Câmeras de monitoramento flagram ‘farra sexual’ em barca de Guarujá


Cena foi compartilhada nas redes sociais nesta segunda e causou revolta.
Dersa promete punir empresa responsável por não ter inibido a atitude.

 

Uma mulher e três homens foram flagrados fazendo sexo dentro de uma embarcação que faz a travessia de pedestres entre o distrito de Vicente de Carvalho, em Guarujá,  e a cidade de Santos, no litoral de São Paulo. As câmeras de monitoramento da barca registraram os passageiros durante a ação, mas ninguém foi detido. Em contato com o G1, a Dersa reconhece a falha da operadora do serviço e afirma que vai apurar o caso, que revoltou usuários do sistema.

As imagens foram registradas na madrugada do dia 5 de janeiro deste ano e compartilhadas nas redes sociais nesta segunda-feira (18). No vídeo é possível perceber uma mulher sentada no colo de um rapaz, quando outros dois homens se aproximam e abaixam a calça. Em seguida, a mulher faz sexo oral neles.

Segundo a Dersa, órgão ligado ao Governo do Estado, “o ato configura falha grave na empresa Internacional Marítima, responsável pela tripulação da lancha onde foi registrado o episódio”. A companhia acrescenta que, como as imagens são disponibilizadas na sala de comando da embarcação, a tripulação poderia ter evitado o ocorrido.

“Diante da falha registrada, a Dersa já iniciou processo para aplicar as sanções cabíveis à empresa prestadora do serviço, e assim evitar a repetição de fatos semelhantes”, informou a empresa. As pessoas que aparecem no vídeo não foram localizadas.

Fonte: G1

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s