Arquivo da categoria: Festa Popular

Expo Seropédica 2018 já tem programação divulgada

Evento começa na próxima quarta-feira (10) e vai até domingo (14)

A Expo 2018 da cidade de Seropédica começa já na próxima semana. O evento que comemora os 23 anos da cidade, que foi emancipada do município de Itaguaí em 1995, contará com shows de Bruna Carla no dia 10/10 (quarta), Revelação e Naldo dia 11/10 (quinta), Belo dia 12/10 (sexta) Paralamas do Sucesso dia 13/10 (sábado) e Thaeme e Thiago dia 14/10(domingo). Além das atrações musicais, a Expo Seropédica terá Parque de diversões, praça de alimentação e Rodeio no Sábado entre outras atrações.

A entrada será 1kg de alimento não perecível exceto sal e açúcar. A abertura dos portões será às 12 horas em todos os dias de festa e a organização do evento está sendo feita pela prefeitura local.

Anúncios

Após decisão da justiça “Expo Itaguaí 2018” se torna inviável de ocorrer

Com a decisão e metade dos cachês dos artistas já pagos e sem garantias dos outros 50%, Anitta, Luan Santana e Cia ficam distantes da cidade. Quase um milhão jogado no ralo e prejuízos por contratação de outros serviços. Prefeito é visto supostamente no MP, em nota divulgada, a prefeitura disse que vai recorrer da decisão.

Matéria abaixo do Jornal Atual de Itaguaí

De acordo com a Justiça, prioridade do governo Charlinho, de optar por festa em tempo de crise, afronta o interesse público ao violar direitos dos cidadãos

IMPEDIMENTO Sempre aguardada com grande expectativa pela população da cidade e região, a Expo Itaguaí não terá uma edição esse ano, apesar de todos os preparativos anunciados pela Prefeitura de Itaguaí, incluindo o convite a artistas do primeiro time do show business nacional, num evento orçado em R$ 6.199.316,67. Acatando liminar objeto de ação civil pública movida pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, o juiz Richard Robert Fairclough, da Comarca de Itaguaí, decidiu suspender qualquer pagamento destinado ao evento, o que compromete a sua realização já nesta quarta-feira (4).

Na verdade, a decisão do juiz da Comarca de Itaguaí impede os pagamentos relacionados à realização da festa, o que, na prática, inviabiliza a sua realização. Em sua decisão o magistrado analisa que diante do sucateamento de setores sensíveis do município, há ilegalidade no pagamento antecipado de contratos. Além disso, o juiz sustenta que a realocação de despesas do evento para a conta da Secretaria Municipal de Eventos se deu em valor acima dos limites permitidos pela Lei Orçamentária Anual do município, contrariando, inclusive, um parecer do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, que recomendava o contingenciamento de despesas.

Em seu despacho, o juiz prossegue classificando como pública e notória a trágica situação financeira do município de Itaguaí, com reflexo direto no pagamento dos servidores, nas escolas, e principalmente na rede de saúde municipal. Para sustentar suas ponderações, ele acentua que tais denúncias foram evidenciadas amplamente pela mídia. Ele cita ainda a decretação do estado de calamidade financeira no município, o que por si só recomendaria maior critério nas despesas e a priorização de necessidades sociais essenciais.

O titular da Comarca de Itaguaí sugere a necessidade imperiosa de verificar a fundo a origem das receitas destinadas à festa, de modo a compatibilizá-las com os gastos dela decorrentes, incluindo aí se há legalidade na destinação dos royalties para despesas correntes. Mesmo assim, ele salienta que inicialmente não parece adequada a destinação da receita, tampouco a realocação de despesas da forma como foi realizada. O juiz assegura ainda que foge à regra a antecipação do pagamento realizado antes da liquidação, apesar de os contratados serem pessoas de boa fé.

Para juiz, administrador deve focar interesse público

Além dos aspectos técnicos, financeiros e orçamentários que a realização da Expo 2018 envolve, o magistrado alerta que é necessário verificar se a opção de despesas pelo governo Charlinho foi adequada com a finalidade pública. “A discricionariedade não é uma carta em branco nas mãos do administrador. Toda atuação pública deve ter por norte o interesse público, mormente os direitos individuais e sociais básicos, dentre os quais destacamos a salário (alimentação e dignidade), educação e saúde, sob pena de sairmos do campo da discricionariedade, necessária e licita, e passarmos para a arbitrariedade, obscura e ilegal”, sentenciou ele no despacho.

Desobediência pode gerar multa

Considerando que há razões suficientes para acolher o pedido liminar, o juiz conclui a decisão acrescentando que na preservação do que é público, impõe-se cautela e seriedade, determinando que a Prefeitura de Itaguaí se abstenha de realizar qualquer pagamentos decorrente de despesas relacionadas a Expo Itaguaí 2018 , sob pena de multa no valor de 30% do valor pago, recaindo sobre a autoridade administrativa que autorizar/determinar o pagamento. Essa decisão, segundo o juiz, leva em conta o fato de que se deve preservar a destinação correta das receitas municipais, evitando que ela seja prejudicada caso, no futuro, seja constatada alguma irregularidade. Esse futuro tem um novo capítulo no dia 31 de julho de 2018, quando designou audiência para tratar do assunto.

Condenação ainda não cumprida

O atropelo que Charlinho enfrenta agora com a decisão do Ministério Público de impedir gastos com a Expo 2018 é mais um capítulo de uma história marcada por trombadas com os preceitos legais. Um dos episódios mais marcantes de seu currículo nada abonador é a condenação a 14 anos de prisão, em decisão de 2016 do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, pelos crimes de fraude em licitação, corrupção passiva e associação criminosa.

Na ocasião, os desembargadores acataram denúncia do Ministério Público Federal de que Charlinho favoreceu empresas e aceitou propina para aquisição de ambulâncias em Itaguaí e Mangaratiba. Ainda de acordo com o MPF, entre os anos de 2000 e 2006, Charlinho fraudou licitações, superfaturou preços, além de omitir publicações na imprensa oficial e exigir marcas específicas de veículos.

Fonte Jornal Atual

Charlinho no MP

Uma foto enviada ao nosso blog via Whatsapp, mostra o prefeito aparentemente no saguão da sede do Ministério Público. Em nota agora por volta das nove da noite, a prefeitura alegou que vai requerer ao Judiciário reconsideração para que a administração do município possa realizar pagamentos decorrentes de despesas relacionadas à Expo Itaguaí 2018.

A Prefeitura ainda alegou que o valor previsto de gastos com a Expo Itaguaí 2018 será de R$ 1.890.000,00 e finalizou dizendo que todas as informações sobre a realização da Expo Itaguaí 2018 serão fornecidas através do site e das redes sociais da Prefeitura.

Expo Itaguaí 2018 terá Anitta, Luan Santana, Marcos e Belutti entre outros

Jornal Oficial de Itaguaí divulgou valores e gastos chega a quase R$1 milhão. Programação completa ainda não foi divulgada

A publicação de número 642 do Jornal Oficial da Prefeitura de Itaguaí, ratificou os valores dos cachês dos cantores que irão se apresentar na “Expo Itaguaí 2018”. A edição datada de 06 de junho confirma os valores de cada cantor.

Gabriela Rocha show gospel de 04 de julho o valor foi de R$ 70 mil reais, Anitta que se apresentará dia 05 de julho, feriado, o valor é de R$ 210 mil reais, já Alexandre Pires que será dia 06 de julho, o valor é de R$ 130 mil, Luan Santana dia 07 de julho o gasto apenas com o show é de R$ 250 mil e Marcos e Belutti dia 08 de julho será R$ 160 mil.

O gasto total apenas em shows, será de R$ 820 mil reais.

Shows

04 de julho ( quarta – feira) – Gabriela Rocha show gospel

05 de julho ( quinta – feira – feriado) Anitta

06 de julho ( sexta – feira) – Alexandre Pires

07 de julho (sábado) – Luan Santana

08 de julho (domingo) – Marcos e Belutti

A publicação é oficial, mas ainda não foi divulgada toda a programação do evento.

Falta de organização e segurança contrastam com bons shows na Expo de Itaguaí

Cantores foram a parte positiva  do evento marcado pela falta de organização e desrespeito com os frequentadores

 

Principio de incêndio em um dos telões do palco, relatos de assaltos dentro do evento e muita confusão na entrada principalmente no sábado e no domingo, acabaram ofuscando o entusiasmo dos cantores que se apresentaram na Expo Itaguaí 2017.

A maior festa da cidade de Itaguaí e que comemora anualmente o aniversário da cidade, pelo visto foi uma responsabilidade acima da capacidade da empresa responsável pela organização do evento. A prefeitura de Itaguaí, tradicional organizadora da festa, concedeu a uma empresa privada a condução do evento. Do primeiro ao último dia, dezenas de relatos deram conta de problemas dentro e na entrada da mais badalada festa da região.

No primeiro dia, uma frequentadora testemunhou que 20 pessoas foram assaltadas, sendo 3 seus amigos e a segurança do evento responsabilizava a polícia militar que por sua vez fazia o mesmo com a segurança do evento segundo ela.

https://m.facebook.com/expoitaguai2017/posts/1476048162456827?pnref=story

Ainda no primeiro dia, a justiça havia proibido a entrada de menores de 18 anos. Para se chegar ao veredito, a juíza Bianca Paes Noto do cartório da Vara de Família, infância e juventude e do idoso da Comarca de Itaguaí, levou em consideração a precariedade da saúde pública do município, em especial do hospital municipal São Francisco Xavier. Segundo a juíza, no pedido de alvará de autorização para entrada e permanência de crianças e adolescentes durante o evento, a empresa MRC ENTRETENIMENTO E EVENTOS LTDA, de nome fantasia VIVERE, responsável pela organização da festa, não ofereceu no requerimento onde pedia essa autorização, as condições mínimas sobre as medidas que seriam adotadas para manter a integridade física dos participantes. A justiça, mencionou que tal evento realizado anualmente e divulgado amplamente nas mídias, requer um forte aparato de segurança e a manifestação dos órgãos de segurança são imprescindíveis para analise e o deferimento deste alvará. Algo não apresentado de forma consistente pela organizadora do evento.

Contudo, os organizadores conseguiram tal autorização no dia seguinte e os menores puderem entrar. Com o acesso garantido, se viu muitos adolescentes com bebidas alcoólicas e a falta de uma fiscalização sobre isso e demais assuntos pertinentes aos menores foi evidenciada.

Os dias que se sucederem não foram muito diferente. Muitos frequentadores relataram nas redes sociais que foram assaltados dentro do parque de eventos e nas imediações da festa. No sábado, uma fila gigantesca na entrada fez com que muitas pessoas desistissem de entrar. Faltando ainda duas horas para o horário marcado limite para a entrada gratuita, grades foram postas para dificultar o acesso. O mesmo ocorreu no domingo e de forma ainda mais desrespeitosa. A entrada para a área que levava ao acesso ao portão principal, media menos de 2 metros de largura para um contingente de  quase mil pessoas a cada meia hora que se aglomeravam e se espremiam sem ter como voltar caso quisessem e há relatos de alguns pisoteamentos. Também no domingo sem maiores explicações, a organizadora do evento resolveu antecipar em uma hora o horário limite para a entrada  gratuita pegando todos de surpresa. Aliás, os valores dos ingressos subiram de forma espantosa.

Aglomeração ocasionou empurrões e temor logo na entrada

Entrada à direita da foto, era um funil de menos de 2 metros. Frequentadores levaram em média 40 minutos para entrar, após sofrerem com empurrões e tumulto

Muitos frequentadores reclamaram nas redes sociais

“Absurdo!!!
Entrada para “expo” era gratuita até às 18:00. Antes das 17:00 ninguém entrava sem ingresso, e isso é valor de ingresso ?
E os pais que querem levar as crianças no parque e não querem ver o show?” Um comentário referente a antecipação do horário limite de entrada gratuita.

Foi possível notar claramente, a falta de um contingente maior de funcionários para organizarem todo o processo de entrada no Parque, em especial antes do portão principal. Os poucos que ali estavam, mostraram muita educação e profissionalismo. No entanto, a demanda carecia de um grupo bem maior.

Mas, o que entristeceu muitos frequentadores, foi a festa de exposição não ter exposição.  A festa tem a tradição de exposição de animais e de várias obras artesanais, além claro do rodeio entre outros, algo inexistente este ano.

 

Os shows

Os cantores foram a parte positiva da Expo Itaguaí. Todos eles se esforçaram e com entusiasmo conquistaram o público. Contudo, o show mais esperado, o das cantoras sertanejas  Maiara e Maraisa realizado no domingo, foi alvo de um incidente. Um princípio de incêndio atingiu uma parte da estrutura do palco na parte superior de um dos telões. O show, usa muitos efeitos pirotécnicos e as chamas começaram justamente no local onde saíram alguns pequenos artefatos. Os seguranças das cantoras apagaram o princípio de incêndio.

Cantora pede calma ao público para que o incidente seja resolvido

Vídeo mostra cantora pedindo ajuda aos Bombeiros e ao publico presente para que se afastasse do local

Falando em telões, foi no mínimo frustrante a falta de bom senso dos organizadores de ao invés de exibirem os shows nos telões, afinal, são milhares de pessoas e a visão para o palco não contempla à todos, ter usado o espaço apenas para propagandas incessantes de seus patrocinadores. Foi sem dúvidas a pior exibição de shows da história.

A falta de segurança no município é algo cada vez mais grave e a Expo 2017 foi apenas mais uma forma de delitos para ações de bandidos que tomam conta de toda a cidade. No sábado, dois policiais ficaram desaparecidos em uma favela da cidade após trocarem tiros com bandidos. Após centenas de policiais serem mobilizados, os dois foram resgatados com vida.

 

Veja mais:

https://bocanotromboneitaguai.com/2017/07/05/expo-de-itaguai-proibida-para-menores-de-18-anos/

https://bocanotromboneitaguai.com/2017/07/09/apos-sumico-policiais-sao-resgatados-em-favela-de-itaguai/

 

Bruna Karla, Arlindo Cruz e Falamansa são as atrações de Itaguaí

Shows a custo zero para a Prefeitura marcam os 198 anos da cidade

 

Três grandes shows vão marcar os 198 anos de aniversário de Itaguaí, que será comemorado oficialmente no dia 5 de julho, no Parque Municipal de Eventos. Uma parceria privada permitiu à Prefeitura a realização dos festejos a custo zero para o poder público. A cantora Bruna Karla abre a sequência na sexta-feira (1/7), no segundo dia acontecerá a apresentação de Arlindo Cruz, que tocará no sábado (2/7) junto com seu filho Arlindinho. No domingo (3/7), será a vez do grupo Falamansa. A expectativa é que 5 mil pessoas possam comparecer por dia aos shows.

A programação de aniversário da cidade também contará com o projeto “Prata da Casa”, em que artistas locais poderão mostrar seu valor. Vão se apresentar a banda Eterna Salvação, Grupo Brasileirinho, Só Primos, Romão Safadão e Clayton Macklin, a festa também será animada por DJs. Outra novidade é que a feira livre vai funcionar normalmente e haverá estacionamento gratuito para o público que for prestigiar os festejos de aniversário da cidade.

– Os 198 anos de Itaguaí vão ser comemorados, sim. Em virtude do cenário econômico não foi possível promover a Expo, contudo conseguimos por meio de parceria realizar uma festa a altura da cidade e oferecer aos moradores  grandes atrações a custo zero – destaca o prefeito Weslei Pereira.

Com sete CDs em seu currículo, a cantora gospel Bruna Karla é a primeira atração de aniversário de Itaguaí. A previsão é que ela entre no palco às 20h de sexta. Bruna começou a cantar aos cinco anos de idade e lançou o seu primeiro trabalho em 2001, com o CD “Alegria Real”. Ela alcançou o sucesso com os álbuns “Com os olhos da fé” e “Advogado Fiel”. Em 2012, a artista lançou o CD “Aceito o seu chamado” e dois anos depois Bruna vendeu 200 mil cópias com o trabalho “Como água”. Antes de sua apresentação a banda Eterna Salvação cantará para o publico.

Com 550 músicas gravadas por vários intérpretes, Arlindo Cruz é um dos principais artistas do país. De linhagem oriunda do samba, Arlindo Cruz bebeu da fonte de nomes consagrados como Tia Ciata, Donga e Pixinginha. Ilustrou rodas de samba, passando pelo pagode do Cacique de Ramos e pelo grupo Fundo de Quintal. Alindo Cruz produziu sucessos que ficaram eternos, como “Meu Lugar”,  “O show tem que continuar” e  “O que é o amor”. Arlindo tocará junto com seu filho, em sábado de dois Arlindos para Itaguaí. O Grupo Brasileirinho, Só Primos e Djs também abrilhantarão a festa, com previsão de início para as 21h30.

O forró será o som oficial da programação de domingo em comemoração aos 198 anos de Itaguaí e para fazer o público dançar muito e se acabar de rir, o Falamansa vai comandar a festa, a partir da 17h. O quarteto formado por Tato, Dezinho, Valdir e Alemão, que possuem dez álbuns lançados desde 2000, promete não deixar ninguém parado. O grupo interpretará os sucessos “Amigo Velho”, “Colo de Menina”, “Xote da Alegria”, entre outros. Romão Safadão e Clayton  Macklin farão a abertura.

 A feira livre funcionará normalmente, com o tradicional pastel e caldo de cana, a praça de alimentação, os brinquedos para as crianças, além da comercialização de verduras, legumes, frutas e temperos.

O evento mobilizará as Secretarias de Transportes, Trânsito e Defesa Civil, Ordem Pública, Saúde, Eventos, Cultura, Diretoria de Comunicação, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, etc.

 
Fonte: Prefeitura de Itaguaí

Trânsito intenso, tumulto, insegurança e medo marcam o penúltimo dia da Expo Itaguaí 2015

O penúltimo dia da maior festa Country do Rio de Janeiro, também foi um dos piores momentos para muitos frequentadores do evento. Os organizadores parecem não ter imaginado a quantidade de pessoas que poderiam comparecer a festa e não estavam nitidamente preparados para a superlotação que ocorrera.

Todos os anos, a Expo Itaguaí, tem seu maior público notadamente aos sábados. Já presenciamos em alguns anos uma lotação ao evento nesses dias. Mas na noite de sábado para domingo deste ano foi uma das maiores da história. Pessoas passando mal, roubos de celulares e carteiras,  pessoas perdidas foi o que mais se viu nessa noite. O tumulto se intensificou entre meia noite e uma e meia da manhã. Para piorar, a segurança e revista feita na entrada do evento e o controle da entrada de menores como de praxe, não estava sendo feito nesse horário como nos dias anteriores.  Qualquer um poderia entrar armado que ninguém revistaria. Possivelmente foi isso que ocorreu, pois muitas pessoas reclamaram nas redes sociais que foram assaltadas tendo seus pertences levados. Pudemos presenciar pessoas passando mal por conta da superlotação, brigas e um principio de  incêndio em um problema elétrico em uma das barracas.  Vimos também muitos pais irresponsáveis entrando com crianças menores, algumas delas em carrinhos de bebê. Já outros, tentavam sair e não conseguiam, muitos com crianças, pois foram mais cedo já imaginando a lotação. As pessoas não conseguiam sequer usar seus aparelhos de celular, pois nenhuma das operadoras estava funcionando adequadamente, tornando ainda mais difícil achar alguém perdido na festa.

O que mais nos preocupa, além da suspensão da segurança na entrada do evento, foi a falta de policiamento nesse local, onde há o afunilamento de pessoas. A sensação era de que a qualquer momento algo muito grave iria ocorrer. O pânico tomou conta de muita gente, que quando viu o tamanho do problema, deu meia volta e retornou para casa. Já para outros que não tiveram escolha, ficaram espremidos e levaram mais de 2 horas para sair do local.

Mais cedo, presenciamos o congestionamento da Rio – Santos e em outras vias que dão acesso a cidade, pois muitas pessoas se deslocavam para a festa.

As perguntas que ficam no ar são… A segurança que estava ocorrendo nos outros dias na entrada do evento, foi retirada no pior dia e horário de movimentação de pessoas por qual motivo? E, se a segurança foi retirada, porque não havia nenhuma viatura policial na entrada da festa?

Aguardamos respostas dos órgãos competentes…

Foto de capa extraída das redes sociais.

Paula Fernandes animou o segundo dia da Expo Itaguaí

A cantora sertaneja pisou no palco um pouco além da meia noite e em duas horas de show animou a plateia com seu rico repertório.

Slide3

A artista ainda chamou fãs ao palco e o show ficou ainda melhor.

 

Slide5

Com sucessos como Pássaro de fogo, Um ser amor, entre outras músicas conhecidas, a mineira contagiou público e imprensa contribuindo com seu brilho para mais um dia da Expo Itaguaí 2015.

Hoje quem pisa no palco principal é o ex Titãs Nando Reis. O cantor e compositor de talento ímpar, promete levar o público a um túnel do tempo com seu repertório. Além das músicas mais antigas, o roqueiro trará novos sucessos.

A prefeitura de Itaguaí solicita ao público que compareçam com um quilo de alimento não perecível. No entanto, esse item não é obrigatório para a entrada no evento.