Concurso para dirigentes escolares com plágio de prova, isso é Itaguaí


A cidade dos absurdos. Secretaria de educação realiza prova para escolha de diretores escolares com prova plagiada. Veja a matéria do RJTV 2

A prefeitura Municipal de Itaguaí não cansa de cometer absurdos. Como nosso blog já havia antecipado e o RJTV mostrou, os absurdos nesse processo eleitoral chegaram ao ponto de termos uma prova com quase 20% dela plagiada de um concurso realizado na Bahia em 2010. Como se não bastasse, tal prova reprovou quase metade dos candidatos e havia impedido de muitos candidatos seguirem o processo para que pudessem concorrer às eleições de diretores escolares da cidade. Cabe lembrar que muitas escolas sequer estão tendo o processo eleitoral.

Assista a matéria do RJTV 2 no link abaixo

https://globoplay.globo.com/v/7229245

Veja as provas e compare:

Folha 1 Seplag 2010.

Folha 1 Itaguaí Dirigentes Escolares 2018

Folha 2 Seplag 2010

Folha 2 Itaguaí Dirigentes Escolares 2018

Folha 3 Seplag em 2010

Folha 3 Itaguaí Dirigentes Escolares 2018

Prova Seplag 2010

Denúncias

Também chegou até nosso blog, diversas denúncias de que na hora do exame os celulares estavam liberados para o candidato, inclusive ir ao banheiro e depois retornar à sala com o aparelho eletrônico em mãos. Com tudo isso, o índice de reprovação e de suspeitas de possíveis privilégios para alguns dos candidatos foi grande e repercute na rede.

Elaboração de processo sem a participação do sindicato da educação de Itaguaí

Outro ponto grave foi a não participação do sindicato dos profissionais da educação, Sepe, neste processo para a elaboração da prova. O sindicato, não aceitou participar de boa parte devido a falta de transparência e das incoerências entre a publicação do edital e a realização da prova. A prova aliás, foi muito contestada pelo Sepe, inclusive com denúncias feita no Ministério Público, mais precisamente na Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva da Educação em Nova Iguaçu.

Alto índice de reprovação com quase metade dos candidatos não aptos

O alto índice de reprovação também evidenciou esse processo até o momento, dos 81 candidatos, quase 40 foram reprovados na prova, sem passar para a etapa seguinte, a eleição nas unidades.

Fonte das imagens acima : Universidade Brasil

O que dizem os citados: A Universidade Brasil não retornou aos contatos de nosso blog e nem do RJTV 2. Já a prefeitura de Itaguaí anulou a prova.

Após os recursos de vários candidatos, das denúncias feitas sobre o plágio e de um ofício do Ministério Público cobrando explicações, a prefeitura de Itaguaí voltou atrás e cancelou o resultado da prova. Porém ainda não se manifestou se vai seguir o que manda o Plano Nacional e Municipal de Educação e realizar as eleições em todas as unidades ou se vai violar mais uma vez o que mandam as leis e nomear dirigentes escolares em escolas que não ocorrerá eleições neste primeiro momento.

Veja o comunicado da Secretaria de Educação e Cultura

Segue comunicado da Educação e Cultura:

“Informamos que, conforme publicado no Jornal Oficial 684/18 de 05/12/18, a prova do processo misto de escolha de diretores escolares foi anulada.

Acrescentamos que o edital será retificado e publicado juntamente com novo calendário.

Não haverá registro de candidatura nas datas anteriormente agendadas (06 e 07/12/2018).”


Publicado dia: 06/12/2018

Veja mais sobre o assunto em nossa matéria completa feita em novembro

Eleição para diretores escolares em Itaguaí, a “democrassia” com a cara do atual governo

Anúncios

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s