AMAMENTAÇÃO E SAÚDE BUCAL – IMPORTANTE PARA O DESENVOLVIMENTO DO BEBÊ.


Coluna Boca Saúde com Dr Rocindes Berriel

Excepcionalmente nesta quarta

Essa é a semana mundial da amamentação. O ato de amamentar é benéfico para mãe e para o bebê, previne câncer de mama na mãe, fortalece o sistema imune do bebê, entre outras vantagens. E dentre todas as prerrogativas positivas da amamentação encontramos também entre os benefícios desse ato os reflexos futuros na fala, respiração e dentição da criança.
Quando o bebê mama não está apenas se alimentando, está fazendo também um exercício físico importante para desenvolver sua ossatura e musculatura bucal. Quando os bebês nascem possuem o maxilar inferior muito pequeno, e ainda irá alcançar equilíbrio no tamanho em relação ao maxilar superior tendo esse crescimento estimulado pela sucção do peito.
Toda a musculatura bucal é desenvolvida, músculos internos e externos, há também o desenvolvimento dos ossos.
O exercício praticado pela criança durante a amamentação é o responsável inicial pelo crescimento harmonioso da face e da dentição. Quando o bebê faz uso da mamadeira esse exercício é quase inexistente, o que reflete de forma negativa no desenvolvimento dos ossos, músculos e na dentição do bebê.
Quando o bebê faz o movimento para sucção do leite promove o desenvolvimento dos maxilares o que promove um melhor alinhamento da dentição. Os músculos se tornam mais firmes o que ajuda na fala. Durante a amamentação a criança aprende a respirar corretamente pelo nariz, o que gera inúmeros benefícios para a boca do bebê, pois quando a respiração acontece pela boca os dentes ficam ressecados e mais expostos a cáries e doenças nas gengivas, os maxilares tendem a sofrer deformações e os dentes a ficar “encavalados”.
Após a amamentação a mastigação correta continuará a tarefa de exercitar ossos e músculos. Quando a mãe amamenta ela está preparando a criança de forma correta para a mastigação.
A primeira consulta odontológica do bebê deveria ser antes do nascimento do seu primeiro dentinho; nesse primeiro encontro, o odontopediatra irá orientar sobre questões importantes como a respeito da higienização correta e como proceder quando os dentes começarem a irromper e a incomodar o bebê.
É importante que a população conheça a relevância da consulta odontólogica, o costume de levar o bebê ao dentista deve ser como o costume de levá-lo ao pediatra, no sentido de poder acompanhar de perto o desenvolvimento oral.
A amamentação é extremamente relevante para a saúde do bebê, além de um ato de amor é também um ato de cuidado com a saúde do bebê.

Co-autora: Enfermeira Julliane Sobral

slide311.jpg

Dr. Rocindes Berriel Cirurgião Dentista formado pela UERJ,  professor de Educação Física, professor auxiliar de Bioquímica na FABA,  especialista no Programa de Saúde da Família (PSF) – UGF, Curso Superior em Empreendedorismo e Inovação – UFF, especialista em planejamento, implementação e gestão em educação à distância – UFF, mestrando em Ciências – PPGEA – UFRRJ, especialista em gênero e sexualidade – IMS/UERJ
A coluna Boca Saúde sai todas às terças

Anúncios

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s