Polícia faz operações nas comunidades do “Rola e Antares” em Santa Cruz


Qualquer um pode fazer denúncias anônimas para colaborar com as investigações. Moradores relatam tiroteios na Zona Sul do Rio. Forças de segurança fazem operação nas favelas do Rola e Antares, na Zona Oeste, e PM atua nos morros da Coroa, Fallet e Fogueteiro, na Zona Norte. Moradores ouviram disparos no Morro Chapéu-Mangueira, no Leme.

Agentes das forças de segurança realizam, na manhã desta terça-feira (14), uma operação nas favelas do Rola e de Antares, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio. Homens da Polícia Militar também realizam operação nas favelas da Coroa, Fallet e Fogueiteiro, na Zona Norte do Rio,

Na ação realizada na Zona Oeste, os agentes verificam denúncias de práticas criminosas e cumprem mandados judiciais. As ações incluem a retirada de barricadas e revista de pessoas e veículos, assim como a checagem de antecedentes criminais.

No Morro Chapéu-Mangueira, no Leme, na Zona Sul, moradores ouvem disparos desde o fim da madrugada. Por volta das 6h20 desta terça-feira, não havia qualquer movimentação policial na região. As favelas Chapéu-Mangueira e Babilônia recentemente foram alvos de disputas entre quadrilhas rivais do tráfico de drogas.

Também pelas redes sociais, moradores reclamam de intensa troca de tiros nas imediações dos Morro da Coroa, da Mineira, dos Prazeres, do Escondidinho, do Fogueteiro e do Fallet. Mas o tráfego é tranquilo nas principais vias dessas regiões.

Forças de segurança na Zona Oeste

Segundo a Secretaria de Segurança, 1.900 militares das Forças Armadas, 140 policiais militares e 45 policiais civis, com apoio de meios blindados, equipamentos de engenharia e aeronaves atuam nas comunidades da Zona Oeste. Algumas vias e acessos poderão ser interditados e setores do espaço aéreo poderão ser controlados, com restrições dinâmicas para aeronaves civis.

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=288294755085355&id=248343018700786

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=260281951362389&id=248343018700786

As tropas efetuam a distribuição de folhetos impressos solicitando a colaboração da população. São oferecidos dois canais: um telefone para denúncias anônimas (2253-1177) e um e-mail para dúvidas, reclamações, comentários e sugestões (ouvidoria.intervencao@cml.eb.mil.br).

Com G1

Anúncios

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s