Arquivo da categoria: Tecnologia

Eletronuclear desmente assalto em carregamento de combustível na Rio – Santos

A Eletronuclear esclareceu em seu site que o comboio de transporte de combustível nuclear que seguia em direção a Angra dos Reis na última segunda-feira (18/03), pela manhã não foi atacado por bandidos. O carregamento, que tem como objetivo reabastecer Angra 2, chegou à central nuclear dentro do horário previsto, às 12h23.

Por volta das 12h, quando o comboio passava pelo Frade, em Angra dos Reis, ouviram-se tiros. Por precaução, e como contingência, policiais do Batalhão de Choque que acompanhavam o transporte se posicionaram às margens da rodovia, de forma a garantir a segurança do comboio, que em nenhum momento foi interrompido.

Após a passagem do comboio, alguns bandidos, assustados com o forte aparato policial, chegaram a efetuar disparos contra uma viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os policiais revidaram, mas não houve feridos nem danos materiais.

Para ser transportado de Resende – onde é fabricado pelas Indústrias Nucleares do Brasil (INB) – a Angra dos Reis, o combustível nuclear é acondicionado dentro de contêineres metálicos especialmente fabricados para essa tarefa. Esses invólucros passam por testes de resistência contra quedas e incêndios.

Se um tiro de arma de fogo conseguisse atravessar a proteção do contêiner, poderia danificar o combustível nuclear. No entanto, isso não colocaria em risco a população nem o meio ambiente. O urânio contido em um elemento combustível está em estado natural, tendo o mesmo nível de radioatividade encontrado na natureza, disse a empresa.

Anúncios

Ministério Público notifica WhatsApp para apagar imagens de ‘Momo’

Pais devem ficar atentos a tudo que seus filhos acessam

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) quer que Google e WhatsApp removam todos os conteúdos que exibam imagens da ‘Momo’ de suas redes sociais. A notificação vem após relatos de vídeos infantis exibirem a imagem com indução a golpes, roubos e até suicídio.

O artista plástico japonês e criador da Momo, Keisuke Aiso, revelou que se desfez de sua arte.

Atualmente, o MP-BA já apura “os fatos relacionados a vídeos possivelmente disponibilizados em plataformas de vídeos e compartilhados em redes sociais com conteúdo direcionado a crianças e uso do personagem “Boneca Momo”, escreve o MP. A apuração é feita por meio do Núcleo de Combate a Crimes Cibernéticos (Nucciber).

Vale lembrar que, dado o mau uso da escultura na internet, o artista plástico japonês, Keisuke Aiso, criador da obra que ficou conhecida como “Momo”, revelou ao The Sun que se desfez de sua arte.

Ao G1, o coordenador promotor Moacir Nascimento, do Nucciber, disse que comentou que “houve ampla repercussão do vídeo e, como havia a possibilidade de repercussão na Bahia, foi instaurado o procedimento, para colheita de dados, provas, e a manifestação das empresas. O vídeo está circulando em inglês e espanhol pelo WhatsApp. O que estamos buscando é que eles adotem providencias para que não seja mais compartilhado”.

O promotor ainda destaca que, neste caso, a responsabilidade está no acompanhamento da criança e adolescente. “O problema é criança e adolescente de 12, 13 anos, com smartphone, usando a internet sem nenhuma supervisão de um adulto. A boneca não causa suicídio. O que leva ao suicídio é o distanciamento dos pais e responsáveis”, disse.

Sobre o WhatsApp, há um problema na notificação: a empresa supostamente não tem como pinçar imagens da Momo em conversas, visto que elas possuem criptografia de ponta-a-ponta. Entre as recentes medidas do WhatsApp para encerrar “correntes” e notícias falsas, foi limitar o encaminhamento de mensagens para mais de cinco pessoas.

Facebook, Instagram e Whatsapp tiveram um dia de instabilidade

Problemas podem ter sido ocasionados pela infraestrutura problemática. Já que as três plataformas pertencem ao mesmo proprietário

O maior app de comunicação instantânea do mundo, o WhatsApp, está enfrentando instabilidade desde a tarde desta quarta-feira (13), mas não chegou a ficar totalmente fora do ar. O que realmente acontece, de acordo com reclamações de usuários no Twitter em no Down Detector — site que rastreia instabilidades em serviços famosos —, há muita dificuldade em enviar e receber qualquer tipo de mídia pelo mensageiro.

Isso inclui fotos, vídeos e mensagens de áudio. Curiosamente, entretanto, envio de texto e chamadas de áudio/vídeo estão funcionando normalmente.

Vale destacar ainda que esses problemas no WhatsApp estão ocorrendo no mesmo dia em que Facebook e Instagram também sofreram instabilidades ao redor do mundo. Os três serviços são da mesma empresa, chefiada por Mark Zuckerberg, e existe a possibilidade de todos compartilharem a mesma infraestrutura problemática no momento.

Segundo dados do Down Detector, a América do Sul é a região mais afetada pela instabilidade do WhatsApp. Há uma grande quantidade de relatos vindos do Brasil, Argentina, Uruguai, Colômbia, Chile e Peru. O México e toda a América central, junto com algumas regiões dos EUA, também foram afetadas. Grande parte da Europa se encontra na mesma situação.

Isso não tem nada a ver com o ocorrido na escola no município de Suzano, em São Paulo, onde duas pessoas executaram alunos, funcionários e depois cometeram suicídio.

Fonte: Dow Detector, TechTudo, Tecmundo, IG e Renovamos.

Atual e futuro Presidente da República participam de cerimônia em Itaguaí, mas Charlinho nem dá as caras

O prefeito de Itaguaí sumiu de novo? Presidente Michel Temer (MDB) e o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) participaram da cerimônia de lançamento do submarino Riachuelo, no Complexo Naval de Itaguaí, nesta sexta-feira (14).

Segundo a Marinha, o submarino tem autonomia de mais de 70 dias e será usado no patrulhamento do litoral brasileiro, também chamado de Amazônia Azul. O submarino foi lançado ao mar nesta sexta.

Também participaram da cerimônia, o almirante de esquadra, Eduardo Bacellar, comandante da Marinha, os ministros Moreira Franco (Minas e Energia); general Joaquim Silva e Luna (Defesa); Raul Jungmann (Segurança Pública) e o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella. Quem não deu as caras foi simplesmente o prefeito da cidade que hoje teve a presença de tanta gente importante. A principal autoridade da cidade anfitriã sequer deu satisfações aos presentes e a toda população de Itaguaí. Charlinho pelo visto tratou com pouco caso um dia tão importante na história do Brasil em uma cidade que ele ainda administra. Charlinho aliás é conhecido por ser pouco visto no local onde foi eleito. Eventos importantes tem sido marcado pelo sumiço do prefeito. Já na época de campanha até na feira livre da cidade, o atual gestor “escondidinho” era visto com bem mais frequência.

“O batismo do submarino Riachuelo inaugura uma nova fase de preparação. Ao longo dos próximos meses, serão realizados testes de porto e de cais, e em breve ele será um novo instrumento em uso do mar e estratégias nacionais de defesa”, disse o comandante da Marinha.

O presidente Michel Temer disse que o Riachuelo é fundamental para estratégias de defesa do Brasil e para desenvolvimento tecnológico. “O que está se revelando e que o dia 14 de dezembro de 2018 é data que ficará marcada em nossa história. O lançamento ao mar do primeiro submarino de fabricacao nacional é motivo de imenso orgulho para todos os brasileiros”, disse Temer.

O submarino faz parte do Programa de Desenvolvimento de Submarinos, Prosub, em andamento desde 2008. Segundo a Marinha, já foram investidos R$ 17,4 bilhões no programa, a previsão é que até 2029 sejam aplicados R$ 35 bilhões.

O Riachuelo é o primeiro de uma série de quatro submarinos convencionais e um nuclear que estão sendo construídos pela Marinha.

Mudou o horário de verão? Celular adiantando sozinho é erro; saiba reverter

Smartphones mudam para o horário de verão na madrugada de 21 de outubro e usuários reclamam na web

Alguns celulares mudaram o horário sozinhos na madrugada deste domingo (21), conforme relatos de usuários do Android e iOS (iPhone), no Twitter. Na virada do dia 21 de outubro, assim que chegou à 0h, smartphones começaram a mostrar a hora errada e foram adiantados para 1h – dando a impressão de que o horário de verão mudou hoje. O erro movimentou as redes sociais, com reclamação de diversas pessoas afetadas.
Esta é a segunda vez, em menos de uma semana, que a hora adianta sozinha. Na última segunda-feira (15), o problema afetou usuários da operadora TIM. O novo erro, por outro lado, aparentemente atinge clientes Vivo, TIM e Claro. Apesar do incômodo, é possível tirar o horário de verão do Android e ajustar novamente à hora de Brasília.

Quando entra o horário de verão em 2018?

Vale lembrar que, na segunda-feira passada (15), o Palácio do Planato confirmou o início do horário de verão para 4 de novembro, após já ter anunciado adiamento para 18 de novembro a pedido do Ministério da Educação, em decorrência da aplicação do Enem.

Repercussão na Internet

A alteração no horário provocou várias manifestações dos usuários na Internet, principalmente, no Twitter. O microblog registrou mais de 60 mil tweets sobre o assunto “Horário de Verão”, suficiente para rankear nos Trending Topics, uma lista com os temas mais comentados da rede social. Alguns perfis, como o (@stecomments), perceberam a confusão do sistema operacional do celular, mas logo, tudo voltou ao normal. Em outros depoimentos, as pessoas não tinham essa mesma experiência.

Como reverter?

Desmarque a opção fuso horário automático de seu aparelho celular. Assim você poderá alterar sem problemas. E lembre-se, o horário de verão começa dia 04 de novembro de sábado para domingo.

Saiba qual local você votará em 2018

Em Itaguaí eleitores que costumavam votar na Escola Luiz Murat votarão agora na mais nova seção do município, a escola Municipal Oscar José de Souza. Já eleitores que votavam na antiga seção no colégio Cinco de Julho e posteriormente na escola Sandra Roldan, votam agora na creche Municipal Aparecida Azedo no Teixeira

Em toda eleição paira aquela dúvida em muitos eleitores. Onde votarei nessa eleições? Contudo, consultar seu local de votação é muito simples e deve ser feito com antecedência para evitar transtornos. A consulta ao local de votação pode ser feita por meio do nome do eleitor ou do número do título eleitoral no site do TRE de cada estado. Por meio da opção Consulta por nome é possível verificar o número do título.

No Estado do Rio de Janeiro você pode realizar a consulta facilmente através das opções abaixo:

Consulta por nome

Consulta por título

Esses links o transportam diretamente para os campos que você deve preencher para resolver de uma vez por todas as dúvidas para exercer a sua cidadania.

Aplicativo e-título

Os eleitores que estão em dia com a Justiça Eleitoral e desejam atendimento apenas para impressão da segunda via do título podem ficar despreocupados, pois o e-Título substitui o documento na hora de votar.

Basta baixar o aplicativo, disponível para iPhone (iOS),smartphones (Android) e tablets. O aplicativo apresenta informações como dados da zona eleitoral do usuário e a situação cadastral do eleitor em tempo real. Após baixá-lo, basta que o eleitor insira seus dados pessoais.

O aplicativo foi atualizado e, a partir de agora, também permite ao eleitor emitir a certidão de quitação eleitoral, além da certidão de crimes eleitorais. Essas certidões são emitidas por meio do QR Code, o que possibilita a leitura pelo próprio celular.

É importante destacar a necessidade de preencher os dados pessoais exatamente como eles estão registrados no Cadastro Eleitoral, pois, na hora de preencher os dados no aplicativo, se houver preenchimento de alguma informação em discordância com aquela lançada no documento original, o sistema não validará o cadastro. Portanto, é preciso estar atento a esse importante detalhe.

Outra informação relevante é que, se o eleitor já tiver feito o recadastramento biométrico (cadastro das impressões digitais) junto à Justiça Eleitoral, a versão do e-Título virá acompanhada da foto do eleitor, o que facilitará a identificação na hora do voto. Caso o eleitor ainda não tenha feito o recadastramento biométrico, a versão do e-Título será baixada sem a foto. Nesse caso, o eleitor está obrigado a levar outro documento oficial com foto para se identificar ao mesário durante a votação.

Descoberta de composto por cientistas imobiliza célula do câncer e impede metástase

Estudo testou nova estratégia contra o espalhamento de tumores pelo organismo; em vez de matar a célula, pesquisadores primeiro impediram que elas se movimentassem.

G1

Uma nova pesquisa publicada na revista “Nature Communications” nesta sexta-feira (22) abre novos caminhos para impedir que o câncer se espalhe para outras áreas do organismo. Em estratégia inédita, cientistas “congelaram” a célula cancerígena para que ela não se movimentasse.

Trata-se de uma mudança de perspectiva na luta contra o câncer, dizem os cientistas. Isso porque, na maior parte das pesquisas em oncologia, os esforços se concentram mais em matar o tumor.

Os testes foram feitos com a molécula KBU2046, composto que inibiu o movimento de células do câncer em quatro diferentes tipos de células do câncer humanas: câncer de mama, próstata, colorretal e pulmão.

“O movimento é a chave. Se as células cancerígenas se espalharem por todo o seu corpo, elas vão tirar sua vida. Podemos tratar, mas esse movimento vai tirar sua vida”, diz em nota Raymond Bergan, professor de oncologia médica no Instituto OHSU Knight Cancer (EUA).

“Estamos estudando uma maneira completamente diferente de tratar o câncer”, conclui Bergan.

O cientista explica que ele e a sua equipe fizeram diversos estudos na química para pensar um composto que só inibiria o movimento de células do câncer — e não tivesse nenhum outro efeito em células saudáveis.

Substância bloqueia proteína associada ao movimento

Bergan cita ainda que o laboratório de Karl Scheidt, professor de química e farmacologia da Universidade de Northwestern, foi o responsável por pensar em novos compostos que pudessem impedir a motilidade de tumores. O desafio era encontrar substâncias com poucos efeitos colaterais.

“Começamos com uma substância química que impedia as células de se moverem. Depois, sintetizamos o composto várias vezes para que ele fizesse um trabalho perfeito de parar as células sem efeitos colaterais”, diz Karl Scheidt, em nota.

Scheidt explica que o KBU2046 se liga a proteínas das células de forma específica para somente impedir o movimento. Não há uma outra ação sobre as estruturas celulares, o que diminui os efeitos colaterais e a toxicidade. “Levamos anos para descobrir”, comemora, em nota.

Pesquisadores almejam que a droga possa ser administrada em cânceres iniciais para diminuir ao máximo que o tumor se espalhe para o resto do corpo e o paciente tenha um tumor intratável no futuro.

Cientistas estimam que serão necessários dois anos e US$ 5 milhões para que os primeiros testes sejam realizados em seres humanos.