Vale doa kits de testes rápidos e novos itens de proteção para hospitais de Itaguaí e Mangaratiba


A doação da Vale reforça o apoio aos hospitais que atendem pelo SUS nas regiões onde a empresa atua

Os hospitais municipais Victor De Souza Breves, em Mangaratiba, e São Francisco Xavier, em Itaguaí, receberam kits de testes rápidos e uma nova remessa de equipamentos de proteção individual para profissionais de saúde, nesta sexta-feira (15/05). A doação é voltada para instituições que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em municípios onde a Vale atua.

Entre os itens entregues pela mineradora nesta sexta-feira, estão 12 mil testes rápidos e 117,8 mil itens entre máscaras N95, aventais e luvas.

Em abril, esses hospitais receberam outros 257,3 mil itens, incluindo máscaras cirúrgicas, luvas e óculos de proteção, totalizando mais de 387 mil equipamentos de proteção e testes rápidos. Os materiais se somam à doação feita ao Governo Federal.

“A contribuição da Vale a hospitais da Costa Verde, onde mantém operações, visa apoiar o trabalho dos profissionais da rede pública local. Também reforça o compromisso da empresa com as comunidades onde a atua”, diz Walter Pinheiro, gerente-executivo de operações do Terminal da Ilha Guaíba (TIG) e da Companhia Portuária Baía de Sepetiba (CPBS).

Tal ação se soma à doação anunciada e concluída pela Vale de kits de testes e EPIs ao Governo Federal. Em pouco mais de 40 dias, foram entregues ao Ministério da Saúde 5 milhões de kits de teste rápido para detecção do vírus e 15,8 milhões de equipamentos de proteção individual (EPIs).

Outras ações na região

A Vale doou 300 litros de álcool em gel e quatro tendas de 3×3 para a Prefeitura de Mangaratiba, para atendimentos na área da saúde. A empresa ainda doou 50 litros de álcool em gel e 150 kits de EPIs, com luvas de látex e máscaras 3M, para a Polícia Militar e a mesma quantidade para Polícia Civil, em Mangaratiba.
Também foram doados kits de limpeza para mais 500 famílias de diversos bairros no município. Entre os beneficiados estão quilombolas e pescadores artesanais, comunidades tradicionais da Baía de Sepetiba. As doações têm como objetivo estimular essas famílias, que se encontram em situação de vulnerabilidade, a não deixarem suas comunidades e se manterem em condições mínimas de higiene e segurança, seguindo as orientações do Ministério da Saúde.

Prevenção e saúde dos empregados

A Vale vem tomando todas as medidas necessárias à prevenção ao Covid-19 nas localidades onde está presente e em seus locais de trabalho. Tem ainda atuado para reduzir a presença do efetivo administrativo e operacional nas suas unidades, de forma a manter apenas os serviços essenciais.

Além do trabalho remoto adotado desde 16/3 para empregados cujas funções são elegíveis a home office e para empregados dos grupos de risco, conforme orientação do Ministério da Saúde, a empresa colocou em prática uma série de ações preventivas para evitar aglomerações, como redução da quantidade de pessoas nas portarias, nos ônibus e nos restaurantes. Também foram implantadas medidas para aumentar o distanciamento social e reforçados os protocolos de limpeza e desinfecção nas instalações da empresa, de acordo com recomendações técnicas.

A empresa reforça que está em conformidade com os protocolos de saúde e segurança estabelecidos pelas autoridades e agências de cada um dos países onde opera e está monitorando o desenvolvimento da situação.

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s