaia – 4

68 – Silva Jardim – 4

71 – Areal – 3

71 – Bom Jardim – 3

71 – Engenheiro Paulo de Frontin – 3

71 – Miracema – 3

71 – Natividade – 3

76 – Carmo – 2

76 – Macuco – 2

76 – Mendes – 2

76 – Rio das Flores – 2

76 – Santa Maria Madalena – 2

81 – Cambuci – 1

81 – Cantagalo – 1

81 – Cardoso Moreira – 1

81 – Comendador Levy Gasparian – 1

81 – Cordeiro – 1

81 – Duas Barras – 1

81 – Quatis – 1

81 – São Sebastião do Alto – 1

Casos confirmados por município

Rio de Janeiro – 71.802

Niterói – 9.079

São Gonçalo – 8.572

Duque de Caxias – 6.417

Macaé – 5.647

Nova Iguaçu – 4.188

Angra dos Reis – 3.822

Volta Redonda – 3.538

Itaboraí – 3.353

Campos dos Goytacazes – 3.063

Magé – 2.512

Teresópolis – 2.473

São João de Meriti – 2.345

Belford Roxo – 2.205

Maricá – 2.166

Queimados – 2.022

Itaguaí – 1.871

Itaperuna – 1.755

Cabo Frio – 1.479

Nova Friburgo – 1.325

Petrópolis – 1.264

Rio das Ostras – 1.247

Guapimirim – 1.182

Três Rios – 1.174

Resende – 1.113

Mesquita – 1.003

Nilópolis – 935

Rio Bonito – 905

Barra Mansa – 878

São Pedro da Aldeia – 790

Santo Antônio de Pádua – 743

Barra do Piraí – 686

Araruama – 651

Saquarema – 635

Paraíba do Sul – 631

Seropédica – 607

Tanguá – 607

Casimiro de Abreu – 589

São João da Barra – 574

Mangaratiba – 562

Vassouras – 515

Paraty – 513

Paracambi – 492

Cachoeiras de Macacu – 464

Piraí – 423

Bom Jesus do Itabapoana – 412

São Francisco de Itabapoana – 397

Conceição de Macabu – 371

Iguaba Grande – 338

Porciúncula – 336

Valença – 332

São José do Vale do Rio Preto – 325

Pinheiral – 311

Quissamã – 310

Natividade – 284

Miracema – 251

Armação dos Búzios – 243

Sapucaia – 239

Itaocara – 229

Japeri – 229

Carapebus – 218

Italva – 212

Miguel Pereira – 210

Rio Claro – 210

São Fidélis – 205

Cardoso Moreira – 202

Laje do Muriaé – 199

Porto Real – 187

Itatiaia – 168

Paty do Alferes – 154

Aperibé – 143

Varre-Sai – 140

Areal – 123

São José de Ubá – 123

Arraial do Cabo – 121

Silva Jardim – 116

Cambuci – 103

Carmo – 99

Mendes – 98

Engenheiro Paulo de Frontin – 97

Cordeiro – 96

Bom Jardim – 95

Comendador Levy Gasparian – 87

Santa Maria Madalena – 85

Quatis – 57

Trajano de Moraes – 47

Cantagalo – 46

Duas Barras – 43

Macuco – 43

Sumidouro – 43

São Sebastião do Alto – 17

Rio das Flores – 14

Brasil

O Brasil passa de 94 mil mortes por Covid-19, segundo consórcio de veículos da imprensa em boletim das 20h do último.

O total de casos confirmados é de 2.733.622 (milhões), informam secretarias de Saúde.

O país só perde para os Estados Unidos em número de casos e mortes.