Mapa de risco do estado põe Mangaratiba em bandeira vermelha, Itaguaí e Seropédica em bandeira laranja para a Covid-19


Contudo, na divulgação da prefeitura de Mangaratiba a bandeira é classificada como azul. Em Itaguaí, todos os leitos intensivos destinados a pacientes com Covid-19 no São Francisco Xavier estão ocupados. Ao todo, o hospital tem 26 vagas disponíveis para pacientes com Covid-19 e apenas 08 estão vagos para tratamentos não intensivos para a doença. Saiba todas as informações.

Em 25 de junho de 2021 / Júlio Andrade

Rio de Janeiro – O cenário epidemiológico do estado do Rio de Janeiro, apresenta baixo risco de contrair a doença em cinco regiões e duas permanecem em bandeira vermelha. A 36ª edição do Mapa de Risco da Covid-19, divulgada nesta sexta-feira (25) pela Secretaria de Estado de Saúde, mostra que o estado do Rio de Janeiro permanece com risco baixo de contrair a doença, com bandeira amarela. O estado manteve o mesmo cenário epidemiológico da semana passada.

As regiões da Baía da Ilha Grande e Noroeste permanecem com bandeira vermelha (risco alto).

Centro-Sul e Metropolitana I estão em bandeira laranja (risco moderado).

Médio Paraíba, Serrana, Baixada Litorânea, Norte e Metropolitana II seguem com bandeira amarela.

A análise compara a semana epidemiológica 23 (6 a 12 de junho) com 21 (23 a 29 de maio) de 2021.

Mesmo com a queda nos indicadores, é importante reforçarmos que a população precisa continuar se vacinando e seguindo as medidas de enfrentamento, como uso de máscara e álcool em gel, lavagem das mãos e evitar aglomerações. Neste momento, ainda não temos uma parcela importante da população imunizada. Por isso, mesmo quem já se vacinou deve manter as medidas de precaução recomendadas” – diz o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

Cada bandeira representa um nível de risco e um conjunto de recomendações de isolamento social, que variam entre as cores roxa (risco muito alto), vermelha (risco alto), laranja (risco moderado), amarela (risco baixo) e verde (risco muito baixo).

O Estado do Rio de Janeiro apresentou uma redução de 26% no número de óbitos, e as internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) caíram 35% na comparação entre as semanas epidemiológicas analisadas.

As taxas de ocupação de leitos no estado, nesta sexta-feira (25), são 63% para leitos de UTI e 44% para leitos de enfermaria.

Os resultados apurados para os indicadores apresentados devem auxiliar a tomada de decisão, além de informar a necessidade de adoção de medidas restritivas, conforme o nível de risco de cada região.

Mangaratiba

Na divulgação do mapa pelo governo do estado, o município de Mangaratiba está inserido na região classificada com a bandeira vermelha (alto risco), de contágio por Covid-19. Já no boletim da prefeitura de Mangaratiba, a cidade está inserida na bandeira azul (risco baixo). Contudo, e apesar dessas diferenças, vale ressaltar que mesmo com um cenário mais controlado, conforme divulgação do governo municipal, Mangaratiba tem em sua região (municípios vizinhos), o risco de deslocamentos que podem agravar o cenário local e a ocupação de leitos.

Itaguaí

Em Itaguaí, todos os leitos intensivos destinados a pacientes com Covid-19 no São Francisco Xavier estão ocupados. Ao todo, o hospital tem 26 vagas disponíveis para pacientes com Covid-19 e apenas 08 estão vagos, todos para tratamentos não intensivos. Pelo mapa do governo do estado e na divulgação da secretaria de saúde de Itaguaí, o município está classificado como bandeira laranja (risco médio) de contágio para a Covid-19.

Seropédica

Pelo mapa do governo do estado, a cidade está na região classificada com a bandeira laranja (risco médio), de contágio pela Covid-19.

As cidades de Itaguaí, Mangaratiba e Seropédica não estão utilizando os hospitais de campanha neste momento.

Veja como é composta algumas regiões do Estado

Região Metropolitana I é composta pelos municípios do Rio de Janeiro, Duque de Caxias, Magé, São João de Meriti, Belford Roxo, Nilópolis, Mesquita, Nova Iguaçu, Queimados, Japeri, Seropédica e Itaguaí, tendo o município do Rio de Janeiro como pólo regional.

Região Metropolitana II do Rio de Janeiro é formada por sete municípios, representa 6,18% do território do estado e 11,89% da população estadual. Integram a Região, os municípios de Itaboraí, Maricá, Niterói, Rio Bonito, São Gonçalo, Silva Jardim e Tanguá.

Região Noroeste do estado é composta pelas cidades de Itaperuna, Bom Jesus do Itabapoana, Italva, Laje do Muriaé, Natividade, Porciúncula, Varre-Sai, Santo Antônio de Pádua, Aperibé, Cambuci, Itaocara, Miracema e São José de Ubá.

Baía da Ilha Grande é formada pelos municípios de Mangaratiba, Angra dos Reis e Paraty.

Fonte: Secretaria de saúde do governo do estado do Rio de Janeiro.

https://www.saude.rj.gov.br/noticias/2021/06/mapa-de-risco-covid-19-estado-do-rio-de-janeiro-mantem-bandeira-amarela

Uma ideia sobre “Mapa de risco do estado põe Mangaratiba em bandeira vermelha, Itaguaí e Seropédica em bandeira laranja para a Covid-19

  1. joana moreira

    boa noite, estou muito indignada com aquela coordenadora da ubs brisamar, fica se fazendo de boazinha, mas depois que as pessoas vão embora fica espraguejando os pacientes, ela nen percebeu mas eu tava ouvindo tudo tomem cuidado com ela é muito falsa.

    Curtir

    Resposta

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s