Vandalismo e calote podem fechar estações do BRT na Zona Oeste


Trajeto que pode acabar é o que liga Santa Cruz a Campo Grande

O consórcio que administra o BRT na cidade do Rio de Janeiro encaminhou hoje, pela manhã, um ofício ao Ministério Público do Rio de Janeiro, após ter esgotadas todas as tentativas de obter uma solução em conjunto com a Secretaria Municipal de Transportes, órgão responsável pela gestão do contrato do sistema BRT. No ofício o consórcio informou que o enorme número de evasão (calote) e vandalismo, além de problemas de segurança pública, que colocam em risco passageiros e funcionários, tornam a paralisação dos serviços da Avenida Cesário de Melo, em Santa Cruz, não apenas um risco real, mas uma questão de tempo.

 

A suspensão da operação no trecho da Cesário de Melo atingiria não apenas a rotina dos passageiros da região, mas também pode ser o ponto final do Clube do BRTzinho, um projeto social do BRT que atende escolas e creches da Prefeitura do Rio localizadas em comunidades de Santa Cruz. O principal objetivo da ação é fornecer transporte para crianças e adolescentes de baixa renda participarem de atividades extracurriculares

 

Veja o comunicado oficial do Consórcio na íntegra

O BRT informa que o enorme número de evasão (calote) e vandalismo, além de problemas de segurança pública, que colocam em risco passageiros e funcionários, tornam a paralisação dos serviços da avenida Cesário de Melo, em Santa Cruz, não apenas um risco real, mas uma questão de tempo. No entanto, não há data ainda para que isso ocorra. Até o momento, os serviços seguem sem alteração.

O Consórcio encaminhou hoje, pela manhã, um ofício ao Ministério Público do Rio de Janeiro, após ter esgotadas todas as tentativas de obter uma solução em conjunto com a Secretaria Municipal de Transportes, órgão responsável pela gestão do contrato do sistema BRT.

A suspensão da operação no trecho da Cesário de Melo atinge não apenas a rotina dos passageiros da região, mas também pode ser o ponto final do Clube do BRTzinho, projeto social do BRT que atende escolas e creches da Prefeitura do Rio localizadas em comunidades de Santa Cruz. O principal objetivo da ação é fornecer transporte para crianças e adolescentes de baixa renda participarem de atividades extracurriculares.”

 

Anúncios

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s