Vereadores explicam situação de cemitérios da cidade


Lei aprovada na Câmara visa construir um cemitério com o auxílio de cooperativas e não mexer com os já existentes, relatou um dos parlamentares. Um áudio de um ex-comissionado do governo cassado de Charlinho, que também tinha um filho nomeado no governo anterior,desejou a morte de pessoas e espalhou a informação mentirosa segundo parlamentares e página de Facebook da cidade

Em 06 de setembro de 2020

Itaguaí – Polêmica – Na última sexta-feira, 02, uma grande polêmica surgiu em Itaguaí, depois que um cabo eleitoral do ex-prefeito cassado gravou um áudio criticando o Projeto de Lei nº 3.876, de autoria do vereador Waldemar Ávila, recentemente votado na Câmara dos Vereadores. O Projeto propôs a aprovação da criação de um cemitério particular na cidade, como o Jardim da Saudade que existe no Rio de Janeiro. Não se trata da privatização dos cemitérios que existem na cidade. Infelizmente, o autor do áudio entendeu errado e partiu para o ataque.

Até o direito de enterrar seus entes queridos, as tralhas que ocupam as cadeiras de nossa casa de Leis querem tirar do povo, canalhas! Tanta coisa importante para votar naquele antro de desocupados, mas eles querem vender os cemitérios para alguma empresa privada, que com certeza eles já têm escolhida para ganhar rios de dinheiro com o sofrimento alheio”, acusou no áudio o ativista SP.

Na gravação, quer circulou nos WhatsApps da cidade, SP chocou ao amaldiçoar cruelmente os parlamentares, incitando violência e ódio. “Malditos sejam todos os que votaram a favor dessa patifaria, tomara que morram e seus familiares não tenham dinheiro para enterrá-los com dignidade e terão que ser enterrados em pé para não ocupar muito espaço. Por mim, se eu fosse o coveiro, ainda enterraria de cabeça para baixo porque se tentar fugir irão cavar até o inferno”, disparou.

Não demorou muito para que os parlamentares começassem a se manifestar. “Estão dizendo que os cemitérios da cidade vão ser privatizados; isso é Fake News! A Lei de minha autoria trata de cemitério privado a partir de cooperativas. Já passou da hora de Itaguaí ter um cemitério como o Jardim da Saudade”, defendeu Waldemar Ávila em vídeo postado nas redes sociais.

O professor Willian César também se manifestou. “Estou aqui para acabar com a Fake News dos cemitérios. A pessoa que fez o áudio não teve nem o trabalho de ler ou pesquisar do que se tratava. Na verdade o que foi aprovado pela Câmara foi uma Lei que autoriza o poder executivo a firmar parceria para a construção de novo cemitério, não mexer com os cemitérios que já existem. O pior disso tudo é você ouvir um áudio com tanta agressividade, desejando a morte das pessoas, expelindo ódio, ainda mais num momento que a gente vive tão triste de Pandemia, perdendo tantas pessoas”, confrontou o vereador Willian César. A matéria foi aprovada por ampla maioria, votando contra os Vereadores Carlos Kifer e Sandro da Herminio. O Vereador Nisan Cesar abandonou o plenário, não votando o projeto.

O texto é do jornal Correio da Manhã, uma página de notícias no Facebook. A sigla SP, é referente a uma fugira polêmica na política da cidade, o ativista político Sérgio Prata. O citado, tinha seu filho nomeado no governo do prefeito cassado por crimes de corrupção Charlinho Busatto. SP estava silencioso nos últimos três anos, curiosamente em todo mandato de Charlinho e agora resolveu se manifestar. Nas últimas décadas ele tem se notabilizado em criticar quando não está ou quando não tem alguém da família nomeado em algum governo.

Delegado da Polícia Federal já acusou SP de montar uma farsa contra as investigações que afastou Luciano Mota em 2015

SP causou também muita polêmica na época do afastamento do ex-prefeito Luciano Mota. Chegando ao ponto do ex-delegado da polícia federal Hilton Franco, responsável na época pelas investigações, relatar em entrevista que iria processar entre outros o ativista político.

Clique aqui e releia esse assunto

Tentamos contato com o citado, mas não tivemos êxito. Pois nosso blog e nossos profissionais estão bloqueados por SP desde que Charlinho havia assumido a prefeitura em 2017. Porém, o espaço do blog está disponível para o ativista.

Fala em vídeos dos parlamentares Waldemar Ávila e Willian Cézar sobre o assunto

Suposto áudio de Sérgio Prata que circula nas redes sociais e aplicativos de conversa

Ouça o áudio do ativista político clicando aqui

Leia a lei aprovada pela Câmara na íntegra clicando aqui

RELEMBRE:

Delegado da Polícia Federal diz que vai processar “caluniadores”

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s