Arquivo da categoria: Sem categoria

Descoberta de composto por cientistas imobiliza célula do câncer e impede metástase

Estudo testou nova estratégia contra o espalhamento de tumores pelo organismo; em vez de matar a célula, pesquisadores primeiro impediram que elas se movimentassem.

G1

Uma nova pesquisa publicada na revista “Nature Communications” nesta sexta-feira (22) abre novos caminhos para impedir que o câncer se espalhe para outras áreas do organismo. Em estratégia inédita, cientistas “congelaram” a célula cancerígena para que ela não se movimentasse.

Trata-se de uma mudança de perspectiva na luta contra o câncer, dizem os cientistas. Isso porque, na maior parte das pesquisas em oncologia, os esforços se concentram mais em matar o tumor.

Os testes foram feitos com a molécula KBU2046, composto que inibiu o movimento de células do câncer em quatro diferentes tipos de células do câncer humanas: câncer de mama, próstata, colorretal e pulmão.

“O movimento é a chave. Se as células cancerígenas se espalharem por todo o seu corpo, elas vão tirar sua vida. Podemos tratar, mas esse movimento vai tirar sua vida”, diz em nota Raymond Bergan, professor de oncologia médica no Instituto OHSU Knight Cancer (EUA).

“Estamos estudando uma maneira completamente diferente de tratar o câncer”, conclui Bergan.

O cientista explica que ele e a sua equipe fizeram diversos estudos na química para pensar um composto que só inibiria o movimento de células do câncer — e não tivesse nenhum outro efeito em células saudáveis.

Substância bloqueia proteína associada ao movimento

Bergan cita ainda que o laboratório de Karl Scheidt, professor de química e farmacologia da Universidade de Northwestern, foi o responsável por pensar em novos compostos que pudessem impedir a motilidade de tumores. O desafio era encontrar substâncias com poucos efeitos colaterais.

“Começamos com uma substância química que impedia as células de se moverem. Depois, sintetizamos o composto várias vezes para que ele fizesse um trabalho perfeito de parar as células sem efeitos colaterais”, diz Karl Scheidt, em nota.

Scheidt explica que o KBU2046 se liga a proteínas das células de forma específica para somente impedir o movimento. Não há uma outra ação sobre as estruturas celulares, o que diminui os efeitos colaterais e a toxicidade. “Levamos anos para descobrir”, comemora, em nota.

Pesquisadores almejam que a droga possa ser administrada em cânceres iniciais para diminuir ao máximo que o tumor se espalhe para o resto do corpo e o paciente tenha um tumor intratável no futuro.

Cientistas estimam que serão necessários dois anos e US$ 5 milhões para que os primeiros testes sejam realizados em seres humanos.

Anúncios

Adiada licitação para coleta de lixo em Itaguaí

Possíveis emergências fabricadas que podem levar a punição dos responsáveis e inúmeras falhas fizeram o TCE a adiar licitação de coleta na cidade

A prefeitura de Itaguaí ainda não poderá fazer contratação de empresa para coleta de lixo na cidade. A licitação, com custo estimado em R$ 18.347.732,49(milhões), foi adiada por determinação do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ), na terça-feira (12/06). De acordo com o relator do processo, conselheiro Christiano Lacerda Ghuerren, foram encontradas mais de 20 falhas que precisam ser corrigidas para posterior aprovação do processo licitatório.

Em seu voto, o conselheiro destaca, entre outros aspectos, que o atual prefeito de Itaguaí deve justificar o índice de endividamento ≤ 0,6, exigido para efeito de qualificação econômica; retifique o cronograma físico-financeiro de forma que exponha as quantidades mensais e preços por item; e apresente pesquisas de mercado que comprovem os preços dos EPIs de forma ampla e diversificada.

O relator pede ainda que as composições de custos dos itens da planilha orçamentária sejam revisadas, consolidando a frota de veículos para transporte de equipes dos diversos serviços solicitados. Além disso, destaca a necessidade de se apresentar a convenção coletiva de trabalho que estabelece os valores da mão de obra utilizados nas composições de custos.

O conselheiro finaliza recomendando ao gestor que “promova as alterações sugeridas, com o alerta de que eventual revogação do certame com sucessiva contratação emergencial poderá vir a ser considerada emergência fabricada, com a penalização dos responsáveis”.

Íntegra do voto

Informação do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro

Agente de saúde que assinou relatório de uniformes desmente prefeitura de Itaguaí

Segundo o agente, o material condenado era pequeno se comparado ao que a prefeitura queria queimar

Um dos agentes de saúde da prefeitura de Itaguaí, desmentiu a nota emitida pelo governo Charlinho, que condenou e decidiu incinerar mais de duas toneladas de uniformes escolares e que teve a ação flagrada por alguns conselheiros do Fundeb. O agente Vinicius Pimenta, deixou claro que no relatório elaborado há mais de um ano, para ser mais exato em março de 2017, condenava-se alguns materiais. Bem irrisório se comparado as duas toneladas que seriam queimadas. Segundo o agente, alguns dos rolos estavam condenados, mas a grande maioria daria para ser usada se houvesse um processamento simples para terem condições de uso. Vinicius, finalizou dizendo que os rolos de linhas que de fato foram condenados, não foram vistos pelas imagens e vídeos divulgados nas mídias sociais e na imprensa.
Houve um descaramento de descartar junto matériais que não estavam inclusos nos matériais condenados por ainda terem condições de uso após algum processamento. Na verdade o que o atual prefeito não queria era usar a logo de outro governo nos uniformes já prontos,” disse o agente que afirmou estar disposto a dar quaisquer tipo de esclarecimentos a justiça. Segundo a policia civil, uma perícia será feita para que se comprove através de laudo, se de fato as duas toneladas de materiais estavam ou não impróprios para uso.

A prefeitura de Itaguaí que já havia gasto quase R$ 10 milhões em materiais que haviam sido encontrados nesse mesmo galpão em 2015, utilizou quase R$ 1 milhão em 2108 para contratar a empresa Loctech para incinerar em Magé as duas toneladas de uniformes escolares. Além disso, já havia aberto um edital para um processo licitatório no mês de março deste ano, que foi anulado por falta de interessados. Os valores desse edital chegavam também a quase R$ 1 milhão e foi assinado por Robens Fonseca Pedrosa Jr que é Secretário Municipal de Licitações e Contratos.

Ao todo, esses materiais custaram aos cofres públicos e sem retorno algum para a população quase R$ 12 milhões.

Leia mais:

Milhares de uniformes escolares são descartados para serem incinerados em Itaguaí

Bandidos são pegos pela polícia após assaltar Lojas Americanas em Itaguaí

Vagabundos foram pegos pelo cerco policial próximo ao Rio Guandu em Seropédica, entre eles uma menor de idade

Criminosos efetuaram roubo na Lojas Americanas no Centro de Itaguaí na manhã desta terça-feira 12/06. Após fugirem do local, a polícia foi acionada e em perseguição a guarnição da 4 Cia pegou os vagabundos próximo a ponte do Rio Guandu na BR 465, em Seropédica. Os criminosos efetuaram disparos contra a guarnição sendo revidado de imediato. Na troca de tiros os desgraçados levaram chumbo e todos foram presos. Os policiais apreenderam com eles 01 pistola 9mm e um carro Renault Sandero que havia sido roubado pelas sementes do mal. Dos 4 vagabundos uma sementinha do maligno era menor. Uma menina que deveria estar preocupada em estudar, estava fazendo vestibular para ser sudita do capiroto. Não foram revelados ainda os nomes dos criminosos. Nosso blog parabeniza aos policiais e torce muito para que toda a ação maligna como essa tenha final parecido.

Vinicius Junior é alvo de racismo nas redes sociais

Torcedor é vascaíno. Flamengo promete apoio jurídico

Presidente Eduardo Bandeira de Mello condena atitude: É uma coisa inadmissível, quem faz uma coisa dessas deve ser uma pessoa desprezível e merece todo o nosso repúdio”

Vinicius Junior foi alvo de racismo nas redes sociais. Em uma publicação que viralizou, o membro de um grupo do Facebook chamou o atacante do Flamengo de “macaco”, ilustrando com uma foto do jogador, emocionado, após a vitória contra o Paraná.

Em entrevista à Rádio Globo, o presidente Eduardo Mandeira de Mello se mostrou indignado e avisou que o clube irá dar o apoio ao jogador para quem o insultou seja identificado e punido.

– Nosso jurídico está analisando. É uma coisa inadmissível, quem faz uma coisa dessas deve ser uma pessoa desprezível e merece todo o nosso repúdio. Vamos apoiar nosso jogador até as últimas consequências – disse o mandatário rubro-negro.

A publicação foi apagada pelos administradores do grupo. Ainda assim, alguns prints da postagem viralizaram em páginas de torcedores rubro-negros na internet.

Algumas horas depois, as imagens foram republicadas no mesmo grupo com críticas de alguns membros ao conteúdo racista anteriormente veiculado. Outros presentes na comunidade utilizaram um texto padrão se dizendo dispostos a colaborar com as investigações.

O Flamengo busca informações sobre o autor da publicação. Em agosto do ano passado, durante o clássico entre o Rubro-Negro e o Botafogo, no estádio Nilton Santos, um torcedor alvinegro foi detido por injúria racial aos familiares do jogadores.

Nosso blog Boca no Trombone Itaguaí, encontrou o perfil do rapaz que comete esse crime. Trata-se de Thiago Barreto de 20 anos, que é torcedor do Vasco da Gama.

Em seu perfil ele diz ter feito uma besteira e disse não ser racista. Imagina se fosse né?

Assalto dentro de local de trabalho é responsabilidade da empresa seja ela pública ou privada

Em Itaguaí servidores tem tido seus pertences roubados com frequência dentro de unidades públicas municipais e se acionarem a justiça podem ser indenizados e a prefeitura pode responder até por danos morais

DIREITOS – O município de Itaguaí é considerado um dos mais violentos do Estado. Mas, não é somente nas ruas que atos de violência tem ocorrido. Por completa omissão da Prefeitura Municipal de Itaguaí, servidores tem sido roubados dentro dos prédios públicos municipais. Como nos frequentes assaltos que temos visto dentro de escolas, creches e postos de saúde. Mesmo diante de fatos tão graves, a prefeitura de Itaguaí não toma qualquer atitude para coibir tamanha exposição de seus próprios servidores e alunos. Diante disso, o servidor que tiver seu pertence roubado dentro de seu local de trabalho (escola, creche ou qualquer outra unidade pública), tem direito de ressarcimento por parte do governo. Para isso inicialmente, deve se registrar um Registro de Ocorrência na delegacia mais próxima e em seguida acionar a justiça.

Inicialmente é entendido que durante o exercício de sua função, o trabalhador está sob responsabilidade da empresa, assim sendo, a segurança do trabalhador precisa ser garantida e preservada. Em caso de assalto sofrido durante a sua jornada de trabalho, o fato deve ser tratado como acidente de trabalho. Dessa forma, precisa seguir os mesmos procedimentos exigidos por legislação.

O empregador é obrigado a indenizar o funcionário nos casos de perdas materiais. Há casos julgados na Justiça, que além do ressarcimento dos materiais roubados, o empregador teve que pagar indenização por danos morais sofridos pelo seu funcionário. Ler na íntegra

Infere-se, que referido tema traz muitas dúvidas acerca da responsabilidade da Empresa nos casos de assalto á seus funcionários em que estes sofrem de lesões, quer na esfera física ou moral.

Antes de adentrarmos mais profundamente no tema, devemos traz a baila o que diz o artigo caput da CLT, vejamos:

Art. 2º – Considera-se empregador a empresa, individual ou coletiva, que, assumindo os riscos da atividade econômica, admite, assalaria e dirige a prestação pessoal de serviços.

Desse modo, temos que o risco da atividade econômica, ou o risco do negócio é exclusivamente do patrão e não pode ser transferido ao empregado. Este destaque é importante, pois o empregado não pode ser “penalizado” pelas diversas situações que eventualmente podem ocorrer na empresa por iniciativa desta, em que o empregado não anuiu.

Também o Código Civil de 2002 adotou expressamente a teoria do risco como fundamento da responsabilidade objetiva, agora não mais como exceção, mas, paralelamente à teoria subjetiva. É o que se infere do § único do art. 927, verbis:

“Haverá obrigação de reparar o dano, independentemente de culpa, nos casos especificados em lei, ou quando a atividade normalmente desenvolvida pelo autor do dano implicar, por sua natureza, risco para os direitos de outrem (grifados)“.

A própria natureza da atividade em alguns casos é a peculiaridade que vai caracterizar o risco capaz de ocasionar acidentes, gerar lesões de esferas físicas e/ou morais ou provocar prejuízos a outrem. A atividade de risco tem, pela sua característica, uma peculiaridade que desde já pressupõe a ocorrência de essas ocorrências. É ela, intrinsecamente ao seu conteúdo, um perigo potencialmente causador de dano, especificadamente sobre o tema assalto no ambiente de trabalho, temos sim algumas atividades mais propiciais a tal fato, como por exemplo, os Vigilantes armados, funcionários de postos de gasolina, áreas financeiras de empresas, dentre outras. Porém como vivenciamos uma sociedade cada vez mais violenta, e uma onda crescente de assaltos, esses fatos já não são mais exclusivos das atividades citadas, podendo ocorrer em qualquer tipo de atividade.

Logo, a legislação pátria, ao regular as diretrizes de segurança e higiene do trabalho, imputou ao empregador a obrigação de manter a integridade física de seus subordinados. Como exemplo, as disposições do artigo 157, da CLT, e artigo 19, parágrafo primeiro, da Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991.

A pretensão perseguida pelo legislador, com espeque teleológico, constitui-se no afastamento de eventuais argumentos pelas empresas para considerar o trabalhador como responsável por infortúnios decorrentes do exercício de suas atividades laborais.

Sujeitando-se o trabalhador às normas e determinações impostas por seu empregador, que detém total controle sobre sua vida profissional.

Portanto, se a empresa deixou de fornecer subsídios ao seu empregado durante um eventual assalto, com o fito de manter sua integridade física. A responsabilidade, portanto, se origina na conduta omissiva do empregador (artigo 186 c/c 927, do Código Civil), em atenção à teoria do risco criado. Nesse sentido, recentes decisões do C. TST, rechaçam esse entendimento, verbis:

“Ementa:

RECURSO DE REVISTA. 1. INDENIZAÇÃO POR DANO MORAL. ASSALTO DURANTE O TRABALHO. CULPA POR OMISSÃO. Quando o empregador, indiferente à segurança do obreiro, concorrer para caracterização do evento danoso, com dolo ou culpa, por ação ou omissão, estará obrigado a repará-lo, nos exatos limites dos arts. 186, 187 e 927 do Código Civil. Recurso de revista conhecido e desprovido. (…)” (Processo: RR – 7110030.2006.5.04.0402 Data de Julgamento: 13/04/2011, Relator Ministro: Alberto Luiz Bresciani de Fontan Pereira, 3ª Turma, Data de Publicação: DEJT 29/04/2011)

“Ementa:

RECURSO DE REVISTA. INDENIZAÇÃO POR DANO MORAL. CORREIOS. BANCO POSTAL. ASSALTO. INDENIZAÇÃO DEVIDA. O entendimento dessa Corte se alinha no sentido de caber responsabilidade ao empregador pela reparação de dano moral decorrente da ocorrência de assalto no local de trabalho do Reclamante. Precedentes. NÃO CONHECIDO. (…)” (Processo: RR – 237300-44.2009.5.18.0010 Data de Julgamento: 02/03/2011, Relator Ministro: Emmanoel Pereira, 5ª Turma, Data de Publicação: DEJT 18/03/2011)

Assalto dentro do local de trabalho, o empregador se for negligente com a segurança do local será responsabilizado

SEGURANÇA NO AMBIENTE DE TRABALHO – ASSALTO SOFRIDO PELO EMPREGADO – RESPONSABILIDADE DO EMPREGADOR. Se hoje pode ser inviável ou inimaginável adotar medidas de segurança aptas a coibir ou mesmo impedir, por completo, assaltos ou outras formas de violência a que se expõe qualquer cidadão, não é correto afirmar, por seu turno, que ao empregador não se pode impor nenhuma ordem de responsabilidade decorrente da proteção à integridade de seu empregado, por ser atribuição exclusiva do Estado. A culpa do empregador pela violência sofrida por seus empregados emerge quando se verifica a negligência daquele no cuidado com a segurança desses últimos. Incumbe àqueles que se beneficiam do trabalho prestado, diligenciar sobre as medidas de segurança cabíveis, pois, como se sabe, é dever do empregador zelar pela integridade física e mental do empregado, adotando todas as medidas preventivas necessárias a propiciar um ambiente de trabalho saudável e seguro, obrigação que decorre do próprio princípio da alteridade. (TRT-3 – RO: 00084201005603000 0000084-72.2010.5.03.0056, Relator: Convocado Eduardo Aurelio P. Ferri, Primeira Turma, Data de Publicação: 06/05/2011 05/05/2011. DEJT. Página 79. Boletim: Sim.)(grifo nosso)

Dessa forma, a possibilidade de reparação de danos sofridos pelo empregado, depende da atividade econômica explorada pelo empregador. Ou, no caso de a atividade não ocasionar risco acentuado fora do comum, se o empregador foi omisso ou negligente quanto a segurança no local de trabalho. O que fica claro quando as repartições públicas municipais de Itaguaí, não contam com qualquer tipo de segurança, como Guardas Municipais, policiais ou vigilantes.

Vale ressaltar que o aluno e/ou seu responsável que tiver sido roubado dentro de prédio público, também pode solicitar ressarcimento nos mesmos moldes e no caso de crianças, danos morais ficam ainda mais evidentes.

Leia outros casos que empresas tiveram que ressarcir funcionários roubados dentro do local de trabalho

Empresa responde por assalto ao empregado durante serviço, diz TRT-5

Empregado foi assaltado durante o trabalho. O empregador será responsabilizado?

Ação social agitará Santa Cruz neste sábado

Ação social ocorre de 09 às 14 horas

Uma ação social promete agitar a igreja Metodista Central de Santa Cruz neste sábado dia 09 de junho. No evento poderá ser emitida carteira de trabalho, identidade, segunda via de documentos, isenção para certidões de casamento, defensoria pública, cursos gratuitos e muito mais. A igreja está localizada na rua Arnaldo Bastos 41 em Santa Cruz. Haverá distribuição de senhas e o evento tem início às 09 horas da manhã. Lembrando que todos os serviços são gratuitos.