Em diplomação prefeito de Itaguaí agradece os votos obtidos nas eleições


Cerimônia ocorreu na sede do TRE na última semana em Itaguaí e seguiu todos os trâmites de segurança sanitária. Prefeito terá grandes desafios num governo ainda repleto de fiéis escudeiros do ex-prefeito Charlinho e sua esposa

Em 22 de dezembro de 2020
Júlio Andrade – Júlio do Boca no Trombone

Itaguaí – Na manhã da última quarta-feira (16/12), o prefeito eleito de Itaguaí, Rubem Vieira do Podemos, foi diplomado na sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), localizada no shopping Pátio Mix.

Além do prefeito Rubem, também compareceram para receber seus diplomas o vice-prefeito Valtinho Almeida e os onze vereadores eleitos.

A cerimônia, que teve início às 11 horas, precisou seguir todos os protocolos de segurança de combate ao coronavirus. Os diplomaveis aguardaram do lado de fora do TRE e eram chamados um a um. Antes de adrentarem o recinto de assinatura dos diplomas, todos tiveram suas mãos higienizadas com álcool em gel.

Não houve discursos. Apenas uma foto com o documento assinado.

Vale lembrar que o prefeito Rubem Vieira ainda se recuperava da covid-19.

Em agradecimento, Rubem assumiu o compromisso com cada voto recebido.

Esta manhã foi muito especial pra mim. Hoje fui diplomado Prefeito. A cerimônia foi na sede do Tribunal Regional Eleitoral junto com o vice-prefeito Valtinho Almeida e os 11 vereadores eleitos. Por conta da pandemia não houve discursos nem festa, mas pra mim foi o suficiente. O importante agora é fazer valer a pena o voto de cada cidadão que acreditou em mim. Meu coração está alegre pela oportunidade que Deus me deu de fazer Itaguaí grande novamente! A Deus toda a honra e toda a glória! Que Deus abençoe a você, que Deus abençoe a nossa Itaguaí“, disse o prefeito.

DESAFIO – Fiéis escudeiros de Charlinho ainda atuam em pontos estratégicos

Rubem Vieira pega uma prefeitura acostumada a ter dezenas de denúncias de casos de corrupção e perseguições aos servidores públicos, em especial no governo cassado de Carlo Busatto Júnior, o Charlinho. A tarefa não será fácil para o gestor que já havia assumido o governo com o Impeachment do ex-prefeito em julho deste ano. Nos bastidores, a situação não será muito fácil, pois há ainda secretarias repletas de fiéis escudeiros dos Busattos, como a secretaria municipal de educação, tanto na sede do órgão, quanto nas direções escolares, coordenações itinerantes e dezenas de desvios de função de agentes administrativos para a função de secretário escolar.

Resta saber se a partir de 02 de janeiro, quando de fato começam os trabalhos, esse cenário será modificado pelo prefeito eleito, que corre o risco de ter informações de sua atuação nas mesas do ex-governantes diariamente como ocorreu e muito nos governos de Weslei Pereira e Luciano Mota. Quando haviam fiéis ao clã Busatto em pontos estratégicos do governo.

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s