Arquivo da categoria: Tecnologia

Descoberta de composto por cientistas imobiliza célula do câncer e impede metástase

Estudo testou nova estratégia contra o espalhamento de tumores pelo organismo; em vez de matar a célula, pesquisadores primeiro impediram que elas se movimentassem.

G1

Uma nova pesquisa publicada na revista “Nature Communications” nesta sexta-feira (22) abre novos caminhos para impedir que o câncer se espalhe para outras áreas do organismo. Em estratégia inédita, cientistas “congelaram” a célula cancerígena para que ela não se movimentasse.

Trata-se de uma mudança de perspectiva na luta contra o câncer, dizem os cientistas. Isso porque, na maior parte das pesquisas em oncologia, os esforços se concentram mais em matar o tumor.

Os testes foram feitos com a molécula KBU2046, composto que inibiu o movimento de células do câncer em quatro diferentes tipos de células do câncer humanas: câncer de mama, próstata, colorretal e pulmão.

“O movimento é a chave. Se as células cancerígenas se espalharem por todo o seu corpo, elas vão tirar sua vida. Podemos tratar, mas esse movimento vai tirar sua vida”, diz em nota Raymond Bergan, professor de oncologia médica no Instituto OHSU Knight Cancer (EUA).

“Estamos estudando uma maneira completamente diferente de tratar o câncer”, conclui Bergan.

O cientista explica que ele e a sua equipe fizeram diversos estudos na química para pensar um composto que só inibiria o movimento de células do câncer — e não tivesse nenhum outro efeito em células saudáveis.

Substância bloqueia proteína associada ao movimento

Bergan cita ainda que o laboratório de Karl Scheidt, professor de química e farmacologia da Universidade de Northwestern, foi o responsável por pensar em novos compostos que pudessem impedir a motilidade de tumores. O desafio era encontrar substâncias com poucos efeitos colaterais.

“Começamos com uma substância química que impedia as células de se moverem. Depois, sintetizamos o composto várias vezes para que ele fizesse um trabalho perfeito de parar as células sem efeitos colaterais”, diz Karl Scheidt, em nota.

Scheidt explica que o KBU2046 se liga a proteínas das células de forma específica para somente impedir o movimento. Não há uma outra ação sobre as estruturas celulares, o que diminui os efeitos colaterais e a toxicidade. “Levamos anos para descobrir”, comemora, em nota.

Pesquisadores almejam que a droga possa ser administrada em cânceres iniciais para diminuir ao máximo que o tumor se espalhe para o resto do corpo e o paciente tenha um tumor intratável no futuro.

Cientistas estimam que serão necessários dois anos e US$ 5 milhões para que os primeiros testes sejam realizados em seres humanos.

Anúncios

MP solicita que brasileiros reiniciem roteadores domésticos para combater vírus. Veja a lista de aparelhos ameaçados

 

EXTRA – A Comissão de Proteção dos Dados Pessoais do Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) publicou uma nota oficial solicitando que os proprietários de roteadores domésticos reiniciem seus aparelhos para interromper temporariamente a propagação do malware VPNFilter (programa malicioso), o que ajudará na identificação de equipamentos que estejam infectados. O pedido do MPDFT foi feito depois de um alerta global emitido pelo Federal Bureau of Investigation (FBI), no dia 25 de maio, de que os roteadores domésticos e de home office estão sob risco de infecção pelo vírus.

 

O malware VPNFilter pode roubar informações pessoais, bloquear a internet ou mesmo direcionar as pessoas para sites falsos de bancos e de lojas on-line, com o objetivo de cometer fraudes.

 

 

O MPDFT recomenda, ainda, a desativação das configurações de gerenciamento remoto, que pode facilitar o trabalho de hackers, e o uso de senhas fortes nos roteadores, que contenham números, símbolos e letras maiúsculas e minúsculas. Também é importante atualizar o software (firmware) do roteador.

 

Desde setembro de 2017, o MPDFT investiga fraudes bancárias, como estelionatos e furtos, cometidos por meio de roteadores infectados. O Ministério Público está trabalhando em parceria com a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos da Polícia Civil. A investigação é sigilosa.

 

Segundo Rafael Zanatta, pesquisador em Telecomunicações do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), um dos dez roteadores mais usados no Brasil, está na lista: o TP-LINK TL-WR841HP. O aparelho, diz o especialista, custa em média R$ 135.

 

– Na nossa leitura é um caso preocupante, porque tem muito consumidor de moden da TPLink no Brasil. Em contato com a fabricante, eles me explicaram que especialmente os modelos mais novos desse roteadores estão vulneráveis. A orientação é mudar usuário e senha que vem de fábrica e atualizar o software do aparelho. Se tiver dificuldade técnica, o consumidor deve entrar em contato com o fabricante, por telefone, para receber instruções. Os vírus atacam com mais frequência roteadores desatualizados e infectou mais aparelhos no Leste Europeu – explica Zanatta, informando que o Idec fará também um comunicado a seus associados.

 

O MPDFT recomenda, ainda, a desativação das configurações de gerenciamento remoto, que pode facilitar o trabalho de hackers, e o uso de senhas fortes nos roteadores, que contenham números, símbolos e letras maiúsculas e minúsculas. Também é importante atualizar o software (firmware) do roteador.

 

– Só ligar e desligar o roteador não ajuda muita coisa. Mas o reset da máquina pode ser uma boa medida, pois neste caso volta-se às definições de fábrica. O botão do reset, na maioria dos modelos, está localizado ou lado do usado para ligar o aparelho. Para completar a operação é preciso pressioná-lo continuamente por 5 segundos – ensina Zanatta.

 

O Idec explica que os roteadores são infectados a partir de falhas de segurança dos dispositivos e sistemas desatualizados. Aproveitando-se da falha, o vírus invade os dispositivos conectados sob a mesma rede e passa a realizar “ataques” na transmissão das informações.

 

Em linhas gerais, acrescenta o instituto, isso significa que todo o acesso do usuário pode ser rastreado, o que é preocupante, já que diversos aparelhos vulneráveis constam na lista dos roteadores mais vendidos no país, como o TP-Link.

 

Para que possam ficar seguros da ameaça, o Idec listou algumas orientações para os consumidores:

 

– Caso verifiquem que o aparelho de sua residência está vulnerável ao ataque, que reiniciem o roteador, apertando o botão de “reset” por vários segundos.

 

– A operação vai fazer com que o modem retorne ao padrão de fábrica – a senha para nova utilização é a que veio originalmente com o aparelho, que fica normalmente em etiqueta no verso.

 

– Após isso, é necessário procurar pelas atualizações do produto. Isso pode ser feito ligando para o fornecedor responsável, que deverá indicar o procedimento adequado.

 

– Outro passo fundamental é trocar a senha de acesso ao roteador, já que o vírus também faz uso de senhas padrões de fábrica para se espalhar.

 

 

Confira a lista de roteadores infectados e veja se o seu está entre eles

 

Asus Devices:

 

RT-AC66U (new)

 

RT-N10 (new)

 

RT-N10E (new)

 

RT-N10U (new)

 

RT-N56U (new)

 

RT-N66U (new)

 

D-Link Devices:

 

DES-1210-08P (new)

 

DIR-300 (new)

 

DIR-300A (new)

 

DSR-250N (new)

 

DSR-500N (new)

 

DSR-1000 (new)

 

DSR-1000N (new)

 

Huawei Devices:

 

HG8245 (new)

 

Linksys Devices:

 

E1200

 

E2500

 

E3000 (new)

 

E3200 (new)

 

E4200 (new)

 

RV082 (new)

 

WRVS4400N

 

Mikrotik Devices:

 

CCR1009 (new)

 

CCR1016

 

CCR1036

 

CCR1072

 

CRS109 (new)

 

CRS112 (new)

 

CRS125 (new)

 

RB411 (new)

 

RB450 (new)

 

RB750 (new)

 

RB911 (new)

 

RB921 (new)

 

RB941 (new)

 

RB951 (new)

 

RB952 (new)

 

RB960 (new)

 

RB962 (new)

 

RB1100 (new)

 

RB1200 (new)

 

RB2011 (new)

 

RB3011 (new)

 

RB Groove (new)

 

RB Omnitik (new)

 

STX5 (new)

 

Netgear Devices:

 

DG834 (new)

 

DGN1000 (new)

 

DGN2200

 

DGN3500 (new)

 

FVS318N (new)

 

MBRN3000 (new)

 

R6400

 

R7000

 

R8000

 

WNR1000

 

WNR2000

 

WNR2200 (new)

 

WNR4000 (new)

 

WNDR3700 (new)

 

WNDR4000 (new)

 

WNDR4300 (new)

 

WNDR4300-TN (new)

 

UTM50 (new)

 

QNAP Devices:

 

TS251

 

TS439 Pro

 

Other QNAP NAS devices running QTS software

 

TP-Link Devices:

 

R600VPN

 

TL-WR741ND (new)

 

TL-WR841N (new)

 

Ubiquiti Devices:

 

NSM2 (new)

 

PBE M5 (new)

 

Upvel Devices:

 

Unknown Models* (new)

 

ZTE Devices:

 

ZXHN H108N (new)

 

Fonte: Jornal Extra

 

Site da prefeitura de Itaguaí foi invadido por hackers

Invasão ocorreu nesta noite de segunda

Em 04 de junho de 2018 às 22:45 e atualizada em 05 de junho de 2018 às 00:05

O Portal da prefeitura municipal de Itaguaí foi invadido por hackers na noite desta segunda-feira 04. Os autores se identificaram apenas por D3coder & Aj44x. Eles usaram a frase “Brasil: esse estranho país de corruptos sem corruptores” como mensagem.

Nosso blog entrou em contato com a prefeitura e aguarda um retorno sobre quais medidas serão adotadas.

Após algumas horas a imagem desapareceu do site, mas a página foi desfigurada.

Próximo a zero hora de segunda para terça-feira o site voltou ao normal.

Boca está de novo Whatsapp e nova aparência

Mudanças e como sempre ao seu lado

O blog Boca no Trombone Itaguaí agora tem novo número de Whatsapp e nova aparência, mas algo nunca mudará, a eficiência em informar com imparcialidade e estar sempre junto da população de Itaguaí e região.

Nosso Whatsapp agora é 21- 99538-9923. Nele você pode entrar em contato conosco enviando fotos, vídeos, denúncias e reclamações. Com isso você fica ainda mais perto do Boca e pode ter o seu envio virando matéria em nosso blog. Além da mudança de número em nosso Whatsapp, você também notará a mudança em nosso visual.

 

Acesse nossos canais de comunicação e participe!

Nosso email: bocanotromboneitaguai@yahoo.com.br

Nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/bocanotromboneitaguai/

Nosso grupo no Facebook: https://www.facebook.com/groups/405243682879920/

Nosso Twitter: https://twitter.com/tromboneitaguai

Nosso canal no Youtube:

https://www.youtube.com/channel/UCDk2_ZriOvvXaCKmx1qvftw/feed ou pesquise por Boca no Trombone Itaguaí

Eu Júlio Andrade quero aproximar você leitor cada vez mais de nosso blog. O Boca tem orgulho de estar desde 2012 ao seu lado, fazendo Itaguaí evoluir. Nosso grupo no Facebook foi o pioneiro na questão de dar a população um espaço democrático visando dar a voz a quem mais merece, você. Nossos canais de comunicação existem para mostar que as pessoas terão sempre espaço para mostrar que a vontade de um povo alavanca uma sociedade. Acabou o tempo em que se escondiam informações. Nosso blog tem o orgulho de ter contribuido para tirar Itaguaí e região do “anafalbetismo” na internet. Temos orgulho de hoje vermos o quanto as pessoas tem mais informações e buscam mais.

O Boca estará sempre informando e contando com você leitor, que merece todo o nosso respeito e admiração. Boca no Trombone Itaguai, sempre ao seu lado.

Monica Iozzi ironiza ‘Super’ Moro: ‘Certeza que prende Aécio e Alckmin’

‘Tô indo dormir tranquila, esse cara + o STF vão acabar com a corrupção no Brasil. Honestos, imparciais, nossos heróis!’, ironiza a atriz no Instagram

Veja

Crítica da Operação Lava Jato, a atriz Monica Iozzi fez uso do Instagram para alfinetar o juiz Sergio Moro, que nesta quinta-feira expediu a ordem de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Viva Moro! Tenho certeza que, assim que Temer, Aécio e Alckmim perderem o foro privilegiado, ele prende os três!”, ironizou Iozzi em um post com uma foto em que Sergio Moro aparece conversando e rindo com Aécio Neves.

“Ah! E o Serra também! O ex-presidente da Odebrecht disse pra Lava-Jato que deu 52 milhões de reais pro José Serra. Certeza que o Moro vai mandar prender o Serra também. O Lula foi só o primeiro. Olha só o estardalhaço que fizeram pra prender o Lula! De boa… Imagina 52 milhões do Serra na Suíça, velho!!! Agora o Moro vai pegar todo mundo, vocês vão ver… Ufa! Tô indo dormir tranquila, esse cara + o STF vão acabar com a corrupção no Brasil. Honestos, imparciais, nossos heróis! Juro que até o ano que vem tá todo mundo na cadeia. Afinal de contas, primeiro a gente tirava a Dilma, né? Agora vai!”

Mais de 2 mil prefeituras terão convênio com programa Internet para Todos

Segundo o ministério, 2,2 mil cidades já estavam prontas para assinar o termo. As primeiras antenas devem começara ser entregues às prefeituras em maio. Itaguaí aderiu quase esgotando o prazo. As inscrições começaram em janeiro

 

O governo federal anunciou no começo da semana que vai assinar o termo de adesão de mais de 2 mil prefeituras ao programa Internet para Todos, que tem como objetivo levar o acesso à rede mundial de computadores a populações que hoje não possuem conexão com o serviço.

 

“O termo de adesão que será assinado pelos prefeitos define a infraestrutura básica e as condições para a participação dos municípios no programa. As prefeituras devem indicar onde serão instaladas as antenas para distribuição do sinal de internet, além de garantir a segurança da área e arcar com as despesas de energia elétrica”, diz nota divulgada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Segundo o ministério, 2,2 mil cidades já estavam prontas para assinar o termo.

 

As primeiras antenas devem começar a ser entregues às prefeituras em maio. “E a expectativa é que sejam instaladas 200 antenas por dia”, diz a nota.

 

A operação será feita por meio da empresa norte-americana Viasat, contratada pela estatal Telebras.

 

A conexão será viabilizada pelo satélite geoestacionário brasileiro, propriedade do governo que está em órbita desde maio do ano passado.

 

Em uma cerimônia no Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer e o ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, concretizam a entrada de 2.260 cidades já prontas para assinar o termo de adesão e outras 330 que demonstraram interesse em fazer parte do projeto.

 

O projeto foi iniciado em maio do ano passado, com o lançamento do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), que recebeu 3 bilhões de reais em investimentos. Em órbita por 18 anos, o satélite garantirá conexão a preços reduzidos às cidades participantes, que devem começar a receber antes de recepção do sinal a partir de maio.

 

O governo estima que sejam instaladas cerca de 200 antenas por dia, atendendo até 40.000 áreas que não contam com pouca ou nenhuma conexão de internet.

 

No programa também está prevista a instalação de banda larga em todas as escolas do país, com 7.000 delas recebendo a instalação ainda neste ano, além de hospitais e postos de saúde.

 

Segundo uma pesquisa realizada pelo consórcio Business Software Alliance (BSA), que representa grandes empresas de tecnologia como Microsoft, Adobe e Apple, o Brasil tem atualmente 25 milhões de assinaturas de banda larga fixa, atentando a 12% de toda a população.

 

A média dos países pesquisados é de 21% da população com banda larga. Nossos números de internet via fibra ótica são ainda menores: 1,3 milhão de assinaturas, somente.

 

O Brasil é altamente conectado via celular, no entanto, com 180 milhões de assinaturas ativas de internet móvel, o que representa 89% da população. Se o programa conseguir aumentar nossos índices de acesso, velocidade e levar internet para mais pessoas (a preços mais acessíveis), o efeito direto e indireto para a economia tende a ser gigantesco.

 

É daquelas mudanças menos óbvias, mas que ajudariam a fazer o Brasil pelo menos crescer no ritmo das grandes economias do planeta. Só precisa funcionar.

Município de Itaguaí

A prefeitura de Itaguaí se inscreveu quase no último dia de prazo que era 16 de março. Políticos, moradores e nosso blog, fizeram uma campanha nas redes sociais e por email para que o prefeito da cidade Charlinho MDB, cadastrasse a cidade no projeto e enviasse o ofício ao Ministério da Ciência e Tecnologia. Tal iniciativa parece ter dado certo e Itaguaí é uma das cidades participantes do Programa, segundo informou o deputado federal Alexandre Valle PR em resposta do chefe de gabinete do ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab.

Grupos de vendas no Facebook tem servido para bandidos venderem celulares roubados

Exija a nota fiscal de compra do produto, se negarem não faça negócio

 

Com a crise financeira que atingiu o país, os grupos de Facebook que oferecem a possibilidade de todos venderem mercadorias cresceu muito nos últimos anos. Mas, isso também ajudou muito aos bandidos. Pois, devido a essa nova forma de comércio, eles agora vendem os produtos de seu roubo de forma descarada, em especial smartphones. É fácil notar nesses grupos aparelhos com baixo valor, mesmo sendo marcas que normalmente custam mais. Outro detalhe é que normalmente os produtos duram pouco e até em poucas semanas já não servem mais. Isso se a polícia já não estiver rastreado o aparelho e localizá-lo com o novo comprador. A polícia já está monitorando esses grupos e essa atuação do crime.

Como se proteger

Se você faz parte de um desses grupos fique atento antes de negociar.

  • Desconfie de quem vende muitos produtos ao mesmo tempo e com preços muito baixos
  • Se você desconfiar não entre em contato com o “vendedor.”
  • O mais importante PERGUNTE E EXIJA A NOTA FISCAL DO PRODUTO. Normalmente é aí que você tem a certeza de que a mercadoria nunca foi de fato do “vendedor.”

 

Caso verifique de que se trata de mercadoria roubada entre em contato com a polícia ou faça uma denuncia pelo disque denúncia no telefone 2253-1177

 

Quem é responsabilizado em caso de negócios de produtos roubados?

Assim como em lojas físicas, quem vende ou compra até mesmo pela internet, produtos de roubo, responde criminalmente podendo pegar 10 anos de prisão.

 

Reportagem do Fantástico sobre roubos de celulares