Durante pandemia SMEC entrega kits e rumores dão conta de entregas de uniformes


Com as eleições municipais se aproximando secretaria de educação entrega materiais que eram para ter sido entregues em fevereiro, quando não havia pandemia no País. Rumores dão conta de possível candidatura da primeira dama e atual secretária de educação para o cargo de prefeita nas eleições deste ano

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) de Itaguaí, além da entrega de cestas básicas as famílias dos estudantes municipais e do uso das verbas da merenda escolar para cestas básicas também para as famílias dos alunos, algo que ocorreu em quase todo o País, também convocou os pais de alunos para irem até às unidades escolares, quando as recomendações é de isolamento social e evitar aglomerações, para receberem kits escolares, como cadernos, lápis e diversos. Além disso há rumores, inclusive relatados pelo vereador Willian Cézar, que a Secretaria de Educação, gerida pela esposa do prefeito de Itaguaí Andréia Busatto, teria autorizado a entrega de uniformes escolares para os alunos.

Porém como todos sabem, os alunos devem permanecer em casa devido a pandemia de Coronavírus e que em Itaguaí tem números assustadores, devido também as deficientes ações do governo do próprio marido da secretária na área da saúde.

Logo, qual o motivo de entregar uniformes escolares e expor pais de alunos em aglomerações, sendo que os estudantes permanecem em casa?

Todas essas ações seriam louváveis se fossem feitas no início do ano, data em qual se começa o ano letivo e que tais materiais deveriam ter sido entregues.

Parece que a preocupação nessas entregas e os riscos que são expostos os pais de alunos e consequentemente todos os seus familiares em época de pandemia, ficam em segundo plano, já que se aproximam as eleições municipais, onde também rumores dão conta de uma possível candidatura da secretária de educação para o cargo de prefeita na eleição deste ano.

A SMEC deveria se mobilizar mais em ações voltadas no auxílio da grave pandemia de Covid-19 na cidade e deixar a distribuição de uniformes ou qualquer outra que pode ser feita mais pra frente, quando a pandemia estiver mais controlada. Se seguisse a cartilha de entregar materiais diversos no começo do ano e não próximo a desfiles cívicos como fez durante o mandato e agora próximo as eleições, seria mais produtivo e compreensivo. Até porque o governo que mal consegue dar assistência aos moradores da cidade, em especial na área da saúde, não deveria expô-los visando as urnas.

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s