Arquivo da categoria: Pandemia

Itaguaí registra duas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

Mortes tinham estagnado e números de novos casos por dia eram menores. Mas em 48 horas já ocorreram CINCO óbitos. Para se ter uma idéia nos últimos 15 dias antes desses novos óbitos, haviam ocorrido DUAS mortes. Veja os números de todos os municípios do estado e do Brasil

Em 03 de agosto de 2020

Itaguaí – A cidade de Itaguaí registrou nas últimas 24 horas duas novas mortes por Covid-19. Em 48 horas ocorreram cinco novos óbitos pela doença. Isso representa um salto em número de mortes que preocupa. A última quinzena por exemplo apresentava o retrato de dois óbitos antes dos números dos últimos dois dias. O que significa um aumento de mais de 200% de sexta até ontem. No total já são 91 vítimas de Covid-19 na cidade.

De 20 de julho até ontem, domingo 02 de agosto, ocorreram 167 novos casos da doença. Pelo último boletim divulgado pela prefeitura de Itaguaí, já são 1.700 casos em Itaguaí.

A prefeitura de Itaguaí, assim como várias outras cidades, tem adotado medidas de flexibilização. Mas, também na cidade o reflexo tem sido pessoas relaxando também nas medidas de proteção. Não é difícil ver pessoas sem máscaras e denúncias de festas e aglomerações sem os devidos cuidados básicos.

Estado do Rio de Janeiro

Segundo o último boletim divulgado pela Secretaria de saúde do Estado o Rio de Janeiro, todo o estado já tem 13.572 mortes por Covid-19 e 167.225 casos confirmados.

Mortes por município

1 – Rio de Janeiro – 8.358

2 – São Gonçalo – 593

3 – Duque de Caxias – 578

4 – Nova Iguaçu – 431

5 – São João de Meriti – 323

6 – Niterói – 309

7 – Campos dos Goytacazes – 211

8 – Belford Roxo – 209

9 – Itaboraí – 169

10 – Magé – 160

11 – Petrópolis – 145

12 – Mesquita – 136

13 – Nilópolis – 126

14 – Volta Redonda – 119

15 – Angra dos Reis – 115

15 – Macaé – 115

17 – Itaguaí – 91

18 – Teresópolis – 88

19 – Maricá – 83

20 – Cabo Frio – 81

21 – Barra Mansa – 71

22 – Nova Friburgo – 64

23 – Rio das Ostras – 60

24 – Resende – 48

25 – Três Rios – 45

26 – Guapimirim – 44

27 – Saquarema – 43

28 – Araruama – 42

29 – Queimados – 41

29 – Seropédica – 41

31 – Barra do Piraí – 37

32 – Tanguá – 36

33 – Rio Bonito – 34

34 – Itaperuna – 30

35 – Mangaratiba – 29

36 – Cachoeiras de Macacu – 25

37 – Paracambi – 24

38 – Iguaba Grande – 23

38 – Paraty – 23

40 – Paraíba do Sul – 22

40 – Sapucaia – 22

42 – São Francisco de Itabapoana – 20

43 – Japeri – 19

43 – Vassouras – 19

45 – Casimiro de Abreu – 17

45 – São Pedro da Aldeia – 17

47 – São Fidélis – 15

48 – Bom Jesus do Itabapoana – 13

48 – Itaocara – 13

48 – Quissamã – 13

48 – São José do Vale do Rio Preto – 13

52 – Miguel Pereira – 11

53 – Armação dos Búzios – 10

53 – Pinheiral – 10

53 – Porciúncula – 10

53 – Rio Claro – 10

53 – Valença – 10

58 – São João da Barra – 9

59 – Piraí – 8

59 – Sumidouro – 8

61 – Conceição de Macabu – 6

62 – Porto Real – 6

62 – Santo Antônio de Pádua – 6

64 – Aperibé – 5

64 – Arraial do Cabo – 5

64 – Italva – 5

64 – Paty do Alferes – 5

68 – Carapebus – 4

68 – Itatiaia – 4

68 – Silva Jardim – 4

71 – Areal – 3

71 – Bom Jardim – 3

71 – Engenheiro Paulo de Frontin – 3

71 – Miracema – 3

71 – Natividade – 3

76 – Carmo – 2

76 – Macuco – 2

76 – Mendes – 2

76 – Rio das Flores – 2

76 – Santa Maria Madalena – 2

81 – Cambuci – 1

81 – Cantagalo – 1

81 – Cardoso Moreira – 1

81 – Comendador Levy Gasparian – 1

81 – Cordeiro – 1

81 – Duas Barras – 1

81 – Quatis – 1

81 – São Sebastião do Alto – 1

Casos confirmados por município

Rio de Janeiro – 71.802

Niterói – 9.079

São Gonçalo – 8.572

Duque de Caxias – 6.417

Macaé – 5.647

Nova Iguaçu – 4.188

Angra dos Reis – 3.822

Volta Redonda – 3.538

Itaboraí – 3.353

Campos dos Goytacazes – 3.063

Magé – 2.512

Teresópolis – 2.473

São João de Meriti – 2.345

Belford Roxo – 2.205

Maricá – 2.166

Queimados – 2.022

Itaguaí – 1.871

Itaperuna – 1.755

Cabo Frio – 1.479

Nova Friburgo – 1.325

Petrópolis – 1.264

Rio das Ostras – 1.247

Guapimirim – 1.182

Três Rios – 1.174

Resende – 1.113

Mesquita – 1.003

Nilópolis – 935

Rio Bonito – 905

Barra Mansa – 878

São Pedro da Aldeia – 790

Santo Antônio de Pádua – 743

Barra do Piraí – 686

Araruama – 651

Saquarema – 635

Paraíba do Sul – 631

Seropédica – 607

Tanguá – 607

Casimiro de Abreu – 589

São João da Barra – 574

Mangaratiba – 562

Vassouras – 515

Paraty – 513

Paracambi – 492

Cachoeiras de Macacu – 464

Piraí – 423

Bom Jesus do Itabapoana – 412

São Francisco de Itabapoana – 397

Conceição de Macabu – 371

Iguaba Grande – 338

Porciúncula – 336

Valença – 332

São José do Vale do Rio Preto – 325

Pinheiral – 311

Quissamã – 310

Natividade – 284

Miracema – 251

Armação dos Búzios – 243

Sapucaia – 239

Itaocara – 229

Japeri – 229

Carapebus – 218

Italva – 212

Miguel Pereira – 210

Rio Claro – 210

São Fidélis – 205

Cardoso Moreira – 202

Laje do Muriaé – 199

Porto Real – 187

Itatiaia – 168

Paty do Alferes – 154

Aperibé – 143

Varre-Sai – 140

Areal – 123

São José de Ubá – 123

Arraial do Cabo – 121

Silva Jardim – 116

Cambuci – 103

Carmo – 99

Mendes – 98

Engenheiro Paulo de Frontin – 97

Cordeiro – 96

Bom Jardim – 95

Comendador Levy Gasparian – 87

Santa Maria Madalena – 85

Quatis – 57

Trajano de Moraes – 47

Cantagalo – 46

Duas Barras – 43

Macuco – 43

Sumidouro – 43

São Sebastião do Alto – 17

Rio das Flores – 14

Brasil

O Brasil passa de 94 mil mortes por Covid-19, segundo consórcio de veículos da imprensa em boletim das 20h do último.

O total de casos confirmados é de 2.733.622 (milhões), informam secretarias de Saúde.

O país só perde para os Estados Unidos em número de casos e mortes.

Prefeitura prorroga estado de emergência em Itaguaí

Prorrogação durará enquanto houver a pandemia na cidade

Considerando os diferentes estudos, leis e decretos referentes à situação da Covid-19 no âmbito federal, estadual e municipal, a Prefeitura de Itaguaí estendeu o prazo da situação de emergência no município, reconhecido pelo decreto 4.435, de 24 de março de 2020, para o período em que permanecer a pandemia. Durante este tempo, será necessário seguir as regras gerais de prevenção ao novo coronavírus, instituídas pelo decreto 4.484, de 27 de julho de 2020.

Enquanto vigorar a situação de emergência em saúde em virtude da pandemia, será obrigatório o uso de máscara no município, seja ela descartável ou reutilizável, de forma adequada, em qualquer ambiente público e estabelecimentos privados com funcionamento autorizado de acesso coletivo.

Confira o Decreto completo

Prefeito de Itaguaí relata que não haverá 14 subprefeituras na cidade

Em entrevista ao RJ1, Rubem Vieira confirma que um projeto de lei do governo foi enviado à Câmara para revogar a criação dessa subprefeituras

Em 27 de julho de 2020

Itaguaí – O prefeito de Itaguaí Rubem Vieira (Podemos), afirmou em entrevista ao RJ1 da Rede Globo, que não somente não vai criar novos cargos efetivamente, como já mandou um projeto de lei para ser aprovado na Câmara da cidade que revoga tais criações.

Segundo o prefeito, essa lei que foi criada em março deste ano e não havia sido publicada anteriormente, visava descentralizar as ações dentro do prédio da prefeitura. A intenção segundo ele era evitar que houvessem aglomerações dentro da sede do governo devido a pandemia de Coronavirus. Rubem relatou que tal lei precisava ser publicada até mesmo para que futuramente fosse revogada e não houvesse a omissão do ato, já que a referida lei de autoria do Poder Executivo foi aprovada pela Câmara. O prefeito informou que agora a efetivação dessas criações não mais é necessária, já que os casos da doença na cidade tem baixado.

A referida lei foi baseada em lei criada em 2012, pelo ex-prefeito Carlo Busatto Júnior (MDB) em seu segundo mandato. Na ocasião eram 10 subprefeituras criadas sob a lei 3.032 de 2.012 e em março deste ano com recente publicação no jornal oficial 837 passaram a ser 14 ao todo, com mais 04 criações.

Rubem Vieira assumiu a prefeitura após a cassação do mandato de Charlinho e Abeilardinho por irregularidades em contratação de empresa de coleta de lixo da cidade, onde a sogra do ex-vice-prefeito era proprietária do terreno dado como sede da empresa. Em março Rubem também atuou à frente da prefeitura quando Charlinho e Abeilardinho foram afastados por práticas de nepotismo.

Veja a matéria completa do RJ1 no link abaixo:

Assista no Globoplay:
https://globoplay.globo.com/v/8729266

Em vídeo, novo secretário de saúde de Itaguaí mostra problemas encontrados em hospital de campanha da cidade

Dr Carlos Zoia em menos de cinco dias já se pronuncia, ex-secretária de saúde do governo Charlinho nunca se apresentou ao público. Assista o vídeo completo

Em 13/07/2020

O novo secretário de saúde o Dr Carlos Eduardo Carneiro Zoia, fez um balanço do que encontrou nas unidades de saúde que visitou até agora. No vídeo ela relata o espanto do que encontrou nas condições de atendimento do hospital de campanha, que diferente do que dizem apoiadores do ex-governo continua funcionando.

No local o novo secretário mostrou problemas com os cilindros de oxigenação, material vital para a saúde dos pacientes com Covid-19, bem como com os monitores que segundo ele não eram novos.

Zoia ainda relatou que diferente do que relatava o governo cassado de Charlinho, não há 25 e sim 11 leitos em condições de atendimento no hospital de campanha.

O novo secretário tranquilizou a população quanto ao número de pacientes internados e ao número de casos da doença na cidade. Até o momento são 1.674 casos de Covid-19 em Itaguaí com 82 mortes.

ASSISTA AO VÍDEO ABAIXO:

De secretária escondida à secretário que fornece informações públicas

Diferente do que ocorria no governo de Carlo Busatto Júnior, o Charlinho (MDB), onde a secretária de saúde Dalva Alves de Oliveira em quase dois anos e durante todo o grave cenário de pandemia de Covid-19 na cidade nunca fez aparições públicas e nem relatos em canais oficiais, Zoia em menos de uma semana já se apresenta ao público. Zoia mostra assim como fez em março, quando Rubem Ribeiro assumiu a prefeitura por quase 20 dias, que entendimentos técnicos e inteligência em fornecer informações públicas, devem ser sempre priorizados quando um governo leva à sério a formação de seu secretariado. Até para que na hora de pronunciamentos o responsável por áreas tão importantes possam ter e mostrar a sapiência de seu trabalho. O que parece não ter ocorrido em áreas do governo passado, entre elas saúde, comunicação e várias outras. Apesar de não podermos afirmar se tais secretários não se pronunciavam por falta de conhecimento ou por serem impedidos pelo governo dos Busattos.

Ex-secretária de saúde de Itaguaí Dalva Alves de Oliveira

Prefeitura desmente blog associado a ex-secretário do governo Charlinho

Blog do ex-secretário de comunicação do governo cassado de Charlinho tem sido criticado por espalhar notícias falsas

Em 13/07/2020

Assim que assumiu, o novo governo já teve que desmentir mais uma notícia falsa ligada ao blog do ex-secretário de comunicação Fabiano Bastos, do governo cassado de Carlo Busatto Júnior, o Charlinho (MDB) por irregularidades na contratação de empresa de coleta de lixo da cidade.

Desta vez a notícia dada como falsa pelo governo municipal dizia que o hospital de campanha estava sendo fechado. Algo prontamente desmentido pelo atual governo com provas através de fotos e vídeos.

Aliás o novo secretário de saúde, o Dr Carlos Zoia, diferente da ex-secretária de saúde do governo Charlinho Dalva Alves de Oliveira, que nunca se pronunciou, mostrou a falta de condições adequadas do hospital de campanha assim que assumiu a pasta. Zoia também comprovou a mentira da quantidade total de leitos, já que o governo Charlinho e o secretário Fabiano Bastos, responsável pela comunicação diziam ser 25 leitos no local, quando na verdade segundo o novo secretário são apenas 11. O novo secretário também mostrou monitores inadequados e antigos usados no local, bem como cilindros de oxigênio em péssimas condições.

Mesmo sendo novo, o hospital de campanha tinha apenas materiais velhos e em pouca quantidade. Segundo Zoia essas instalações não são eficientes para tratamento de pacientes com Covid-19.

Nosso blog analisou as matérias do blog Política RJ, e fica facilmente comprovado que ele é usado não somente para espalhar notícias com possíveis fake news, como virou um canal de comunicação totalmente parcial e que afeta a sua credibilidade. A notícia sobre o fechamento do hospital de campanha, por exemplo, além de mentirosa pode ser facilmente enquadrada em crime contra a saúde pública.

Nas redes sociais outras páginas de comunicação também já faziam críticas ao trabalho do ex-secretário à frente de seu blog e da secretaria de comunicação. Nosso blog ouviu jornalistas e muitos deles nos confidenciaram que o tratamento dado a eles em respostas de interesse público era grosseira e nada profissional.

Nós mesmos do blog Boca no Trombone Itaguaí, nunca tivemos retorno por parte do ex-secretário em assuntos ligados à população e aos servidores públicos. Curiosamente mesmo com o ex-governo de Charlinho, nosso blog tinha algumas respostas por parte dos ex-secretários mesmo do governo que sofreu Impeachent.

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=266184928118343&id=112986810104823

http://camaraitaguai.rj.gov.br/index.php/banner/2020-camara-esclarece-normas-para-devolucao-de-duodecimos

Nosso blog deixa o espaço para que o ex-secretário se pronuncie, já que ele não tem atendido qualquer questionamento.

Deu positivo para Covid-19 teste realizado pelo presidente Jair Bolsonaro

Após sentir sintomas ontem, exame confirmou a doença no começo desta terça

O teste para Covid-19 do presidente Jair Bolsonaro deu positivo. O resultado do teste foi divulgado agora à pouco. Ontem, ele apresentou os sintomas e fez um novo exame que detectou a infecção pelo novo coronavírus.

O mandatário teve febre de 38°C e iniciou o tratamento com hidroxicloroquina e azitromicina de maneira preventiva, embora nenhum dos dois medicamentos tenha eficácia comprovada no combate à doença.

Bolsonaro se envolveu em diversas falas polêmicas sobre a doença. No começo da pandemia ele chegou a chamar a Covid-19 de ‘gripezinha ‘ e que dificilmente seria infectado pois tinha um histórico de atleta. Pelo visto ele se enganou quanto a doença.

Além disso, o presidente por diversas vezes compareceu à locais e a manifestações em seu favor, causando aglomerações e quase em todas não usava máscara, artigo tão importante para se evitar a doença.

Mulher flagrada agredindo verbalmente fiscal em reportagem do Fantástico é demitida

‘Cidadão não, engenheiro civil, formado, melhor do que você’, disse a mulher se referindo a homem que estava ao lado dela. Homem recebeu auxílio emergencial de R$ 600.

Em 06/07/2.020

Matéria G1

A mulher que apareceu em uma reportagem do Fantástico do último domingo (5) ofendendo um fiscal da Prefeitura do Rio durante uma inspeção na região da Barra da Tijuca, na Zona Oeste, foi demitida da empresa onde trabalhava na manhã desta segunda-feira (6) por causa do episódio.

No fim de semana, Flávio Graça, superintendente de Inovação, Pesquisa e Educação em Vigilância Sanitária, Fiscalização e Controle de Zoonoses da prefeitura, foi ofendido por um casal durante uma fiscalização.
“Cidadão não, engenheiro civil, formado, melhor do que você”, disse a mulher, que estava em um restaurante no momento da fiscalização da Vigilância.
O G1 tentou entrou em contato com a mulher, mas ela não atendeu as ligações.
De acordo com a nota divulgada pela Taesa, empresa privada do setor de energia, onde a mulher trabalhava, o comportamento da funcionária não condiz com as normas da empresa (veja a íntegra da nota no fim da reportagem).

“A TAESA tomou conhecimento do envolvimento de uma de suas empregadas em um caso de desrespeito às leis que visam reduzir o risco de contágio pelo novo coronavírus e compartilha a indignação da sociedade em relação a este lamentável episódio, sobretudo em um momento no qual o número de casos da doença segue em alta no Brasil e no mundo”, consta no comunicado.

Homem solicitou auxílio emergencial de R$ 600

O engenheiro civil a quem a mulher no vídeo se refere solicitou e recebeu o auxílio emergencial de R$ 600 pagos pelo governo federal para ajudar pessoas em situação vulnerável durante a pandemia de Covid-19.

A informação sobre o pagamento, antecipada pelo jornal O Globo, foi confirmada pelo G1 no site da Controladoria-Geral da União, que consolida os dados de pagamentos do auxílio.
De acordo com as informações, o homem recebeu a primeira parcela de R$ 600 reais em abril e o nome dele consta no Cadastro Único do governo.

Íntegra da nota da TAESA

NOTA DE POSICIONAMENTO OFICIAL

A TAESA é uma companhia comprometida com a segurança e a saúde não apenas de seus empregados, mas também com o bem-estar de toda a sociedade. Desde o início da pandemia da Covid-19, a Taesa implementou inúmeras iniciativas para proteger a saúde de seus profissionais e seus familiares, como o home-office para 100% do seu quadro administrativo, e a adoção de diversas outras medidas de proteção para as equipes que operam em campo.

A companhia não compactua com qualquer comportamento que coloque em risco a saúde de outras pessoas ou com atitudes que desrespeitem o trabalho e a dignidade de profissionais que atuam na prevenção e no controle da pandemia.

A TAESA tomou conhecimento do envolvimento de uma de suas empregadas em um caso de desrespeito às leis que visam reduzir o risco de contágio pelo novo coronavírus e compartilha a indignação da sociedade em relação a este lamentável episódio, sobretudo em um momento no qual o número de casos da doença segue em alta no Brasil e no mundo.

A TAESA ressalta que segue respeitando o isolamento e as mais rigorosas regras de prevenção ao coronavírus e que a empregada em questão desrespeitou a política vigente na empresa. Diante dos fatos expostos, a TAESA decidiu por sua imediata demissão.

Bolsonaro está com sintomas de Covid-19

O próprio presidente relatou isso à CNN. Exame fica pronto nesta terça-feira

Em 06/07/2.020

O presidente Jair Bolsonaro informou nesta segunda-feira (6) à CNN que está com sintomas de Covid-19.
Bolsonaro, que completou 65 anos em março, disse que está com 38°C de febre e 96% de taxa de oxigenação no sangue, e contou que está tomando hidroxicloroquina. Por causa dos sintomas, a agenda do presidente para o restante da semana está cancelada.

O presidente já fez um teste para Covid-19 no Hospital das Forças Armadas, em Brasília. O resultado do exame deve sair por volta do meio-dia desta terça-feira (7).
Bolsonaro também informou à CNN que fez também uma ressonância magnética dos pulmões. De acordo com o presidente, este exame não identificou problemas.
Por volta das 18h, mantendo um hábito praticamente diário, Bolsonaro se encontrou com apoiadores no jardim do Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente. Ele estava de máscara.
Em maio, Bolsonaro entregou ao STF (Supremo Tribunal Federal) documentos segundo os quais três testes para Covid-19 feitos em março deram resultado negativo. O presidente entregou os exames depois de o jornal O Estado de S. Paulo ter entrado na Justiça para obter os resultados.

Mais cedo hoje, Bolsonaro ampliou os vetos ao projeto de lei que prevê o uso obrigatório de máscaras de proteção facial. O presidente vetou o uso obrigatório de máscaras em prisões e estabelecimentos de cumprimento de medidas socioeducativas, assim como a necessidade de que estabelecimentos em funcionamento durante a pandemia precisem “afixar cartazes informativos sobre a forma de uso correto de máscaras e o número máximo de pessoas permitidas ao mesmo tempo dentro do estabelecimento”.

Covid-19, veja os números de nossa região

Veja os números de Itaguaí, Angra, Mangaratiba e Seropédica além de todo o Estado e País

O número de casos de Covid-19 em nossa região atentam ainda para a manutenção de vários cuidados. Mesmo com o afrouxamento e as flexibilizações nas cidades, o vírus ainda se mostra resistente e não é hora de relaxar. Com a abertura de diversos segmentos, a falsa impressão de controle da doença parece ser o maior desafio nesse momento. Veja os boletins das cidades.

Itaguaí

O município de Itaguaí não mais fornece em seus boletins os dados correspondentes a síndrome gripal, que já estavam em quase 10 mil pessoas quando esses dados eram revelados. Tentamos diversas vezes receber respostas dos motivos para essa falta de transparência sobre esse dado, mas a costumeira falta de explicações da secretaria de comunicação do pior secretário de comunicação que nosso blog já presenciou em Itaguaí em sua existência, o senhor Fabiano Bastos, não se deu ao trabalho de responder ao Boca e conseqüentemente à população. Além disso, prefeitura de Itaguaí só divulga o básico e não um boletim completo com todas as ações e os detalhes de cada situação como fazem as cidades de Angra dos Reis e Mangaratiba.

Angra dos Reis

De 01 de janeiro de 2020 até às 15h desta segunda-feira (06), o município de Angra dos Reis apresentou 14.213 casos notificados. No momento, há 2.803 casos confirmados de coronavírus – 515 pacientes testaram positivo em exames feitos pelo Laboratório Central Noel Nutels (Lacen), com o apoio dos laboratórios da Unimed e do Hospital de Praia Brava, e 2.288 pelo teste rápido. Destes, 2.046 já estão recuperados. Há 87 mortes confirmadas pela doença e sete óbitos sendo investigados no município.

Ressalta-se que 255 casos foram descartados– exame de swab negativo para Covid-19 – e 11.155 permanecem suspeitos (síndromes gripais), sendo 1.257 em isolamento domiciliar e 9.898 já recuperados. Entende-se como casos recuperados aqueles que cumpriram o período de isolamento domiciliar de 14 dias e estão sem sintomas, conforme acompanhamento da equipe de monitoramento da Secretaria de Saúde.

No total, entre pacientes confirmados ou com suspeita de coronavírus, 47 pessoas estão internadas. O Centro de Referência para Covid-19 (Santa Casa), que agora conta com 120 leitos, atende a 41 pacientes no momento. Já o Hospital de Praia Brava, que passou a oferecer 15 leitos, tem um paciente internado. Ou seja, dos 135 eleitos públicos do município, 42 estão ocupados, o que representa uma taxa de ocupação hospitalar municipal de 31,11%. Há ainda cinco pessoas internadas em instituições privadas.

#angradosreis #prefeituradeangra #saude #coronavirus #covid_19

Mangaratiba

BOLETIM DA SECRETARIA DE SAÚDE SOBRE O COMBATE AO COVID-19 NO MUNICÍPIO DE MANGARATIBA – N° 67/ 2020 – 03 de julho de 2020

A Prefeitura de Mangaratiba, através da Secretaria de Saúde, informou o quadro situacional mais recente no dia 01/07/2020, em relação ao combate e à prevenção ao Coronavirus.

De 02 de janeiro de 2020 até às 19 horas desta quarta-feira (01 de julho), o Município de Mangaratiba registrou *1.108* suspeitas clinicas de infecção pelo novo coronavírus, sendo *519* confirmadas, *44* já descartadas, e *545* aguardam análise laboratorial.
Mangaratiba registra até o momento, vinte e sete (27) mortes pelo Covid-19.

Um total de *60* pessoas ainda está em quarentena em casa e outras *9* permanecem internadas.

Outras *1.010* pessoas tiveram alta após isolamento domiciliar de 14 dias, não tendo manifestado mais os sintomas apresentados, mesmo que os exames ainda não tenham chegado para concluir se estes contraíram ou não o Covid-19.

Do total de suspeitas clínicas de infecção, *51* são de profissionais de saúde, sendo *37* confirmados. Por isso a Secretaria de Saúde adotou um protocolo para troca de plantão.

Até o dia 01/07, *460* pessoas tiveram alta de casos da Covid-19.

A Prefeitura já realizou *2.100* testes de Covid19.

Todos os pacientes em quarentena se encontram em acompanhamento pela Vigilância Epidemiológica.

A Prefeitura de Mangaratiba adotou sistema de bandeiras para retorno gradual das atividades. Com essa medição, será possível efetuar a classificação dos riscos relativos a COVID em Mangaratiba e permitir assim, o início da flexibilização para o comércio. A análise do Plano de Distanciamento Responsável avalia 11 indicadores consolidados, dentro dos seguintes segmentos, que possuem pesos diferentes:

– Propagação do Vírus (velocidade do avanço, estágio da evolução, incidência de novos casos sobre a população e mortalidade), com peso de 55%

– Capacidade de Atendimento (capacidade de atendimento e mudança da capacidade de atendimento), com peso de 45%;

Dentro do sistema de bandeiras, a avaliação da curva de contágio e da capacidade de resposta da rede de Saúde é feita diariamente pelo comitê de emergência contra a COVID-19. E uma vez por semana, sempre às segundas-feiras, será atualizada a bandeira na qual o município se encontra. O estágio definido valerá por uma semana e vai determinar o que pode funcionar na cidade.

Pelas modelagens feitas, a bandeira vigente no município é

*Azul – Situação Atenção Máxima*

A Vigilância Epidemiológica Municipal esclarece que gera as informações advindas do serviço de atendimento e notificações. No caso do COVID-19, os sistemas de informação dos casos ainda estão manuais, dificultando que a Secretaria Estadual lance as informações em tempo real. Os testes rápidos que são realizados no Município ainda não são lidos pela SES por conta da validação dos dados. Logo, o número de casos confirmados da Secretaria de Estado ficam em defasagem com os dados do município, enquanto não se resolve o impasse destes dados serem reconhecidos pelo sistema.

Atualmente, a Secretaria Estadual de Saúde só considera casos confirmados os resultados do LACEN e alguns laboratórios que se credenciaram para realizar os exames de SWAB. Sendo, assim, achamos ser mais real, lançar os dados municipais para esclarecer a população, ou seja, o que está acontecendo no Município é o que é passado para a SES, e o Estado decide o que lança em seu painel. Porém, esclarecemos que nossos dados são corretos, públicos, e com maior transparência possível.

Como Mangaratiba saiu do estágio zero de contaminação, os casos de Síndrome Gripal também passaram a ser considerados suspeitos da Covid-19, conforme Portaria nº 454, de 20 de março de 2020 / SMS, e Nota Técnica – SVS/SES-RJ Nº 09/2020, de 24 de março de 2020. Os pacientes estão em isolamento domiciliar, onde estão sendo monitorados por profissionais de saúde da rede municipal.

ALERTAS IMPORTANTES

1 – Logo, em sinais de sintomas respiratórios, como de gripe (febre, coriza, tosse, espirro e outros) se considere um sintomático respiratório, então já entre em quarentena, evite contato, lave o tempo todo as mãos e use máscara.

2- Se tiver mais pessoas na família peça para comunicar o serviço de saúde mais próximo (ESF) ou outro de seu acesso e falar sobre o caso. Se houver mais de 3 dias com febre, que baixa com antitérmico e volta e dificuldades de respirar, procure o serviço de saúde. Se desloque até lá com todos os cuidados, já recomendados. Lembrando, não é o resultado laboratorial que faz seu diagnóstico, são os sintomas da síndrome gripal.

3 – Não deixe de consultar fontes confiáveis. Consulte sites que fazem o acompanhamento oficial a nível nacional e estadual.

INFORMAÇÕES SOBRE A ATUAÇÃO DA SECRETARIA DE SAÚDE

A) A Secretaria de Saúde reforça que não fará teste em pacientes que não estejam enquadradas no protocolo do Ministério da Saúde, ou seja, que não vieram de regiões consideradas endêmicas, que não apresentem sintomas característicos da contaminação pelo vírus segundo protocolo do Ministério da Saúde.

B) Ressaltamos que qualquer paciente que apresente sintoma do Covid-19 é orientado a permanecer em quarentena domiciliar no prazo mínimo de 14 dias até que apresente sintomas da doença. E neste período passam por monitoramento pela área epidemiológica.

C) Ressalta-se que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, podem sofrer alterações. Um novo boletim, com dados atualizados, será divulgado na próxima segunda-feira, 06/07/2020.

D) Vale ressaltar que a saúde e todo o governo têm feito esforços para evitar um impacto maior desta pandemia em nosso município, mas a participação da população, profissionais de saúde em esclarecimentos e busca de informação ajudará de forma extraordinária na resposta a este grande desafio de saúde no Brasil.

Os dados deste Boletim foram atualizados até 18h.
Você também pode tirar dúvidas pelo telefone (21) 98556- 7427 (via whatsapp).

Mangaratiba precisa vencer mais essa batalha.
Fique em casa, informe-se e previna-se.
Prefeitura de Mangaratiba

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE
Vigilância Epidemiológica de Mangaratiba

Seropédica

O município de Seropédica é o mais atrasado na divulgação dos boletins dos casos de Covid-19. O último boletim fornecido foi apenas em 25 de junho. Em compensação a cidade conta com diversos locais para atendimento dos casos da doença e de síndrome gripal. Além disso a prefeitura inaugurou um posto de emergência 24h na cidade. O novo posto atende os bairros de Campo Lindo e Jardins. Também foi reinaugurado o posto de saúde do KM-40 também em regime de 24 horas.

O hospital de campanha, inaugurado no estacionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para tratamentos de Covid-19 e com 21 leitos de UTI, serve como um local de retaguarda. Os pacientes primeiro devem procurar o Posto no KM-40, o Posto do KM-49 ou a UPA. Lá serão feitos os testes e caso confirmado eles serão transferidos para o hospital.

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=3130544797011519&id=1341300552602628

Segundo a secretaria de saúde do município, o hospital de campanha agora conta com video conferencia, para estreitar o contato entre o paciente e a familia durante o tratamento.

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=3177794108953254&id=1341300552602628

Estado do Rio de Janeiro

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro informou que registra, até esta segunda-feira (06/07), 121.879 casos confirmados e 10.698 óbitos por coronavírus (Covid-19) no estado. Há ainda 1.018 óbitos em investigação e 301 foram descartados. Entre os casos confirmados, 101.554 pacientes se recuperaram da doença.

A cidade do Rio de Janeiro registra 60.596 casos com 6.924 óbitos.

Brasil

O País é o segundo em número de casos e mortes no planeta. Até hoje 06 de julho, são 1.604.585 (milhão) e 64.900 mortes. Nas últimas 24 horas foram registrados mais 26.051 novos casos e 602 novos óbitos. As fracas ações do governo federal e a inabilidade comprovada do atual presidente da República e do pífio grupo de ministros, entre eles o ministro da saúde, acarretam esse cenário medonho e gravíssimo.

Escolas particulares de Caxias, RJ, devem retomar aulas presenciais na segunda-feira

Sindicato dos professores, no entanto, é contrário à decisão, assim como muitos pais de alunos. MP já se pronunciou contrário a abertura das escolas

As escolas particulares de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, devem retomar as atividades na próxima segunda-feira (6).
De acordo com o Sindicato Estadual dos Professores (Sepe), a decisão foi tomada após uma reunião entre grupo de donos e representantes de escolas particulares e o prefeito Washington Reis na quarta-feira (1).

As escolas da rede pública, no entanto, ainda não têm uma data definida para a volta às aulas. Segundo decreto da prefeitura, a previsão é que as atividades escolares permaneçam paralisadas até o dia 15 de julho.

Apesar da decisão das escolas e do prefeito, os sindicatos dos professores se posicionaram contra a reabertura das escolas particulares neste momento de pandemia.
“O prefeito Washington Reis ignora a Justiça e, assim, também ignora as recomendações da OMS, como as recomendações dos órgãos de Saúde, que dizem que o retorno às aulas precisa passar por uma série de protocolos e que, nesses protocolos, a educação infantil estaria em último estágio da volta às aulas”, diz a diretora do Sindicato Estadual dos Professores, Renata Rosseo.

A Prefeitura de Duque de Caxias informou que vai publicar nesta sexta-feira (3) um decreto municipal autorizando as escolas da rede particular de ensino a retomarem as atividades presenciais e que o documento irá tratar das medidas necessárias para a volta às aulas.
Duque de Caxias ocupava a 5ª posição no ranking de maior número de casos da Covid-19 no estado do RJ, com 3.239 casos registrados, e a 3ª posição em número de mortes, com 448, segundo o último boletim da Secretaria Estadual de Saúde.

Recomendações do MEC

Na quarta-feira (1), o Ministério da Educação (MEC) lançou um protocolo de biossegurança com diretrizes para o retorno das atividades nas instituições federais de ensino.
O documento, que será lançado oficialmente por meio de portaria, já pode ser conferido em formato de cartilha na página especial dedicada ao coronavírus no portal do MEC.

As orientações foram elaboradas por uma equipe multidisciplinar formada por dois médicos, uma biomédica, um biólogo e uma sanitarista. O documento lista as recomendações do Ministério da Saúde, da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

Entre as diretrizes, estão medidas coletivas e individuais, como manter portas e janelas abertas para ventilação do ambiente e lavar as mãos com água e sabão, ou higienizá-las com álcool em gel 70%.
A cartilha também tem recomendações às instituições de ensino, como a garantia de aferição da temperatura de servidores, estudantes e colaboradores na entrada das salas de aula ou ambientes fechados.
Segundo o secretário de Educação Superior do MEC, Wagner Vilas Boas de Souza, o protocolo não é uma regra engessada, mas uma diretriz para nortear as instituições, que podem criar seus próprios protocolos.
Ele destaca, ainda, que as instituições estaduais e municipais podem adotar as recomendações da mesma cartilha.
O secretário de Educação Profissional e Tecnológico do MEC, Ariosto Antunes Culau, lembra que cada instituto e campus têm autonomia para definir o retorno às aulas presenciais, obedecendo ao que for estabelecido pelas autoridades locais.

O Ministério Público entende que essa decisão é ilegal e acredita quem em breve o juízo determine a proibição dessa abertura.

Com G1