Vereador Nisan César dos Santos diz que nunca recebeu “Mensalinho”


O presidente da Câmara Municipal de Itaguaí, vereador Nisan Cesar convocou a imprensa nesta segunda-feira, 20 de abril, para esclarecer pontos de uma reportagem do jornal O Globo do dia último dia 17, intitulada “Propinoduto em Itaguaí – Poço sem fundo”, assinada pelo jornalista Sérgio Ramalho. O assunto, mais uma vez, foi veiculado no jornal de hoje.

Em coletiva no plenário da CMI, Nisan rebateu o conteúdo jornalístico, ocasião em que desmentiu ter recebido dinheiro, como teria dito em depoimento à Polícia Federal, o ex-segurança do prefeito afastado Luciano Mota, Alexandre Marques. – Estamos aqui para consertar esses erros, resumiu e completou:  – Nenhuma pergunta ficará sem resposta.

A matéria noticiou que o prefeito afastado pagaria uma espécie de mensalinho de cerca de R$ 600 mil ao presidente do Legislativo. O objetivo seria barrar o andamento de CPIs na Casa.

Logo no início da sabatina, o vereador lamentou o fato da reportagem do jornal ter publicado as matérias sem antes ter lhe dado a oportunidade para contar a sua versão dos fatos. – Fui denunciado, julgado e executado pela reportagem na sexta-feira, disse o vereador. -Eu não faço parte de quadrilha, não carrego dinheiro, não entreguei dinheiro a empresário”, completou se referindo ao ex-segurança conforme depoimento ao jornal Atual. A seguir, os principais trechos da coletiva.

 O depoimento de Alexandre

– Estou sendo denunciado por um homem que confessou fazer parte de uma quadrilha. Ele mesmo confessou em uma entrevista publicada em um jornal da cidade. É muito estranho esse senhor Alexandre, que me acusa do recebimento, nunca ter me filmado como assim o fez com o prefeito dirigindo a Ferrari e das conversas com o ex-secretário de Turismo e Eventos Ricardo Soares. No vídeo, no entanto, meu nome é citado como a pessoa que atrapalhava o esquema.

 O dinheiro

– Assim como na edição do dia 17, hoje o jornal O Globo voltou a insistir no erro. Quem afirma que havia entrega de dinheiro ao chefe do Legislativo foi o jornal, pois a Polícia Federal nunca falou no assunto.

Slide3Fotos Francisco Leão

 

 Ofícios

– Nisan falou que sempre esteve à disposição da PF. Isto pode ser provado com os seguintes ofícios enviados às autoridades.

– Ofício 248/2014 (data 3 de novembro) ao Delegado Robson Dartagnam Nunes Barbosa, em que Nisan esclarece fatos relacionados às investigações sobre o prefeito agora afastado Luciano Mota.

– Ofício 249/2014 (data: 06 de novembro) ao Desembargador Federal Paulo Espírito Santo, em que Nisan pede cópia dos autos do inquérito 0345/2014-4 por considerar as investigações da PF sobre o prefeito agora afastado de suma importância para o legislativo.

– Ofício 310/2014 (data 26 de dezembro) ao Delegado da Polícia Federal Hylton Coelho, em que Nisan informa a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para culminar com o impeachment do agora afastado prefeito Luciano Mota, e também se coloca à disposição da Delegacia Federal para “célere apuração e responsabilizações pertinentes”.

-Ofício número 95/2015ao Procurador Geral de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, Doutor Marfan Martins Vieira, em que Nisan pede acesso ao depoimento de Alexandre Marques e pede para ser ouvido a fim de esclarecer sobre as inverdades supostamente ditas por Alexandre e publicizadas equivocadamente pelo jornal O GLOBO.

– Ofício número 96/2015 ao Delegado da Polícia Federal Hylton Coelho, responsável pela Operação Gafanhotos, em que Nisan pede acesso ao depoimento de Alexandre Marques e se coloca à disposição mais uma vez para colaborar com as investigações.

O inquérito

– Até agora não tive acesso. Agora, por outro lado, quem quer ser investigado sou eu. Quero ser chamado para prestar depoimento, se possível ainda esta semana.

 O Alexandre

– Não sou amigo dele, nunca tivemos contato. Quem o conhece, sabe que ele não é uma pessoa para se ter amizade.

 As investigações

– Esta Casa tem duas Comissões Parlamentares de Inquérito e três Comissões Especiais Processantes contra Luciano Mota. Essa Casa nunca não parou de investigar.

O prefeito afastado

– Não tenho relações com o prefeito afastado desde março de 2013. Três meses depois dele tomar posse rompemos pela forma que conduzia a cidade. Inclusive, as denúncias iniciais contra seu governo partiram do meu gabinete. Uma grande parte das informações chegada a imprensa e aos órgãos de investigação foram através do nosso trabalho.

Ação na Justiça

– O novo governo tem oito vereadores contra nove da oposição. Esses nove vereadores assinaram e protocolaram um processo contra a própria Câmara Municipal pedindo a extinção da CPI do dia 20 de janeiro e Comissão Processante.  Foi dado parecer favorável, mas nós vamos entrar com recurso para darmos continuidade as investigações.

 Transparência

– O que queremos mostrar aqui é a transparência dessa presidência, que nunca houve entrega de dinheiro na minha casa.

Operação Gafanhoto

– Deflagrada a operação da PF, entregamos todos os cargos na prefeitura. Eu não posso ter um convênio com o órgão a qual fiscalizo por suspeita de irregularidades.

A presidência

– Ganhei a presidência da câmara duas vezes contra a vontade da prefeitura.

 Os autos

– Eu quero saber até onde vai esse processo. Ainda não tive acesso.  Quero apurar o que de fato está acontecendo.

 O mensalinho

Na coletiva, Nisan foi questionado se a câmara realizou alguma medida para investigar o possível pagamento de mensalinho. Ele respondeu que nunca houve.

Carreira política

Não quero que vinte anos de carreira política sejam jogados no lixo por uma reportagem, na qual não tive a oportunidade de me defender. Houve uma falta de verdade, conduta incompatível ao bom jornalismo.

Entenda o caso

O prefeito de Itaguaí, na Região Metropolitana do Rio, Luciano Mota (PSDB), foi afastado do cargo em 31 de março por decisão é do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2). Ele é investigado pela Polícia Federal por desvio de dinheiro público. O desembargador Paulo do Espírito Santo também determinou a busca e apreensão de um helicóptero, e de três carros de luxo. Ele ainda pode recorrer da decisão.

 Na mesma medida, o desembargador ordenou também o afastamento de suas funções de três secretários municipais e de dois policiais militares. Os veículos que são do prefeito e foram apreendidos são: um Porsche Panamera modelo 2012, um Mercedes Benz AMG, modelo 2011, e um BMW X-6, modelo 2014. Ele também teria usado dinheiro público para comprar uma Ferrari, avaliada em R$ 1,7 milhão, que supostamente estaria em nome de um laranja.

 Até ser eleito prefeito de Itaguaí, em 2012, Luciano Mota não tinha currículo na política. Segundo a Polícia Federal, a quadrilha supostamente chefiada pelo prefeito desviava verbas dos royalties do petróleo e do sistema único de saúde.

 Luciano Mota também é suspeito de chefiar uma quadrilha que desviava que desviava verbas dos royalties do petróleo e do Sistema Único de Saúde (SUS).

 A Polícia Federal e o Tribunal de Contas do Estado (TCE) fecharam uma parceria inédita para investigar as denúncias de corrupção na prefeitura de Itaguaí.

Passaportes apreendidos

A Polícia Federal cumpriu mandados judiciais deferidos pelo TRF2 determinando a entrega dos passaportes e a proibição de se ausentar do estado sem autorização em face de secretários e empresários de Itaguaí, além da apreensão de veículos importados pertencentes ao prefeito daquele município. Trata-se da terceira fase da Operação Gafanhotos.

A Justiça também determinou a suspensão da função pública e da atividade econômica dos investigados, inclusive com o afastamento do prefeito de Itaguaí. Dois PMs que realizavam a segurança pessoal do mandatário também foram afastados de suas funções policiais.

O Boca no Trombone tentou entrar em contato com o ex segurança Alexandre Marques, envolvido em toda essa situação, mas não fomos atendidos. O seu perfil no Facebook também  foi excluído.

 

Anúncios

Uma ideia sobre “Vereador Nisan César dos Santos diz que nunca recebeu “Mensalinho”

  1. Pingback: Governo faz manobra para salvar Charlinho de Impeachment na Câmara | Boca no Trombone – Itaguai

Dê a sua opinião sobre a postagem aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s