Casa do povo?


Sessão é encerrada precocemente após desabafo de trabalhador

O presidente da Casa o vereador Rubem Viera de Souza (PTN), encerrou a sessão desta quinta – feira 10, após alegar desrespeito por parte da plateia com os vereadores. Na verdade, o “desrespeito” citado pelo legislador eleito pelo povo, era referente ao vereador Carlos Eduardo Carneiro Zóia (PSD).

A sessão que tinha na pauta uma proposta de moção aos trabalhadores da Samu, transcorria relativamente tranquila. No plenário, o vereador Ivan Charles Jesus Fonseca, o Ivanzinho (PSB), ofereceu a tal proposta aos trabalhadores e relatou que em recente visita ao local onde eles atuam, constatou o estado precário. Que os bravos trabalhadores contam apenas com duas ambulâncias em péssimas condições. O legislador citou o caso recente, onde em um atendimento, um desses veículos teve que ser empurrado por parentes de uma vitima para poder funcionar. Ivanzinho finalizou dizendo do respeito para com essas pessoas e que era triste ver um cenário desses na cidade.

Aproveitando o gancho, o vereador Carlos Eduardo Carneiro Zóia (PSD), tentou fazer um pronunciamento, quando foi interpelado pela plateia, que o vaiou. Zoiá, já foi diretor do hospital municipal São Francisco Xavier e alvo de muitas críticas negativas na gestão do ex prefeito Weslei Pereira. Um dos presentes na plateia, disse ser fácil fazer discurso para os trabalhadores, mas o correto era os legisladores cobrarem do Executivo melhorias para esse local e essas pessoas. Um dos presentes, relatou que era obrigação dos vereadores fiscalizar o hospital que está em péssimas condições e que Zoiá não tinha condições de opinar, já que deixou o único hospital da cidade em um estado calamitoso. As cobranças não pararam por aí.

Com todo o apoio da plateia, o homem deu uma lição de fiscalização cobrando dos vereadores algo que já era para ser feito, o ato de fiscalizar e cobrar.“Não somos nós que devemos cobrar melhorias apenas, isso é função deles (vereadores), os trabalhadores precisam receber e não ter apenas homenagens, estamos passando dificuldades nesse cenário atual e ainda vamos ter que ouvir tudo isso calado? Eles é que precisam ir no hospital e cobrar, é função deles, eles nos devem satisfações, eles trabalham para o povo e não o contrário”, disse efusivamente o trabalhador.

Após já ter suspendido a sessão, o presidente da casa alegando desrespeito com os vereadores a encerrou precocemente. Agindo assim, ele mostrou que a casa do povo só é do povo, quando lhe convém. Mais uma bola fora do atual presidente, que infelizmente coleciona vexames públicos a cada sessão.

Anúncios

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s