Arquivo da categoria: Cultura

Itaguaí receberá verbas da Lei Aldir Blanc já no começo de outubro

Verbas devem ser destinadas aos profissionais, espaços, grupos e coletivos que atuam na cultura em Itaguaí. Quem perdeu o prazo para o cadastramento municipal pode ainda se inscrever para o auxílio emergencial do Estado. Prazo é até 19 de outubro.

Em 23 de setembro de 2020

Itaguaí – O município de Itaguaí teve aprovado recentemente o plano de ação para poder receber a verba da Lei Aldir Blanc. Agora, a subsecretaria de cultura, só está no aguardo do recebimento da verba que será um total de R$ 889.265,70.

Há a possibilidade de recebimento dessa verba já no final de setembro ou começo de outubro. O prazo para quem se inscrever no cadastro do Sistema Municipal de Informação e Indicadores Culturais (SMIIC), terminou no último dia 4. O Comitê Gestor e Conselho Municipal de Política Cultural homologou as inscrições e os agentes, espaços e eventos culturais aprovados, poderão se inscrever nos editais, prêmios e também nos subsídios. A edição do Jornal Oficial do Município 860 traz a lista dos aprovados no sistema municipal. Mas, aqueles que ainda não se inscreveram terão mais uma oportunidade. A Casa de Cultura de Itaguaí divulgou que os artistas que perderam o prazo municipal podem ser inscrever para tentar obter o auxílio emergencial pelo Estado. Inclusive, a Casa de Cultura disponibiliza a internet do espaço para quem tiver dificuldades para realizar a inscrição, bem como para tirar dúvidas a respeito.

Na última segunda-feira (21), o governo do Estado abriu essas inscrições para o cadastramento dos profissionais da cultura que poderão receber o auxílio emergencial. Esse cadastro será feito exclusivamente pela internet, na página oficial da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, link: http://cultura.rj.gov.br/. As inscrições estaduais vão até o dia 19 de outubro.

Vale destacar que o artista receberá os valores sob responsabilidade do governo do Estado. Para isso ele precisa estar inscrito em algum cadastro, a nível federal, estadual ou municipal.

O município tem a responsabilidade sobre os subsídios mensais para a manutenção de espaços artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas, cooperativas, instituições e organizações culturais comunitárias que tiveram as suas atividades interrompidas por conta da pandemia de Covid-19.

A Lei Aldir Blanc foi criada com o intuito de promover ações para garantir uma renda emergencial para trabalhadores da Cultura e manutenção dos espaços culturais brasileiros durante o período de pandemia do Covid‐19. Os espaços artísticos vão receber subsídios mensais que variam de R$ 3 mil a R$ 10 mil, já os trabalhadores terão direito a três parcelas de R$ 600.

QUEM TEM DIREITO PRECISAM TER:

*Ter mais de 18 anos;
*Ter atuação social ou profissional nas áreas artística e cultural nos últimos dois anos;
*Ter renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135), o que for maior;
*O trabalhador não poderá ter emprego formal ativo, ser titular de benefício previdenciário ou assistencial ou beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o Bolsa Família. Também não poderá receber a ajuda se tiver recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018;
*Poderão receber os R$ 600 até duas pessoas de uma mesma família. Mãe solteira receberá o dobro do benefício (R$ 1.200).
*Ser agente cultural há dois anos. Autodeclaração da atuação no setor cultural (das áreas de música, teatro, dança, circo, artesanato, arte visual, audiovisual, cultura popular, literatura, formação); técnico (luz, som, estrutura); gestor ou produtor cultural.

Jornal Oficial de Itaguaí edição 860

Caderno 1

Caderno 2

Evento de dança “Favelação” vai agitar o CSU em Itaguaí neste domingo

Workshop terá várias atrações entre elas aulas de passinho, hip hop e danças urbanas. A entrada é gratuita

Em 19 de setembro de 2020

Itaguaí – Neste domingo dia 20 a partir das 10 da manhã, acontecerá no Centro Social Urbano de Itaguaí (CSU), o Workshop “Favelação”. O evento comandado pela companhia de dança United By Dance Company (UBD), terá apresentações de passinhos, danças urbanas, hip hop swag, dance hall new school entre outras. O evento contará com a participação dos artistas Flávio Soul, Alvin Squirrel, Juan Miranda e a companhia de Dança United By Dance (UBD). Além disso, aulas de dança dessas modalidades também serão ministradas durante o evento.

O intuito do Workshop Favelação é promover as danças urbanas na cidade e dar visibilidade aos artistas locais. A integração dos jovens artistas de Itaguaí e de outras cidades é uma das marcas destes eventos comandados pelos integrantes da UBD.

Nós começamos com a ideia de fazer workshops ano passado, fizemos o primeiro que foi um sucesso e retornamos com esse”, diz Edinho Brezzy professor da United By Dance.

O Workshop propiciará três aulas que são:

Passinho – Professor Juan Miranda ( Companhia United By Dance)

New School – Professor Alvin Squirrel ( Companhia United By Dance )

Hip hop Swag e Dance Hall – Flávio Soul ( Xstyle Caxias )

O evento é totalmente gratuito. É obrigatório o uso de máscara, um documento com foto e álcool gel. Devido a pandemia de Covid-19 a quantidade de expectadores será limitada.

O endereço do Centro Social Urbano de Itaguaí é na rua Prefeito José Maria de Britto, 201 Monte Serrat.

#culturaemitaguai

#ubditaguai

Repasses da Lei Aldir Blanc começam no próximo dia 10, afirma secretário

Lei destina R$ 3 bilhões para o setor cultural, um dos principais afetados pela pandemia do coronavírus. Lei aguarda regulamentação para que espaços e artistas já possam ser beneficiados

Em 07 de agosto de 2020

Brasília – Os repasses previstos pela Lei Aldir Blanc começam até o próximo dia 10, afirmou o secretário da Economia Criativa, Aldo Valentim, em reunião online com a Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (6).

A lei, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro, destina R$ 3 bilhões para o setor cultural, um dos principais afetados pela pandemia do coronavírus.

Ela determina o repasse do montante a estados e municípios e é destinada a pequenas e microempresas, trabalhadores informais e organizações culturais.

Pela medida, os trabalhadores informais, espaços artísticos e cooperativas culturais receberão uma renda emergencial de R$ 600, paga em três parcelas mensais. Cabe ressaltar que o artista não pode estar inserido em nenhum projeto social como Bolsa Família ou estar recebendo o auxílio emergencial destinado a pessoas de baixa renda afetada pelo pandemia de Coronavírus.

A lei sancionada prevê ainda que os espaços culturais terão de organizar atividades gratuitas para compensar os recursos recebidos.

Eles terão de atender aos alunos de escolas públicas ou realizar atividades culturais abertas ao público em geral.

Itaguaí

Em Itaguaí, repasses devem ser de quase R$ 900 mil reais. Nosso blog através de seu criador, Júlio Andrade, foi a última reunião do Conselho Municipal de Cultura e lá foi informado que assim como em outras cidades e estados da federação, o município está iniciando a inserção de dados na plataforma Mais Brasil, plataforma que será utilizada para transferir os recursos da Lei Aldir Blanc (Lei n° 14.017/2020) para estados, municípios e Distrito Federal.

Todas as informações serão divulgadas no site da prefeitura de Itaguaí e nas páginas da Subsecretaria de Cultura e da Secretária Municipal de Educação e Cultura do Município.

Thelma é campeã de um BBB histórico

Thelma vence reality mais assistido da história

A médica Thelma Assis, 35, é a mais nova campeã do Big Brother Brasil. Um Big Brother que virou na final um Big Sister Brasil. Entre os 10 primeiros apenas Babu era do sexo masculino. Isso claro, até surgir “Bubu” quando Babu foi caracterizado de mulher pelas meninas e deu um show com direito a desfile e tudo.

Mas o palco e o pódio de primeiro lugar é todo dela. A única finalista negra na final feminina do BBB20. Também é a única do trio que se inscreveu para concorrer ao prêmio de R$ 1,5 milhão, e não foi convidada pela produção. Ou seja, é a única “anônima”, embora essa condição não vá se manter a partir de amanhã, quando ela entrar para o rol dos ex-BBBs. Thelma marcou o programa ao gerar debates sobre racismo, além de mostrar aos telespectadores como a sororidade funciona na prática e venceu com 44,10% dos votos. Em segundo Rafaella Kaliman com 34% dos votos e Manu em terceiro com 21,9%.

Thelma, a Thelminha faturou o grande prêmio de R$ 1,5 milhão do reality mais assistido da história.

Thelma representa a mulher guerreira e que não desiste de seus sonhos. Representa a negritude num País ainda muito preconceituoso. Thelma nos mostra que para ser vencedor é necessário jogar o jogo da vida com a alma de uma criança experiente, nessa linda mistura de sapiência e inocência digna dos vencedores.

Mas quem é essa mulher, que foi líder duas vezes e enfrentou quatro vezes o paredão?

Médica, casada e lutadora

Thelma é médica anestesiologista de São Paulo. Foi preciso três anos de estudos, investimentos e dedicação em cursos pré-vestibulares para conseguir uma vaga em medicina. Isso só aconteceu, conta ela, porque conseguiu uma bolsa de 50% na mensalidade do cursinho. Deu certo. Já na faculdade, Thelma conseguiu bolsa integral para estudar em um dos cursos mais disputados do país na Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP), onde se formou em 2011.

Thelma também é bailarina e passista da escola de samba Mocidade Alegre, em São Paulo. Foi com aulas de balé que a sister conseguiu financiar os estudos antes da faculdade. Durante o curso, também conseguiu um auxílio do governo de R$ 300 para comprar os livros da faculdade.

Filha de uma funcionária pública aposentada e um trabalhador do setor gráfico, aos 7 anos soube que era adotada. Descobriu depois de procurar e não encontrar a imagem da mãe grávida em fotos — hoje a matriarca tem 70 anos. Desde a infância, dizia para os pais que seria médica e os levaria para a Europa. Em agosto, o pai dela morreu em decorrência de um câncer.

Antes do programa, chefiava um curso de residência médica no Hospital das Clínicas, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. É casada com o fotógrafo Denis Cord e mora com ele na zona norte de São Paulo.

Lives imperdíveis para conferir nesta semana; veja calendário

Luan Santana, Ivete Sangalo, Sorriso Maroto, Jorge Aragão, Simone e Simaria, Zélia Duncan, Marcos e Belutti, Matheus e Cauan, Paula Fernandes, Melim, Mumuzinho e muitos outros.

Em meio a uma infinidade de apresentações ao vivo durante a quarentena, apontamos aquelas que você não pode perder entre 24 e 30 de abril. Veja quantas opções

Por Felipe Branco Cruz revista Veja

Já virou hábito nesta quarentena causada pelo novo coronavírus assistir aos shows ao vivo de seus artistas favoritos pela internet. Se no começo não havia muitas opções de distração em casa, agora existem tantas que fica difícil escolher qual delas vale a pena conferir.

A seguir, apontamos sete lives imperdíveis que vão acontecer entre os dias 24 e 30 de abril – e o calendário completo da semana.

Sexta-feira, 24/4

Paulo Miklos
Horário: 19h
Local: youtube.com/sescsp

Com todas as suas unidades fechadas, o SescSP está promovendo uma agenda de lives com diversos artistas para fugir da profusão de lives sertanejas. Um dos ícones do rock brasileiro, o ex-Titãs Paulo Miklos, que lançou recentemente o single Estou Pronto, é um deles. O artista é a atração desta sexta-feira, em um show que deverá ter uma hora de duração.

Sábado, 25/4

Kōkua Festival
Horário: 19h
Local: http://www.twitch.tv/amazonmusic ou https://www.kokuafestival.com

Para entrar naquele ‘climinha’ gostoso de luau e praia, nada melhor do que Jack Johnson tocando seu violão diretamente do Havaí – em parceria virtual com os amigos Ben Harper, G. Love, Ziggy Marley, Lukas Nelson, Paula Fuga, Kawika Kahiapo, John Cruz, Anuhea e Ron Artis II. O show, que terá duas horas de duração, será transmitido em parceria com a Amazon Music. A transmissão também contará com algumas dicas de culinária havaiana, a cargo dos chefs Ed Kenney e Mark Noguchi.

View this post on Instagram

Join Jack and friends at @kokuafestival 2020 – Live From Home on Saturday, April 25th. This 2 hour special event hosted by @amazonmusic will feature live music performances from past @kokuafestival artists including @benharper, @phillyglove, @ziggymarley, @lukasnelsonofficial, @pfunklove, #kawikakahiapo, @johncruzmusic, @anuheajams, @ronartisii, and @thunderstormartis and home cooking lessons from some of Hawaiʻi’s top chefs @edstown, @musubman. A benefit for @kokuahawaiifoundation with a portion of donations directed to programs that promote food security and sustainable local food systems in Hawai‘i, including Aloha Harvest, the Full Calabash Fund, and the @chefhuihi #GiveandGoHI Community Meal Program. Tune in at 12pm HST/3pm PT/6pm ET on April 25th at www.twitch.tv/amazonmusic (link also in bio) or Jack Johnson’s Facebook to watch the show. For more information visit www.kokuafestival.com

A post shared by Jack Johnson (@jackjohnson) on

Sábado, 25/4

Ivete Sangalo
Horário: Por volta das 22h (após a novela Fina Estampa)
Local: Globoplay, Multishow e no canal oficial do YouTube da artista

Com a micareta proibida em tempos de coronavírus, Ivete Sangalo promete levar toda a sua alegria e axé para dentro da casa dos fãs. A artista é a primeira atração do festival Em Casa, criado pela Globo. A cantora baiana vai transmitir diretamente da Bahia e prometeu cantar todos os seus hits, além de mostrar a família, a casa e até ensinar algumas receitas de comida para os fãs.

Domingo, 26/04

Luan Santana
Horário: 18h
Local: YouTube oficial do artista

Batizada de História, a live de Luan Santana vai contar com um repertório repleto de grandes sucessos em um roteiro que prevê cerca de 60 canções. Zezé Di Camargo & Luciano deverão fazer uma participação especial na transmissão. A live também arrecadará dinheiro para instituições de caridade.

Segunda-feira, 27/4

Thiago Martins
Horário: 20h
Local: YouTube oficial do artista
O ator e cantor Thiago Martins fará uma live com muito samba e pagode em plena segunda-feira. Para agradar a todos os fãs, o artista pediu no Instagram que enviassem pedidos de música. Entre as mais requisitadas estão Anjo Sem Asa, Nossa História Fica Legal e A Gente Combina. Nada melhor do que isso para começar bem a semana.

View this post on Instagram

Bora fazer um som ? Quais músicas vcs querem ?

A post shared by Thiago Martins (@tgmartins) on

Quarta-feira, 29/4

Jorge Aragão
Horário: 20h
Local: YouTube oficial do artista

Um dos grandes nomes da música brasileira, Jorge Aragão mandou avisar que fará mais de duas horas de show. E se depender de sua animação, os fãs vão se sentir numa verdadeira roda de samba. No repertório não vão faltar clássicos como Papel de Pão, Do Fundo do Nosso Quintal, Identidade, Vou Festejar, Lucidez e Loucuras de uma Paixão.

Quinta-feira, 30/4

Matheus e Kauan
Horário: 21h
Local: YouTube oficial do artista

A dupla fará uma nova apresentação no YouTube enquanto não fica pronto o aplicativo próprio que Matheus está desenvolvendo para a exibição de shows sertanejos. No Instagram, eles pediram dicas aos fãs de música. Entre as mais lembradas estão Meu Oxigênio, Quarta Cadeira, Amor Sem Medida e Face a Face.

Outras lives da semana:

Sexta-feira, 24/4

Simone e Simaria
Horário: 21h
Local: YouTube
Paula Fernandes
Horário: 17h
Local: YouTube
Felipe Araújo
Horário: 22h30
Local: YouTube

Sábado – 25/4

João Bosco
Horário: 19h
Local: youtube.com/sescsp
Sorriso Maroto
Horário: 15h
Local: YouTube
Bell Marques
Horário: 17h
Local: YouTube
Melim
Horário: 19h
Local: YouTube
Gustavo Mioto
Horário: 20h
Local: YouTube

Domingo, 26/4

Zélia Duncan
Horário: 19h
Local: youtube.com/sescsp
Mumuzinho
Horário: 16h
Local: YouTube
Léo Chaves
Horário: 20h
Local: YouTube

Terça-feira, 28/4

Jeito Moleque
Horário: 20h
Local: YouTube

Quarta-feira, 29/4

Marcos e Belutti
Horário: 20h
Local: YouTube

Quinta-feira, 30/4

Banda Eva
Horário: 17h
Local: YouTube
Calcinha Preta
Horário: 20h
Local: YouTube

Confira os dias e horários das saídas dos blocos de Mangaratiba e Itaguaí

A folia está prestes a começar. Então não perca os dias e horários. Confira a lista oficial de blocos que vão sair em Mangaratiba no Carnaval 2020

ITACURUÇÁ
21/02: Mama na Teta
21/02: Baba na Gola
22/02: Me Agarra
23/02: Pinto no Lixo
24/02: Unidos do Axixá
Concentração: 17h na Orla de Axixá
(todos os dias)

IBICUÍ
22/02: Tamu Rico
Concentração: 12h no Quiosque do Mimica
23/02: Unidos de Ibicuí
Concentração: 17h no Pastelaço de Ibicuí
24/02: Dingolão do Cavaco
Concentração: 14h no Pastelaço de Ibicuí
25/02: Encontro dos Blocos
Concentração: 15h no Pastelaço de Ibicuí

MURIQUI
23/02: Unidos pelo Chifre
Concentração: 15h na Praça do Skate
24/02: Bloco das Piranhas
Concentração: 12h na Praça do Skate
24/02: Gatinhas Malvadas
Concentração: 17h na Praça do Skate
25/02: É Gordo Mas É Meu
Concentração: 17h na Praça do Skate
25/02: Bloco da Alegria
Concentração: 17h no Morro da Encrenca

CENTRO
Dia 22/02: Bloco do Pijama (infantil)
Concentração: 16h no Clube Mangarás
Dia 22/02: Bloco do Pijama (Adulto)
Concentração: 19h no Clube Mangarás
Dia 23/02: Bloco Coreto Alternativo
Concentração: 16h no Coreto da Praça Robert Simões

CONCEIÇÃO DE JACAREÍ
Dia 23/02: Mamãe Eu Quero
Concentração: 16:30h na Orla
Dia 24/02: Bloco do Pitbull
Concentração: 20h na Orla
Dia 25/02: Tô sem Freio
Concentração: 16h na Orla

ITAGUAÍ

Roteiro dos Blocos Itaguaí 2020:

21/02
20h – Bloco das Piranhas – Praça Professor Diego dos Santos Barbosa (antiga Praça dos Golfinhos), Coroa Grande

22/02
16h – Leões de Itaguaí – Praça dos Prédios, Centro
17h – Boi Hola – Praça dos Golfinhos, Coroa Grande
20h – Arrastão da Vila – Orla de Coroa Grande

23/02
14h – Suvaco da Cobra – Rua Coronel Costa Pereira, nº 259, Centro
15h – Amigas de Copo – Rua Antonio Leonardo Pimenta, Centro
15h – Segura Que Já Deu – Rua José Maria de Brito, Coroa Grande
16h – Bloco da Sofrência – Centro
18h – Raízes da Ilha da Madeira – Rua Wilson Pedro Francisco, Ilha da Madeira
20h – Perurrinha – Rua Presidente Vargas, Centro
20h – Rola Cansada e Perereca Triste – Rua Conselho Andrade Figueira, nº 5, Coroa Grande

24/02
15h – Unidos do Carvão – Centro
16h – Bloco das Piranhas – Rua João Cruz Neto, Ilha da Madeira
17h – Boi Hola – Praça dos Golfinhos, Coroa Grande
19h – Lambe Sal – Rua São José, nº 101, Coroa Grande
20h – Arrastão da Vila – Orla de Coroa Grande
21h – Marreco – Praça do Come Quieto, Coroa Grande
22h – Vem Nana – Rua Geny Reis, nº 545, Coroa Grande

25/02
10h – Serroti – Rua José Maria de Brito, Coroa Grande
13h – Cachaça – Avenida Nelson de Aquino, nº 129, Coroa Grande
20h – Rola Cansada e Perereca Triste – Rua Conselho Andrade Figueira, nº 5, Coroa Grande

Bloco de conscientização atuará na Rodoviária de Itaguaí na próxima sexta-feira

Será distribuído preservativos

Na próxima sexta-feira, na Rodoviária de Itaguaí, o Bloco Concentra Imperial realizará um carnaval a partir das 10h, que também terá equipes da Prefeitura distribuindo camisinhas. Uma boa oportunidade para se divertir e se conscientizar sobre a importância de curtir sem se arrepender depois.

Mangaratiba terá “Carnamar” em 2020

Prefeitura anunciou a volta do evento e do carnaval de rua em Mangaratiba

A Prefeitura de Mangaratiba, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Eventos, anunciou a volta oficial do Carnamar e do Carnaval de Rua de Mangaratiba em 2020. Uma reunião foi realizada pela equipe da secretaria, na manhã desta quinta feira (23), para definir os últimos detalhes da festa.

“O Carnamar e o carnaval de rua dos distritos estarão de volta em 2020. Por isso reuni toda minha equipe para acertar os últimos detalhes dos eventos, que estão sendo preparados e organizados com muito carinho para nossos moradores e turistas”, destacou o secretário de Cultura, Turismo e Eventos, Roberto Monsores.

Toda a equipe da pasta está empenhada 100% para a realização dos eventos.

O carnaval de rua será feito em todos os distritos, entre os dias 22 e 25 de fevereiro. Já o Carnamar acontecerá no domingo, dia 23 de fevereiro, seguindo o roteiro marítimo entre Muriqui e Itacuruçá.

“Quando me chamou para assumir a secretaria de Turismo, um dos principais pedidos que recebi do prefeito Alan Bombeiro foi o retorno do Carnamar. Ano passado não pudemos realizá-lo por conta dos estragos causados pelas chuvas na cidade, mas, em 2020, nosso carnaval marítimo será um sucesso”, destacou Roberto Monsores.

Em breve será divulgada a programação completa do carnaval 2020.

Fonte: Prefeitura de Mangaratiba

Estação Rio promove shows gratuitos do Revelação e Marcelo Falcão em Itaguaí

Projeto musical da Globo, que tem patrocínio da Coca-Cola e apoio do Multi Market, acontece no dia 15 de dezembro, no Parque de Exposições de Itaguaí

O Grupo Revelação e Marcelo Falcão são as atrações que encerram a sétima temporada do Estação Rio, no domingo, dia 15, no Parque de Exposições de Itaguaí. O projeto musical da Globo, que tem patrocínio da Coca-Cola e apoio da Rede Multi Market, leva shows gratuitos e de grandes artistas a diferentes bairros e municípios do Rio.

Com 25 anos de estrada, o Revelação comemora a nova fase, com Jonathan Alexandre no vocal. Além dele, a formação do grupo traz Beto Lima (violão e vocal), Rogerinho (tantã), Mauro Junior (banjo e vocal), Sérgio Rufino (pandeiro e vocal) e Artur Luis (vocal e reco-reco). No show, o grupo interpreta sucessos próprios e de sambistas como Lecy Brandão, Xande de Pilares, Benito de Paula e Arlindo Cruz. Estão no repertório as canções “Deixa acontecer”, “Pra sempre com você”, “Samba de Arerê” e “Quando a gira girou”, entre outras.

Marcelo Falcão apresenta as canções de “Viver”, seu primeiro disco solo, depois de 25 anos à frente do Rappa. Com canções que passeiam por ritmos como reggae, dub, ragga e ska, a produção traz as letras fortes que marcaram a carreira do cantor e compositor. Falcão cantará novas composições como “News roots”, “Hoje eu decidi” e “Viver”, além dos clássicos “Pescador de ilusões” e “Me deixa”.

Estação Rio

Data: 15/12 (domingo)

Atrações: Revelação / Marcelo Falcão.

Horário: A partir das 18h.

Local: Parque de Exposições de Itaguaí (Av. Trapiche s/nº, Centro – Itaguaí).

Entrada franca e classificação livre

Mirante do Imperador e Trilha Real da Serra da Calçada, belezas em Itaguaí

Fácil de chegar e pouco conhecida. Belezas de Itaguaí

Desbravando Itaguaí – O Blog Boca no Trombone Itaguaí, está iniciando uma série de reportagens que tem por finalidade explorar as belezas da cidade. Lugares que poucos conhecem , mas que trazem recompensas impagáveis.

Em nossa primeira parte vamos falar da Estrada Real da Serra da Calçada, localizada a 30 minutos de distância do Centro de Itaguaí. Acionando o GPS com destino final ao Mirante do imperador, você chegará até a placa da Estrada Real da Serra da Calçada. Nela um resumo da história e à esquerda de quem vem do Centro da cidade se inicia o caminho histórico.

Um lindo lugar! A trilha da Estrada Real da Serra da Calçada leva você a um caminho de pedras conhecidas como (pedras pé-de-moleque) construída por volta do ano de 1700, chegar a São Paulo do Rio de Janeiro vindo por terra era uma tarefa quase impossível, por causa da barreira natural criada pela Serra do Mar. Para que a viagem se tornasse mais rápida, o então governador Luiz Vaía Monteiro ordenou que fosse aberto um caminho através da serra de Itaguaí.

Esta calçada, que parece ter sido construída pelos Jesuítas baseados na Fazenda de Santa Cruz, foi utilizada pelo imperador D. Pedro I em 1822, por ocasião da sua viagem a São Paulo, para proclamar a independência do Brasil. Por aqui passou também o naturalista francês Auguste de Saint’Hilaire, no início do século XIX.

Seguindo a trilha que tem percurso em média de uma hora se o ponto inicial for a placa que denomina o espaço, você chega ao Mirante do Imperador. Um lugar mágico e que servia de observatório para Dom Pedro I.

De lá é possível ver toda a cidade e pode ser feito por toda a família, amigos e se torna também um passeio romântico.

Uma atração turística que deveria ser mais explorada pela cidade. Nós itaguaienses vamos para tão longe explorar trilhas e paisagens distantes e muitos não sabem as belezas que aqui temos.

A história da Estrada Real

O chamado “Caminho dos Jesuítas” ou “Estrada Real” foi uma importante via terrestre que garantiu a comunicação da cidade do Rio de Janeiro com o interior, a partir da Fazenda Santa Cruz. Por conta dos naufrágios e da pirataria constante na rota marítima, sua construção se tornou necessária. A Coroa Portuguesa resolveu construir a estrada utilizando recursos dos proprietários mais ricos da região, que foram contra. Quem também fez oposição foram os jesuítas, que pediam aos índios para atrapalharem as obras. A estrada só foi concluída após forte intervenção do governador na época.

A Estrada Real foi o eixo principal do processo de urbanização de Itaguaí. Era utilizada por tropeiros, comitivas, aventureiros e viajantes que queriam alcançar as minas de São Paulo e Minas Gerais em busca de riquezas minerais. Também era utilizada pelo Imperador Dom Pedro I para chegar até uma dessas regiões. Ele, inclusive, utilizou esse caminho quando se dirigia a São Paulo para proclamar a Independência do Brasil.

O caminho de Itaguaí em direção à trilha do ouro aparece na carta topográfica do sargento-mor, editada em 1767. O ponto culminante é o Mirante do Imperador, a 628 metros de altitude, com uma vista maravilhosa. Abaixo do mirante está a Pedra de Santo Antônio, também conhecida como “Pedra da Inscrição de Bronze”, com fragmentos dos dizeres: “Prezidência de Província 1822”.

Tem alguma sugestão de passeio ou lugar que você tenha ido e gostaria de nos contar? Participe do “Desbravando Itaguaí.” Nos envie através de nosso Whatsapp 21-99538-9923.