Arquivo da categoria: Saúde

Prefeitura de Seropédica adianta segunda dose da AstraZeneca

Após moradora ser confirmada com a amostra da variante Delta, o município resolveu reduzir intervalo entre as duas doses conforme recomendação do governo do Estado. A capital Rio de Janeiro, Mesquita e São Gonçalo decidiram não antecipar. A capital alega receio de redução da eficácia do imunizante. Alguns municípios como Itaguaí ainda não se manifestaram

Em 14 de julho de 2021 / Júlio Andrade e CNN

Rio de Janeiro– A Secretaria Municipal de Saúde do Município de Seropédica, resolveu adiantar a segunda dose da vacina AstraZeneca utilizada contra a Covid-19. Para quem já foi vacinado com a primeira dose do imunizante, agora terá a segunda dose aplicada oito semanas após a primeira, antes o intervalo era de doze semanas. Além disso, uma moradora de Seropédica foi identificada com a variante Delta originária da Índia após vir de Campo Grande, segundo ela.

A divulgação de antecipação acompanha o que decidiu a Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro, que com a descoberta e o avanço de novas variantes, principalmente a Delta, alguns estados tem se posicionado, com base em estudos, que seria interessante fazer essa antecipação para ampliar a proteção da população”, diz o comunicado do governo do Rio publicado no Diário Oficial feito na última terça-feira.

A antecipação o intervalo entre a primeira e segunda dose da vacina contra Covid-19 da AstraZeneca foi autorizada a todos os municípios fluminenses de acordo com a disponibilidade que chegarem às doses das vacinas da AstraZeneca em cada cidade. Os demais imunizantes permanecem sem alterações entre a primeira e a segunda dose no estado, pelo menos por enquanto.

Além do Rio de Janeiro, outros estados vão antecipar a segunda dose da AstraZeneca como Acre, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Pernambuco, Piauí, Distrito Federal, Rio Grande do Sul e Roraima.

Já do imunizante da Pfizer o Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul vão antecipar a segunda dose.

Municípios do estado têm opiniões divergentes

Diferente da decisão da Secretaria de Saúde do Governo do Estado, alguns municípios fluminenses decidiram não fazer a antecipação. Além da capital, os municípios de Mesquita e de São Gonçalo informaram que não vão antecipar, até o momento, o intervalo de vacinação com este imunizante. A Secretaria do Município do Rio de Janeiro alega que com a antecipação a eficácia do imunizante cai para 59%. Porém, não descarta antecipação futura para pessoas com menos de 59 anos.

Niterói e Belford Roxo estão estudando se vão alterar o cronograma com a antecipação.

Em Maricá e Tanguá, a vacinação vai permanecer como o programado. Ambas as secretarias de saúde afirmaram que não receberam ainda orientação para agir diferente por parte do Ministério da Saúde e vão continuar seguindo a bula da AstraZeneca e a orientação do Programa Nacional de Imunização (PNI), que seria a aplicação da segunda dose entre oito e 12 semanas.

Até o momento, Campos dos Goytacazes, Guapimirim, Itaguaí, Magé, Nilópolis, Paracambi, Queimados, São João do Meriti não se posicionaram a respeito da antecipação da segunda dose.

Washington Reis prefeito de Duque de Caxias contrai Covid-19 ele esteve em reunião com o governador e prefeitos ontem

Washington Reis havia sido infectado pela primeira vez no ano passado. Ele começou a se sentir mal durante o encontro, que contou com a presença do governador Cláudio Castro e de outros prefeitos, incluindo o do Rio de Janeiro, Eduardo Paes e Dr Rubão de Itaguaí

Em 09 de julho de 2021 / Júlio Andrade

Rio de Janeiro – O prefeito de Duque de Caxias (RJ), Washington Reis, está internado após contrair covid-19 pela segunda vez. Ele deu entrada ontem (8) no Hospital Copa D’Or, na capital fluminense, após sentir falta de ar. Um exame PT-PCR realizado na manhã de hoje (9) confirmou a infecção.

Reis havia deixado a cidade da baixada fluminense para participar de uma reunião na capital do estado. Ele começou a se sentir mal durante o encontro, que contou com a presença do governador Cláudio Castro e de outros prefeitos, incluindo o do Rio de Janeiro, Eduardo Paes e de Itaguaí Rubem Vieira, o Dr Rubão.

Washington Reis durante evento

Após deixar a reunião, o prefeito de Duque de Caxias foi atendido inicialmente no Hospital Samaritano. Embora um primeiro exame tenha dado negativo para a covid-19, sua saturação estava baixa e ele foi internado no Hospital Copa D’Or.

Procurado o governo do Estado informou somente agora à noite que Cláudio Castro ainda fará o teste. Ele participou de diversos encontros ao longo dessa sexta.

Cláudio Castro governador

A prefeitura do Rio informou que Eduardo Paes já se submeteu a um exame e que o resultado foi negativo.

Prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes

O Boca no Trombone também entrou em contato com o prefeito de Itaguaí, Dr Rubão, que se manifestou dizendo que ficou longe de Washington Reis durante o encontro e que além de chegar atrasado, saiu mais cedo para cumprir agendas da semana de comemoração de aniversário da cidade de Itaguaí.

Prefeito de Itaguaí Rubem Vieira durante encontro

Uma nota foi divulgada pela prefeitura de Duque de Caxias. “O prefeito Washington Reis, que tem 54 anos e comorbidades (hipertenso e diabético), tomou apenas a primeira dose da vacina respeitando o Programa Nacional de Imunizações (PNI). Ele tranquiliza parentes, familiares e amigos, informa que vai seguir o tratamento e que, em breve, estará junto a todos”, diz o texto.

Prefeito de Duque de Caxias Washington Reis

Washington Reis havia sido infectado pela primeira vez no ano passado, quando também precisou de atendimento hospitalar. Em abril de 2020, ele ficou internado por cerca de duas semanas.

Com Agência Brasil

Divulgação não oficial de redução de idade para vacinas causa confusão em Itaguaí

Filas ocorreram por conta de “xepa ” de vacinas no dia anterior, algo que ocorre em todo País

Em 07 de julho de 2021 / Júlio Andrade

Itaguaí – Filas e dúvidas marcaram o dia em alguns locais de vacinação contra a Covid-19 em Itaguaí nesta quarta-feira. O motivo seria a divulgação sobre a redução das idades para a vacinação contra a Covid-19. A informação que pessoas de 30 anos em diante seriam vacinadas, causou confusão e filas em frente às unidades de saúde. Mensagens e áudios em aplicativos e redes sociais culminaram em toda confusão ocorrida no dia de hoje.

Na verdade o que houve ontem terça-feira, é o que ocorre em todo País. Quando as doses de vacinas são abertas elas precisam ser utilizadas no mesmo dia, para que não se percam. Isso ocorre quando menos pessoas com a idade divulgada no calendário para a imunização deixam de ir aos postos no dia determinado. Aí se faz necessário tal utilização das vacinas, a famosa “xepa”. E isso aconteceu na cidade ontem e hoje em alguns postos.Em todo país isso é percebido, e em alguns, há até filas de espera com pessoas abaixo das idades de imunização que aguardam um telefonema para irem aos postos aproveitar a “xepa”. Há municípios que existem até cadastrados para esses momentos, o que é algo natural, afinal o crime seria perder as doses. No entanto, é algo incerto já que o Brasil além de atrasado na imunização não tem doses em escala ideal chegando às cidades.

Calendário de vacinação

Itaguaí e Seropédica entram em bandeira vermelha para a Covid-19

Veja também o calendário de vacinação contra a Covid-19 e Influenza nas duas cidades

Em 28 de junho de 2021 / Júlio Andrade

Itaguaí e Seropédica – As prefeituras de Itaguaí e Seropédica divulgaram em seus boletins e painéis, que ambas as cidades entraram em bandeira vermelha no contágio de Covid-19. As cidades, até a última quinzena estavam em bandeira laranja, e anteriormente Seropédica em vermelha e Itaguaí em amarela. O cenário atual com os resultados da última quinzena mostram um risco alto nos dois municípios e as pessoas precisam ficar atentas.

Itaguaí registrou 6 novos óbitos na última quinzena e 25 novos casos. O painel utilizado pela secretaria de saúde da cidade é meio confuso. Afinal, a média móvel de óbitos e casos mostra uma redução e o número de leitos disponíveis teve um ligeiro aumento se comparado com o quinzena anterior, embora o município mostra estar em bandeira vermelha. Itaguaí tem ao todo 5.940 casos e 345 mortes desde o início da pandemia.

Já em Seropédica a última quinzena registrou 54 novos casos e 11 novos óbitos. A cidade já registrou 2.291 casos e 197 mortes desde o começo da pandemia.

O Estado do Rio de Janeiro no Mapa divulgado na última sexta-feira mostrava estar em bandeira amarela, mas o aumento considerável em algumas regiões pode mudar essa cor. A possibilidade de novas regiões serem enquadradas na bandeira vermelha é grande.

Calendário de vacinação contra a Covid-19 e Influenza em Itaguaí e Seropédica

Itaguaí

Seropédica

Campanha de vacinação contra raiva para cães e gatos está ocorrendo hoje em Itaguaí; veja os locais

Além dos postos de vacinação de hoje, campanha vai até o final do ano em diversos locais. Veja:

Em 26 de junho de 2021 / Júlio Andrade

Itaguaí – A campanha de vacinação contra a raiva para cães e gatos foi iniciada hoje em Itaguaí. Neste sábado são cinco pontos de imunização no bairro do Engenho e três no Centro, entre eles na Área da Expo. As equipes da Secretaria de Saúde estarão atuando assim como hoje em diversos pontos até o final do ano.

Equipe de vacinação atuando na Área da Expo

Durante toda a campanha, que vai até 4 de dezembro, serão disponibilizados 56 postos de vacinação, além de 15 localidades que serão assistidas com a circulação de viaturas.

Segundo a coordenação de Vigilância Ambiental em Saúde, a meta para 2021 é imunizar 16.855 cães e 3.375 gatos. Na campanha de 2020, a Prefeitura vacinou mais de 15 mil animais: 12.862 cães e 2.264 gatos.

A prefeitura reforça que a vacina antirrábica é importante, pois representa a única forma de prevenir enfermidade e manter os animais saudáveis.

Veja a programação e os pontos de vacinação:

26/06 – Engenho, Centro.
24/ 07 – Jardim Laiá, Parque Paraíso, Califórnia, Santana, Ibirapitanga, JardimAmérica.
28/08 – Jardim América, São José, Monte Serrat, Mangueira, Estrela do Céu, Parque Primavera,
25/09 – Parque Primavera, Chaperó, Vila Margarida.
23/10 – Vila Margarida, Ito, Brisamar, Teixeira, Santa Cândida.
27/11 – Coroa Grande, Vila Paraíso, Vila Geni, Leandro, Jardim Weda, Amendoeira, Cantão.
04/12 – Ibirapitanga.

Acompanhe os locais com as respectivas datas:

Data: 26/06

Engenho UBS Engenho
Engenho UBS Vista alegre
Engenho Rua 18 (próximo a ponte)
Engenho Posto IST/AIDS
Engenho Rua Antônio Ferraz Viana (Próximo a antiga Academia K19)
Centro DVS
Centro ESF Centro (Rua da Câmara)
Centro Praça da Área da Expo

Data: 24/07

Jardim Laía Rua Olavo Vieiras de Farias (Campo Society)
Parque Paraíso E.M. Abeilard Goulart
California UBS Califórnia
California Quadra de Esportes (próximo ao CRAS)
California Av. Orleans (próximo ao mercadinho)
Praça Santana
Ibirapitanga Av. Bahia (próximo à barraca da Conceição)
Jardim América – UBS Odenit Maia

Data: 28/08

Jardim América Rua Costa Rica (atrás da Transturismo)
Jardim América Rua Nova York (praça próximo ao Itaguaí Show)
São José Rua São Domingos (Praça dos Passarinheiros)
Monte Serrat CEMES (próximo ao Campo de Futebol do Beto da Reta)
Mangueira UBS Mangueira (Rio-Santos)
Mangueira próximo a Creche
Est. do Ceú Praça (próximo ao Colégio Almira Figueira)
Parque Primavera Próximo a E.M. Das Acácias

Data: 25/09

Parque Primavera Rua Jacinto (próximo ao Ponto Final das kombis)
Chaperó Praça do Condomínio Safira 2
Parque Primavera Rua das Rosas (próximo ao Bar do Fula).

Chaperó Praça da Gleba A2 (próximo a antiga academia, igreja bat. Agrovila)
Chaperó Avenida Primeiro de Maio (próximo à Igreja Nova Vida – Gleba B)
Chaperó Praça da Gleba A (próximo à rua 1;
Templo Assembleia de Deus)
Chaperó ESF Chaperó
Vila Margarida Posto Vila Margarida

Data: 23/10

Vila Margarida EM Elvira Ciúffo Cicarino (final dos prédios, próximo a linha Férrea)
Vila Margarida Rua Manoel Souza Rosa (próximo a Igreja Batista do Morro do Corte).
Ito Rua Domingos Acácio de Oliveira (Associação do Bairro Ito)
Brisamar Rua Manoel Araújo dos Santos (próximo ao Colégio Carmem de Menezes)
Brisamar Rua Praia da Salina (próximo ao Ponto Final das kombis).
Brisamar Rua Transversal Dois (próximo ao Motel D’amore)
Teixeira Rua Genecildo A. Vieira (próximo E.M. Alexandre Ignácio)
Sta. Candida UBS Santa Cândida

Data: 27/11

Cro. Grande UBS Coroa Grande
Vila Paraiso Próximo antiga E.M. Amauri Ferreira.
Vila Geni Praça Kome Keto
Leandro Estrada do Mazomba (próximo a Mista Estrela ou Késia Pipas)
Leandro Estrada do Mazomba (ponto final das kombis do Leandro)
Jardim Ueda Estrada Ari Parreiras (próximo a E.M. Jorge Flores da Silva)
Amendoeiras Estrada dos Teixeiras (Praça da Amendoeira).

Cantão Rua Leila Gama (próximo ao campinho)

Data: 04/12

Ibirapitanga Rua Antônio Francisco Paula (próximo a Capela Mãe Rainha)

Além dos dias/locais descritos acima, algumas localidades serão assistidas com a circulação de viaturas, através de roteiros definidos descritos abaixo.

06/07 – Coroa Grande Frontal das Ilhas
08/07 – Mazombinha Estrada do Mazomba(Praça de Mazombinha)
13/07 – Mazomba Iniciando da Cedae até o DPO de Mazomba
15/07 – Brisamar Rodovia Mário Covas (Rua 09 até o Bicão)
20/07 – Somel Rua São Jorge (próximo ao Antigo depósito de Carros-Pipas)
23/07 – Somel Rua Campo Lindo (próximo ao Só Praia Náutica)
27/07 – Itimirim Rua Sebastião Bruno de Oliveira (próximo Campo de Futebol)
30/07 – Área Rural Fazenda São Sebastião – Estrada das Palmeiras e dentro da fazenda
03/08 – Área Rural Estrada do Caçador – Bairro Caçador / Estrada Raiz da Serra
05/08 – Ilha da Madeira Rua Miguel Correia (próximo ao ponto final das kombis)
10/08 – Rodoférrea Rodoférrea
12/08 – Piranema Praça de Piranema
17/08 – Santa Rosa Santa Rosa
19/08 – Piranema Valão dos Bois

Mapa de risco do estado põe Mangaratiba em bandeira vermelha, Itaguaí e Seropédica em bandeira laranja para a Covid-19

Contudo, na divulgação da prefeitura de Mangaratiba a bandeira é classificada como azul. Em Itaguaí, todos os leitos intensivos destinados a pacientes com Covid-19 no São Francisco Xavier estão ocupados. Ao todo, o hospital tem 26 vagas disponíveis para pacientes com Covid-19 e apenas 08 estão vagos para tratamentos não intensivos para a doença. Saiba todas as informações.

Em 25 de junho de 2021 / Júlio Andrade

Rio de Janeiro – O cenário epidemiológico do estado do Rio de Janeiro, apresenta baixo risco de contrair a doença em cinco regiões e duas permanecem em bandeira vermelha. A 36ª edição do Mapa de Risco da Covid-19, divulgada nesta sexta-feira (25) pela Secretaria de Estado de Saúde, mostra que o estado do Rio de Janeiro permanece com risco baixo de contrair a doença, com bandeira amarela. O estado manteve o mesmo cenário epidemiológico da semana passada.

As regiões da Baía da Ilha Grande e Noroeste permanecem com bandeira vermelha (risco alto).

Centro-Sul e Metropolitana I estão em bandeira laranja (risco moderado).

Médio Paraíba, Serrana, Baixada Litorânea, Norte e Metropolitana II seguem com bandeira amarela.

A análise compara a semana epidemiológica 23 (6 a 12 de junho) com 21 (23 a 29 de maio) de 2021.

Mesmo com a queda nos indicadores, é importante reforçarmos que a população precisa continuar se vacinando e seguindo as medidas de enfrentamento, como uso de máscara e álcool em gel, lavagem das mãos e evitar aglomerações. Neste momento, ainda não temos uma parcela importante da população imunizada. Por isso, mesmo quem já se vacinou deve manter as medidas de precaução recomendadas” – diz o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

Cada bandeira representa um nível de risco e um conjunto de recomendações de isolamento social, que variam entre as cores roxa (risco muito alto), vermelha (risco alto), laranja (risco moderado), amarela (risco baixo) e verde (risco muito baixo).

O Estado do Rio de Janeiro apresentou uma redução de 26% no número de óbitos, e as internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) caíram 35% na comparação entre as semanas epidemiológicas analisadas.

As taxas de ocupação de leitos no estado, nesta sexta-feira (25), são 63% para leitos de UTI e 44% para leitos de enfermaria.

Os resultados apurados para os indicadores apresentados devem auxiliar a tomada de decisão, além de informar a necessidade de adoção de medidas restritivas, conforme o nível de risco de cada região.

Mangaratiba

Na divulgação do mapa pelo governo do estado, o município de Mangaratiba está inserido na região classificada com a bandeira vermelha (alto risco), de contágio por Covid-19. Já no boletim da prefeitura de Mangaratiba, a cidade está inserida na bandeira azul (risco baixo). Contudo, e apesar dessas diferenças, vale ressaltar que mesmo com um cenário mais controlado, conforme divulgação do governo municipal, Mangaratiba tem em sua região (municípios vizinhos), o risco de deslocamentos que podem agravar o cenário local e a ocupação de leitos.

Itaguaí

Em Itaguaí, todos os leitos intensivos destinados a pacientes com Covid-19 no São Francisco Xavier estão ocupados. Ao todo, o hospital tem 26 vagas disponíveis para pacientes com Covid-19 e apenas 08 estão vagos, todos para tratamentos não intensivos. Pelo mapa do governo do estado e na divulgação da secretaria de saúde de Itaguaí, o município está classificado como bandeira laranja (risco médio) de contágio para a Covid-19.

Seropédica

Pelo mapa do governo do estado, a cidade está na região classificada com a bandeira laranja (risco médio), de contágio pela Covid-19.

As cidades de Itaguaí, Mangaratiba e Seropédica não estão utilizando os hospitais de campanha neste momento.

Veja como é composta algumas regiões do Estado

Região Metropolitana I é composta pelos municípios do Rio de Janeiro, Duque de Caxias, Magé, São João de Meriti, Belford Roxo, Nilópolis, Mesquita, Nova Iguaçu, Queimados, Japeri, Seropédica e Itaguaí, tendo o município do Rio de Janeiro como pólo regional.

Região Metropolitana II do Rio de Janeiro é formada por sete municípios, representa 6,18% do território do estado e 11,89% da população estadual. Integram a Região, os municípios de Itaboraí, Maricá, Niterói, Rio Bonito, São Gonçalo, Silva Jardim e Tanguá.

Região Noroeste do estado é composta pelas cidades de Itaperuna, Bom Jesus do Itabapoana, Italva, Laje do Muriaé, Natividade, Porciúncula, Varre-Sai, Santo Antônio de Pádua, Aperibé, Cambuci, Itaocara, Miracema e São José de Ubá.

Baía da Ilha Grande é formada pelos municípios de Mangaratiba, Angra dos Reis e Paraty.

Fonte: Secretaria de saúde do governo do estado do Rio de Janeiro.

https://www.saude.rj.gov.br/noticias/2021/06/mapa-de-risco-covid-19-estado-do-rio-de-janeiro-mantem-bandeira-amarela

Paciente vence a Covid-19 após ficar internado no hospital São Francisco Xavier em Itaguaí

Foram três meses de incertezas que culminaram na vitória pela vida

Em 25 de junho de 2021 / Júlio Andrade

Itaguaí – Após três meses internado no Hospital Municipal São Francisco Xavier, lutando contra a Covid-19, na última quarta-feira dia (23/06), o paciente Bruno Ernesto recebeu alta e, finalmente, pôde voltar para casa.

Sua saída da unidade foi comemorada com alegria e emoção por familiares e pelos profissionais de saúde.

Além dele, sua tia agradeceu a toda equipe médica e aos profissionais envolvidos que atuam no hospital.

https://fb.watch/6m5q54S3-A/

Campanha de vacinação contra a raiva de cães e gatos em Itaguaí começa no próximo sábado

Veja as datas de cada local

Em 24 de junho de 2021 / Júlio Andrade

Itaguaí – A Prefeitura de Itaguaí vai iniciar no próximo dia 26/06, das 9h às 15h, a campanha de vacinação contra a raiva para cães e gatos. Neste dia, as equipes da Secretaria de Saúde estarão com cinco postos de imunização no bairro do Engenho e mais três no Centro.

Durante toda a campanha, que vai até 4 de dezembro, serão disponibilizados 56 postos de vacinação, além de 15 localidades que serão assistidas com a circulação de viaturas.

Segundo a coordenação de Vigilância Ambiental em Saúde, a meta para 2021 é imunizar 16.855 cães e 3.375 gatos. Na campanha de 2020, a Prefeitura vacinou mais de 15 mil animais: 12.862 cães e 2.264 gatos.

A prefeitura reforça que a vacina antirrábica é importante, pois representa a única forma de prevenir enfermidade e manter os animais saudáveis.

Veja a programação e os pontos de vacinação:

26/06 – Engenho, Centro.
24/ 07 – Jardim Laiá, Parque Paraíso, Califórnia, Santana, Ibirapitanga, JardimAmérica.
28/08 – Jardim América, São José, Monte Serrat, Mangueira, Estrela do Céu, Parque Primavera,
25/09 – Parque Primavera, Chaperó, Vila Margarida.
23/10 – Vila Margarida, Ito, Brisamar, Teixeira, Santa Cândida.
27/11 – Coroa Grande, Vila Paraíso, Vila Geni, Leandro, Jardim Weda, Amendoeira, Cantão.
04/12 – Ibirapitanga.

Acompanhe os locais com as respectivas datas:

Data: 26/06

Engenho UBS Engenho
Engenho UBS Vista alegre
Engenho Rua 18 (próximo a ponte)
Engenho Posto IST/AIDS
Engenho Rua Antônio Ferraz Viana (Próximo a antiga Academia K19)
Centro DVS
Centro ESF Centro (Rua da Câmara)
Centro Praça da Área da Expo

Data: 24/07

Jardim Laía Rua Olavo Vieiras de Farias (Campo Society)
Parque Paraíso E.M. Abeilard Goulart
California UBS Califórnia
California Quadra de Esportes (próximo ao CRAS)
California Av. Orleans (próximo ao mercadinho)
Praça Santana
Ibirapitanga Av. Bahia (próximo à barraca da Conceição)
Jardim América – UBS Odenit Maia

Data: 28/08

Jardim América Rua Costa Rica (atrás da Transturismo)
Jardim América Rua Nova York (praça próximo ao Itaguaí Show)
São José Rua São Domingos (Praça dos Passarinheiros)
Monte Serrat CEMES (próximo ao Campo de Futebol do Beto da Reta)
Mangueira UBS Mangueira (Rio-Santos)
Mangueira próximo a Creche
Est. do Ceú Praça (próximo ao Colégio Almira Figueira)
Parque Primavera Próximo a E.M. Das Acácias

Data: 25/09

Parque Primavera Rua Jacinto (próximo ao Ponto Final das kombis)
Chaperó Praça do Condomínio Safira 2
Parque Primavera Rua das Rosas (próximo ao Bar do Fula).

Chaperó Praça da Gleba A2 (próximo a antiga academia, igreja bat. Agrovila)
Chaperó Avenida Primeiro de Maio (próximo à Igreja Nova Vida – Gleba B)
Chaperó Praça da Gleba A (próximo à rua 1;

Templo Assembleia de Deus)
Chaperó ESF Chaperó
Vila Margarida Posto Vila Margarida

Data: 23/10

Vila Margarida EM Elvira Ciúffo Cicarino (final dos prédios, próximo a linha Férrea)
Vila Margarida Rua Manoel Souza Rosa (próximo a Igreja Batista do Morro do Corte).

Ito Rua Domingos Acácio de Oliveira (Associação do Bairro Ito)
Brisamar Rua Manoel Araújo dos Santos (próximo ao Colégio Carmem de Menezes)
Brisamar Rua Praia da Salina (próximo ao Ponto Final das kombis).

Brisamar Rua Transversal Dois (próximo ao Motel D’amore)
Teixeira Rua Genecildo A. Vieira (próximo E.M. Alexandre Ignácio)
Sta. Candida UBS Santa Cândida

Data: 27/11

Cro. Grande UBS Coroa Grande
Vila Paraiso Próximo antiga E.M. Amauri Ferreira.

Vila Geni Praça Kome Keto
Leandro Estrada do Mazomba (próximo a Mista Estrela ou Késia Pipas)
Leandro Estrada do Mazomba (ponto final das kombis do Leandro)
Jardim Ueda Estrada Ari Parreiras (próximo a E.M. Jorge Flores da Silva)
Amendoeiras Estrada dos Teixeiras (Praça da Amendoeira).

Cantão Rua Leila Gama (próximo ao campinho)

Data: 04/12

Ibirapitanga Rua Antônio Francisco Paula (próximo a Capela Mãe Rainha)

Além dos dias/locais descritos acima, algumas localidades serão assistidas com a circulação de viaturas, através de roteiros definidos descritos abaixo.

06/07 – Coroa Grande Frontal das Ilhas
08/07 – Mazombinha Estrada do Mazomba (Praça de Mazombinha)
13/07 – Mazomba Iniciando da Cedae até o DPO de Mazomba
15/07 – Brisamar Rodovia Mário Covas (Rua 09 até o Bicão)
20/07 – Somel Rua São Jorge (próximo ao Antigo depósito de Carros-Pipas)
23/07 – Somel Rua Campo Lindo (próximo ao Só Praia Náutica)
27/07 – Itimirim Rua Sebastião Bruno de Oliveira (próximo Campo de Futebol)
30/07 – Área Rural Fazenda São Sebastião – Estrada das Palmeiras e dentro da fazenda
03/08 – Área Rural Estrada do Caçador – Bairro Caçador / Estrada Raiz da Serra
05/08 – Ilha da Madeira Rua Miguel Correia (próximo ao ponto final das kombis)
10/08 – Rodoférrea Rodoférrea
12/08 – Piranema Praça de Piranema
17/08 – Santa Rosa Santa Rosa
19/08 – Piranema Valão dos Bois

Fonte: Prefeitura de Itaguaí

Corpo de matriarca é liberado para a família errada e filho não consegue enterrar a mãe em Itaguaí

Família ficou sabendo que não haveria sepultamento horas antes. Secretaria de saúde da cidade abriu sindicância para apurar o caso.

Em 24 de junho de 2021

Itaguaí – Uma família vive um drama para conseguir enterrar a matriarca em Itaguaí, na Região metropolitana do Rio, isso porque o corpo da idosa já foi sepultado por engano. De acordo com o filho de Deise Maria da Silva, de 60 anos, Cleiton da Silva Gonçalves, ela morreu nesta segunda-feira pela manhã (21), mas acabou reconhecida e com corpo liberado pelo Hospital Municipal São Francisco de Xavier por outra família.

Segundo os parentes, o enterro estava marcado para acontecer no cemitério de Santa Cruz, no dia seguinte a confirmação do óbito, mas a família só ficou sabendo do engano quando foi buscar o corpo da mãe. “Até agora ninguém da polícia ou do estado me procurou para ajudar”, lamenta o filho.
Ainda segundo ele, Deise se internou para tratar de uma infecção causada por bactérias, mas teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu. A informação de que o corpo da própria mãe teria sido liberado para outra família veio da própria equipe de profissionais da unidade de saúde.

O reconhecimento teria sido feito por uma família de Itacuruçá, onde o corpo chegou a ser enterrado, no mesmo dia. Pelo registro, o sepultamento estava marcado para o cemitério de Itacuruçá, na Costa Verde.
Até o momento, segundo Cleiton, ninguém apresentou uma justificativa para o erro de identificação da sua mãe.

A Secretaria Municipal de Saúde de Itaguaí foi procurada para falar sobre o suposto erro cometido pela equipe do Hospital Municipal São Francisco Xavier e informou que foi aberta Sindicância Interna para apurar a “veracidade dos fatos bem como todos os profissionais responsáveis pelo ato.”
“Lamentamos profundamente o transtorno causado aos familiares e nos colocamos à disposição para prestar toda assistência necessária ao caso”, completou a secretaria em nota.

Fonte: O Dia.

Porto Sudeste doa geladeiras para a prefeitura de Itaguaí para armazenamento de vacinas

Doações permitem um maior recebimento de novas doses para serem aplicadas na população

23 de junho de 2021 / Júlio Andrade

Itaguaí – O trabalho em conjunto e a união de esforços públicos e privados têm sido um diferencial em Itaguaí para superar o vírus da Covid-19 e trazer esperança de dias melhores. Na última semana, a Prefeitura recebeu a doação de novos equipamentos que serão incorporados ao patrimônio das unidades de saúde da cidade e essenciais para a conservação e armazenamento das vacinas.

Segundo a Secretaria de Saúde, a doação partiu do Porto Sudeste, empresa situada na Ilha da Madeira. Ao todo, foram destinadas ao município 15 geladeiras e 30 caixas térmicas. O termo de recebimento de doação foi assinado pelo representante da Saúde, o secretário Carlos Zoia.

A empresa ainda se comprometeu a entregar mais 15 refrigeradores câmara fria, nos próximos dias.
— O Porto Sudeste sempre está à disposição. Aqui é a nossa cidade. A gente não tem como se omitir em um momento desse — comentou o diretor de assuntos corporativos e sustentabilidade, Ulisses Oliveira.

Com as doações, a logística permite que a secretaria de saúde da cidade, possa ter maior condição de armazenamento de mais doses que posteriormente serão aplicadas na população. Itaguaí essa semana conseguiu adiantar o seu calendário de vacinação contra a Covid-19, a previsão inicial era de atingir pessoas de 55 anos sem comorbidades na próxima sexta-feira, mas com a chegada de novas doses, até sexta pessoas com 51 anos sem comorbidades também serão vacinadas.

Acompanhe os locais de vacinação:

UBS Vila Margarida
UBS Engenho
UBS Vista Alegre
UBS Chaperó
UBS Califórnia
UBS Mangueira
ESF Odenit Maia
ESF Chaperó
ESF Ilha da Madeira
ESF Coroa Grande
ESF Mazomba
Clínica da Família Ibirapitanga

Documentos necessários: identidade ou CPF, cartão do SUS, cartão de vacinação e comprovante de residência. As gestantes precisam apresentar laudo detalhado e esclarecido da comorbidade com avaliação do risco-benefício.

Para as pessoas com comorbidades, é necessário laudo médico ou receita que comprove a comorbidade. Já para os trabalhadores da educação do município, é preciso declaração da instituição.

Confira a lista de comorbidades: https://bit.ly/3yzYOJ5

Fonte: Prefeitura de Itaguaí