Rede municipal de Itaguaí sem salários de dezembro, férias e atrasados do PCCS decidiu aderir à greve geral do dia 30/6


Outras redes também vão aderir

A assembleia da rede municipal de Itaguaí, realizada no dia 21/6, decidiu pela adesão da categoria à greve geral, programada para o dia 30 de junho. Na plenária também foram discutidas as ações do Sepe para pressionar o governo municipal a apresentar uma solução definitiva para a conjuntura enfrentada pela categoria: salários de dezembro, férias e atrasados do PCCS ainda não foram pagos nem a prefeitura apresenta uma previsão para a regularização.

 

Com abertura em momento de informes foram detalhadas todas as ações judiciais em curso, que abrangem a categoria e dadas orientações acerca da difícil conjuntura enfrentada pelos profissionais da educação, ainda com salário de dezembro, férias e atrasados do Plano de Carreira, NÃO PAGOS PELA PREFEITURA E SEM PREVISÃO.

 

Os servidores deliberaram pela adesão à Greve geral,  com duração de 24 horas, a ocorrer no dia 30/06/2017, pela garantia dos direitos dos trabalhadores de todo o país, como a aposentadoria;  e como forma de reivindicar os direitos que estão sendo desrespeitados pela prefeitura de Itaguaí e chamar a atenção para os problemas na educação local, que se somam aos vencimentos em atraso: falta de professores em diversas  disciplinas, em diferentes escolas; fechamento do Segundo Segmento do Ensino Fundamental (turmas de 6° ao 9° ano) em algumas unidades escolares e variados problemas infraestruturais em toda a rede.

 

A plenária também manteve a deliberação anterior de não fazer reposição dos dias da greve, enquanto os servidores não tiverem recebido salário do mês de dezembro e decisão judicial sobre o assunto, com aprovação em assembleia extraordinária e específica.

 

A próxima assembleia foi marcada pelos profissionais para o dia 19/07/2017, às 10 horas, em local a ser divulgado.

Fonte: Sepe Itaguaí

Até o momento, além de Itaguaí, a Rede municipal de São Gonçalo, do Rio de Janeiro, Teresópolis, Caxias que inclusive está em greve e a rede estadual do Rio também vão aderir.

 

 

Panfleto Greve Geral 30 de junho:

http://seperj.org.br/admin/fotos/boletim/boletim1771.pdf

 

Greve geral de 30 de junho

Além da rede municipal de Itaguaí, a greve geral convocada pelo conjunto das centrais sindicais brasileiras, que será realizada nesta sexta-feira (30), será acompanhada por atos de rua em todo o país, chamados por centrais sindicais. As manifestações também contarão com o apoio e mobilização das frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo.

No Rio de Janeiro (RJ), o protesto acontecerá a partir das 17 horas, com concentração na Candelária, no centro da cidade. A ideia é unir forças à mobilização convocada por alunos, professores e funcionários da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), que passa por um momento complicado de cortes de verbas e periga fechar

Anúncios

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s