Convocação de mesários para as eleições municipais será de forma remota este ano


Mesários poderão ser convocados pelo sistema Convoca-E, por e-mail ou WhatsApp. TRE-RJ firmou parceria com empresas de ônibus para o transporte das urnas eleitorais

Em 10 de setembro de 2020

Rio de Janeiro – Neste ano, o TRE-RJ irá convocar os mesários, preferencialmente, de forma remota, pelo sistema Convoca-E, por e-mail ou whatsapp. A convocação remota dos colaboradores que atuam no apoio logístico, porém, vai ocorrer apenas por e-mail ou pelo aplicativo WhatsApp. De acordo com o calendário eleitoral, os cartórios eleitorais têm até o dia 16 de setembro para nomear os cidadãos que vão atuar como membros de mesas receptoras de votos e de apoio logístico.

Quem receber a mensagem eletrônica das zonas eleitorais com a convocação para atuar como mesários, supervisor de local de votação ou qualquer outra função de colaborador da Justiça Eleitoral pode confirmar a veracidade dos dados do e-mail ou mensagem de WhatsApp no site oficial do TRE-RJ . Nesse mesmo sítio eletrônico, os eleitores também poderão efetuar o cadastro no sistema Convoca-E.

O TRE-RJ publicou no Diário da Justiça eletrônico (DJe), 19 de agosto, o Provimento VPCRE 05/20, que regulamenta o uso da convocação eletrônica pelos cartórios eleitorais. Outra novidade prevista pela norma é que o mesário convocado ficará dispensado de comparecer ao cartório para assinar previamente o termo de ciência e compromisso. O objetivo da medida visa a preservar o distanciamento social.

Para receber a convocação pelo sistema Convoca-E, o mesário poderá cadastrar-se, mediante o preenchimento de um formulário que ficará disponível na página da internet do TRE-RJ. O Cartório Eleitoral, por sua vez, poderá cadastrar um banco de mesários. Com isso, a Justiça Eleitoral enviará uma mensagem para o endereço eletrônico do eleitor, informando um código de confirmação, que deverá ser digitado no sistema, para fins de validação do cadastro. Posteriormente, no período definido no Calendário Eleitoral, o eleitor cadastrado receberá uma senha que permitirá a geração da carta convocatória disponibilizada no sistema Convoca-E.

Colaboradores que vão exercer as funções de apoio logístico (administrador de prédio, auxiliar de transporte e auxiliar de serviços eleitorais), membros de junta, auxiliares e escrutinadores não serão convocados pelo sistema Convoca-E nas eleições deste ano. Para esse grupo, o contato dos cartórios eleitorais ocorrerá preferencialmente por mensagem eletrônica ou por aplicativo de mensagem instantânea (WhatsApp).

TRE-RJ e sindicatos de empresas de ônibus firmam parceria para transporte de urnas nas Eleições 2020

Ônibus cedidos vão levar equipamentos até os locais de votação de 15 municípios da Região Metropolitana

O TRE-RJ firmou convênio com a Rio Ônibus, a Setransduc, a Setrerj e a Transônibus para o transporte das urnas eletrônicas aos locais de votação, no primeiro e no segundo turno das eleições deste ano. Serão cedidos, sem ônus para o Tribunal, cerca de 800 ônibus abastecidos e motoristas, que vão retirar as urnas dos locais de armazenamento e levar para que sejam instaladas nas seções eleitorais. O convênio também prevê o recolhimento das urnas após o encerramento da votação, a divulgação gratuita de mensagens institucionais do TRE-RJ a respeito do processo eleitoral, no âmbito das empresas de transporte filiadas, e a cessão de outros 20 veículos adicionais, para apoio a atividades preparatórias das eleições, inclusive na fiscalização da propaganda eleitoral.

A parceria, intermediada pela Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor), abrange o atendimento aos locais de votação de 15 municípios da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Desde 1996 a Justiça Eleitoral fluminense conta com a colaboração das empresas de ônibus na prestação do serviço de transporte de urnas. “A realização das eleições exige uma logística muito complexa e conhecimentos múltiplos. Instituições dos diversos segmentos cooperam com o Tribunal e, sem estas, não seria possível a realização do maior evento democrático do país”, destacou o presidente do TRE-RJ, desembargador Cláudio Brandão. “A logística de transportes é um dos aspectos mais sensíveis em uma eleição. As empresas de ônibus têm contribuído, em parceria institucional, de forma inequívoca, ao longo dos anos, para o êxito do processo eleitoral”, completou

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s