Arquivo da categoria: Morte

Preso homem que estuprou e matou menina de 12 anos em Piranema

Ele estava em um ônibus com destino a São Paulo e agora está preso da Delegacia de Homicídios (DH)

 

Um crime bárbaro chocou moradores de Seropédica, na Baixada Fluminense, neste domingo. Uma menina de 12 anos foi espancada e assassinada pelo namorado da mãe. A polícia aguarda laudo do Instituto Médico Legal para comprovar se a menina foi estuprada.

 

O corpo da vítima foi encontrado com mãos e pés amarrados, em um matagal de um sítio, na localidade de Piranema, região agrícola do município. O assassino, Amilton Olinto de Souza, de 47 anos, foi preso por policiais do Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur) na rodoviária Novo Rio, quando tentava embarcar para São Paulo.

Segundo o delegado Willians Batista, da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), que investiga o crime, a mãe da pequena Eloizi Costa Silva, Dilma Costa, de 36 anos, contou em depoimento que costumava visitar Amilton no sítio onde ele era caseiro e sempre levava a filha junto.

No sábado, por volta do meio dia, Amilton deu dinheiro para Eloizi ir a um bar próximo comprar refrigerante e balas. Logo que a menina saiu, ele disse à mãe dela Dilma Costa, de 36 anos, que precisa resolver alguma coisa na rua e saiu atrás, só voltando cerca de uma hora depois, muito suado, com arranhões e a camisa rasgada.

Desconfiada, a mulher perguntou o que o namorado estivera fazendo e questionou o paradeiro da filha. Houve uma discussão violenta e Amilton ameaçou-a com um facão. Com medo, a mulher correu e Amilton aproveitou para desaparecer. A mulher procurou a 48ª DP (Seropédica), relatou o caso e registrou o desapareciemento da filha.

 

Com ajuda de vizinhos, a mulher voltou ao sítio e iniciou uma busca no terreno, encontrando o corpo da filha em um matagal, com mãos e pés amarrados, e um pedaço de pano enrolado no pescoço. A DHBF foi acionada e a perícia apontou ferimentos no corpo da menina que indicam que ele lutou com o assassino, além de lesões nos órgãos genitais e marcas no pescoço que indicam que a menina pode ter sido enforcada.

A pequena Eloizi Costa Silva era aluna da escola municipal Pedro Antônio de Aguiar (Valinha). Seu corpo foi enterrado no Cemitério do Sase em Itaguaí.

Anúncios

Comerciante é assassinado em Itaguaí

Junior Soares foi executado na manhã de quarta-feira (29) em seu estabelecimento, no bairro do Engenho

 

Atual. CRIME O comerciante Junior Soares foi assassinado na manhã desta quarta-feira (29), próximo ao seu estabelecimento no final da Avenida Itaguaí, no bairro do Engenho. De acordo com relatos de pessoas que passavam em frente da padaria, na qual Junior era dono, a execução aconteceu por volta das 5h20.

A morte brutal do comerciante comoveu familiares e amigos, que por meio das redes sociais, cobraram mais segurança para cidade e uma resposta da polícia para o crime.

“A onde essa cidade escrota vai parar meu Deus logo você Júnior Soares. Triste saber que uma pessoa tão boa de coração tão amigo, trabalhador ter um fim inexplicável, Deus sabe de todas coisas. Júnior sei que ninguém deve tirar a vida de outra. Ninguém tem permissão e sim só Deus + se ele permitiu porque sua missão já foi cumprida. Vai com Deus amigo papai do céu estar te esperando de braços abertos”.

“Muito triste ver um jovem que batalhou tanto perder a vida dessa forma! Que Deus conforte os familiares e tenha misericórdia de todos nós”.

Policiais da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) estiveram no local e já iniciaram as investigações.

O ATUAL entrou contato com a assessoria da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, que informou que as investigações estão em andamento na DHBF para apurar a morte do comerciante, cujo corpo foi encontrado, nesta quarta-feira, na Rua Francisco Costa Pereira, nº 28, Engenho, Itaguaí. Ainda de acordo com a polícia, os agentes estão em busca de possíveis testemunhas e imagens de câmeras de segurança instaladas na região onde ocorreu o fato, para tentar identificar a autoria do crime.

Fonte: Jornal Atual

Atropelamento em linha férrea de Muriqui deixa um morto

Vitíma foi atropelada na linha férrea na passagem para ida à praia de Muriqui neste sábado

Em 18/11/2017 às 17:45 e atualizado em 19/11/2017 às 07:00

Um homem identificado como Adariu Firmino foi atropelado na linha férrea de Muriqui na passagem que dá acesso a praia. Segundo testemunhas a vítima foi imprudente e tentou atravessar enquanto o trem se aproximava e acabou morrendo no local. Ainda segundo os presentes o homem foi pegar o celular de sua esposa que havia caído na linha sendo vitimado.

 

O local foi interditado para a realização de perícia e liberado no começo da noite.

 

Policial militar é morto em ataque a tiros em Campo Grande

O policial é o 114° vítima de assassinato este ano no Rio

Um policial militar foi morto durante ataque em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, na noite desta terça-feira. O agente, identificado como o cabo Rafael Santa Ana Corrêa, lotado no Grupamento de Policiamento Transportado em Ônibus Urbano (GPTOU), foi atingido por disparos na Rua Aricuri, dentro de uma drogaria.

De acordo com o comandante do 40º BPM (Campo Grande), coronel Antônio Marcos Netto, por volta das 21h40, um carro passou no local realizando disparos contra o agente, que estava de folga. O cabo é 114º policial morto em 2017 no estado do Rio.

Fonte: Jornal Extra

Cemitério do Sase continua em completo abandono

Túmulos abandonados e restos mortais se espalham no solo

Próximo a data de finados, que ocorre em 02 de novembro, o Cemitério Padre César Vigezzi, mais conhecido como cemitério do Sase que é o maior da cidade, continua abandonado pelo poder público. Os túmulos estão expostos. Caixões, urnas e ossos estão se espalhando pelo solo do local. A sensação é que ao invés de um cemitério, estamos diante de uma lixeira.

                Caixões com corpos expostos podem ser vistos no local

Vemos vários cemitérios onde já notamos uma grande modernidade, como uso de aplicativos em celulares para facilitar a localização, e também em alguns casos até se conhece a história de cada um ali enterrado, enquanto em Itaguaí sofremos com esse descaso e com essa falta de respeito total.

Essa situação não é nova. Em novembro de 2015, o mesmo cemitério já estava completamente abandonado. Mato alto e ossos dos cadáveres estavam expostos, inclusive água de chuva levavam os ossos de um lugar ao outro dentro do local.

A responsabilidade dos cemitérios da cidade é da prefeitura, que tem o dever de manter os locais limpos e com manutenção constante.

O blog Boca no Trombone solicita à prefeitura de Itaguaí esclarecimentos para esse lamentável fato mostrado nas imagens. Por hoje ser domingo não conseguimos contato com a prefeitura. Mas esperamos contato do órgão para esclarecimentos sobre o caso.

 

Fotos de Luiz Pelegrino

Veja mais:

https://bocanotromboneitaguai.com/2015/11/03/cade-o-tumulo-que-estava-aqui/

 

Segurança de creche põe fogo em crianças e deixa mortos em Minas Gerais

Na manhã desta quinta-feira (5), um guarda do Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, no Bairro Rio Novo, em Janaúba, no Norte de Minas, ateou fogo em crianças e no próprio corpo. Ao menos quatro crianças morreram. Várias outras e uma professora estão com graves queimaduras, segundo a corporação. O homem chegou a ser levado para o hospital em estado grave, mas acabou morrendo.

De acordo com a assessoria do Hospital Regional de Janaúba, cerca de 40 pessoas, entre crianças e adultos, deram entrada na unidade de Saúde.

O incêndio ocorreu por volta das 9h40. O homem teria jogado álcool nas crianças, e depois ateado fogo. Oito viaturas e dois helicópteros foram utilizados no atendimento às vítimas, que foram encaminhadas para o Hospital Regional de Janaúba (Fundação Hospitalar de Janaúba) e o Hospital Fundajan. Equipes de bombeiros que estavam de folga também foram escaladas, devido à gravidade do caso.

Nas redes sociais, a população pede a doação de luvas, dipirona injetável, soro fisiológico, sulfadiazina de prata (pomada bactericida usada no tratamento de queimaduras), agulhas, seringas, cateter do tipo Jelco e pomadas.

O governo de Minas Gerais divulgou nota sobre a tragédia:

NOTA À IMPRENSA 

Informamos que, tão logo tomou ciência da tragédia ocorrida nesta manhã em Janaúba, o governador Fernando Pimentel determinou de imediato a mobilização de todas as forças de Saúde Pública e de segurança do Estado – Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil – nas operações de resgate e salvamento.

Um posto de comando emergencial foi instalado no local para alinhar todos os esforços dos órgãos públicos envolvidos. Informamos, ainda, que o governador Fernando Pimentel irá ao local ainda na tarde desta quinta-feira (05/10).

A Secretaria de Estado de Saúde e a Fundação Hospitalar de Minas Gerais montaram uma operação especial para receber as vítimas, tanto em hospitais na região, quanto no Hospital João XXIII, se necessário. Toda a estrutura necessária, o que inclui aeronaves, veículos e demais equipamentos públicos, também foi colocada à disposição. 

Governo do Estado de Minas Gerais 

Fonte: JB

 

Criança é jogada em poço pela própria mãe em Campo Grande

A mãe já foi identificada pela polícia

Uma criança foi encontrada em um poço  por moradores na comunidade do Serrinha em Campo Grande RJ. O bebê foi jogado pela mãe identificada como Glauciane Coelho,após um aborto caseiro.  A criança já estava com 8 meses. A polícia e o corpo de bombeiros foram ao local e se depararam com o corpo nu e com o óbito da criança.

A mãe foi buscar atendimento no hospital Rocha Faria depois do aborto e quando indagaram a ela sobre o bebê, ela fugiu. Com essas pistas a polícia chegou a criminosa e está acompanhando o caso.

O crime aconteceu na terça dia 21 de junho, porém o corpo do bebê só foi encontrado neste sábado. Glauciane tem outros 3 filhos.