Prefeitura de Itaguaí começa a catalogar material escolar abandonado em galpão


Uniformes, mochilas e tênis foram descartados por gestões anteriores segundo a prefeitura

Slide3

                                                         Secretária de educação Mara Soares

Menos de 24h depois das Polícias Civil e Militar estourarem um galpão particular com imensa quantidade de material escolar abandonado, a pedido da Prefeitura de Itaguaí, começou na última quarta-feira (18/5) a quantificação e retirada dos utensílios escolares. A estimativa, feita pela Secretaria de Educação, é que o material tenha custado R$ 10 milhões e foi adquirido nos anos de 2012 e 2013. Por determinação do prefeito Weslei Pereira, todo o material em condições será aproveitado e distribuído aos alunos e professores da rede.

 

Num galpão de aproximadamente 400 metros quadrados, foram encontrados uniformes escolares, tênis, cadernos com dez matérias, mochilas, material para desenho (compasso, régua, esquadro e lápis) e canetas marca texto. Havia também jogado no local calculadoras, copos, colas e pacotes com folhas.  Ontem, a secretária de Educação, Mara Lúcia Soares, efetuou o boletim de ocorrência na 50ª DP (Itaguaí), recebendo do delegado Alexandre Gusman a autorização para ter acesso ao material e a guarda do produto encontrado.

 

– É inadmissível ter essa quantidade enorme de material escolar abandonado e perecendo. Tudo que estiver em condições será entregue aos alunos e professores, pois são recursos públicos que foram investidos e devem ter a sua destinação garantida – destaca Weslei, ressaltando que a quantidade de encontrada daria para abastecer a rede escolar municipal, com mais de 20 mil alunos, durante um ano letivo.

Slide4

Até agora, na contagem inicial feita pela Subsecretaria de Infraestrutura, foram catalogados 21.600 tubos de cola com prazo de qualidade vencido, 20 mil réguas geométricas, 15 mil esquadros, 2 mil resmas de papel e mais de 3 mil pares de tênis de diferentes tamanhos, bem como uniforme escolar que ainda será quantificado. Além disso, há material que não foram entregues aos professores, como por exemplo, mochila, calculadora, grampeador, estojo (com caneta, borracha, apontador, lápis, entre outros itens), cadernos e folhas A4. Não há prazo para o término do trabalho.

 

Após inventariar todo material, o que incluiu os itens e a quantidade, um relatório será entregue ao delegado Alexandre Gusman, que remeterá o documento ao juiz responsável pelo caso. O magistrado analisará os fatos e com a sua autorização a Prefeitura entregará o material escolar que estava abandonado.

 

Mara Lúcia, secretária de Educação, disse que cometeram um crime contra a cidade e espera a apuração dos fatos para responsabilizar os autores pelo ato covarde.

Entramos em contato com ex prefeito Luciano Mota, mas não conseguimos retorno até o fechamento da matéria. Já Carlos Busatto Júnior, O Charlinho, declarou em sua página oficial no Facebook, que a história do galpão era uma farsa que sequer durou 24 horas, referindo-se a uma matéria do jornal televisivo RJTV da Rede Globo de Televisão, onde a ex ouvidora Sueli Fernandes após ir à delegacia da cidade, declarou que o governo de Weslei Pereira tinha conhecimento do tal galpão.

Slide2

                                                    Print de tela Boca no Trombone Itaguaí

Fotos Carlos Campos

Anúncios

Uma ideia sobre “Prefeitura de Itaguaí começa a catalogar material escolar abandonado em galpão

  1. Pingback: Prefeitura de Itaguaí divulga nota sobre a repercussão dos materiais encontrados em galpão | Boca no Trombone – Itaguai

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s