Viajar de táxi em Itaguaí ficou mais fácil com implantação de taxímetro


Usuário agora paga o que está marcando no relógio. Acabou o “tiro”

Viajar de táxi em Itaguaí é seguro, confortável e, melhor ainda, o valor da corrida é estipulado por uma tabela tarifária. Com o objetivo de divulgar o serviço e informar aos usuários sobre as novas regras que devem ser cumpridas pelos “amarelinhos”, a Secretaria de Transportes, Trânsito e Defesa Civil do município iniciou esta semana a campanha Transporte de Táxi Legal.

Atualmente, os 220 veículos autorizados a transportar passageiros estão equipados com taxímetros aferidos. A medida praticamente coloca um fim na cobrança aleatória,  popularmente conhecida como “tiro”.

A lei municipal  que instituiu o taxímetro entrou em vigor no ano passado, mas, segundo os taxistas, o transporte de táxi ainda é pouco utilizado porque as pessoas não sabem que pagarão um preço justo pela viagem. Ao contratar o serviço e em qualquer dia da semana, o usuário pagará a quantia inicial de R$ 6. De segunda a sábado, das 6h às 21h, esse valor sofrerá um acréscimo de R$ 2,60 a cada quilômetro rodado (bandeira um). E nesse mesmo período, das 21h às 6h, incluindo os dias inteiros de domingo e feriado, o acréscimo na tarifa inicial será de R$ 3,12 a cada quilômetro rodado (bandeira dois).

“O passageiro é o maior beneficiado com as novas regras dos táxis. Com a implantação do taxímetro, o usuário poderá conferir o valor a ser pago na tabela das tarifas que cada taxista é obrigado a manter no veículo. O permissionário também ganha porque está oferecendo um serviço de qualidade e anualmente fiscalizado pela prefeitura”, explicou o secretário de Transportes, Nelson Donato.

Cobrança por volume transportado

Ainda de acordo com a Resolução nº 6, de 17 de agosto de 2016, da Secretaria de Transportes, os taxistas estão autorizados a cobrar R$ 2,60 por cada volume transportado que mede  60cmx30cm. A lei determina ainda, que os transportes equipados com o sistema rádio táxi só deverão acionar o taxímetro apenas após o embarque do passageiro, sem qualquer valor adicional à tarifa aplicada.

O taxista Gilmar Inácio, de 45 anos, faz ponto há 15 anos na Rua Doutor Curvelo Cavalcanti, próximo a um mercado, no Centro. Ele está satisfeito com a implantação do taxímetro e das novas regras de cobrança da corrida.

“Todos ganharam com o taxímetro. Os valores a serem cobrados são tabelados e podem ser verificados pelo passageiro. Só falta às pessoas usarem mais os táxis”, disse Gilmar.

Colega de Gilmar, Marcelo Soares está rodando na praça há quatro anos. Ele também aprovou as mudanças nos táxis. Ele aproveitou para fazer uma propaganda do serviço.

“Com o taxímetro e a tabela de tarifas, o passageiro está pagando, em média, R$ 5 a menos por cada viagem. Vale a pena viajar de táxi em Itaguaí”, disse Marcelo.

Fonte: Prefeitura de Itaguaí

Anúncios

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s