Câmara cobra o não cumprimento do Plano Municipal de Educação e quantitativo de escolas climatizadas


Meta não cumprida, denúncia de retirada de aparelhos de ar condicionado de escolas e falta de transparência nos atos da SME

Cobrança

Em sessão que ocorreu nesta terça (22), os vereadores de Itaguaí ,cobraram publicamente através de requerimento e ofício explicações sobre os procedimentos adotados pela secretaria de educação.

No ofício de número 142, os legisladores pedem explicações a Comissão de Educação e Cultura, presidida pelo vereador Willian César, que busque explicações sobre o fato do descumprimento de obrigações prevista no Plano Municipal de Educação de Itaguaí.  O ofício, se baseia  na meta 19, que trata da gestão democrática, onde a secretaria de educação teria até o dia 30 de dezembro de 2015 para realizar metas como:

– Garantir espaço virtual, e em outras mídias, para divulgação dos atos dos conselhos vinculados à Educação em até 180 dias após o ato de aprovação do mesmo, que ocorreu no dia 30 de junho de 2015.

Slide2

Além do ofício mencionado, a casa requereu à mesa diretora da Câmara, após consulta em plenário, que encaminhe ao prefeito Weslei Pereira, um documento que cobre quantas unidades de ensino estão climatizadas, quais são elas,  um cronograma que atenda todas as unidades, e que se houver que encaminhe uma cópia aos legisladores.

Slide1

Vale lembrar, que o blog em entrevista com a secretária de educação Mara Soares, essas perguntas foram feitas e segundo ela até outubro todas as escolas estariam climatizadas. 

Ainda na sessão, denúncias sobre a retirada de materiais das unidades de ensino, como aparelhos de ar condicionado, que podem ter sido transferidos para outras repartições que não à educação, o que pode caracterizar improbidade administrativa por parte do poder executivo, foram mencionadas. “Em pensar que nossos profissionais e alunos sofrem com o calor das salas de aula.”

Essas cobranças mostram que a secretaria de educação está perdida e não consegue mais resolver problemas simples e nem os mais complexos como o cumprimento de uma lei à nível federal como o Plano Municipal de Educação.

O Boca no Trombone está recebendo diversas denúncias e informações sobre graves problemas que ocorrem nas escolas e tratamentos distintos da secretária com as unidades da rede. Escolas com funcionários aos montes e outras com falta deles e que são de conhecimento da líder da pasta, que parece fechar os olhos para esses casos. Aos poucos, vamos divulgar todas as denúncias.. ESTAMOS SEMPRE DE OLHO!

ESTAMOS DE OLHO

 

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s