Arquivo da categoria: Polícia

PMs de Itaguaí são mortos em viatura em Nova Iguaçu

Eles atuavam costumeiramente em Itaguaí e foram surpreendidos

Em 17 de junho de 2021

Nova Iguaçu – Dois policiais militares foram mortos no final da noite de quarta-feira (16), em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Eles estavam dentro do carro da PM, na Estrada D, perto da Via Dutra, no bairro da Posse, quando foram baleados.

As vítimas foram feridas com vários tiros. Os PMs eram lotados no 24º BPM (Queimados) e atuavam costumeiramente em Itaguaí, mas estavam cumprindo um Regime Adicional de Serviço (RAS), em apoio ao 20°BPM (Mesquita) e estavam baseados na Estrada D, no bairro Vila Maranhão. Segundo as primeiras informações, os bandidos usaram buracos no muro de uma fábrica abandonada para surpreender os PMs por trás e fuzilaram a viatura. Logo depois, roubaram um fuzil e uma pistola que estavam com os PMs.

Um policial que passou pelo local estranhou a posição deles e ao se aproximar constatou que estavam baleados. Ele acionou socorro e os dois ainda foram levados para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, na Posse, mas não resistiram aos ferimentos.Os dois policiais, identificados como sendo o soldado Sérgio Magalhães Belchior e o cabo Helder Augusto Gonçalves Silveira, tinham experiência.

Soldado Sérgio à esquerda e Cabo Helder à direita

A Polícia Civil fez uma perícia no local e está ajudando a Polícia Militar na busca aos criminosos. As imagens de Câmeras de segurança estão sendo utilizadas. As investigações estão sob responsabilidade da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).

Quem tiver qualquer informação que auxilie a Polícia na identificação e localização dos assassinos pode ligar para o Disque-Denúncia, através do número 2253-1177. Não é preciso se identificar e o anonimato é garantido.

Video : Moradora registra momento em que jovens são mortos a tiros em Nova Iguaçu

O crime foi registrado por um celular e divulgado nas redes sociais

Em 03 de junho de 2021

Dois jovens foram assassinados por um homem no Morro do Cotó, em Nova Iguaçu (RJ). O crime foi registrado pelo celular de uma moradora durante o dia e divulgado nas redes sociais.

A área onde aconteceu o crime é disputada entre milícia e tráfico. Nas imagens, feitas por uma moradora, dois jovens são baleados a sangue frio por um homem branco, careca, de camisa preta, que estava acompanhado de um comparsa, que dirigia um Peugeot prata. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) procura os dois homens que participaram da execução.

O duplo homicídio ocorreu na Rua Pastor Martin Luther King, no Morro do Cotó, que fica no bairro Cerâmica, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Cada vítima foi atingida por tiros de pistola duas vezes na cabeça.

As identidades dos mortos ainda não foram reveladas. De acordo com a Secretaria da Polícia Militar, o 20ºBPM (Mesquita) “foi acionado para checar ocorrência de homicídio no bairro Cerâmica. No local, encontraram dois corpos com ferimentos provocados por disparos de arma de fogo. A área foi isolada”. A Polícia Civil assumiu as investigações.

Vídeos que viralizaram em aplicativos de conversa mostram os jovens assassinados em uma rua da comunidade, em um primeiro momento machucados e pedindo água para um homem.

Outra uma foto mostra o que parece ser a sequência do primeiro vídeo, com os dois jovens, de costas, caminhando no meio da rua. O primeiro aparece de camisa branca, bermuda escura e chinelo. O outro está descalço, com uma bermuda florida e uma camisa pendurada no ombro.

A terceira imagem que tem sido compartilhada é o vídeo do crime, de 55 segundos. Ele mostra o momento momento em que um homem branco, de boné preto e e camiseta preta, empunhando uma pistola, desce do banco do carona do Peugeot prata. “Deita no chão, c.”, grita o assassino.
Os dois jovens deitam no meio fio. Ele revista os dois, e nada encontra. O carro se aproxima e um homem de azul salta do veículo. Imediatamente, o homem armado dispara quatro vezes, duas em cada um. Eles entram no carro e fogem.

A DHBF investiga a relação deste crime com o intenso tiroteio que apavorou moradores da região na madrugada e hoje de manhã. Uma guerra entre traficantes e milicianos pelo controle do Morro do Cotó seria o motivo do confronto.

Pai de Santo acusado de estupro de menores é preso em Campo Grande

Homem filmava atos sexuais com os menores

Em 31 de maio de 2021

Campo Grande – RJ – Policiais civis da 35ªDP (Campo Grande) prenderam na quinta-feira (27/05) um homem acusado de estupro. O homem, que é um pai de santo, é acusado de abusar sexualmente de menores alegando estar fazendo trabalhos espirituais.

A polícia também, através de um mandado de busca e apreensão, apreendeu bens que estavam em posse do acusado e que foram mencionados no inquérito. Foram apreendidos equipamentos que o acusado utilizava para filmar os atos com os menores.

Foto de divulgação

Policiais conseguiram a prisão do acusado após denunciada mãe de uma das vítimas. Durante a investigação foram colhidas, também, provas que o acusado cometia o crime de estupro há pelo menos dez anos, sempre alegando que estava fazendo limpeza espiritual.
Ele foi encaminhado à Administração Penitenciária, onde ficará à disposição da justiça.

Polícia Civil e PRF prendem integrantes de quadrilha que roubava cargas no Arco Metropolitano

Em 29 de maio de 2021

Rio de Janeiro – Policiais civis da Delegacia de Roubos e Furtos de Carga (DRFC) e agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prenderam, nesta sexta-feira (28/05), dois integrantes de uma das maiores quadrilhas especializadas em roubos de cargas do estado do Rio de Janeiro. Segundo as investigações, o grupo é responsável por assaltos praticados no Arco Metropolitano, na BR-040 e na Avenida Brasil. Somente nos últimos dois meses, os crimes geraram prejuízos de mais de R$ 5 milhões às empresas transportadoras.

Os bandidos foram localizados no bairro Água Santa, na Zona Norte do Rio, após dois meses de investigação, em que se apurou a dinâmica de ação do grupo. De acordo com os policiais, a organização criminosa tinha como alvos cargas de grande valor. Diante das informações, foi composta uma força-tarefa da DRFC e da PRF.

No momento da abordagem, o grupo se dirigia para o Complexo do Lins, onde haveria uma comemoração pelo roubo praticado pela quadrilha no dia 25 deste mês. Na ocasião, os criminosos agiram no Arco Metropolitano e levaram uma carga de medicamentos avaliada em R$ 2,5 milhões para o Morro do Dezoito.

O grupo atuava com clara divisão de tarefas, onde parte da quadrilha era responsável pela obtenção de dados e informações sobre os caminhões e suas cargas, e outros integrantes cuidavam do escoamento dos produtos roubados. Os presos formavam o “trem”, nome vulgar para definir os ladrões que efetivamente realizavam as abordagens armadas nas rodovias.

Os presos irão responder pelos crimes de organização criminosa, roubo de carga e porte ilegal de arma de fogo.

Imagens apontam ladrões de hidrômetros em Itaguaí – ASSISTA

Assista – Quadrilha age a noite e usa bonés para dificultar identificação

Em 21 de maio de 2021

Itaguaí – A cidade de Itaguaí, em especial o Centro da cidade, tem sido alvo de criminosos que tem furtado hidrômetros nas últimas semanas. Vários moradores fizeram denúncias relatando terem sido vítimas.

À direita criminoso furta um hidrômetro enquanto o outro à esquerda já tem um em mãos

Os meliantes agem à noite e tem causado prejuízos à Companhia Estadual de Águas e Esgoto do Estado do Rio de Janeiro e aos moradores. A rua Coronel Freitas no Centro é um dos principais alvos da quadrilha.

A Polícia Civil tenta através de imagens de câmeras de segurança identificar os criminosos. ASSISTA AO VÍDEO:

Quem tiver qualquer informação que possa ajudar a Polícia Civil nesse caso, basta entrar em contato com o número 98596-7150.

Com página Itaguaí Notícias e Polícia Civil

Jovem denuncia agressão de segurança ao tentar entrar com o pai no hospital Pedro II em Santa Cruz

Stefany Ávila conta que chegou ao Hospital Pedro II com falta de ar e, como não conseguia falar, tentou entrar com o pai na unidade, mas foi impedida. Houve uma discussão e ela acabou caindo e quebrando o braço e dois dentes. Secretaria de Saúde diz que profissional foi afastado.

Em 21de maio de 2021 / G1

Santa Cruz – Uma jovem de 20 anos diz que caiu e quebrou o braço e dois dentes durante uma discussão com seguranças no Hospital Pedro II, na Zona Oeste do Rio, na madrugada de quinta-feira (20).
Stefany Ávila conta que chegou à unidade de saúde com falta de ar e, como não conseguia falar, tentou entrar com o pai, mas foi informada pelos seguranças que ele não poderia acompanhar o atendimento.
Segundo ela, os seguranças disseram que somente um médico poderia autorizar a entrada.

Mesmo assim o pai resolveu acompanhar a filha no hospital. Os seguranças tentaram impedir e teve início uma briga.
Os seguranças foram atrás da gente, puxou o meu pai pelo braço, encurralou ele, e eu entrei em desespero achando que ia acontecer alguma coisa com ele e fui tentar defender ele. Não agredi, mas fui pra cima do segurança pra tentar apartar, tirar eles dois. Porque eram dois seguranças e meu pai sozinho. Eles continuaram. Eu pedindo pra ele parar, parar e deixar ele entrar comigo. Eu sei que eu caí no chão, foi uma porrada muito feia, portando eu quebrei o meu braço e quebrei dois dentes meus, da frente”, conta Stefany.

Reprodução TV Globo

O pai da jovem disse que a filha só foi atendida depois que a polícia chegou.
“Ela só foi atendida depois que a viatura chegou, pra passar pelo médico. Fomos, fizemos o procedimento, certo, passou pelo médico, fomos fazer a ocorrência na delegacia, sendo que o agressor tava lá e o polícia não prendeu ele em flagrante”.
O caso foi registrado na 36ª DP (Santa Cruz).
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a direção do Hospital Pedro II informou que está acompanhando a investigação e quer esclarecer os fatos.

A secretaria informou ainda que o segurança envolvido na briga foi afastado de todo o contato com público.

Polícia resgata criança autista mantida em canil em Belford Roxo

Menino sofria maus-tratos e era mantido em cárcere privado pela mãe e pela a avó, que foram presas

Em 19 de maio de 2021 / Júlio Andrade

Belford Roxo – Uma criança autista de 8 anos que era mantida em cárcere privado foi resgatada pela Polícia Civil do Rio de Janeiro em Belford Roxo na Baixada Fluminense. O menino sofria maus-tratos e era mantido dentro de um canil pela mãe e pela avó materna. As mulheres foram presas em flagrante.

De acordo com a Polícia Civil, agentes da 54ª DP (Belford Roxo) foram até a casa da família após receberem denúncias de vizinhos. Segundo o delegado José Salomão Omena, que liderou a operação, a criança foi encontrada trancada “no canil sozinho e com diversos ferimentos no corpo, elevado grau de desidratação e desnutrição”. A ação foi acompanhada pelo Conselho Tutelar.

Após o resgate, e por conta das lesões, a criança foi levada para atendimento médico e está internada. O estado de saúde é considerado delicado.

A mãe e a avó foram indiciadas pelos crimes de tortura e cárcere privado. Elas alegaram que a criança tinha problemas mentais e era mantida presa para não fugir.

Homem confessa ter matado a facadas ex-namorada em Itaguaí

Corpo foi deixado na Serra do Matoso após homem confessar o crime

Em 12 de maio de 2021 / Júlio Andrade

Mais um caso de feminicídio em Itaguaí

A jovem Jéssica Carla do Nascimento, que estava desaparecida desde o dia 26 de abril, teve o corpo encontrado após o ex-namorado Davis Araújo de 32 anos ter confessado o assassinato à polícia. Davis foi preso nesta segunda-feira (10), acusado de matar e ocultar o corpo de Jéssica, em abril deste ano, na Serra do Matoso, em Itaguaí. A ação foi realizada por policiais civis da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA).

Em seu depoimento, o acusado confessou o crime e apontou que escondeu o corpo de Jéssica, de 30 anos, em uma mata fechada na Serra do Matoso. A vítima foi morta com golpes de faca após uma discussão. Ela desapareceu no último dia 26 e a família comunicou o seu sumiço dias depois na 36ª DP (Santa Cruz), que encaminhou o caso para a DDPA.

A vítima ao lado do assassino quando ainda namoravam

A investigação revelou que Jéssica esteve na casa do ex-namorado, no bairro Paciência, na Zona Oeste do Rio, no dia de seu desaparecimento. Na ocasião, ela enviou sua localização para uma amiga alegando que estava tudo bem. Porém, horas depois não ocorreram mais respostas de Jéssica. As Câmeras de segurança da rua também registraram a presença da mulher no local. Ainda de acordo com a investigação, o homem apresentava um temperamento violento, tinha histórico agressivo com sua ex-companheira, com quem tem dois filhos, e não aceitava o término do relacionamento.

No dia 30 de abril, os agentes foram à casa do homem e interditaram o imóvel para perícia.

Dias depois, quando os agentes voltaram à residência, o imóvel estava parcialmente queimado. Eles constataram que o incêndio foi provocado pelo acusado, que tentou atrapalhar as investigações e o trabalho da perícia. A equipe da especializada continuou com as diligências com as provas solicitou à Justiça um pedido de prisão, decretado no último domingo (09).

Depois da prisão, o autor do crime acompanhou os agentes até o local onde deixou o corpo da vítima. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) foi acionada e a perícia foi realizada no local. O acusado responderá pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver.

Carvoaria clandestina em Itaguaí é fechada por trabalho escravo e crime ambiental

Proprietário do local e quatro pessoas foram presas em flagrante

Em 05 de maio de 2021

Itaguaí – A equipe da 50ª DP (Itaguaí) fechou, nesta terça-feira (4), uma carvoaria clandestina por trabalho escravo e crime ambiental. O proprietário do local e quatro pessoas foram presas em flagrante. A ação aconteceu em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT).

Os agentes foram até a carvoaria, em Itaguaí, após levantamento de informações e um trabalho de investigação. O local não conta com banheiros, refeitório, água para se lavar nem equipamentos de proteção. As equipes encontraram diversas pessoas trabalhando em condições precárias, caracterizando trabalho escravo. Uma delas é um jovem de 17 anos.

A carvoaria também não possui nenhum licenciamento ambiental nem alvará de funcionamento. Além disso, os policiais constataram crime ambiental.
As investigações prosseguirão, pois também foi identificado crime contra o consumidor, uma vez que os sacos com carvão não apresentam a pesagem adequada.

Policiais prendem um e deixam outro ferido por tráfico de drogas em Itaguaí

Policiais foram alvos de disparos na rua Ismael Cavalcante no Centro

Em 18 de abril de 2021 / Julio Andrade

Itaguaí – Policiais do 24BPM foram surpreendidos na última terça- terça-feira quando em patrulhamento pela Rua Prefeito Ismael Cavalcante no Centro de Itaguaí, foram alvos de disparos de arma de fogo. Após troca de tiros um dos traficantes ficou ferido e levado ao hospital São Francisco Xavier, porém não resistiu aos ferimentos vindo a óbito. Com o bandido foi arrecadado uma sacola, contendo farto material entorpecente e 01(um) revólver calibre 38. Com obsegundo elemento foi arrecadado material entorpecente e um rádio transmissor. Ele foi conduzido à 50 DP e preso por tráfico.

☎️ Disque Denúncia PMERJ
(21) 971347838 Whatsapp
(21) 2779-9863