Arquivo da categoria: Morte

Corpo em avançado estado de decomposição é encontrado na praia de Muriqui

Situação chocou moradores e causou alvoroço

Em 15 de janeiro de 2021
Júlio Andrade – Júlio do Boca no Trombone Itaguaí

Muriqui – Um corpo foi encontrado, na tarde de ontem quinta-feira, na Praia de Muriqui, em Mangaratiba. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o corpo, que ainda não foi identificado, foi achado na areia da praia por volta de 13h15, já em avançado estado de decomposição. O fato atraiu muitos curiosos e causou espanto nos banhistas.

Por causa do estado de decomposição, não foi possível saber o sexo da pessoa. O 33º BPM foi acionado para verificar a ocorrência, que está a cargo da 165ª DP (Mangaratiba).

Atropelamento mata bebê e deixa pais feridos na Rio-Santos em Itaguaí

Recém nascido não tinha nem 15 dias de vida.

Em 10 de janeiro de 2021
Júlio Andrade – Júlio do Boca no Trombone Itaguaí

Itaguaí – Um carro atropelou um casal e um bebê de 11 dias na Rio-Santos próximo a altura do posto da Polícia Rodoviária Federal na tarde deste domingo 10/01. O homem que atropelou a família fugiu do local.

Carro teria arrastado o pai do bebê por alguns metros e depois fugiu do local

Segundo informações de testemunhas o bebê morreu na hora. O casal foi a levado ao hospital São Francisco Xavier. O casal e o bebê não tiveram seus nomes divulgados até o momento, assim como o motorista do carro. O homem que atropelou a família foi preso quando deu entrada no mesmo hospital. Ele tentou fugir, mas foi capturado .

Ainda não se sabe se o casal tentava atravessar a via ou se estavam no acostamento.

Morre em Itaguaí ex-prefeito Benedito Amorim

Ex-prefeito estava internado a alguns meses. Ele será enterrado em Itaguaí, mas não haverá velório

04 de novembro 2.020

Itaguaí – Faleceu na manhã desta quarta-feira 04, o ex-prefeito de Itaguaí Benedito Amorim. Ele estava internado a alguns meses e não resistiu.

Segundo informações de seu filho, o vereador e candidato a prefeito André Amorim, não haverá velório e seu pai será enterrado em Itaguaí por volta das 17 horas. Não foi revelada a causa da morte.

Nas redes sociais André se manifestou pela perda.

MEU TELEFONE NÃO VAI MAIS TOCAR AS 9h.

PAPAI ACABOU DE FALECER!
Meu super homem deve estar voando bem lá no alto agora.
Vai, pai!! Saiba que aqui nunca supriremos sua falta, pois só existe um como o senhor.

Todos os dias, às 9h em ponto, ele me ligava. Falava exatamente essas palavras:
– MEU FILHO, ESTÁ TUDO BEM??
– ESTÁ SIM, PAI!
– TÁ BOM, ENTÃO. QUALQUER COISA, ME LIGA.
– BEIJO, PAI.
E ele já tinha desligado.

SENTIREI FALTA DISSO, PAI!!! 😪

Nessa foto ele estava no lugar que mais amava na vida. No Centro de sua familia, cercado pelos netos mais novos. O “paraiba”, Bernardo e o “intelectual”, Antônio.
Assim lembraremos do senhor. Chefe de nossa família.
Continuamos em pé, juntos e firmes como o senhor ensinou. Tudo permanece como está, só juntando a saudade!!!

Não faremos velório. Não estou atendendo telefonemas agora. Espero que entendam.
O enterro será em Itaguaí, sua terra mais amada, por volta das 17h.

Deus nos abençoe, à todos.
Orem por nossa família.”

Benedito foi prefeito de Itaguaí de 1992 a 1996.

Força-tarefa da Polícia Civil com a PRF intercepta comboio de milicianos em Itaguaí; 12 suspeitos são mortos

Comboio de milicianos atacaram os policiais que revidaram na na Rio – Santos em Itaguaí

Em 16 de outubro de 2020

Júlio do Boca no Trombone

Itaguaí – A força-tarefa da Polícia Civil, criada para combater a ação de milícias na Baixada Fluminense, realizou mais uma ação, nesta quinta-feira. Desta vez, o grupo, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), interceptou um comboio de milicianos na altura do posto da PRF da Rio-Santos, em Itaguaí. Na ação, policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), em ação conjunta com e da PRF, foram atacados pelos suspeitos, que portavam fuzis, metralhadoras e pistolas.

De acordo com delegado Rodrigo Oliveira, subsecretário de Planejamento e Integração Operacional da Polícia Civil, o comboio era formado por milicianos ligados a Danilo Dias Lima, o Danilo Tandera. Eles vinham sendo monitorados há cerca de 15 dias pelo serviço de inteligência da força-tarefa, que apurou a frequente movimentação de criminosos em uma rota que liga a Zona Oeste à Baixada.

— Antes de chegar à PRF, tem um desvio. Para não passar em frente ao posto, eles desviavam por essa via secundária. Chegamos a montar quatro ou cinco operações dessas, mas só hoje aconteceu. Na hora que eles pegaram a bifurcação, nós fechamos a via secundária e eles ficaram encurralados — relata Oliveira.

O delegado conta ainda que o primeiro tiro partiu do bando, e um policial da Core foi atingido, mas foi protegido pelo colete balístico. A partir desse momento, o confronto começou. Onze homens ligados ao Tandera foram mortos no local. O 12º chegou a ser socorrido, mas também não resistiu. Ainda segundo Oliveira, nenhum suspeito fugiu.

— Eu afirmo com absoluta convicção que estamos no caminho certo —, avaliou o subsecretário sobre a atuação da força-tarefa contra a milícia.

Na ação foram apreendidos cinco fuzis, três metralhadoras foram apreendidos, além de pistolas, munição, uma granada, aparelhos de comunicação e os quatro carros que faziam parte do comboio.

Nas redes sociais, moradores relataram a ação:

— Clima tenso na Rio Santos na altura da base da PRF, em Itaguaí. Informações dão conta de que milicianos foram baleados ao confrontar os agentes —, comentou um perfil.

Corpos dos milicianos ao chão após confronto

Ação em Nova Iguaçu

A Polícia Civil criou esta força-tarefa voltada para a Baixada Fluminense visando a garantir uma eleição livre e segura depois que dois candidatos a vereador foram assassinados na Baixada num intervalo de menos de 15 dias. Os crimes levaram a polícia a antecipar a atuação do grupo, que já vinha sendo desenhada, conforme adiantou ao EXTRA o delegado Allan Turnowski, secretário de Polícia Civil do Rio.

Ainda de acordo com o secretário, para aumentar o suporte às investigações sobre os crimes ligados a fatores políticos, foram postos em cargos estratégicos delegados com experiência na Baixada.

Na noite de quarta-feira, em operação na região conhecida como Km 32, em Nova Iguaçu, a força-tarefa foi recebida com tiros de fuzil. Foram confirmadas cinco mortes no local. Houve apreensão de cinco pistolas semi-automáticas, uma réplica de fuzil, fardas militares, colete balístico, rádio comunicador e três veículos.

A operação, realizada por policiais civis da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), tinha o objetivo de verificar informações de inteligência oriundas da Subsecretaria de Inteligência (SSINT), que davam conta de uma reunião com pelo menos 40 criminosos armados no local, sendo todos ligados à milícia. Ecko e Tandera teriam estado no local.

Jornal Extra

Policial reformado é assassinado em Itaguaí

Homicídio ocorreu na noite de ontem no Centro da cidade

Em 30 de julho de 2020

Itaguaí – O policial militar reformado Geraldo Marcio Batista Nunes, de 60 anos, foi morto a tiros nesta quarta-feira (29/07), no Centro de Itaguaí. Segundo testemunhas ouvidas, Nunes como era conhecido levou um tiro pelas costas quando tentou entrar correndo num estabelecimento comercial para fugir dos tiros na Rua Deputado Otávio Cabral, no Centro. O autor dos disparos fugiu.

A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense abriu um inquérito para investigar o crime.

Ex-militar fazia a segurança em vários estabelecimentos comerciais na cidade

No ano passado, homens armados haviam invadido a casa do ex-policial no bairro Brisamar e realizaram vários disparos. Junto com seu filho, Nunes reagiu e os bandidos fugiram. A DHBF trabalha com a hipótese de uma ligação do assassinato de ontem com o atentado sofrido em 2019.

Medidas de afrouxamento de isolamento social, após 15 dias veremos se dará certo

Veja os últimos 15 dias como um comparativo nos casos da doença e mortes nas cidades de Itaguaí, Mangaratiba, Seropédica, Angra dos Reis, a cidade do Rio de Janeiro e o Estado. Em Itaguaí por exemplo houve um aumento de quase 145% em números de casos e mais de 40% em números de óbitos na última quinzena. Seropédica teve um aumento de 500% em quinze dias

Um decreto do governo do Estado afrouxou as medidas restritivas adotadas desde o mês de março em todo Rio de Janeiro. Vários serviços não essenciais foram liberados e a circulação do transporte público começa a se normalizar. Contudo, em vários países isso só ocorreu quando a queda dos números de casos e mortes do Covid-19 foi considerável, algo que não ocorre no estado e em todo o País, que tem dia após dia mais recordes de casos e mortes.

Com isso nosso blog fez um comparativo entre os últimos 15 dias, prazo que em média alguém infectado fica doente ou tem o resultado confirmado. Esse comparativo foi feito entre as cidades de Itaguaí, Seropédica, Mangaratiba, Angra dos Reis, a cidade do Rio de Janeiro e o Estado.

Vamos aos números.

Itaguaí

Segundo os números fornecidos pela prefeitura de Itaguaí 15 dias atrás, dia 26 de maio a cidade registrava 257 casos confirmados e tinha 42 mortes. Já 15 dias depois, hoje 08 de junho com o boletim mais recente, os números deram um salto perigosíssimo com 626 casos e 57 mortes. Um salto de quase 145% em números de casos e mais de 40% em números de óbitos.

Angra dos Reis

No município de Angra dos Reis, no último dia 26 de maio eram registrados 681 casos de Covid-19 na cidade e 28 óbitos. Já no boletim mais recente divulgado hoje dia 08 de junho saltaram para espantosos 1.201 casos e 50 mortes. Um aumento de quase 77% em números de casos e 80 % em número de óbitos.

Mangaratiba

A Cidade de Mangaratiba de acordo com o boletim mais recente de hoje 08 de junho e com o boletim de 15 dias antes 26 de maio, fizemos essa comparação.

O boletim mais recente da prefeitura de Mangaratiba de hoje 08 de junho são 257 casos e 17 mortes por Covid-19. Num comparativo com o boletim de 26 de maio, 15 dias antes se comparado eram 170 casos e 10 mortes. Um aumento superior a 50% em números de casos e quase 65% em números de óbitos nos últimos 15 dias.

Os dados fornecidos pelo governo do Estado, dão números menores em casos e óbitos na cidade de Mangaratiba. Isso devido a cidade fornecer os dados e somente no dia seguinte o Estado divulgar em seu boletim, já que ambos ocorrem geralmente por volta das 18 horas.

Seropédica

Em Seropédica o último boletim foi divulgado apenas no dia 01 de junho, com 326 casos confirmados e 08 óbitos. Uma quinzena antes eram 54 confirmados com 07 mortes. De 13 de maio a 01 de junho um aumento de 500% e de mortes um aumento de 15%.

Rio de Janeiro (Capital)

Os dados fornecidos pela prefeitura do Rio de Janeiro mantém uma forma de contagem duvidosa. Por isso nosso blog se baseou não números da cidade fornecido pelos boletins da secretaria de saúde do Estado.

Hoje 08 de junhono Rio de Janeiro são 36.893 casos confirmados e 4.516 óbitos. Quinze dias antes, 26 de maio eram 23.290 casos confirmados e 2.978 óbitos. Um aumento de 55% em números de casos e mais de 50% em números de óbitos na capital do Estado.

Estado do Rio de Janeiro

Em todo o Estado no dia 26 de maio eram 40.024 casos confirmados e 4.361 óbitos por coronavírus (Covid-19). Já nesta segunda-feira (08/06), são 69.499 casos confirmados e 6.781 óbitos por Coronavírus (Covid-19) no estado. Um aumento de quase 75% em números de casos e quase 60% em números de óbitos.

Brasil

Um dia após corrigir duplicações e reduzir 857 mortes sem apresentar uma explicação por 15 horas, o balanço mais recente do Ministério da Saúde sobre a pandemia do coronavírus no país, divulgado desta vez às 18h30, indica que foram confirmados nas últimas 24 horas 15.654 novos casos e 679 óbitos. Somados esses aos números dos outros dias, o Brasil tem hoje 37.134 mortes e 707.412 pessoas já diagnosticadas, segundo a pasta. Faltam, no entanto, dados de dois estados: Santa Catarina e Alagoas.
A atualização foi feita durante coletiva realizada hoje no Palácio do Planalto, em que o governo anunciou que voltará a divulgar a atualização sobre a pandemia do coronavírus no Brasil às 18h. Os números eram divulgados durante as coletivas de imprensa na época em que Luiz Henrique Mandetta era o ministro da Saúde, mas desde então vinham saindo cada vez mais tarde. O site oficial, no entanto, segue sem apresentar os números acumulados de casos e óbitos no Brasil.

Quinze dias atrás, 26 de maio, eram 394.507 casos do novo coronavírus com 24.593 mortes. Um aumento de 80% em números de casos e superior a 50% em números de óbitos.

Após o término dessa matéria uma decisão judicial modificou alguns termos do Decreto Estadual.

Anonymous divulga dados e liga Flávio Bolsonaro ao assassinato de Marielle

Grupo de hackers divulgou dados pessoais de Ronnie Lessa, Élcio de Queiroz e outras pessoas. Além disso, eles publicaram que o presidente Jair Bolsonaro tirou R$ 83 milhões do Bolsa Família e transferiu para uso publicitário do Planalto

O grupo de hackers Anonymous Brasil liberou na madrugada desta quinta-feira dados sobre “a verdade” do caso Marielle Franco. As informações foram compartilhadas por volta de 00h30 no horário de Brasília em um link e apontam para o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos) como mandante do crime. Informações pessoais de pessoas confirmadas e outras supostamente envolvidas na morte da vereadora do Rio de Janeiro estão disponíveis, como CPF, número de cartão de crédito, filiação, telefones e endereço.

“Não queremos trazer notícias não verdadeiras, não somos nenhum grupo iniciante e nem estamos com o propósito de fama, diferente de todos os grupos brasileiros, aqui nós apuramos os fatos e trazemos conforto e conhecimento sobre o que estão nos escondendo, aqui nós apoiamos todos, nós? Somos negros, asiáticos, judeus, muçulmanos, lgbt, e toda classe oprimida e desfavorecida! Vocês não estão sozinhos, estamos com vocês”, diz o início do texto de esclarecimento que antecipa uma série de links e vídeos sobre como funcionou o suposto planejamento da execução da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

O grupo de hackers apontou para Flávio Bolsonaro como o integrante da família presidencial que atua junto com a milícia. Um link de apoio redirecionado para um suposto documento da Câmara, do deputado Rogério Correia (PT-MG), que pede uma investigação especial para apurar as ações criminosas das milícias do Rio de Janeiro. Contudo, não consta no requerimento o número de emissão e a data, apenas o mês de fevereiro do ano de 2019 ao final do suposto documento.

“Estamos cansados, o povo clama por ajuda, será que poderíamos visualizar com mais profundidade e com mais precisão o caso do presidente? O que o senhor acha Presidente? Talvez surja provas que seu filho é corrupto, talvez esse ano, a favela vai se revoltar, policiais estão abusando de poder, e o sistema deixa!”, disse em mensagem os hackers, que reafirmou que a direita está “propícia a ser fascista”.
Apesar de serem contra Bolsonaro, o Anonymous voltou a reforçar que são apartidários em busca de “justiça” pelas minorias. “Isso não é sobre ser de esquerda ou de direita, afinal somos contra qualquer sistema político”.

Nesta nova exposição de dados, foram divulgadas informações sobre de Ronnie Lessa e a esposa, Elaine Pereira Figueiredo, Elcio Vieira de Queiroz, Alexandre Motta de Souza, Rodrigo Jorge Ferreira, Camila Moreira, apontada como advogada que “atrapalhou as investigações”, Bruno Pereira Figueiredo, cunahdo de Ronnie Lessa, José Márcio Mantovano e Josinaldo Lucas Freitas, que seriam amigos de Ronnie e “ocultaram armas”.

“Conclusão? Parece que a família bolsonaro é a mandante. Também parece que agora temos vários motivos para duvidar da postura do nosso querido presidente! #MarielleVIVE”, finalizou a postagem do grupo que se autodenomina Anonymous Brasil.

Grupo também mostrou que o presidente Jair Bolsonaro tirou R$ 83 milhões do Bolsa Família e transferiu para uso publicitário do Planalto

Além do caso do assassinato de Marielle Franco, o grupo Anonymous divulgou que em meio a pandemia o Presidente Jair Bolsonaro tira 83 milhões de reais do bolsa família destinado a pessoas que vivem na extrema pobreza, para comunicação publicitária do Planalto.

Taxa de letalidade por Covid-19 em Itaguaí está próxima de ser a mais alta do Estado

Cidade com 13% de mortes entre os doentes por Coronavírus só perde para Duque de Caxias, Belford Roxo e Nilópolis com 14%. A taxa de mortes em Itaguaí supera a do Estado que tem 11% e do Brasil que tem 6%.

A taxa de letalidade que nada mais é que o número de mortes baseado no número de casos de Covid-19, em Itaguaí é uma das mais altas entre os municípios do Estado.

As maiores taxas de mortes baseado nos números de casos de Coronavírus confirmados são na Baixada Fluminense e na Região Metropolitana do qual a cidade faz parte.

Se comparada com as cidades do estado Itaguaí esta prestes a ser a com maior taxa de letalidade, hoje a taxa de mortes é de 13%. Só perde para Duque de Caxias, Nilópolis e Belford Roxo ambas com 14% de óbitos. Em Itaguaí a cada 100 doentes 13 morrem.

As altas taxas de letalidade mostram que a cidade não consegue recuperar seus doentes da forma que deveria. Mesmo tendo menos casos que muitas cidades do estado, Itaguaí está próxima de só perder para Magé nesse quesito. Isso se deve ao precário atendimento na saúde pública. A prefeitura é uma das que menos investe no combate a doença, além de viver envolvida em escândalos também na área da saúde.

Veja o ranking negativo das cidades e do estado sobre a taxa de letalidade por Covid-19

1- Duque de Caxias 14%. A cada 100 pacientes com a Covid-19, 14 vão a óbitos. Pelo último boletim foram registrados 1.556 casos com 217 mortes

1 – Nilópolis 14%. Pelo último boletim foram registrados 294 casos com 41 mortes.

1 – Belford Roxo 14%. Pelo último boletim foram registrados 512 casos com 73 mortes.

4 – Itaguaí 13%. A cada 100 doentes, 13 morrem. Pelo último boletim foram registrados 341 casos com 45 mortes.

5 – Rio de Janeiro (Capital), 12% de mortes. Foram registrados 27.311 casos com 3.430 óbitos.

5 – São João de Meriti 12%

7 – Nova Iguaçu 11%

8 – Magé 10%

9 – Mesquita 09%

10 – Mangaratiba 06%

10 – Guapimirim 06%

12 – Angra dos Reis 04%

12 – Piraí 04%

14 – Seropédica 03%

15 – Queimados 02%

16 – Japeri 01%

O Estado do Rio de Janeiro passa das 5 mil mortes e tem quase 48 mil casos de Covid-19. Uma taxa de letalidade de quase 11%.

Foram 223 mortes e 3.067 casos confirmados em 24 horas. Há ainda 1.315 óbitos em investigação e 260 foram descartados.

Veja mais abaixo os boletins mais recentes das cidades citadas.

Estado do Rio de Janeiro

O Estado tem 11% de taxa de letalidade pela doença. Até ontem 29 de maio são quase 48 mil casos com mais de 5 mil mortes. Só nas últimas 24 horas foram 223 mortes e mais 3.067 casos confirmados. Há ainda 1.315 óbitos em investigação e 260 que foram descartados.

Brasil

No Brasil até ontem 29 de maio foram registrados 468.338 casos e 27.944 de mortes. Uma taxa de letalidade de 6%.

Capital do Estado

Com a nova metodologia, a cidade do Rio de Janeiro passou a registrar cerca de mil casos a menos. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a capital fluminense tem em torno de 2.000 óbitos por covid-19. Já de acordo com os dados da Secretaria Estadual de Saúde, o número de mortes da cidade é de 3.430. Em número de casos a Secretaria Estadual de Saúde informa que a Capital tem 27.311 casos da doença na cidade do Rio de Janeiro.

ITAGUAÍ

Em uma semana a cidade de Itaguaí teve um aumento de 60% no número de casos de Covid-19 e um aumento de 50% no número de óbitos.

Todas as informações contidas nessa reportagem são de boletins fornecidos pelos sites e páginas dos governos mencionados.

Naufrágio mata três pessoas na Ilha da Madeira em Itaguaí

Tragédia ocorreu nesta manhã

Três pessoas morreram, na manhã deste sábado, após o barco em que estavam naufragar na Ilha da Madeira, em Itaguaí, na Região Metropolitana da cidade. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as vítimas foram identificadas como Vilien Ferro, Paulo Câmara e Arlindo, que não teve o sobrenome divulgado. Ainda não há informações do que teria causado o acidente.

Ainda segundo a corporação, o quartel de Itaguaí foi acionado às 8h10 para socorrer as vítimas do acidente. Um quarto passageiro, identificado como Antonio Lima, de 67 anos, foi resgatado com vida. Mergulhadores do grupamento de busca e salvamento (GBS) foram responsáveis pelo resgate.

Não foi divulgado o local e a data do enterro de Vilien, Paulo e Arlindo.

A Polícia Civil disse que as investigações estão em andamento na 50ª DP (Itaguaí) para apurar as circunstâncias do acidente e que o sobrevivente será intimado para prestar depoimento na unidade policial. Além disso, informou que a polícia aguarda o resultado dos laudos de necropsia.

Fonte: O Dia

Barreira Sanitária na entrada de Itaguaí irá entre outras aferir temperatura das pessoas

Não há proibição de entrada na cidade para quem não é morador e saída para quem reside sem a devida comprovação. Medidas de combate ao Covid-19 na cidade terá um controle mais intenso ao comércio, as praias, píeres e cachoeiras da cidade. Em uma semana números de mortes da doença quase dobraram e de casos aumentaram 85%. Prefeitura prorrogou até 31 de maio estado de emergência na cidade

A Prefeitura de Itaguaí começa hoje 18 de maio, a adotar novas medidas no combate ao Covid-19, o novo Coronavírus na cidade.

Uma dessas medidas é uma Barreira Sanitária de conscientização na entrada de Itaguaí no bairro Santana (próximo ao Ciep 300). Em tal barreira profissionais estarão conscientizando as pessoas sobre a Cobid-19 e aferindo a temperatura dos motoristas e pessoas em geral. Aos que apresentarem sintomas, a equipe conduzirá até o Centro de Triagem localizado no Centro da cidade. Mas o curioso é que Itaguaí tem pelo menos mais três entradas, em Santa Cândida, na Zona Industrial conhecida como Reta de Santa Cruz e na Rio Santos para quem vem da direção de Mangaratiba, Angra e Paraty por exemplo. O que remete a um controle não tão controlado assim. Não há proibição de entrada da cidade pelo bairro Santana para quem não é morador de Itaguaí e de saída para quem reside e não comprove a real necessidade de fazê-lo como já ocorre desde o início da pandemia nos municípios vizinhos de Mangaratiba e Angra dos Reis.

Outra medida divulgada pela prefeitura é uma maior fiscalização do comércio no Centro de Itaguaí. Há denúncias do não respeito ao uso de máscaras e de que ainda há pessoas tendo livre acesso aos comércios locais sem o instrumento de proteção, desrespeitando assim os decretos municipais de combate ao Covid-19. Cabe lembrar que somente os serviços essenciais tem autorização de funcionamento conforme Decretos Municipais.

Também haverá um controle mais rígido e orientação nas cachoeiras, praias e píeres da cidade.

A prefeitura de Itaguaí prorrogou o estado de emergência devido ao Covid-19 até 31 de maio. Podendo ainda ser prorrogado.

Em uma semana números de mortes da doença quase dobraram e de casos aumentou 85% em média

Se comparado ao dia 10 de maio, o Boletim divulgado pela Prefeitura de Itaguaí na data de ontem, o mais recente, aponta para dados gravíssimos. De 63 casos confirmados dia 10 subiram para 116 em uma semana. Já em números de mortos pulou em mesmo prazo de 14 para 24. Além disso pessoas com sintomas de síndrome gripal disparou, de 1.243 para 1.811 em sete dias.

#FicaEmCasaItaguaí #UseMáscaraItaguaí

Fonte: Prefeitura de Itaguaí e foto de capa divulgada nas redes sociais