Arquivo da categoria: Mangaratiba

Cartão PDDE irá facilitar as verbas federais que as escolas utilizam

Todas as escolas registradas recebem verbas diretamente em suas contas, sem intermédio de qualquer secretaria de educação. Se informe e saiba como está sendo usado o dinheiro em sua escola e/ou na escola de seus filhos

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia do Ministério da Educação, estendeu o alcance do Cartão PDDE, neste semestre, para todos os estados brasileiros. Mais de 40 mil escolas de todo o Brasil já receberam a primeira parcela do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), este ano, por meio do cartão, informa o presidente do FNDE, Silvio Pinheiro.

“Além de facilitar as transações comerciais, o Cartão PDDE traz um maior controle sobre a utilização dos recursos, já que grande parte dos pagamentos é feito por meio eletrônico, com identificação de fornecedores e prestadores de serviço”, explica Pinheiro.

Numa primeira etapa, o cartão de débito do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) havia sido implementado apenas em unidades executoras próprias (UEx) de escolas públicas do Distrito Federal e Espírito Santo, em 2017. Em seguida, foi expandido para Ceará e Goiás. E agora alcança todo o território nacional.

Por meio do cartão, as UEx podem realizar pagamentos, transferências eletrônicas, emitir ordens de pagamento, fazer saques e retirar extratos nos terminais de autoatendimento do Banco do Brasil. Os recursos do programa ficam automaticamente aplicados em fundo de investimento de curto prazo, com resgate automático.

Não é permitido utilizar o cartão para efetuar compras por telefone, na internet ou no exterior. O limite para saques, transferências e ordens de pagamento é de R$ 800 por dia, R$ 2 mil por mês e R$ 8 mil por ano.

Criado em 1995, o PDDE tem a finalidade de prestar assistência financeira, em caráter suplementar, às escolas da rede pública de educação básica e às escolas privadas de educação especial mantidas por entidades sem fins lucrativos. O objetivo é promover melhorias na infraestrutura física e pedagógica das unidades de ensino e incentivar a autogestão escolar.

Os recursos são repassados diretamente para as unidades executoras próprias das escolas, como caixas escolares, associações de pais e mestres e conselhos escolares. “É a própria comunidade escolar, que conhece bem as prioridades de cada escola, que define onde serão utilizados os recursos”, lembra o presidente do FNDE.

A nova modalidade de pagamento está disponível para as entidades representativas de escolas que atualizaram seu cadastro no sistema PDDEweb e estão adimplentes com a prestação de contas. As UEx não precisam esperar receber aviso de que o cartão está disponível. O dirigente com atribuição estatutária para movimentar a conta bancária deverá se apresentar em sua agência de relacionamento para preencher a documentação necessária e registrar senha.

Somente um único dirigente da UEx poderá movimentar a conta bancária, já que a senha é individual e intransferível, segundo normas do Banco Central. O responsável pela conta bancária será o membro indicado no estatuto da UEx e informado no PDDEweb.

Se o estatuto não indicar um dirigente específico, a UEx deverá reunir sua comunidade escolar e aprovar uma mudança no estatuto. Para auxiliar as unidades executoras, o FNDE publicou, em seu portal eletrônico, sugestão de ata para alteração do estatuto.

A ata que documenta a alteração poderá ser levada diretamente à respectiva agência do Banco do Brasil, não sendo necessário registrá-la em cartório neste momento. O registro pode ser feito até seis meses depois.

Anúncios

Prefeituras de Mangaratiba e Seropédica adiantam pagamento de servidores

Equilíbrio nas finanças- Mesmo após uma grave crise, as prefeituras de Mangaratiba e Seropédica conseguiram equilibrar suas finanças e pagar em dia o salário dos seus servidores. Em Mangaratiba há anos que os salários dos trabalhadores é pago em dia e na maioria das vezes como agora até adiantado. Já em Seropédica após alguns problemas, a prefeitura consegue equilibrar as finanças e também é outra a pagar adiantado nesse mês de maio. Ambas pagam seus funcionários nesta quarta-feira véspera de feriado. Em virtude do feriado de Corpus Christie, as duas gestões se preocuparam em deixar seus trabalhadores com dinheiro para aproveitar os dias de folga.

O blog Boca no Trombone Itaguaí parabeniza aos gestores por se preocuparam com o seu maior patrimônio, seus servidores.

Secretaria de educação de Mangaratiba suspende atividades para próxima semana

Respeito e bom senso – A gestão se preocupou com os estudantes e servidores que correriam o risco de ficarem à pé durante locomoção até as unidades de ensino

A Secretaria Municipal de Educação de Mangaratiba, suspendeu as atividades para os dias 28,29 e 30 de maio. Em virtude da greve dos caminhoneiros,vários gêneros alimentícios já estão em falta nas unidades de ensino do município.

Preocupados com a falta de transporte oferecidos aos estudantes e aos seus servidores, o governo decidiu suspender as atividades para a próxima semana. Tendo como ponto principal o bom senso e o respeito as pessoas, essa foi a melhor solução para que não houvesse riscos a saúde e a segurança de alunos e trabalhadores.

Cabe lembrar que o município de Mangaratiba não vem sofrendo com falta de merenda escolar, até pelo contrário. Mesmo assim, o bem estar de seus servidores e alunos foi o primeiro ponto para que tais medidas fossem adotadas.

As aulas serão repostas num futuro próximo para que não haja prejuízo ao calendário escolar.

Corpo de desaparecida é encontrado após desastre em Mangaratiba

Flávia foi encontrada no final da manhã desta terça-feira

O corpo de Flávia Lima de 27 anos, que estava desaparecida após a tragédia ocorrida na última sexta-feira (6), com o desabamento do trecho da Estrada São João Marcos (RJ- 149) na Serra do Piloto em Mangaratiba, foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros no final desta manhã de terça – feira.

Flávia e seu namorado haviam sido tragados pela cratera na hora do desabamento, mas apenas seu namorado conseguiu sair.

 

O prefeito da cidade Aarão de Moura Brito Neto, prestou suas condolências e disponibilizou junto a Secretaria de Saúde uma equipe de psicólogos para dar todo suporte à família da vítima.

 


Ações

Mais cedo, o prefeito e seus secretários de diversas pastas da cidade subiram a Serra do Piloto e reuniram-se em audiência pública com cerca de 100 representantes da comunidade local para definir as próximas ações relativas ao deslizamento. Os estragos foram causados pelas fortes chuvas que atingiram o município na madrugada da última sexta-feira (6). O deputado federal Julio Lopes e José Essiomar Gomes, Superintendente Federal de Agricultura, Pesca e Abastecimento do Estado do Rio de Janeiro também estiveram presentes.

Para o Prefeito esse é um momento de união para solucionar os transtornos. “Estamos aqui, tristes pelo que aconteceu e eu precisava estar perto das pessoas neste momento, para dar meu apoio incondicional e prestar contas de tudo o que estamos fazendo, ouvi-las e dar respostas”, disse.

 

O chefe do poder executivo, esclareceu que por ser uma rodovia de responsabilidade do governo estadual, através do DER, além de ser patrimônio histórico (fiscalizada pelo Iphan), a Prefeitura fica impedida de realizar qualquer obra. “Vamos em caráter de urgência levar os anseios e necessidades da comunidade para os órgãos competentes e o governador. Temos que dar uma resposta rápida, pois as pessoas não podem ficar sem seu direito de ir e vir. Vamos a todos os órgãos com uma comitiva de moradores para que o caso seja solucionado o mais breve possível”, frisou o prefeito.

 

O deputado federal Julio Lopes  sensibilizou-se com o ocorrido e colocou-se à disposição da cidade para ajudar no que for preciso. “Conversei com o prefeito e vamos hoje mesmo solicitar junto ao Exército Brasileiro que seja colocada uma ponte provisória em caráter de urgência, até que a obra principal seja concluída”, destacou o deputado.

 

LOGÍSTICA DE ACESSO

Os ônibus que circulam  no distrito estão impossibilitados de atender os moradores. Os secretários municipais aproveitaram a ocasião para conversar sobre a logística de acesso, tanto para quem vai para a Serra do Piloto, quanto para quem desce para outros bairros. A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos colocou uma Kombi a disposição dos moradores da localidade para fazer o trajeto até o ponto bloqueado, para que eles possam atravessar e pegar o ônibus do outro lado. A Prefeitura está tentando disponibilizar um micro-ônibus para poder atender a um número maior de pessoas.

O prefeito  já antecipou que fará outra reunião na comunidade no início de maio, e que pretende levar esse tipo de audiência para os outros distritos. “Estamos com muitas dificuldades e a minha presença é fundamental na Prefeitura, mas não abro mão desse contato com o morador. Saber das necessidades e anseios do maior interessado não tem preço”, concluiu o prefeito.

 

MORADORES FALAM

Os moradores ouviram atentamente o prefeito e os representantes do poder público. Para Antônia Vidal Loyola é preciso que todos deixem as diferenças de lado e que se unam para superar o desastre. “Gostamos muito de ver o prefeito aqui. Pudemos falar olho no olho e ver que ele está empenhado em resolver o problema. Não queríamos que isso tivesse acontecido, mas agora temos que arregaçar as mangas e trabalhar junto com as autoridades”.

Silvângelo Mendes agradeceu o comprometimento do prefeito  e autoridades, que deram uma resposta rápida depois do acontecido. “Eles estão empenhados em nos ajudar e isso é muito bom. Pela iniciativa que o prefeito está tendo, tenho certeza de que teremos respostas rápidas para todo esse transtorno que estamos passando”, destacou o morador.

 

Com Prefeitura de Mangaratiba

Continuam as buscas por desaparecida após tragédia em Mangaratiba

Família busca apoio e autoridades seguem a procura da moça

O corpo de bombeiros e a defesa civil de Mangaratiba continuam as buscas para tentar encontrar Flávia Lima de 27 anos, que desapareceu após a tragédia ocorrida na última sexta-feira (6), com o desabamento do trecho da Estrada São João Marcos (RJ- 149) na Serra do Piloto.

Segundo o relato do namorado, eles haviam sido tragados pela cratera na hora do desabamento e que somente ele havia conseguido sair. As buscas estão sendo realizadas desde então na cachoeira dos escravos, que encontra-se com alto volume de água – devido as chuvas, dificultando o trabalho dos agentes. Também foram realizadas buscas na mata e no mar, na saída da boca da barra. A procura tem sido feita com a ajuda de cães e drones. O Grupamento de Busca e Salvamento do Corpo de Bombeiros da Barra também está colaborando. 

Nas redes sociais, a comoção e o apoio aos familiares é imensa na luta para encontrar Flávia.

Com site da prefeitura de Mangaratiba

Leia mais:

Fortes chuvas causam deslizamento de terra e interdição de estrada que dá acesso a Serra do Piloto em Mangaratiba

Após chuva estrada cede 10 metros em Mangaratiba

 

 

Após chuva estrada cede 10 metros em Mangaratiba

Serra do piloto foi atingida pela forte chuva desta sexta à noite

 

As fortes chuvas que atingiram a Serra do Piloto no município de Mangaratiba, nesta última noite ocasionou o desabamento de um trecho da estrada São João Marcos que dá acesso a área. O rompimento criou uma cratera de quase 10 metros de profundidade. O corpo de bombeiros teve dificuldade para cortas árvores que caíram pelo caminho para ter acesso a uma ponte que também cedeu no local. A Prefeitura de Mangaratiba informou através de seu site que todas as medidas estão sendo realizadas para sanar os problemas. O prefeito do Município, Aarão de Moura Brito Neto, entrou em contato com o governador do Estado, Luiz Fernando Pezão, que prometeu tomar as medidas cabíveis o quanto antes.

O superintendente do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) da região metropolitana, Aécio da Rocha, esclareceu que a empresa que realizou a obra em 2014 na estrada vai realizar uma nova drenagem no local. Logo no primeiro momento equipes da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros estiveram no local. A Secretaria de Obras também foi acionada para dar o suporte necessário.

Ainda não foi informado se há vítimas.

ENTENDA A SITUAÇÃO

Em 2014 a Estrada São João Marcos (Estrada Imperial) passou por uma obra de restauração executada pelo Departamento de Estradas e Rodagens (DER). O mesmo trecho que cedeu nesta sexta-feira já havia desabado anteriormente. A obra foi acompanhada de perto pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

A  Estrada Imperial é a primeira estrada de rodagem do país, tendo sido criada para ligar o município de São João Marcos (o mais rico do país entre o final do século XVIII e meados do século XIX) ao mar e facilitar o escoamento da produção cafeeira do Vale do Paraíba Fluminense, e a entrada de mão-de-obra escrava para a lavoura.

Leia mais:

Fortes chuvas causam deslizamento de terra e interdição de estrada que dá acesso a Serra do Piloto em Mangaratiba

Fortes chuvas causam deslizamento de terra e interdição de estrada que dá acesso a Serra do Piloto em Mangaratiba

Uma mulher está desaparecida

Em 06/04/2018 às 23:30 e atualizado às 23:55.

ACESSE NOSSO GRUPO: https://www.facebook.com/groups/405243682879920/

Fortes chuvas estão atingindo a Serra do Piloto no município de Mangaratiba neste instante. Houve queda de barreira com deslocamento de ponte na estrada São João Marcos após a cachoeira dos “Escravos” que dá acesso a serra. Bombeiros já se encontram no local e estão a procura de uma mulher que foi levada pelas fortes chuvas. Ela estava com seu esposo em uma moto atravessando a ponte no momento que a mesma dasabou. A secretaria de ordem pública do município e a defesa civil já estão atuando com viaturas de emergência para socorrer as possíveis vitimas, já que há relatos de pessoas que estão dentro de veículos aguardando o resgate.

 

O secretário de Segurança, Trânsito e Ordem Pública de Mangaratiba Vitor de Carvalho Santos, confirmou o possível desaparecimento de uma criança e todo o auxílio que a prefeitura de Mangaratiba está dando para as vitimas.

 

Bombeiros cortam galhos de árvores que cairam sobre a pista.