Homem confessa ter matado a facadas ex-namorada em Itaguaí


Corpo foi deixado na Serra do Matoso após homem confessar o crime

Em 12 de maio de 2021 / Júlio Andrade

Mais um caso de feminicídio em Itaguaí

A jovem Jéssica Carla do Nascimento, que estava desaparecida desde o dia 26 de abril, teve o corpo encontrado após o ex-namorado Davis Araújo de 32 anos ter confessado o assassinato à polícia. Davis foi preso nesta segunda-feira (10), acusado de matar e ocultar o corpo de Jéssica, em abril deste ano, na Serra do Matoso, em Itaguaí. A ação foi realizada por policiais civis da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA).

Em seu depoimento, o acusado confessou o crime e apontou que escondeu o corpo de Jéssica, de 30 anos, em uma mata fechada na Serra do Matoso. A vítima foi morta com golpes de faca após uma discussão. Ela desapareceu no último dia 26 e a família comunicou o seu sumiço dias depois na 36ª DP (Santa Cruz), que encaminhou o caso para a DDPA.

A vítima ao lado do assassino quando ainda namoravam

A investigação revelou que Jéssica esteve na casa do ex-namorado, no bairro Paciência, na Zona Oeste do Rio, no dia de seu desaparecimento. Na ocasião, ela enviou sua localização para uma amiga alegando que estava tudo bem. Porém, horas depois não ocorreram mais respostas de Jéssica. As Câmeras de segurança da rua também registraram a presença da mulher no local. Ainda de acordo com a investigação, o homem apresentava um temperamento violento, tinha histórico agressivo com sua ex-companheira, com quem tem dois filhos, e não aceitava o término do relacionamento.

No dia 30 de abril, os agentes foram à casa do homem e interditaram o imóvel para perícia.

Dias depois, quando os agentes voltaram à residência, o imóvel estava parcialmente queimado. Eles constataram que o incêndio foi provocado pelo acusado, que tentou atrapalhar as investigações e o trabalho da perícia. A equipe da especializada continuou com as diligências com as provas solicitou à Justiça um pedido de prisão, decretado no último domingo (09).

Depois da prisão, o autor do crime acompanhou os agentes até o local onde deixou o corpo da vítima. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) foi acionada e a perícia foi realizada no local. O acusado responderá pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver.

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s