Câmara aprova lei que institui o programa municipal de equoterapia


Pais temem por suspensão do tratamento

Com quórum completo a 21ª sessão ordinária do ano de 2017, que aconteceu no último dia 13 de junho, teve a aprovação de um projeto que trará qualidade de vida para muitos munícipes. Foi aprovado em discussão final a lei número 3.506, de autoria do vereador Gil Torres (PTN), que institui o programa municipal de equoterapia como opção terapêutica de saúde pública voltado para crianças e adultos portadores de deficiência física, mental, distúrbio comportamental ou vítimas de acidentes.

O vereador Gil Torres foi parabenizado pelos colegas, e a lei aprovada por unanimidade.

Pais alertam para possível suspensão do tratamento

A mãe de um dos alunos Cíntia Arielle, fez um desabafo através de um vídeo compartilhado em nossa página no Facebook.

“Sr. Prefeito de Itaguaí,

Precisamos da continuidade da EQUOTERAPIA no Horto de Itaguaí, nesse espaço são atendidas 60 pessoas com deficiência. Nossos filhos tiveram melhoras significativas, pois são atendidos por uma equipe multidisciplinar qualificada sem nenhum custo da prefeitura de Itaguaí, pois o PORTO mantém o projeto e o custo. Da prefeitura precisamos apenas do espaço e do transporte.

Como ficarão nossos filhos sem a equoterapia?

Muitas crianças começaram a andar depois que iniciaram o tratamento na equoterapia, a ter menos quedas, a falar e conseguiu a socialização já que muitos tinham dificuldades de se socializar.

Não ceder o Horto de Itaguaí e o transporte você como prefeito estará excluindo essas crianças da sociedade e deixando de dar qualidade de vida a quem mais precisa.

COMPARTILHEM, O ÚLTIMO DIA DE ATENDIMENTO SERÁ DIA 29/06/2017 SE O PREFEITO DE ITAGUAÍ NÃO LIBERAR O HORTO E O TRANSPORTE NÃO TERÁ MAIS ATENDIMENTO PARA AS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA.”

Veja o vídeo:

 

Resposta da Prefeitura de Itaguaí 

Entramos em contato com a prefeitura para falar sobre o tema e o governo relatou que o projeto de equoterapia é da empresa Qualivida- Fisioterapia e Reabilitação- com a empresa Porto Sudeste do Brasil S/A, sendo a atividade desenvolvida em uma área
próxima ao Horto Municipal.

Disse ainda que, é  importante destacar que as crianças que participam do projeto da
Qualivida sempre receberam apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que funciona no Horto Municipal, cedendo os sanitários e o espaço para confraternizações.

A prefeitura de Itaguaí finalizou dizendo que não há nenhum contrato ou convênio de ambas as empresas com a Prefeitura de Itaguaí e em relação ao transporte das crianças que participam do projeto, o
serviço é de responsabilidade da empresa Qualivida.

Veja a nota na íntegra:

“A Prefeitura Municipal de Itaguaí esclarece que o projeto de equoterapia é da empresa Qualivida- Fisioterapia e Reabilitação- com a empresa Porto Sudeste do Brasil S/A, sendo a atividade desenvolvida em uma área próxima ao Horto Municipal.
É importante destacar que as crianças que participam do projeto da Qualivida sempre receberam apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que funciona no Horto Municipal, cedendo os sanitários e o espaço para confraternizações.
Vale ressaltar que não há nenhum contrato ou convênio de ambas as empresas com a Prefeitura de Itaguaí.
Em relação ao transporte das crianças que participam do projeto, o
serviço é de responsabilidade da empresa Qualivida.”

Anúncios

Uma ideia sobre “Câmara aprova lei que institui o programa municipal de equoterapia

  1. Pingback: Pais fazem protesto contra atendimento ruim para alunos especiais em Itaguaí | Boca no Trombone – Itaguai

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s