Servidores da área da saúde e assistência passarão a receber insalubridade em seus vencimentos em Itaguaí


Conquista foi possível graças a ação do MUSPI que representa os servidores públicos da saúde e assistência social. Movimento já havia conseguido vitória em 2020, com ação no STF que tornou inconstitucional lei que congelava direitos dos servidores. O mesmo movimento também foi o autor de leis que culminaram em comissões processantes contra o ex-prefeito Charlinho, numa delas houve a cassação. Prefeitura começa a pagar os valores de insalubridade para os servidores da saúde e assistência já no próximo pagamento.

Em 05 de janeiro de 2021
Júlio Andrade – Júlio do Boca no Trombone Itaguaí


Itaguaí – Os servidores que atuam nas áreas da saúde e assistência social no município de Itaguaí, passarão a receber já no próximo pagamento valores de insalubridade em seus vencimentos. O Decreto 4.545 disponível no Jornal Oficial 890, altera o Decreto 4.130 / 16 e concede a várias categorias de servidores esses valores.

As funções de Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Serviços Gerais, cozinheiro, Auxiliar/ajudante de cozinha e cuidadores sociais, quando lotados em unidades de saúde que prestem assistência médica, ambulatorial ou hospitalar ou nos equipamentos da Assistência Social como no CSEAS, Centro POP, CREAS e unidades de acolhimento institucional são consideradas funções insalubres, fazendo jus assim a pecúnia indenizatória em seus vencimentos, informa o decreto emitido pela prefeitura de Itaguaí.

Cabe lembrar que só terão esses valores em seus salários os servidores públicos das áreas da saúde e assistência social. Justamente os servidores assistidos pelo Movimento Unificado dos Servidores Públicos de Itaguaí (MUSPI), que tem conquistado impactantes vitórias para os servidores dos quais eles representam. Em 2020, o Muspi entrou com uma ação junto com o PSOL e obteve a vitória no Supremo Tribunal Federal que tornou inconstitucional lei que congelava direitos dos servidores de Itaguaí e que foi criada pelo ex-prefeito Charlinho.

Nas redes sociais o MUSPI comemorou mais uma conquista e mostrou para que serve um movimento, um sindicato.

Além da atuação do único Movimento de servidores que tem atuado de forma incessante na busca dos direitos dos servidores, o prefeito Rubem Vieira do Podemos mostra entender e buscar valorizar o funcionalismo da cidade.

Jornal Oficial clique aqui

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s