Ex prefeito de Itaguaí não repassava para planos de saúde o desconto em folha dos servidores


Na época, servidores tinham o desconto feito de seus salários, mas quem embolsava não eram os planos e sim o prefeito

O ex prefeito de Itaguaí Weslei Pereira(PSB), além de ter supostamente desviado verbas da saúde, educação e outras secretarias, não repassou aos planos de saúde os descontos mensais em folha feitos nos salários dos trabalhadores. Após várias denúncias e reclamações dos servidores, resolvemos entrar em contato com alguns dos planos. Para nossa surpresa, em alguns casos, os repasses não eram feitos desde junho de 2016. Com isso, vários servidores que procuraram atendimento médico não conseguiram usar seus planos mesmo tendo sido deles descontados os valores. Para se ter uma ideia, o prejuízo pode ultrapassar R$ 1 milhão. O ex prefeito também não repassou  ao instituto de previdência dos servidores os descontos de 11% de seus salários mensais, mesmo os trabalhadores tendo também nesse caso, descontos feitos rigorosamente em dia em seus salários. O rombo chegou a R$ 50 milhões. Os bancos foram outros que tiveram dores de cabeça com o ex chefe do executivo de Itaguaí, os empréstimos com desconto em folha dos trabalhadores, eram retirados dos salários, mas os repasses não eram feitos para as agências.  Em entrevista recentemente, o atual prefeito de Itaguaí Carlo Busatto Júnior, o Charlinho (PMDB), relatou que houve um caso onde um funcionário da prefeitura foi preso por não pagar pensão alimentícia. O motivo, era porque Weslei não pagou os salários de novembro, dezembro, décimo terceiro, férias entre outros aos servidores.

Weslei Pereira, simplesmente deu calote em tudo, menos em seu salário e nos salários dos “mais chegados”. Em dezembro de 2016, secretários receberam generosas quantias entre décimo terceiro e férias. O secretário de Fazenda, Alexandre Gomez Diniz, assinava, antes do apagar das luzes, a liberação do pagamento de suas férias. Em 29 de dezembro – apenas um dia após o requerimento – Diniz recebeu R$ 11.333,33.  Sua mulher Cristiane Yuriko Issobe Diniz, que foi secretária de Fazenda até ele a substituir, ganhou uma bolada: R$ 55.464,12, referente a verbas rescisórias. Em suma, o casal levou pra casa quase R$ 67 mil num único dia, um verdadeiro presente de Papai Noel.

Na Secretaria de Fazenda, outros três funcionários ganharam um carinho de fim de ano do chefe. Diniz liberou as férias e o décimo terceiro do seu chefe de gabinete, Petherson Lacerda Maximiniano, no valor de R$ 22.499,31; mais R$ 16.817,37 para o subsecretário Nilo Sérgio Palmeira; e R$ 15.264,99 para o diretor de gestão de recursos governamentais, Paulo Cezar Romio Gomes. Os três entraram com requerimento no dia 29 de dezembro e receberam no mesmo dia. Um prazo recorde.

Mas eles não foram os únicos premiados. O ex-secretário de Transporte, Alexander Fiorentino de Souza conseguiu a liberação de R$ 49.429,12 (13º e férias). Seu subsecretário Márcio Fernandes não ficou atrás. Ele ganhou um presente de R$ 33.9924,46, referente a salário de dezembro, férias e décimo terceiro. E o diretor de Serviços Técnicos da mesma pasta, Marcelo Scopatto, recebeu R$ 10.258,85 de férias e décimo terceiro.

Já o ex-secretário de Assistência Social, Aramis Brito Pereira Júnior, embolsou R$ 20.004,17. Ele foi candidato a vice-prefeito na chapa de Weslei Pereira à reeleição. Perdeu a eleição, mas fez a festa no fim de ano.
Somente esse grupo, recebeu mais de R$ 230 mil reais ao fim de 2016.

A gestão de Weslei foi um câncer para a saúde financeira de Itaguaí.

Veja mais:

https://bocanotromboneitaguai.com/2017/01/26/ex-prefeito-de-itaguai-teria-desviado-verbas-da-saude-e-educacao-da-cidade/

https://bocanotromboneitaguai.com/2017/01/18/governo-de-weslei-pereira-teria-desviado-quase-12-milhoes-de-salario-educacao-em-itaguai/

https://bocanotromboneitaguai.com/2017/01/10/entre-ferias-e-decimo-terceiro-ex-secretarios-lucraram-quase-250-mil-reais-em-itaguai/

https://bocanotromboneitaguai.com/2017/01/10/ex-secretario-alexandre-diniz-pagou-suas-proprias-ferias-enquanto-servidores-nao-recebem-desde-novembro-em-itaguai/

https://bocanotromboneitaguai.com/2016/11/09/conselho-do-fundeb-encontra-irregularidades-no-uso-da-verba-em-itaguai/

https://bocanotromboneitaguai.com/2016/12/28/prefeituras-de-mangaratiba-seropedica-e-angra-pagarao-salarios-de-dezembro-e-decimo-a-todos-os-servidores-publicos/

 

 

Anúncios

Uma ideia sobre “Ex prefeito de Itaguaí não repassava para planos de saúde o desconto em folha dos servidores

  1. Pingback: Ex-prefeito de Itaguaí e deputado ficam inelegíveis por oito anosCo | Boca no Trombone – Itaguai

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s