Central de Medicamentos está com estoque quase zerado em Itaguaí


Quantidade é insuficiente para atender demanda até o fim de semana

 

A Central de Abastecimento Farmacêutico, localizada na sede da Prefeitura de Itaguaí, está com estoque muito abaixo da capacidade de atendimento. Dos 456 medicamentos comprados pela central, entre básicos, controlados, de urgência e emergência, somente 118 itens são encontrados, e mesmo assim, em pequenas quantidades. No geral, o estoque é insuficiente para atender à demanda até o fim de semana. 

 slide2

Alguns remédios e insumos de saúde estão completamente zerados, como por exemplo, antibióticos, antiinflamatórios, remédios para diabetes 2, morfina, luvas, seringas, gaze, fralda geriátrica, kit cirúrgico (roupa de médico) e cateter. Psicotrópicos, usados na sedação de pacientes internados no CTI, e anticonvulsivantes também estão em falta.

 

Em alguns casos, a quantidade disponível é irrisória. O hospital chega a gastar mais de 20 caixas de soro por semana, mas a central só conta hoje com uma caixa com 30 unidades. Os remédios destinados ao controle da hipertensão estão também com os dias contados. São suficientes para atender à demanda do Hospital Municipal São Francisco Xavier e postos de saúde por apenas duas semanas.

slide3

 

A gestão do governo do ex prefeito Weslei Pereira (PSB), deixou Itaguaí como uma das cidades mais sucateadas e abandonadas do Estado. Hoje, os números não deixam dúvidas do quanto Itaguaí perdeu tendo no cargo um irresponsável.

Anúncios

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s