Arquivo da categoria: Clima

Teto de escola vira cachoeira em Itaguaí

Escola Chaperó convive com esse problema a pelo menos 4 anos

A Escola Estadual Municipalizada Chaperó, localizada em bairro de mesmo nome em Itaguaí, sofreu mais uma vez com as chuvas. Um problema que já ocorre a pelo menos 4 anos, parece não ter mudado. Com as chuvas, o teto da escola vira literalmente uma cachoeira. Os alunos e responsáveis registraram em vídeo mais uma vez o problema.

Procurada a secretaria municipal de educação mais uma vez ignorou e não nos respondeu. Segundo alguns pais a direção da escola e a coordenação não os atenderam para falar sobre o problema.

Em 2015 o problema era o mesmo

Nosso blog se questiona o que os governos municipais pensam. Pois entra ano sai ano e as coisas em nada melhoram. Pelo contrário. E a soberba da atual gestão demonstra que mesmo incompetentes eles continuam se achando superior as pessoas. Um governo que não abre diálogo e tem como chefes e subchefes de alguns departamentos pessoas arrogantes e sem preparo humano. A falta de diálogo e esse ar de superioridade que vem de algumas pessoas do segundo escalão do governo é o que o torna uma gestão sem progresso. Felizmente tem muita gente boa e capaz, porém em departamentos da educação que são essenciais e que cuidam da infraestrutura das escolas o ‘nariz em pé ‘ causam problemas não somente ao povo, mas para a própria Secretária de educação e para o atual prefeito.

Anúncios

Possíveis quedas de barreiras preocupam Itaguaí e Costa Verde

Serras em Itaguaí e Mangaratiba já dão sinal de risco iminente de queda de barreiras

As chuvas que atingem todo o Estado do Rio de Janeiro, castigam também Mangaratiba, Itaguaí e principalmente Angra dos Reis. Além dos riscos de alagamentos com as chuvas que não cessam e tem previsão de durar todo final de semana, os locais de serra em Itaguaí e Mangaratiba estão encharcados e começam a formar pequenas cachoeiras com lama que corre em direção as pistas. Na serra de Itaguaí, já é possível ver pequenas quedas de barreiras em alguns pontos e as montanhas encharcadas já começam a dar sinais de riscos.

Subida da Serra em Itaguaí já apresenta trechos com desmoronamentos

Em Mangaratiba o cenário é semelhante e preocupa. Mas a cidade de Angra dos Reis é a que mais tem sofrido. Especialistas informam que toda atenção é necessária e sair de casa somente em extrema necessidade.

No Rio que esta em estado de crise, uma grande estrutura de concreto desabou dentro do Túnel Acústico Rafael Mascarenhas, na Lagoa-Barra, que liga a zona sul à zona oeste, interditando as duas pistas. Vários bairros sofrem com alagamentos e quedas de barreiras também afetam a cidade.

Rio em Estágio de Atenção: previsão é de chuva forte nas próximas horas

Município do Rio entrou em Estágio de Atenção às 22h55 desta terça-feira (14/05/2019)

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio de Janeiro informa que o município entrou em ESTÁGIO DE ATENÇÃO às 22h55 desta terça-feira, dia 14 de maio de 2019. Devido ao avanço de uma frente fria, núcleos de chuva moderada a forte atuam sobre a Zona Oeste e se deslocam de forma lenta pela cidade, ocasionado chuva moderada a forte, acompanhada de raios e rajadas de vento moderado.

A previsão para esta noite e madrugada ainda é de chuva moderada a forte, podendo ser muito forte de forma isolada, com raios e rajadas de vento moderado, ocasionalmente forte.
O Estágio de Atenção é o segundo nível em uma escala de três e significa a possibilidade de chuva moderada, ocasionalmente forte, nas próximas horas.
A prefeitura recomenda que a população tome as seguintes ações preventivas:
  • Permaneça ou procure um local seguro. Evite áreas sujeitas a alagamentos e/ou deslizamentos;
  • Todos os cidadãos devem se cadastrar no serviço de alertas da Defesa Civil via SMS. Basta enviar o CEP de casa para o nº 40199, por mensagem de texto. É gratuito;
  • Verifique se há sinais de rachaduras em sua residência. Ao perceber trincas ou abalo na estrutura, acione a Defesa Civil pelo número 199 e evite ficar em casa;
  • Moradores de áreas de risco precisam ficar atentos aos alertas sonoros. O acionamento das sirenes indica perigo de deslizamento. As pessoas devem se deslocar para os pontos de apoio estabelecidos pela Defesa Civil Municipal. Os locais são informados pelo número 199;
  • Redobre atenção ao dirigir. Em caso de chuva, as pistas ficam escorregadias e podem conter bolsões d’água. Mantenha os faróis acesos;
  • Em casos de ventos fortes e/ou chuvas com descargas elétricas, evite ficar próximo a árvores ou em áreas descampadas;
  • Evite colocar o lixo nos pontos de coleta. A água da chuva pode levar o lixo a entupir bueiros e galerias;
  • Fique atento às informações divulgadas pelos veículos de comunicação;
  • Se necessário, use os telefones de emergência 193 (Corpo de Bombeiros), 199 (Defesa Civil) ou 1746 (Central de Atendimento da Prefeitura).

PREVISÃO DO TEMPO | Quarta-feira com chuva moderada a forte a qualquer hora do dia

A passagem de uma frente fria e posterior transporte de umidade do mar em direção ao litoral manterão o tempo instável na cidade do Rio ao longo desta quarta-feira. O céu ficará nublado a encoberto, com previsão de chuva moderada a forte a qualquer hora do dia, podendo ser muito forte durante a madrugada. Os ventos soprarão com intensidade moderada, ocasionalmente forte, e as temperaturas estarão em declínio em relação à terça-feira, sendo a máxima prevista de 27°C e a mínima de 17°C, que deverá ocorrer no fim do dia.

Marinha esclarece sobre embarcação em Muriqui

Embarcação estava na praia após fortes ventos, o que causou espanto de moradores e turistas

Em nota, a Marinha do Brasil esclareceu ao blog Boca no Trombone Itaguaí, o motivo da embarcação EDCG, ter ancorado na beira da praia de Muriqui na noite do último domingo 28/04.

A Embarcação de Desembarque de Carga Geral (EDCG) L20 “Marambaia” realizou uma manobra de abicagem controlada na praia, para se proteger do mau tempo. O navio já retraiu e está navegando normalmente.

A MB esclareceu, ainda, que uma EDCG é projetada para realizar esse tipo de manobra na praia, com o propósito de descarregar ou embarcar pessoal, veículos e materiais.

 

    Segue abaixo nota relacionada à embarcação EDCG da Marinha que foi parar na praia de Muriqui na íntegra

“A Marinha do Brasil (MB), por meio do Comando do 1º Distrito Naval, esclarece que a Embarcação de Desembarque de Carga Geral (EDCG) L20 “Marambaia” realizou uma manobra de abicagem controlada na praia, para se proteger do mau tempo. O navio já retraiu e está navegando normalmente.

A MB esclarece, ainda, que uma EDCG é projetada para realizar esse tipo de manobra na praia, com o propósito de descarregar ou embarcar pessoal, veículos e materiais.”

 

 

 

 

Leia mais:

Embarcação da Marinha vai parar na praia de Muriqui

Ventania derruba galpão na Ponte Preta

Galpão não resistiu. Bairro está quase todo sem luz. Posto de gasolina na Rio Santos também teve sua estrutura indo ao chão

Um galpão foi destruido pelos ventos fortes que atingiram a cidade de Itaguaí na noite deste domingo 28/04. A construção localizada próxima a UPA da cidade no bairro Ponte Preta ficou irreconhecível. Quem passava pelo local ficou espantado. Assim como boa parte da cidade o local ficou sem luz retornando aos poucos.

Os ventos fortes anunciam a chegada de uma frente fria que atinge todo o Estado do Rio de Janeiro segundo os meteorologistas. Nesta segunda o cenário não deve ser diferente.

O Posto de gasolina Sheel na Rio Santos, um pouco antes da “cidade das crianças”, também teve sua estrutura indo ao chão.

Embarcação da Marinha vai parar na praia de Muriqui

Ventos fortes atingem o local. Marinha não confirmou o ocorrido

Um navio da Marinha do Brasil foi parar na praia de Muriqui em Mangaratiba. Os fortes ventos que atingem quase todo o Estado do Rio de Janeiro nesta noite de domingo, também foram fortes no local.

O EDCG, “Embarcação de desembarque de carga geral” costuma ir até a areia das praias às vezes, inclusive essa manobra é feita quando carros de combate ou outro veículo qualquer sobe pela rampa dianteira que desce totalmente uma vez que a embarcação está na areia.

Mas, segundo alguns moradores o vento foi o responsável pela presença da embarcação. Ainda não tivemos retorno da Marinha sobre o fato.

Cefet entre eles de Itaguaí mantém suspensão de expediente nesta quarta

Chuvas ainda podem ocorrer até a tarde de quarta-feira. Todo o Rio permanece em estado de atenção

Em virtude das fortes chuvas, a Direção Geral do Cefet/RJ informou no começo desta noite de terça-feira, que as aulas e o expediente de amanhã (para servidores e terceirizados), 10/04/19, permanecerão suspensos nos campi da grande Rio: Maracanã, Itaguaí, Maria da Graça e Nova Iguaçu, devendo retornar suas atividades no dia 11/04. Nos demais campi, o funcionamento será normal.

As fortes chuvas ainda não cessaram e todo o Rio de Janeiro permanece em estado de atenção.