Arquivo do autor:bocanotromboneitaguai

Sobre bocanotromboneitaguai

Página dedicada a população da cidade de Itaguaí -RJ

Vereador Haroldo Jesus renuncia ao cargo de presidente da Câmara de Itaguaí

Haroldo alegou motivos pessoais e a vontade da maioria dos vereadores em tê-lo fora da presidência. Após lido seu ofício de renúncia Gil Torres foi eleito para o cargo

Em 21 de julho de 2021 / Júlio Andrade

Itaguai – A Décima Oitava Sessão Extraordinária da Câmara Municipal de Itaguaí que ocorreu nesta quarta-feira 21, teve ingredientes explosivos no cenário político local. O então presidente Haroldo Jesus do PV, enviou um ofício ( n° 194), para a Casa Legislativa, anunciando a sua decisão de renunciar ao cargo. Mencionando artigos do Regimento Interno e por mais de dois terços dos vereadores desejarem a sua saída da função, ele ainda alegou motivos pessoais.

Assista:

Coube a Vinícius Alves do Republicanos como vice-presidente, presidir a sessão com a ausência de Haroldinho. Sendo assim, se fez necessário a realização de eleição para o cargo vago, do qual por unanimidade o vereador Gilberto Chediac Leitão Torres do PSL, conhecido como Gil Torres, foi eleito para o biênio 2021 / 2022.

Ao assumir, Gil Torres agradeceu a todos os presentes e ouviu falas favoráveis de todos os legisladores.

Casa da Polêmica

Desde que foi realizada a sessão de escolha para a mesa diretora, do qual Haroldinho foi eleito presidente, diversas polêmicas estavam ocorrendo no cenário político interno. A principal questão, tratava-se da eleição do ex-presidente para o biênio 2023/ 2024, algo que não costuma ocorrer antes do final do primeiro biênio. Os demais legisladores, alegaram uma série de inconsistências, algo que foi prontamente rebatida por ofício na edição 029/21 de 09 de julho do Jornal Oficial da Câmara Municipal.

Haroldo contra todos e licitações polêmicas

Haroldo, fiel aliado do ex-prefeito cassado Carlo Busatto Júnior, o Charlinho, era apontado como único elo que ligava o ex-prefeito a política ativa da cidade de Itaguaí. Seu pai, Beto da Reta, era um dos secretários do governo do prefeito impedido por práticas de corrupção, quando Haroldo já era vereador e da base aliada ao ex-prefeito até seus últimos dias.

Pai de Haroldo Jesus, Beto da Reta primeiro do lado esquerdo da foto

Além disso, diversas licitações propostas pelo ex-presidente, como a locação de carros blindados e a contratação segurança armada na Casa Legislativa com altos gastos de verbas públicas, geraram polêmicas e rachas dentro da Câmara Municipal.

Tais rachas, renderam uma ação, onde todos os vereadores emitiram um ofício ( 001/2021), ao presidente até então, que foi mencionado no ofício de renúncia de Haroldo Jesus, sem que seu conteúdo fosse revelado. Porém, dá a se entender que seria um pedido coletivo para que ele se retirasse da presidência ou algo que o levasse a tomar tal decisão. Possivelmente ligado ao requerimento impetrado pelo edis e publicado no Jornal Oficial citado acima nesta matéria.

Agora, não há evidências de uma oposição ao atual prefeito Rubem Vieira do Podemos, dentro da Câmara Municipal de Itaguaí. O blog Boca no Trombone Itaguaí, espera que o trabalho de fiscalização, do qual compete aos vereadores sejam mantidos, independentemente de suas escolhas e alianças políticas.

Tentamos contato com Haroldo Jesus, mas até o momento não obtivemos resposta.

Itaguaí registra primeiro caso da variante Delta

Seropédica já tem quatro casos. Ao todo são 83 em 13 municípios do estado.

Em 19 de julho de 2021

Rio de Janeiro – Subiu para 83 o número de casos confirmados da variante Delta no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) nesta tarde. Mais cedo, a pasta havia confirmado 72 casos.

“Das amostras sequenciadas, até o momento, foram registrados 83 casos, sendo 81 em 12 municípios do estado e 2 de pessoas que tiveram exames coletados no estado, mas ainda sem confirmação do município de residência. As secretarias municipais já foram notificadas para fazer a investigação epidemiológica, com apoio da SES.”

Os casos da variante Delta foram confirmados nas seguintes cidades: Rio de Janeiro (23), São João de Meriti (17), Nova Iguaçu (11), Mesquita (7), Duque de Caxias (5), Japeri (4), Seropédica (4), Maricá (3), Queimados (3), Campos dos Goytacazes (1), Itaboraí (1), Itaguaí (1) e Niterói (1).

“A confirmação foi possível graças aos últimos resultados do projeto Corona-Ômica-RJ, um dos maiores do país, que realiza a análise mensal de cerca de 800 amostras de todo o estado”, disse a pasta.

Segundo a Secretaria de Saúde, os dados recentes do monitoramento mostram a presença da variante Delta (B1.617.2), entretanto, a linhagem P.1 (Gama/Brasil) continua sendo a mais frequente no estado. Há registro em baixa frequência da VOC B.1.1.7 (Alfa/Reino Unido), além do declínio da P.2, desde novembro do ano passado.

Cidade do Rio

Dos 83 casos da variante Delta, 23 foram registrados na capital fluminense. O secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, informou que mais 15 casos da variante Delta foram confirmados na cidade do Rio, elevando o total para 23.

A variante Delta foi identificada pela primeira vez na Índia e se tornou a quarta variante de preocupação sinalizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), ao lado da Alfa, Beta e Gama. As três anteriores tiveram seus primeiros casos sequenciados no Reino Unido, na África do Sul e no Brasil.

As variantes de preocupação recebem atenção especial das autoridades de saúde porque têm potencial maior de transmissão.

“Independentemente da cepa do vírus ou linhagem, as medidas de prevenção e métodos de diagnóstico e tratamento da covid-19 seguem os mesmos. Sendo assim, não há alteração nas medidas sanitárias já adotadas, como uso de máscaras e álcool em gel, lavagem das mãos e distanciamento social. Além disso, é importante que os municípios continuem avançando no processo de vacinação contra a covid-19 e que a população retorne para receber a segunda dose. Estudos mostram que todas as vacinas disponíveis no Brasil são eficazes contra as variantes identificadas até o momento”, alerta a Secretaria estadual de Saúde.

Com Agência Brasil e O Globo

Ex-aluna de escola municipal de Itaguaí passa para UFRRJ

Estudante foi aprovada em Química e antes foi aluna da Escola Municipal Jorge Flores

Em 16 de julho de 2021 / Júlio Andrade

Itaguaí – A aluna Raissa Vitória teve um sonho realizado recentemente. Ela conseguiu passar em Química para a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro em Seropédica. Raissa, foi aluna da Rede Municipal de Ensino Público em Itaguaí. Ela, que foi aluna da Escola Municipal Jorge Flores, fez questão de ir na sua saudosa escola para agradecer aos seus mestres e colaboradores desse sonho.

Da esquerda para direita Dorival Auxiliar de Serviços Escolares, Luciana Inspetora de Alunos, Raissa Vitória estudante de Química da UFRRJ e Leandro Ferreira Diretor da Escola Municipal Jorge Flores

Desde pequena eu gostava de estudar, de me dedicar nas atividades escolares e mesmo eu não sabendo o que queria profissionalmente, eu sabia que o meu caminho era o do estudo.

Sou de uma familia humilde, meus pais não concluíram o ensino fundamental, então, queria mudar essa realidade de alguma forma. Entre meus pais e 3 irmãos sou a única a conseguir ingressar no ensino superior, eu acredito que essa conquista tenha muito impacto na minha família e inspire as novas gerações.

Sempre estudei em escola pública, as dificuldades eram muitas, para mim o sonho da Universidade parecia ser distante, mas no caminho encontrei professores incríveis que me motivaram e isso fez toda a diferença na minha vida, sou muito grata à eles.

A matérias de ciências me cativavam, gostava bastante das aulas na escola, mas ainda estava confusa quanto a que curso escolher, até que eu decidi de última hora me permitir explorar essa área maravilhosa e promissora que a química é, sei que terei muitos desafios mas creio que serão compensadores.

2020 foi um ano atípico para todos, isso é fato, não foi um ano fácil de estudo também, eu não tinha perspectiva de passar em nada, não consegui estudar como queria, estava com muitas matérias pendentes, já tinha praticamente desistido de entrar na Universidade este ano.
Porém, mesmo desanimada, comecei a pesquisar estratégias de prova 15 dias antes do Enem, juntei o mínimo de conhecimento que acumulei no ano e inumeros video-aulas de redação, resultado, tirei 880 na redação, o que me possibilitou uma vaga na Federal!!

Eu, uma jovem negra periférica, antes sem muita noção de futuro, agora me sinto muito feliz de estar conseguindo mudar a minha perspetiva de vida e a da minha família, sou muito grata à Deus e às pessoas que me apoiaram”, disse Raissa.

Eu sempre orei e acreditei nela, sabia que ela iria conseguir. A oração do justo tem muito seus efeitos,” diz a mãe de Raissa.

Orgulho da minha filha sempre foi esforçada, graças a Deus ela conseguiu realizar o sonho dela,” relatou o pai visivelmente emocionado.

Em plena pandemia, o exemplo de Raissa reforça o quão importante é não desistir dos sonhos e acreditar no ensino público, como um caminho para a mudança na vida e o espelho para amigos e familiares.

Artistas culturais precisam se cadastrar em sistema municipal para parcerias com sistema público

Além disso, qualquer ajuda financeira governamental só pode ocorrer mediante ao cadastro antecipado no SMIIC. Veja como:

Em 16 de julho de 2021 / Júlio Andrade

Itaguaí – Os artistas culturais do município de Itaguaí, precisam se cadastrar para que possam ter parcerias com o sistema público e para que possam receber auxílio e ajuda financeira futura. Além disso, eventos de patrocínio das esferas municipal, estadual e federal, só podem ocorrer mediante ao cadastro no sistema.

Apresentação durante as comemorações de 203 anos da cidade de Itaguaí

Apresentação da Banda Municipal Bamita, onde foi tocado o Hino Municipal

O Sistema Municipal de Informações e Indicadores Culturais (SMIIC), foi criado pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Itaguaí, para que os artistas da cidade possam ter esse incentivo e junto ao poder público realizar espetáculos e eventos diversos na área cultural. A Lei Aldir Blanc por exemplo, que contempla financeiramente artistas durante a pandemia, é executada de forma mais rápida se o artista for cadastrado no sistema.

Em live no Boca no Trombone na última quinta-feira, o subsecretário de cultura Willian Cezar, relatou que muitas pessoas não conseguem classificar que são artistas e outros não tem a informação da necessidade de estarem cadastrados para que possam ter o apoio do governo. Segundo o subsecretário, diversos eventos serão realizados na cidade, fora os que já tem ocorrido frequentemente e que isso além de divulgar a cultura local é uma vitrine para que novos artistas itaguaienses sejam reconhecidos e valorizados.

Então artista, se cadastre no Sistema e dê asas para o seu futuro e o futuro da cultura de Itaguaí. Cadastre-se clicando aqui

Link: Cadastro Municipal SMIIC

Prefeitura de Seropédica adianta segunda dose da AstraZeneca

Após moradora ser confirmada com a amostra da variante Delta, o município resolveu reduzir intervalo entre as duas doses conforme recomendação do governo do Estado. A capital Rio de Janeiro, Mesquita e São Gonçalo decidiram não antecipar. A capital alega receio de redução da eficácia do imunizante. Alguns municípios como Itaguaí ainda não se manifestaram

Em 14 de julho de 2021 / Júlio Andrade e CNN

Rio de Janeiro– A Secretaria Municipal de Saúde do Município de Seropédica, resolveu adiantar a segunda dose da vacina AstraZeneca utilizada contra a Covid-19. Para quem já foi vacinado com a primeira dose do imunizante, agora terá a segunda dose aplicada oito semanas após a primeira, antes o intervalo era de doze semanas. Além disso, uma moradora de Seropédica foi identificada com a variante Delta originária da Índia após vir de Campo Grande, segundo ela.

A divulgação de antecipação acompanha o que decidiu a Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro, que com a descoberta e o avanço de novas variantes, principalmente a Delta, alguns estados tem se posicionado, com base em estudos, que seria interessante fazer essa antecipação para ampliar a proteção da população”, diz o comunicado do governo do Rio publicado no Diário Oficial feito na última terça-feira.

A antecipação o intervalo entre a primeira e segunda dose da vacina contra Covid-19 da AstraZeneca foi autorizada a todos os municípios fluminenses de acordo com a disponibilidade que chegarem às doses das vacinas da AstraZeneca em cada cidade. Os demais imunizantes permanecem sem alterações entre a primeira e a segunda dose no estado, pelo menos por enquanto.

Além do Rio de Janeiro, outros estados vão antecipar a segunda dose da AstraZeneca como Acre, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Pernambuco, Piauí, Distrito Federal, Rio Grande do Sul e Roraima.

Já do imunizante da Pfizer o Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul vão antecipar a segunda dose.

Municípios do estado têm opiniões divergentes

Diferente da decisão da Secretaria de Saúde do Governo do Estado, alguns municípios fluminenses decidiram não fazer a antecipação. Além da capital, os municípios de Mesquita e de São Gonçalo informaram que não vão antecipar, até o momento, o intervalo de vacinação com este imunizante. A Secretaria do Município do Rio de Janeiro alega que com a antecipação a eficácia do imunizante cai para 59%. Porém, não descarta antecipação futura para pessoas com menos de 59 anos.

Niterói e Belford Roxo estão estudando se vão alterar o cronograma com a antecipação.

Em Maricá e Tanguá, a vacinação vai permanecer como o programado. Ambas as secretarias de saúde afirmaram que não receberam ainda orientação para agir diferente por parte do Ministério da Saúde e vão continuar seguindo a bula da AstraZeneca e a orientação do Programa Nacional de Imunização (PNI), que seria a aplicação da segunda dose entre oito e 12 semanas.

Até o momento, Campos dos Goytacazes, Guapimirim, Itaguaí, Magé, Nilópolis, Paracambi, Queimados, São João do Meriti não se posicionaram a respeito da antecipação da segunda dose.

Washington Reis prefeito de Duque de Caxias contrai Covid-19 ele esteve em reunião com o governador e prefeitos ontem

Washington Reis havia sido infectado pela primeira vez no ano passado. Ele começou a se sentir mal durante o encontro, que contou com a presença do governador Cláudio Castro e de outros prefeitos, incluindo o do Rio de Janeiro, Eduardo Paes e Dr Rubão de Itaguaí

Em 09 de julho de 2021 / Júlio Andrade

Rio de Janeiro – O prefeito de Duque de Caxias (RJ), Washington Reis, está internado após contrair covid-19 pela segunda vez. Ele deu entrada ontem (8) no Hospital Copa D’Or, na capital fluminense, após sentir falta de ar. Um exame PT-PCR realizado na manhã de hoje (9) confirmou a infecção.

Reis havia deixado a cidade da baixada fluminense para participar de uma reunião na capital do estado. Ele começou a se sentir mal durante o encontro, que contou com a presença do governador Cláudio Castro e de outros prefeitos, incluindo o do Rio de Janeiro, Eduardo Paes e de Itaguaí Rubem Vieira, o Dr Rubão.

Washington Reis durante evento

Após deixar a reunião, o prefeito de Duque de Caxias foi atendido inicialmente no Hospital Samaritano. Embora um primeiro exame tenha dado negativo para a covid-19, sua saturação estava baixa e ele foi internado no Hospital Copa D’Or.

Procurado o governo do Estado informou somente agora à noite que Cláudio Castro ainda fará o teste. Ele participou de diversos encontros ao longo dessa sexta.

Cláudio Castro governador

A prefeitura do Rio informou que Eduardo Paes já se submeteu a um exame e que o resultado foi negativo.

Prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes

O Boca no Trombone também entrou em contato com o prefeito de Itaguaí, Dr Rubão, que se manifestou dizendo que ficou longe de Washington Reis durante o encontro e que além de chegar atrasado, saiu mais cedo para cumprir agendas da semana de comemoração de aniversário da cidade de Itaguaí.

Prefeito de Itaguaí Rubem Vieira durante encontro

Uma nota foi divulgada pela prefeitura de Duque de Caxias. “O prefeito Washington Reis, que tem 54 anos e comorbidades (hipertenso e diabético), tomou apenas a primeira dose da vacina respeitando o Programa Nacional de Imunizações (PNI). Ele tranquiliza parentes, familiares e amigos, informa que vai seguir o tratamento e que, em breve, estará junto a todos”, diz o texto.

Prefeito de Duque de Caxias Washington Reis

Washington Reis havia sido infectado pela primeira vez no ano passado, quando também precisou de atendimento hospitalar. Em abril de 2020, ele ficou internado por cerca de duas semanas.

Com Agência Brasil

Licitação prevê recuperação da pista do Distrito Industrial de Santa Cruz

Rio de Janeiro – A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria de Infraestrutura, anunciou que abriu uma licitação para obras de recuperação no Distrito Industrial de Santa Cruz, na Zona Oeste da cidade. A decisão foi publicada no Diário Oficial do município.

A pasta informou que a região vai receber obras de pavimentação, drenagem e no final também o Luz Maravilha, programa de iluminação de LED da Rioluz. Será recuperarada 8,5 km de vias, com obras previstas para ter início em setembro deste ano, nas principais ruas do Distrito, que são: Avenida Átila Temporal, ruas Guarantã e Darci Pereira e um trecho da Avenida João XXIII.

O local que recebe caminhões de carga pesada diariamente tem alto grau de comprometimento no asfalto e com as intervenções vai melhorar as condições viárias. Para maior durabilidade do asfalto será usado o agregado siderúrgico. O composto reduz o consumo de recursos naturais não renováveis, como aqueles provenientes da mineração de rochas, areia entre outros.

“Vamos utilizar um material de maior durabilidade, o que vai requalificar esse importante polo industrial da cidade”, conta a secretária Katia Souza.

Para o local, estão previstas intervenções como a implantação de canaletas laterais para águas pluviais; recuperação da rede de micro drenagem, além do asfalto e as sinalizações horizontais das vias. A licitação ocorrerá no mês de agosto e a obra que tem prazo de 12 meses vai custar cerca de R$ 16 milhões.

O subprefeito da Zona Oeste, Edson Menezes, já esteve reunido com os empresários e fala da importância da obra para revitalização local.

“O polo recebe centenas de caminhões pesados todos os dias, essa obra é de suma importância para região de Santa Cruz e para a Cidade do Rio como um todo”, finaliza o subprefeito.

O Dia.

Viação Reginas reativa linha Itaguaí x Nonô

Linha que estava paralisada desde 2019 e liga Itaguaí a Serra voltou a operar hoje com dois horários de partidas de Itaguaí e mais dois com partidas do bairro Nonô

Em 08 de julho de 2021 / Júlio Andrade

Itaguaí – A viação Reginas começou a operar com a linha 5901 Itaguaí x Nonô, que liga Itaguaí a Serra. Desde 2019 em desuso, a linha que era operada pela viação Expresso Recreio foi reativada nesta quinta-feira 08, com dois horários de partidas de Itaguaí e dois de partida do bairro Nonô.

Em Itaguaí os horários são às 07 da manhã e às 15 horas, já no sentido inverso, de Nonô à Itaguaí às 09 e às 17 horas.

Tentativa de roubo com refém termina com assaltante morto em Angra dos Reis

Caso aconteceu no Centro da cidade. Assalto teve participação de outros dois homens, que se entregaram. Vítima não se feriu.

Em 07 de julho de 2021

Angra dos Reis – Uma tentativa de roubo a uma loja de celulares terminou com o assaltante morto após ele fazer uma pessoa refém na manhã desta quarta-feira (7) em Angra dos Reis (RJ).Segundo as informações passadas pela Polícia Militar, o caso aconteceu em um estabelecimento na Rua do Comércio, no Centro da cidade.

Ainda de acordo com a PM, três criminosos participaram do assalto.Após a chegada dos policiais, dois suspeitos se entregaram, mas o terceiro, de 20 anos, saiu da loja com uma mulher feita refém.Após deixar o estabelecimento, ele foi caminhando com a vítima sob a mira da arma por dois quarteirões (cerca de 200 m), sendo acompanhado pelos militares, que haviam cercado a área.

Quando o criminoso chegou à Rua Coronel Carvalho com a mulher, um policial civil à paisana conseguiu atirar no assaltante e liberar a refém.O agente, que passava pelo local, aproveitou um momento de distração do homem para efetuar o disparo. Segundo a PM, o baleado chegou a ser levado para o Hospital da Japuíba, mas não resistiu e morreu. Com ele foi apreendida uma pistola calibre 9 mm.

Segundo o agente, ele teria efetuado três disparos e, pelo menos, um acabou atingindo a cabeça do rapaz. A perícia esteve no local para levantar mais detalhes.

Assista:

A vítima não se feriu fisicamente. Ela ficou sob a mira da arma por, pelo menos, 15 minutos até ser libertada.”Foram ameaças a todo o tempo. Ele agrediu um vendedor e fez pressão psicológica, só falando que iria ia me matar, perguntando se eu tinha pai, mãe, filhos… Disse que eu não tinha nada a perder, e eles também não. [Fizeram] xingamentos, piadas de mau gosto com as meninas da loja… Foi horrível”, contou ao RJTV uma funcionária da loja, que preferiu não se identificar.Os dois presos foram levados para a delegacia de Angra. Um quarto suspeito, que esperava os outros três em um carro, conseguiu fugir e continua sendo procurado

Dois suspeitos foram presos por tentativa de assalto em Angra dos Reis — Foto: Redes sociais

Divulgação não oficial de redução de idade para vacinas causa confusão em Itaguaí

Filas ocorreram por conta de “xepa ” de vacinas no dia anterior, algo que ocorre em todo País

Em 07 de julho de 2021 / Júlio Andrade

Itaguaí – Filas e dúvidas marcaram o dia em alguns locais de vacinação contra a Covid-19 em Itaguaí nesta quarta-feira. O motivo seria a divulgação sobre a redução das idades para a vacinação contra a Covid-19. A informação que pessoas de 30 anos em diante seriam vacinadas, causou confusão e filas em frente às unidades de saúde. Mensagens e áudios em aplicativos e redes sociais culminaram em toda confusão ocorrida no dia de hoje.

Na verdade o que houve ontem terça-feira, é o que ocorre em todo País. Quando as doses de vacinas são abertas elas precisam ser utilizadas no mesmo dia, para que não se percam. Isso ocorre quando menos pessoas com a idade divulgada no calendário para a imunização deixam de ir aos postos no dia determinado. Aí se faz necessário tal utilização das vacinas, a famosa “xepa”. E isso aconteceu na cidade ontem e hoje em alguns postos.Em todo país isso é percebido, e em alguns, há até filas de espera com pessoas abaixo das idades de imunização que aguardam um telefonema para irem aos postos aproveitar a “xepa”. Há municípios que existem até cadastrados para esses momentos, o que é algo natural, afinal o crime seria perder as doses. No entanto, é algo incerto já que o Brasil além de atrasado na imunização não tem doses em escala ideal chegando às cidades.

Calendário de vacinação