Assaltos a duas unidades do Hipermercado Extra causaram pânico entre funcionários e clientes no Rio


Após tamanha violência, rede de Santa Cruz manteve a loja funcionando mesmo com trabalhadores abalados

 

Uma tentativa de assalto terminou em tiroteio na noite desta terça-feira (12), no estacionamento do supermercado Extra, em Santa Cruz, zona oeste do Rio. Cinco pessoas ficaram feridas, entre elas uma criança de 7 anos.

De acordo com a Polícia Militar, pelo menos quatro criminosos participaram da ação. Os agentes acreditam que o grupo pretendia roubar o setor de eletrônicos, em especial celulares do supermercado, porém, ao chegar no estacionamento, encontraram os vigilantes que fariam o recolhimento de dinheiro do estabelecimento. Eles renderam os dois seguranças, mas uma segunda equipe de vigilantes também estava no local para atender a lotérica. Eles foram alertados por clientes sobre o assalto e trocaram tiros com os criminosos.

No tiroteio, mãe e filho que passavam pelo local foram baleados. Carla de Souza Ferreira, de 33 anos, e o filho, Carlos Eduardo de Souza, de 7 anos, foram levados por populares para o Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo. O estado de saúde dos dois é estável.

Outras duas pessoas ficaram feridas. Taís Franco Fontes, de 25 anos, estava em um estande dentro do supermercado, quando foi atingida por estilhaços. Ela também foi socorrida para  o Hospital Albert Schweitzer. Já o vigilante Ricardo da Silva, de 41 anos, foi levado para a UPA João 23, em Santa Cruz.

De acordo com a Polícia Militar, os assaltantes conseguiram fugir, porém um deles teria sido baleado durante confronto.

Mesmo após tamanha violência, a filial de Santa Cruz manteve a loja funcionando.

Segundo os trabalhadores, o local foi fechado e dado ordem para que fosse lavado para a retirada das marcas de sangue. Muito abalados e assustados, os funcionários foram obrigados a voltar ao trabalho após a limpeza e a loja funcionou normalmente até às 23 horas. “Não havia a mínima condição de trabalhar, estava assustada e tudo que eu fazia eu olhava para os lados com medo de algo ocorrer. Minha mãe pediu que eu pedisse demissão da loja, pois estamos com muito medo”, disse uma funcionária.

 

Em nota, a rede de supermercados Extras informou que “durante tentativa de assalto em sua unidade de Santa Cruz, ocorreu uma troca de tiros no estacionamento entre os assaltantes e os seguranças de uma empresa de carro forte. Houve feridos, que já foram encaminhados para atendimento médico. A rede está à disposição das autoridades competentes”.

 

Filial assaltada

Mais cedo, uma outra unidade do supermercado Extra foi alvo de criminosos na Ilha do Governador, zona norte do Rio. De acordo com testemunhas, o grupo estava armado com fuzis, mas não houve troca de tiros. Ao perceber a aproximação da polícia, os criminosos fugiram roubando um carro.

O caso foi registrado na Delegacia da Ilha do Governador (37ª DP), onde foi instaurado Inquérito policial para apurar as circunstâncias da tentativa de roubo ao supermercado. Diligências estão em busca de imagens de câmeras de segurança e testemunhas.

Com algumas informações do portal R7

Anúncios

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s